Unity, o divisor de aguas do Ubuntu

Unity, o divisor de águas do Ubuntu

Quando o Unity foi lançado oficialmente, junto ao Ubuntu 11.04, acabou gerando uma grande polêmica. Mas você já se perguntou o porque disso?

Para começar, arrisco a dizer que em toda a história do software a única quebra de paradigma bem-vinda pela maioria dos usuários foi a inclusão da interface gráfica nos sistemas operacionais. E repare bem: eu disse a maioria, não todos.

Unity, o divisor de águas do Ubuntu

Como exemplo, o sistema operacional Windows, da Microsoft, mesmo na própria edição XP, considerada por muitos a menos ruim melhor já lançada pela empresa, no início teve seus preconceitos. O software começou a ser adotado em larga escala somente após o lançamento de seu Service Pack 2. E o mesmo aconteceu com o Windows 7, após seu Service Pack 1, e provavelmente acontecerá com o Windows 8. E por que com o Ubuntu seria diferente?

Não estou afirmando que um usuário Linux pode ser comparado a um Windows, mas infelizmente a maioria das pessoas não são tão receptíveis a mudanças, indiferente de suas crenças, ao menos não em curto prazo. Prova disso é que muita gente que utiliza o Linux faz anos não consegue sequer acostumar-se com softwares como o GIMP e o Inkscape. Sim, o Unity ainda não conquistou a simpatia de muitos usuários Linux, assim como o XP em seu início. No entanto depois do SP2 o SO da Microsoft ganhou a credibilidade do seu público. É a trajetória que acredito que acontecerá com o Unity.

Unity, o divisor de águas do Ubuntu

No lançamento oficial da interface Unity – na versão 11.04 do Ubuntu –, houve uma grande revolta, pois muitos acreditavam que a Canonical estava reinventando a roda. Muitos ainda acreditam nisso. A pergunta que mais se lia nos fóruns era: para que criar o Unity se o Gnome Shell está muito bem, obrigado? Sem contar que o primeiro lançamento realmente estava com muitos bugs. Praticamente nem usei o Unity naquela edição. Já no 11.10 veio aquele ar costumeiro, de que todos já sabiam que a versão viria com o Unity. As críticas diminuíram, mas ainda assim continuaram.

Unity, o divisor de águas do Ubuntu

A interface vem se demonstrando estável no Oneiric, dando início a outra demanda: a personalização. Surgiram vários scripts e aplicativos que permitem alterar a posição do lançador, o tamanho dos ícones, entre outras características da interface. Mas nem todo mundo gosta – ou é capaz – de instalar coisas adicionais para customizar seu sistema. Com isso, na versão 12.04, que está atualmente em desenvolvimento, o Unity tenta suprir essa demanda de personalização, trazendo novos recursos e possibilidades de utilização da interface.

Sugiro principalmente aos críticos da interface que testem a nova versão do Ubuntu, quando for lançada em 26 de abril, e deem mais uma chance para o Unity. Não gosta de efeitos do compiz? Basta selecionar o Unity 2D – sou fã dele – na tela de boas-vindas.

Ubuntu

Sei que existem muitos argumentos além da simples restrição a mudanças. Para alguns o Unity ficou pesado para execução em seu hardware, para outros representa uma quebra de paradigma muito grande. Outros sequer tem tempo para “aprender” a usar a interface. E novamente, indiferente da sua restrição, peço encarecidamente que dê uma chance e teste o 12.04 no final de abril.

Creio que essa publicação irá gerar muito comentários, e discussões, mas antes vale lembrar que, como já dizia o profeta, “quem nunca resistiu a uma mudança que atire o primeiro mouse” :)

Assine nossa newsletter!

Quer receber as novidades mais recentes do Ubuntu na sua caixa de entrada? Informe seu e-mail e clique em Assinar.

  • Assine o feed RSS
  • Siga o Ubuntu-BR-SC no Twitter
  • Curta o Ubuntu-BR-SC no Facebook
  • Ubuntu-BR-SC no Google+
  • Canal do Ubuntu-BR-SC no YouTube


  • http://mrnet.in/ Michel Wilhelm

    Bom, post realmente polêmico, to até hoje tentando gostar do Unity, mas tá difícil, ainda prefiro o bom e velho Gnome 2, mesmo o Gnome Shell ser muito eficiente.
    Uso a versão beta para poder acompanhar as mudanças do Unity, está muito mais estável e com a interface do Gnome 2 nele ficou show, mas a barra lateral com aplicativos ainda não é intuitiva, o Hud não funciona bem, acho um atrapalho, pois gosto de usar ALT + TAB e nem sempre isso sai corretamente.

    Sem contar que para buscar um aplicativo, está muito lento, falta uma opção para deixar nos filtros apenas o que interessa para deixar mais leve.

    Para um desenvolvedor o Unity não é muito produtivo, ao meu ver, é o mesmo que está ocorrendo com a Apple e seu MAC OS/iOS, Windows 8 e agora com algumas distribuições linux, em especial o Ubuntu.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @michelwilhelm:disqus ,

      Obrigado pelo comentário!Sou desenvolvedor web e não tenho o que reclamar do Unity. As ferramentas que utilizo funcionam super bem e não encontro quaisquer problemas de usabilidade.

      Até concordo que está ocorrendo uma mudança nas interfaces de todos os SOs, mas será que elas estão deixando de ser produtivas ou nós, desenvolvedores, que estamos amarrados a simplicidade? É uma questão para refletir. Não estou dizendo que tem que gostar do Unity ou que nós, desenvolvedores, estamos desatualizados. Só penso que temos que tomar algum partido, afinal o mercado está tendendo para esse lado em praticamente todos os sistemas operacionais.

      O Unity é uma quebra de paradigma, principalmente em uma plataforma onde existem diversos desenvolvedores, assim como a Orientação a Objetos é para muitos desenvolvedores antigos.

      Abraços

      • Cássio Talle

        Concordo com o Tiago (apesar de achar que ele ganha alguma coisa da
        canonical pra falar apaixonadamente do ubuntu em seus posts) rsrsrs .
        Brincadeiras a parte, também sou desenvolvedor web e não tenho nenhum
        problema de produtividade com o unity, pelo contrário, acho excelente. É
        a melhor proposta de interface para SO que já usei. Acredito que os únicos
        problemas estão na falta de estabilidade, que ainda existe, e na questão da
        personalização. Mas como já foi dito, com certeza a nova versão estará bem
        melhor nesses aspectos. Vamos aguardar dia 26/04.Abraços

        • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

          Olá @3e63bf8e564ca5be852d2a06b4629d04:disqus ,

          Verdade, mas posso dizer o Unity estará bem mais maduro (estabilidade e personalização) no 12.04 :)

          Abraços :P

  • http://mrnet.in/ Michel Wilhelm

    Bom, post realmente polêmico, to até hoje tentando gostar do Unity, mas tá difícil, ainda prefiro o bom e velho Gnome 2, mesmo o Gnome Shell ser muito eficiente.
    Uso a versão beta para poder acompanhar as mudanças do Unity, está muito mais estável e com a interface do Gnome 2 nele ficou show, mas a barra lateral com aplicativos ainda não é intuitiva, o Hud não funciona bem, acho um atrapalho, pois gosto de usar ALT + TAB e nem sempre isso sai corretamente.

    Sem contar que para buscar um aplicativo, está muito lento, falta uma opção para deixar nos filtros apenas o que interessa para deixar mais leve.

    Para um desenvolvedor o Unity não é muito produtivo, ao meu ver, é o mesmo que está ocorrendo com a Apple e seu MAC OS/iOS, Windows 8 e agora com algumas distribuições linux, em especial o Ubuntu.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @michelwilhelm:disqus ,

      Obrigado pelo comentário!Sou desenvolvedor web e não tenho o que reclamar do Unity. As ferramentas que utilizo funcionam super bem e não encontro quaisquer problemas de usabilidade.

      Até concordo que está ocorrendo uma mudança nas interfaces de todos os SOs, mas será que elas estão deixando de ser produtivas ou nós, desenvolvedores, que estamos amarrados a simplicidade? É uma questão para refletir. Não estou dizendo que tem que gostar do Unity ou que nós, desenvolvedores, estamos desatualizados. Só penso que temos que tomar algum partido, afinal o mercado está tendendo para esse lado em praticamente todos os sistemas operacionais.

      O Unity é uma quebra de paradigma, principalmente em uma plataforma onde existem diversos desenvolvedores, assim como a Orientação a Objetos é para muitos desenvolvedores antigos.

      Abraços

      • Cássio Talle

        Concordo com o Tiago (apesar de achar que ele ganha alguma coisa da
        canonical pra falar apaixonadamente do ubuntu em seus posts) rsrsrs .
        Brincadeiras a parte, também sou desenvolvedor web e não tenho nenhum
        problema de produtividade com o unity, pelo contrário, acho excelente. É
        a melhor proposta de interface para SO que já usei. Acredito que os únicos
        problemas estão na falta de estabilidade, que ainda existe, e na questão da
        personalização. Mas como já foi dito, com certeza a nova versão estará bem
        melhor nesses aspectos. Vamos aguardar dia 26/04.Abraços

        • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

          Olá @3e63bf8e564ca5be852d2a06b4629d04:disqus ,

          Verdade, mas posso dizer o Unity estará bem mais maduro (estabilidade e personalização) no 12.04 :)

          Abraços :P

    • http://www.facebook.com/marcosbobsantana Marcos Vinícius Santana

      Eu sempre gostei do Unity, quando usava o Gnome, eu fazia algo parecido antes do Unity, colocava um dock na horizontal na esquerca  e colocava o global menu. Não gosto muito apenas quando procuro aplicativo ele mostra trez linha(mais usados, aplicativos e para instalar) ficava um poco confuso.

      Acho que também poderia ter algo como gnome 3, site com extenções, ter alguma extenções pra colocar no Unity, no panel superior e também a opção de colocar a barra lateral na posição que o usuário prefirir(apesar que pra mim a posição preferida é na horizontal na esquerda).

      Acho que a forma que o global menu trabalha podia ser diferente também, quando a janela não esta maximinizada o menu ficasse na janela e quando maximiniza o menu fica no global menu.

      Podia ter a opção pra aumentar a personalização, como poder desligar só a barra do Unity e a pessoa poder substitui – la por uma dock

      • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

        Olá @facebook-100002392888328:disqus ,

        Vejo que tens várias ideias. Sugiro que você publique-as no Ubuntu Brainstorm, onde estará ao alcance dos desenvolvedores do Unity.

        Abraços

  • frromarioalves

    No inicio não gostei muito do Unity, mas depois que conheci o gnome shell resolvi volta atrás.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @google-3e00c9456062ea88a538f74f76524b76:disqus ,

      Como falei no post, também não gostei do Unity na versão 11.04. Só na versão 11.10 que fui me render definitivamente aos encantos :)

      Abraços

    • Eduardo Siemann

       Eu também, depois que usei o gnome-shell fui para unity ^^

      Nada contra o gnome-shell, porém as notificações e alguns bugs tem q ser corrigidos.

      Única coisa que ODEIO no unity é o ALT-TAB, porém uso o plugin antigo do alt-tab e desabilitei o do unity  :)

      • http://www.facebook.com/victorpaiao Victor Hugo

        Como fazer isso?

  • Romário Alves

    No inicio não gostei muito do Unity, mas depois que conheci o gnome shell resolvi volta atrás.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @google-3e00c9456062ea88a538f74f76524b76:disqus ,

      Como falei no post, também não gostei do Unity na versão 11.04. Só na versão 11.10 que fui me render definitivamente aos encantos :)

      Abraços

    • Eduardo Siemann

       Eu também, depois que usei o gnome-shell fui para unity ^^

      Nada contra o gnome-shell, porém as notificações e alguns bugs tem q ser corrigidos.

      Única coisa que ODEIO no unity é o ALT-TAB, porém uso o plugin antigo do alt-tab e desabilitei o do unity  :)

  • http://www.facebook.com/chiconumb Chico Rep Hour

    Eu gosto muito do Unity e já me acostumei e inclusive personalizei utilizando o MyUnity para ficar mais agradavel e aposto que na 12.04 estara ainda melhor, os usuários em geral adoram criticar sem conhecer bem algo ou usar por mais de 5 minutos, eu aprovo a ideia da Canonical e espero grandes melhorias!

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100001182118150:disqus ,

      É verdade. Muitas pessoas criticam com base no que leram, sequer dando uma chance a interface propriamente dita.

      Abraços

  • http://www.facebook.com/chiconumb Chico Rep Hour

    Eu gosto muito do Unity e já me acostumei e inclusive personalizei utilizando o MyUnity para ficar mais agradavel e aposto que na 12.04 estara ainda melhor, os usuários em geral adoram criticar sem conhecer bem algo ou usar por mais de 5 minutos, eu aprovo a ideia da Canonical e espero grandes melhorias!

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100001182118150:disqus ,

      É verdade. Muitas pessoas criticam com base no que leram, sequer dando uma chance a interface propriamente dita.

      Abraços

  • http://www.facebook.com/chiconumb Chico Rep Hour

    Eu gosto muito do Unity e já me acostumei e inclusive personalizei utilizando o MyUnity para ficar mais agradavel e aposto que na 12.04 estara ainda melhor, os usuários em geral adoram criticar sem conhecer bem algo ou usar por mais de 5 minutos, eu aprovo a ideia da Canonical e espero grandes melhorias!

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100001182118150:disqus ,

      É verdade. Muitas pessoas criticam com base no que leram, sequer dando uma chance a interface propriamente dita.

      Abraços

  • Anderson Dos Santos

    Em um artigo que escrevi sobre o unity em algum lugar na época que ele lançou, eu fiz essa comparação de quando saiu o XP e depois o 7 a resistencia que o povo teve ao novo, e hoje ninguem vive sem :3

    A hora que eu vi não precisar colocar as mãos no mouse para fazer varias funções em segundos… Eu curti…

    Eu abracei o unity e não usei outro… Apesar de ter por aqui varios kkk

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100001105823750:disqus ,

      Pois é. Por isso sempre digo que é só questão de tempo até o Unity cair nas graças do povo :)

      Abraços

  • http://www.facebook.com/people/Anderson-Dos-Santos/100001105823750 Anderson Dos Santos

    Em um artigo que escrevi sobre o unity em algum lugar na época que ele lançou, eu fiz essa comparação de quando saiu o XP e depois o 7 a resistencia que o povo teve ao novo, e hoje ninguem vive sem :3

    A hora que eu vi não precisar colocar as mãos no mouse para fazer varias funções em segundos… Eu curti…

    Eu abracei o unity e não usei outro… Apesar de ter por aqui varios kkk

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100001105823750:disqus ,

      Pois é. Por isso sempre digo que é só questão de tempo até o Unity cair nas graças do povo :)

      Abraços

  • Tiago

    Logo que foi lançado o Unity eu era um defensor do gnome inclusive usei até pouco tempo. Mas realmente as coisas mudam com o passar do tempo, até mesmo nós. E aquilo que vai se tornando bom como o Unity deve sim ser levado em consideração. Até porque todo o esforço da Equipe Ubuntu deve ser reconhecido. Caso contrário seria uma grande ingratidão.

    • Nedeluiz

      Sinto muito meu amigo, mas acho que estas segurando em alça de caixão (unity), o tempo dirá, talvez o que realmente vai sobrar disso tudo serão lembranças .

      • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

        Olá @251a3b6fb2665cb5f38573e50fcd47de:disqus ,

        A interface está estável e cada vez mais pessoas estão se rendendo a ela. Creio que estás enganado. Mas como falaste, é uma questão que somente o tempo responderá.

        Abraços

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @00b16641fea12712d3e3dbf1e07e8cf3:disqus ,

      Com certeza. Posso lhe assegurar que a Canonical está investindo muito para manter toda a estrutura do Ubuntu.

      Abraços

    • Sandelas

      Gostaria de dizer primeiro que quando Unity foi lançado no Ubuntu 11.04 ey realmente não gostei e não usei, tanto que voltei parao Ubuntu 10.10. Porém no Ubuntu 11.10 ele vei muito melhor, mas usual e mais agradável e estou usando ele atualmente ;).

      Agora falando do Ubuntu 12.04 eu realmente estava gostando as coisas que eu estava lendo sobre como ele esta ficando. Quando baixei o beta 2 e fui testar fiquei muito triste com pequenos detalhes que poderiam ter ficado como antes sem problema algum.

      Não vi a necessidade de terem mudado o alt+tab para que ficasse independente em cada área de trabalho, particularmente eu gosto do jeito que esta no 11.10, poderia ter a opção de deixar do jeito que o usuário bem queira, mas isso da para se acostumar.

      Agora vou tocar em 2 pontos que me deixaram desapontado logo de inicio.

      1º – O funcionamento do lançado, no inicio quando estava lendo pensei que só o comportamento padrão tinha mudado mas quando fui ver no MyUnity eles tiraram 2 comportamentos que estão presentes na versão 11.10 (Comportamentos presentes no Ubuntu 11.10: Smart, Avoid window, Hidden e Fixed), ficando no Ubuntu 12.04 apenas o Hidden e o Fixed. Gostaria de saber por que essa ideia de TIRAR uma coisa que estava funcionando sem problemas e que já servia para a personalização do sistema???? @tiagoscd:disqus se você souber alguma forma de instalar esses outros 2 comportamentos no 12.04 por favor faça um poste sobre isso :).

      2º – Esse eu espero profundamente que seja um bug e se alguém ai achar que é também por favor reporte esse bug logo pois eu estou achando muito escroto estar assim :(. Só para constar eu não reporto porque infelizmente eu não sei bem como fazer isso, já uma dica para um poste aqui no blog que esta passando despercebido “Como reportar um Bug e assim ajudar no desenvolvimento do Ubuntu”.
      Esse bug, que para é muito escroto, esta la na “Lente Aplicativos”, é o seguinte, quando vou clicando nos filtros tipo: Gráfico, Escrito rio, Jogos, Acessórios e etc, o unity não vai mudando o filtro como é no Ubuntu 11.10, e foi um dos principais motivos para eu gostar do unity, ele vai “juntando”, “somando” os filtros, realmente isso esta me deixando muito chateado e se realmente ele for se comportar assim agora e não tenha uma opção fácil de reverter isso, que pra mim é uma verdadeira cagada, eu infelizmente vou ter que pensar em mudar ¬¬, juro que não quero fazer isso, mas vai ficar muito chato quando eu tiver procurando algo por ali :s.
      Se alguém souber algum modo de reverter isso e posso compartilhar eu vou ficar grato :).

      Desculpa o texto muito grande, e parabéns galera desse meu blog querido por serem tão bons no que fazem, sempre fica muito com os vossos postes ;).

      • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

        Olá @Sandelas:disqus ,

        Obrigado pelo comentário!

        Quanto ao primeiro ponto, lembro que o MyUnity é um aplicativo independente desenvolvido por terceiros. Logo, se alguma funcionalidade foi retirada, talvez valha a pena entrar em contato com eles.

        E o segundo, creio que seja alguma mudança de comportamento devido as solicitações dos próprios usuários. Mas sugiro que registre sua opinião no próprio Launchpad a respeito disso, como se fosse um bug mesmo.

        Se eu encontrar algo sobre os dois temas pode deixar que escrevo um post :)

        Abraços

        • Sandelas

          Olá @tiagoscd:disqus , obrigado pela resposta.

          Falando sobre o 1º ponto (o comportamento do launcher), infelizmente não tem a ver com o MyUnity não, pois se você instalar o Compiz e for no plugin do Unity, assim que você clicar vai ter a opção Hede Launcher, nela no Ubuntu 12.04 só tem as duas que citei: Heden e fixed, enquanto que no Ubuntu 11.10 existem além desses existem mais outros 2, dos quais eu prefiro muito mais :(. Portanto infelizmente realmente foi retirado do sistema(não entendo por que tirar a essas OPÇÕES???). Se você conhecer alguma formar de reverter isso e postar agradecerei muito ^^.

          Sobre o 2º ponto, infelizmente eu não estou tão engajado na comunidade mas para mim é uma burrice ficar “juntando” os filtros, um dos motivos para ter começado a usar o Unity foi por estar como esta agora no Ubuntu 11.10 e fico triste por terem mudado isso, acho que vai ficar muito menos produtivo para quem estiver, como eu, procurando algum programa por aquele filtros ¬¬. Sei que não represento nem 0,1% dos que poderiam opinar pela mudança desse comportamento mas eu não iria concordar com essa mudança, a meu ver burra, do Unity.

          Me desculpe minha ignorância mas eu não sei como reportar um “bug” no Launchpad não :s. Até citei no meu comentário acima a ideia para um possível tutorial “Como reportar um Bug no Launchpad e assim ajudar no desenvolvimento do Ubuntu”.

          Uma outra coisa é que achei a “solução” para o 1º ponto em um outro blog só que não funcionou no Ubuntu beta 2 que tenho em uma maquina virtual. Não sei se seria legal colocar o link desse site aqui por isso não coloquei, mas se alguém conseguir reverter isso já seria uma boa ;).

          No mais muito obrigado pela resposta e parabéns por seus postes cara.

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @Sandelas:disqus ,

            Desculpe pela desatenção quanto a parte em que falaste do “bug”.

            Outra possibilidade, ao invés de reportar um bug, e publicar sua ideia no http://brainstorm.ubuntu.com, que por sinal é extremamente fácil de se fazer.

            Quanto ao uso do Launchpad, certamente pensarei em algo para auxiliar o pessoal disposto a reportar. Mais para frente deve sair um post sobre o assunto :)

            Agradeço pelos elogios!

            Abraços

          • http://twitter.com/orgulho_geek Orgulho Geek

             Para marcar um filtro, clique uma vez sobre ele. Para desmarcar, clique novamente. Você pode querer pesquisar um programa que pode se encaixar em quaisquer categorias, assim, uma vez clicado um filtro e outro filtro, os dois serão mostrados. Para voltar a usar apenas um filtro, desmarque o filtro desejado.

          • Sandelas

             Cara não me entenda mal, mas desde o Gnome 2 (Gnome-panel) eu não vejo um programa que esteja EM DUAS categorias, logo eu achei uma burrice terem mudado isso. Já sei como isso tem que ser usado mas me deixa agoniado ter que ficar “clicando” e “desclicando”.
            Fiquei bastante decepcionado pois umas das coisas que mais tinha gostando no unity do Ubuntu 11.10 em relação ao unity do 11.04 foi justamente esses filtros, do jeito que estão atualmente (Ubuntu 11.10), por “parecer” com as categorias do antigo Gnome.

            Não sei quem teve a brilhante idéia de mudar isso e tirar 2 comportamentos do launcher :S.

            Mas valeu pela resposta @twitter-135962160:disqus :)!!!

  • Tiago

    Logo que foi lançado o Unity eu era um defensor do gnome inclusive usei até pouco tempo. Mas realmente as coisas mudam com o passar do tempo, até mesmo nós. E aquilo que vai se tornando bom como o Unity deve sim ser levado em consideração. Até porque todo o esforço da Equipe Ubuntu deve ser reconhecido. Caso contrário seria uma grande ingratidão.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @00b16641fea12712d3e3dbf1e07e8cf3:disqus ,

      Com certeza. Posso lhe assegurar que a Canonical está investindo muito para manter toda a estrutura do Ubuntu.

      Abraços

  • Eleudson

    Muito bom post!
    Aconteceu algo engraçado comigo, passei utilizar a Unity, no desktop e no notebook, com o 11.04 e gostei de alguns aspectos da mesma. Entretanto, sentia falta do menu, principalmente para encontrar alguns programas que não me lembrava o nome.Voltei para a shell do Gnome no notebook. Mas, com pouco tempo, senti falta da produtividade que a Unity vinha me fornecendo.
    Esta semana fiz uma mudança radical. Coloquei a versão beta do 12.04 em produção no meu notebook e estou simplesmente adorando tanto a Unity como o HUD.
    Fiz dois posts no meu blog sobre esta experiência com o Precise Pangolin e seria um prazer que pudessem ler e comentar sobre os mesmos. http://www.eleudson.com.br

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @982eb535530a0a644919cc8688550b53:disqus ,

      Obrigado por compartilhar sua experiência :)

      Abraços

  • Eleudson

    Muito bom post!
    Aconteceu algo engraçado comigo, passei utilizar a Unity, no desktop e no notebook, com o 11.04 e gostei de alguns aspectos da mesma. Entretanto, sentia falta do menu, principalmente para encontrar alguns programas que não me lembrava o nome.Voltei para a shell do Gnome no notebook. Mas, com pouco tempo, senti falta da produtividade que a Unity vinha me fornecendo.
    Esta semana fiz uma mudança radical. Coloquei a versão beta do 12.04 em produção no meu notebook e estou simplesmente adorando tanto a Unity como o HUD.
    Fiz dois posts no meu blog sobre esta experiência com o Precise Pangolin e seria um prazer que pudessem ler e comentar sobre os mesmos. http://www.eleudson.com.br

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @982eb535530a0a644919cc8688550b53:disqus ,

      Obrigado por compartilhar sua experiência :)

      Abraços

  • Nedeluiz

    Sinto muito meu amigo, mas acho que estas segurando em alça de caixão (unity), o tempo dirá, talvez o que realmente vai sobrar disso tudo serão lembranças .

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @251a3b6fb2665cb5f38573e50fcd47de:disqus ,

      A interface está estável e cada vez mais pessoas estão se rendendo a ela. Creio que estás enganado. Mas como falaste, é uma questão que somente o tempo responderá.

      Abraços

  • Nedeluiz

    Sinto muito meu amigo, mas acho que estas segurando em alça de caixão (unity), o tempo dirá, talvez o que realmente vai sobrar disso tudo serão lembranças .

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @251a3b6fb2665cb5f38573e50fcd47de:disqus ,

      A interface está estável e cada vez mais pessoas estão se rendendo a ela. Creio que estás enganado. Mas como falaste, é uma questão que somente o tempo responderá.

      Abraços

      • Leon

        Olá a todos.

        Eu sinceramente julgo que tanto a canonical quanto a gnome foundation(e até mesmo a Mint, por que não) tiveram uma ótima ideia ao inovar com seus projetos,  claro que eu pessoalmente acho que ambos são um pouco quase que mais do mesmo e embora tenham diferenças pesadas na aparência e interface, acabam oferecendo uma usabilidade/ experiência muito idêntica em ambos os casos, oque seria interessante até mesmo é um distanciamento entre ambas mais acentuado para que possa ofertar ainda mais diversidade, pois que não sou a favor da padronização do mundo Linux e sim da diversidade, não tem como atingir a todos fazendo um produto na forma.
        Acho que o Ubuntu é ótimo, só que uso o Xubuntu, pois, embora eu tenha uma ótima máquina, o XFCE é simplesmente perfeito para os meus conceitos, leve… bom, eu uso dois monitores, e para mim essa experiência, embora a
        canonical informe que vá dar uma leve aprimorada nessa experiência, para
        mim não me agrada e nada pois eu gosto de customizar cada monitor com ícones e opções diferentes já para cada monitor. Já o XFCE é INCRÍVEL PARA OS MEUS USOS, ESTÁVEL, altamente customizável, até mais que o Gnome 2.xxx e para mim é a melhor GUI que eu já usei até hoje.
        Ainda essa madrugada, usei o 12.04 B2 do Ubuntu e do Xubuntu, noto sim, algumas melhoras em se tratando de desempenho no Ubuntu e no B2 eu já deixei de ver vários bugs que tinham no B1, e o mesmo ocorreu com o Xubuntu 12.04 B1 para o B2, não em desempenho, mas em se tratando de bugs. O Xubuntu não mudou muito da 11.10 para a 12.04 na parte gráfica, mas teve algumas melhoras “under-the-hood”, algumas atualizações de software, de kernel e assim por diante, em se tratando de Xubuntu acho que a grande mudança será na versão 12.10, pois terá o XFCE 4.10 que trará ótimas mudanças e o kernel 3,4 ou mais.
        Mas o tópico é UNITY, é claro.
        O Unity pelo que eu percebi é mais questão de costume também, ele não é TÃO ÀS CLARAS quanto era o Gnome 2.xxx, pois lá nós víamos tudo a mão e tudo já separado bonitos em categorias, e no Unity nós vemos mais tudo com fácil acesso mas não tão ao toque dos olhos, pois muitas vezes para acharmos um programa não basta SÓ ir em INTERNET E VER quais os programas que estão disponíveis nesse setor, nós temos que ou mostrar TODOS ou digamos “Fire…” e o sistema já mostra a opção do Firefox.
        Mas como tudo na vida é costume, e pelo que eu experimentei é ótimo, claro, eu também reclamei demais e meti o pau na canonical, mas hoje como se percebe que ela NÃO IRÁ VOLTAR ATRÁS, a aceitação passou a ser forçosa e hoje em dia eu já estou acostumado até pela própria beleza plástica do Unity e do Shell.

        Além disso, andei vendo, e assim como no Xubuntu 12.10, acho que o bom
        será o Ubuntu 12.10, esse sim parece que trará várias melhorias.
        O unity ainda mais leve, ainda mais customizável, já com o bug de gasto de energia nos notes solucionado pelo kernel 3.3 e ainda possivelmente com um ainda mais novo como o 3.4 ou o 3.5.
        Mas eu acho que é ótimo o Unity, é inovando que se mantém as coisas.
        E é ótimo que a  Canonical( como já dito, não muito longo também do da Gnome Foundation) com a força dela tenha dado esse passo  “distinto” do comum, tem que ter muita coragem e muita confiança em si e no seu público para dar uma guinada tão absurda assim e simplesmente revolucionar a utilização do desktop, mesmo que um pouco copiada dos tablets em alguns casos.(claro, agora até a M$ “inova” com a sua interface copiando até mesmo os discursos de apresentação do Gnom3 e do Unity, oque me deixa chocado e com um asco ainda mais profundo  e beirando o absoluto pela M$).
        E sem dúvida, dar uma guinada no uso do ambiente desktop é sempre difícil, é sempre um pranto até se adequar, só que basta testar versões mais antigas do Ubuntu para nós percebermos que não vale a pena abrir mão da inovação e por que não dizer EVOLUÇÃO atual para nos atermos coisas que muitas vezes acabam por ficarem descontinuadas.
        E a informática é isso né, o mundo atual na verdade.
        Ou nós nos preocupamos em no ADAPTAR AS MUDANÇAS ou gastamos tempo reclamando, resmungando e no fim das contas teremos que de qualquer forma ainda por cima gastar tempo no adaptando a mudança.
        Lembrem que até mesmo tubarão que fica parado morre.
        OU seja, mudar é obrigatório, dai se é para melhor ou não… vai de cada um.
        E seja como for, na singela opinião, como esta indo o mundo Linux, e o caminho que ele esta traçando eu quero caminhar junto e chegar junto aonde quer que ele chegue, pois… o mundo Linux não mexe só com os nossos pcs né e o pessoal daqui deve saber bem disso.
        Abraço a todos.

        • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

          Olá @88f90f534f52db25538cf0c9453e2ce2:disqus ,

          Obrigado pelo comentário. É bom uma opinião assim para que o pessoal comece a pensar um pouco sobre o que está acontecendo no mundo Linux.

          Abraços!

          • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

            Eu não gostei muito mas consigo usar, o chato mesmo é o ‘global menu’. Uma tentativa boba de imitar o OS X da Apple mas sinceramente não gostei. Como só existe um menu, pra que o menu de uma janela esteja ‘disponivel’ voce precisa primeiro dar foco clicando na janela. Isso já me incomoda o suficiente pra não gostar.

            Se eu tenho várias janelas abertas com programas diferentes e quero acessar o menu de um que não esta em foco no momento eu preciso clicar na janela do programa (ela pode estar em qualquer local da tela) e depois subir o mouse até o global menu. Acabei de fazer isso e agora quero o menu de outra aplicação que pode estar em qualquer lugar da tela, por exemplo na parte baixa da tela. Eu tenho que ir com o mouse até ela, saindo do global menu lá em cima, clicar na janela da aplicação e subir outra vez pro global menu.

            Cliques e movimentos de mouse desnecessários que não me deixam mais produtivo.

          • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

            Olá @viniciusfs:disqus,
            Pessoalmente, amei o global menu. Torna a utilização dos espaços da minha tela muito melhor, mas pra quem não gosta, pode-se sempre retira-lo (:

          • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

             Eu não encontrei um jeito fácil de desabilita-lo. Confesso que também não procurei tanto. Onde posso mudar isso?

            A economia de alguns 24 pixels não funciona pra mim devido a toda essa movimentação de mouse.

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @viniciusfs:disqus ,

            Para isso você pode usar uma ferramenta gráfica, de uso extremamente fácil, chamada Unsettings.

            A instalação pode ser efetuada através da seguinte linha de comando:

            sudo add-apt-repository ppa:diesch/testingsudo && sudo apt-get update && sudo apt-get install unsettings -y

            Abraços

          • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

            Vou testar o Unsettings.

            Algo que o Ubuntu precisa evitar é isso, não deveria ser necessário usar algo que não vem na instalação padrão pra uma mudança simples. Tudo bem que o usuário padrão não vai ficar ‘tunando’ o seu desktop, geralmente usa como vem mas algo assim deveria ser facilmente alterado, sem a necessidade de repositórios adicionais, linha de comando, etc.

          • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

            A opção de desativar o global menu via Configurações do Sistema era pra sair junto com o Ubuntu 12.04, mas acabou ficando pro 12.10… sabe-se lá porque.

          • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

            Eu não me importo com o procedimento até porque ganho a vida com Linux, pra mim é simples. Só que é totalmente contra o objetivo do Ubuntu. É uma grande distro, a minha preferida, nunca vai ser unanimidade mas nada é. Pra mim é o melhor trabalho de Linux no desktop que já foi feito, ainda pode melhorar muito.

          • http://blogrodpaulo.blogspot.com/ InforPaulo

            É por esses sabe-se lá lá porquê que depois de anos a usar Ubuntu passei definitivamente para o Debian

          • Cleberpborges

            Mas pense uma coisa: se você vai usar uma janela, de qualquer modo você não tem de colocá-la em evidência? Mesmo quando os menus são na própria janela, se você quiser utilizar uma outra, não vai ter de pôr a outra em evidência? Assim, não é uma crítica, só quero entender mesmo sua colocação. valeu!

          • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

            Sim, terei que coloca-la em evidencia. A diferença é que quando cada janela tem um menu, um único clique já coloca a janela em evidencia E aciona o menu. No Unity é clica na janela, sobe até o menu, clica no menu, desce até a janela. Parece uma grande bobeira mas começou a me incomodar quando eu ia no menu global e dava de cara com o menu da aplicação em foco. “Ah que saco, tem que clicar na janela antes”, ai desce o mouse, clica na janela e vai pro menu dela.

            É apenas uma critica, não me faz não utilizar o Unity e o Global Menu, só acho chato quando acontece e sempre acontece comigo. Pra quem usa muita coisa aberta, um sysadmin ou um programador, acho que bom mesmo são aqueles tiling window manager mas óbvio, é completamente oposto do foco do Ubuntu. Usei o wmii por um tempo, demora a se acostumar mas gerenciar as janelas sem usar o mouse é uma vantagem muito boa.

          • Cleberpborges

            Sabe que eu não vou na janela e sim no lançador quando preciso de outra janela aberta. Quando tem muitas janelas abertas do mesmo aplicativo, daí SUPER+W daí escolho a janela que quero. Isso é tranquilo para mim. Mas se você acha tudo isso um saco, concordo com você, é ideal achar um tutorial que desabilite o menu global. caso encontre, poste aqui! Abraço!

          • http://twitter.com/marcio327 Marcio Oliveira

             Existem vários tutoriais por aí ensinando a desabilitar o menu global (Ex.: http://www.ubuntero.com.br/2011/10/desabilitar-menu-global/).
            Minha única crítica ao menu global é que nem todos os aplicativos são compatíveis, assim, o sistema não fica padronizado, o que incomoda ao usar.

          • http://www.facebook.com/people/Eliton-Luiz/100003391791513 Eliton Luiz

            Gosto muito do Unity. Só gostaria de poder por ele na parte inferior da tela, seria muito mais prático pra mim.
            Sei que tem um script que faz isso, mas queria que fosse de uma forma mais simples e segura (pelo menos no post que li sobre o script era por nossa conta e risco).

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @facebook-100003391791513:disqus ,

            Existem algumas coisas que ainda não serão personalizáveis nesta versão. Mas creio que nas futuras a funcionalidade deverá ser implementada, até por que é requisitada por muitos usuários.

            Abraços

  • http://www.facebook.com/lnathansf Nathan Dos Santos

    Se o Ubuntu continuasse até hoje com a interface Gnome como padrão, pode ter certeza que apareceria gente criticando por que a Cannonical não inovaria a GUI.
    Essa resistência é mais do que esperada, e seguindo a filosofia Linux, todos nós somos livre para personalizar o nosso SO, ou seja, se não gostou do unity, busque uma GUI que te agrade.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100001103612219:disqus ,

      Este é o bom e o ruim do Linux: os usuários são muito exigentes. Mas concordo contigo, afinal quando não existia uma interface no estilo do Unity quase todo mundo pedia por uma. Agora que tem, todo mundo diz que quer outra coisa. Agradar todos os usuários Linux é um loop infinito e inexato :)

      Abraços

  • http://www.facebook.com/lnathansf Nathan Dos Santos

    Se o Ubuntu continuasse até hoje com a interface Gnome como padrão, pode ter certeza que apareceria gente criticando por que a Cannonical não inovaria a GUI.
    Essa resistência é mais do que esperada, e seguindo a filosofia Linux, todos nós somos livre para personalizar o nosso SO, ou seja, se não gostou do unity, busque uma GUI que te agrade.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100001103612219:disqus ,

      Este é o bom e o ruim do Linux: os usuários são muito exigentes. Mas concordo contigo, afinal quando não existia uma interface no estilo do Unity quase todo mundo pedia por uma. Agora que tem, todo mundo diz que quer outra coisa. Agradar todos os usuários Linux é um loop infinito e inexato :)

      Abraços

  • http://twitter.com/DanielTwist Twist

    O unity é MUITO melhor que aquela coisa que chamam de Gnome 3… odeio aquilo… ainda bem que a canonical inventou o unity, se não eu estaria no KDE…

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @twitter-16521966:disqus ,

      Só testei o Gnome Shell basicamente, portanto ainda não tenho opinião formada sobre ele. Mas posso dizer que o Unity foi, e continua sendo, um tiro certeiro da Canonical.

      Abraços

  • http://twitter.com/DanielTwist Twist

    O unity é MUITO melhor que aquela coisa que chamam de Gnome 3… odeio aquilo… ainda bem que a canonical inventou o unity, se não eu estaria no KDE…

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @twitter-16521966:disqus ,

      Só testei o Gnome Shell basicamente, portanto ainda não tenho opinião formada sobre ele. Mas posso dizer que o Unity foi, e continua sendo, um tiro certeiro da Canonical.

      Abraços

  • http://twitter.com/DanielTwist Twist

    O unity é MUITO melhor que aquela coisa que chamam de Gnome 3… odeio aquilo… ainda bem que a canonical inventou o unity, se não eu estaria no KDE…

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @twitter-16521966:disqus ,

      Só testei o Gnome Shell basicamente, portanto ainda não tenho opinião formada sobre ele. Mas posso dizer que o Unity foi, e continua sendo, um tiro certeiro da Canonical.

      Abraços

  • Rguti

    Depois de um ano e meio transitando por várias distros Linux, estou voltando para o velho Ubuntu. Pelo contrário que muitos estão fazendo, voltei a usar o sistema (com o Unity) porque na verdade me desagradaram muito o Gnome 3 (cru ainda, falta estabilidade, opções de personalização e um design questionável e o KDE 4 (consome muitos recursos, exige muita dedicação para configurar e é bugado). Já que o problema do Unity é basicamente a mudança na interface e a falta de efeitos gráficos (o que pode ser contornado), então volto a ele mais uma vez

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @c92c4730fb02e5e901744ad36d8ddc4c:disqus ,

      Obrigado por compartilhar sua experiência. Como falei em outro comentário, testei apenas basicamente o Gnome Shell, portanto não tenho opinião formada sobre ele.

      Quanto aos efeitos de área de trabalho, não sou muito próximos a eles. Nesse ponto sou simplista e, como citei no post, fã do Unity 2D.

      Abraços

  • Rguti

    Depois de um ano e meio transitando por várias distros Linux, estou voltando para o velho Ubuntu. Pelo contrário que muitos estão fazendo, voltei a usar o sistema (com o Unity) porque na verdade me desagradaram muito o Gnome 3 (cru ainda, falta estabilidade, opções de personalização e um design questionável e o KDE 4 (consome muitos recursos, exige muita dedicação para configurar e é bugado). Já que o problema do Unity é basicamente a mudança na interface e a falta de efeitos gráficos (o que pode ser contornado), então volto a ele mais uma vez

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @c92c4730fb02e5e901744ad36d8ddc4c:disqus ,

      Obrigado por compartilhar sua experiência. Como falei em outro comentário, testei apenas basicamente o Gnome Shell, portanto não tenho opinião formada sobre ele.

      Quanto aos efeitos de área de trabalho, não sou muito próximos a eles. Nesse ponto sou simplista e, como citei no post, fã do Unity 2D.

      Abraços

  • Rguti

    Depois de um ano e meio transitando por várias distros Linux, estou voltando para o velho Ubuntu. Pelo contrário que muitos estão fazendo, voltei a usar o sistema (com o Unity) porque na verdade me desagradaram muito o Gnome 3 (cru ainda, falta estabilidade, opções de personalização e um design questionável e o KDE 4 (consome muitos recursos, exige muita dedicação para configurar e é bugado). Já que o problema do Unity é basicamente a mudança na interface e a falta de efeitos gráficos (o que pode ser contornado), então volto a ele mais uma vez

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @c92c4730fb02e5e901744ad36d8ddc4c:disqus ,

      Obrigado por compartilhar sua experiência. Como falei em outro comentário, testei apenas basicamente o Gnome Shell, portanto não tenho opinião formada sobre ele.

      Quanto aos efeitos de área de trabalho, não sou muito próximos a eles. Nesse ponto sou simplista e, como citei no post, fã do Unity 2D.

      Abraços

  • Bylaardt

    Sou fã do ubuntu, mas vamos e convenhamos, sou mais fã do plasma! o KDE tá muito bom! ainda não sei instalar o unity em KDE, mas acredite estou curioso.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @7cb9840314a543b00b201dbc62315eda:disqus ,

      O último Kubuntu que testei foi o 11.04. Mas no 12.04 pretendo testá-lo novamente.

      Obrigado por compartilhar sua experiência :)

      Abraços

      • http://www.facebook.com/people/Augusto-Bastos/100000713913346 Augusto Bastos

        Para o Unity ficar perfeito falta só uma coisa que tem o KDE, a Central de configurações que reune tudo o que é preciso configurar no OS em um só lugar. Para mim, isso é ainda mais importante do que mostrar fotos ou vídeos no Dash.

        • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

          Olá @facebook-100000713913346:disqus ,

          Nas últimas versões o Ubuntu já traz um lugar onde as configurações estão centralizadas: as “Configurações do sistema…”.

          Vale lembrar que a versão 2D dele não utiliza o compiz.

          Obrigado pelo comentário!

          Abraços

      • http://twitter.com/nq6 Frederico Araújo

        Coloquei um comentário, e não foi publicado?

        • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

          Olá @twitter-88257215:disqus ,

          Não aplicamos nenhum tipo de censura a comentários, desde que não seja desrespeitoso. Peço que encaminhe seu comentário novamente, pois provavelmente houve algum problema na hora da publicação.

          Abraços

        • http://www.facebook.com/evandrolkot Evandro Lazzeri Kottwitz

          sinceramente?! vou muito bem com meu gnome, amei o shell; em realção ao unity, acho um tanto quanto ridículo, isso mesmo, riículo, ainda mais com as janelas maximizadas!

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @facebook-1307347390:disqus ,

            Realmente uma pena. Nesse ponto, tendo em vista o rigor do seu comentário, creio que não adiantará de nada argumentar. Apenas digo que esse é o lado mais positivo – e ao mesmo tempo o calcanhar de Aquiles – do software livre: a diversidade.

            Abraços

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @twitter-88257215:disqus ,

            Concordo que o Unity tem que amadurecer, assim como qualquer interface disponível hoje no mercado (tanto as proprietárias quanto as livres).

            Você pode expor facilmente suas ideias no Brainstorm do Ubuntu (http://brainstorm.ubuntu.com), onde elas serão submetidas à avaliação da comunidade. Caso a massa aprove uma das suas ideias, ela certamente será estudada pela Canonical para inclusão no sistema operacional.

            Abraços

        • http://profile.yahoo.com/MD7P5AEMRC6FWFLVQOKJHPKC2Q OLNEI

          Acho eu o Unity evoluiu muito, e para melhor, desde o seu lançamento. Hoje, não me adapto a uma outra interface.  Para mim é o ambiente perfeito. Me sinto confortável nele. E fica tudo ali, sempre ao meu alcance.

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @yahoo-MD7P5AEMRC6FWFLVQOKJHPKC2Q:disqus ,

            O Unity realmente está cada vez melhor. Quase um ano e meio após seu lançamento, o time de desenvolvimento da interface continua trabalhando pesado para deixá-la ainda mais agradável.

            Obrigado pelo comentário!

            Abraços

          • Cleberpborges

            Tiago, o Unity quebrou muito o paradigma do uso excessivo dos menus, que são, a meu ver, uma experiência bastante burocrática que obriga a vários cliques até chegar ao aplicativo. No Unity: tecla Super + duas letras do nome do aplicativo. Pronto, ele já aparece. Muito fácil, prático e rápido. Li sobre pessoas reclamando que aparecem sempre 3 linhas de aplicativos no Painel Inicial: aplicativos recentes/aplicativos instalados/sugestão para download. Com o Myunity, você pode escolar quais linhas você quer que apareça no seu Painel Inicial. No meu caso, eu só deixei a opção de aplicativos instalados. Assim, quando eu teclo Sper, SÓ aparece os aplicativos (ou pastas) instalados no sistema. Enfim, escreva um post bem completo sobre o MyUnity para o pessoal, acho que vai contribuir bastante (além de toda a excelente contribuição já dada, claro, por vocês. muito obrigado pelo site!).

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @5195cfc4c72e02d2ce8325d10980b2a8:disqus ,

            Obrigado pela sugestão. No entanto, já temos um post sobre a ferramenta, disponível em http://www.ubuntubrsc.com/myunity-deixe-unity-do-seu-jeito.html.

            Abraços

  • Bylaardt

    Sou fã do ubuntu, mas vamos e convenhamos, sou mais fã do plasma! o KDE tá muito bom! ainda não sei instalar o unity em KDE, mas acredite estou curioso.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @7cb9840314a543b00b201dbc62315eda:disqus ,

      O último Kubuntu que testei foi o 11.04. Mas no 12.04 pretendo testá-lo novamente.

      Obrigado por compartilhar sua experiência :)

      Abraços

      • http://www.facebook.com/people/Augusto-Bastos/100000713913346 Augusto Bastos

        Para o Unity ficar perfeito falta só uma coisa que tem o KDE, a Central de configurações que reune tudo o que é preciso configurar no OS em um só lugar. Para mim, isso é ainda mais importante do que mostrar fotos ou vídeos no Dash. A propósito não haveria um gerenciador de janelas mais simples e com menos bugs que o Compiz tal qual é KWin do Kubuntu e mais, assim como no KDE, ele também deveria estar integrado ao Unity.

        • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

          Olá @facebook-100000713913346:disqus ,

          Nas últimas versões o Ubuntu já traz um lugar onde as configurações estão centralizadas: as “Configurações do sistema…”.

          Vale lembrar que a versão 2D dele não utiliza o compiz.

          Obrigado pelo comentário!

          Abraços

  • Dougpess

    Testei a o beta 2 do Ubuntu. Meu cérebro trava quando utilizo o Unity, Vou deixar pra versão 12.10.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @5477406db81e2bcdf9c9afb6faa68f28:disqus ,

      Uma pena, afinal os times da Canonical estão trabalhando pesado em cima do Unity. Confesso que também tive esse problema no começo, mas é uma questão de tempo para se habituar.

      Abraços

  • Dougpess

    Testei a o beta 2 do Ubuntu. Meu cérebro trava quando utilizo o Unity, Vou deixar pra versão 12.10.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @5477406db81e2bcdf9c9afb6faa68f28:disqus ,

      Uma pena, afinal os times da Canonical estão trabalhando pesado em cima do Unity. Confesso que também tive esse problema no começo, mas é uma questão de tempo para se habituar.

      Abraços

      • Leon

        Ah, e só para comentar hehehe textos como esses daqui, eu sempre faço, pois no meu trabalho eu consigo testar várias distros e  programas, e como o mundo Linux é um bufet self-service eu considero que o mínimo que eu posso fazer é prestar um feedback aos desenvolvedores e, além, é claro, agradecer pelo empenho hercúleo de muitos, que nos dão algo que nós tanto precisamos.

        E claro, valeu Tiago H., por mais um post e toda a equipe do UbuntuBrSc.
        Vejo diariamente os seus materiais.
        Muito bom contar com vocês.
        Valeu mesmo.

        • Sandelas

          Gostaria de dizer primeiro que quando Unity foi lançado no Ubuntu 11.04 ey realmente não gostei e não usei, tanto que voltei parao Ubuntu 10.10. Porém no Ubuntu 11.10 ele vei muito melhor, mas usual e mais agradável e estou usando ele atualmente ;).

          Agora falando do Ubuntu 12.04 eu realmente estava gostando as coisas que eu estava lendo sobre como ele esta ficando. Quando baixei o beta 2 e fui testar fiquei muito triste com pequenos detalhes que poderiam ter ficado como antes sem problema algum.

          Não vi a necessidade de terem mudado o alt+tab para que ficasse independente em cada área de trabalho, particularmente eu gosto do jeito que esta no 11.10, poderia ter a opção de deixar do jeito que o usuário bem queira, mas isso da para se acostumar.

          Agora vou tocar em 2 pontos que me deixaram desapontado logo de inicio.

          1º – O funcionamento do lançado, no inicio quando estava lendo pensei que só o comportamento padrão tinha mudado mas quando fui ver no MyUnity eles tiraram 2 comportamentos que estão presentes na versão 11.10 (Comportamentos presentes no Ubuntu 11.10: Smart, Avoid window, Hidden e Fixed), ficando no Ubuntu 12.04 apenas o Hidden e o Fixed. Gostaria de saber por que essa ideia de TIRAR uma coisa que estava funcionando sem problemas e que já servia para a personalização do sistema???? @tiagoscd:disqus se você souber alguma forma de instalar esses outros 2 comportamentos no 12.04 por favor faça um poste sobre isso :).

          2º – Esse eu espero profundamente que seja um bug e se alguém ai achar que é também por favor reporte esse bug logo pois eu estou achando muito escroto estar assim :(. Só para constar eu não reporto porque infelizmente eu não sei bem como fazer isso, já uma dica para um poste aqui no blog que esta passando despercebido “Como reportar um Bug e assim ajudar no desenvolvimento do Ubuntu”.
          Esse bug, que para é muito escroto, esta la na “Lente Aplicativos”, é o seguinte, quando vou clicando nos filtros tipo: Gráfico, Escrito rio, Jogos, Acessórios e etc, o unity não vai mudando o filtro como é no Ubuntu 11.10, e foi um dos principais motivos para eu gostar do unity, ele vai “juntando”, “somando” os filtros, realmente isso esta me deixando muito chateado e se realmente ele for se comportar assim agora e não tenha uma opção fácil de reverter isso, que pra mim é uma verdadeira cagada, eu infelizmente vou ter que pensar em mudar ¬¬, juro que não quero fazer isso, mas vai ficar muito chato quando eu tiver procurando algo por ali :s.
          Se alguém souber algum modo de reverter isso e posso compartilhar eu vou ficar grato :).

          Desculpa o texto muito grande, e parabéns galera desse meu blog querido por serem tão bons no que fazem, sempre fica muito com os vossos postes ;).

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @Sandelas:disqus ,

            Obrigado pelo comentário!

            Quanto ao primeiro ponto, lembro que o MyUnity é um aplicativo independente desenvolvido por terceiros. Logo, se alguma funcionalidade foi retirada, talvez valha a pena entrar em contato com eles.

            E o segundo, creio que seja alguma mudança de comportamento devido as solicitações dos próprios usuários. Mas sugiro que registre sua opinião no próprio Launchpad a respeito disso, como se fosse um bug mesmo.

            Se eu encontrar algo sobre os dois temas pode deixar que escrevo um post :)

            Abraços

          • Sandelas

            Olá @tiagoscd:disqus , obrigado pela resposta.

            Falando sobre o 1º ponto (o comportamento do launcher), infelizmente não tem a ver com o MyUnity não, pois se você instalar o Compiz e for no plugin do Unity, assim que você clicar vai ter a opção Hede Launcher, nela no Ubuntu 12.04 só tem as duas que citei: Heden e fixed, enquanto que no Ubuntu 11.10 existem além desses existem mais outros 2, dos quais eu prefiro muito mais :(. Portanto infelizmente realmente foi retirado do sistema(não entendo por que tirar a essas OPÇÕES???). Se você conhecer alguma formar de reverter isso e postar agradecerei muito ^^.

            Sobre o 2º ponto, infelizmente eu não estou tão engajado na comunidade mas para mim é uma burrice ficar “juntando” os filtros, um dos motivos para ter começado a usar o Unity foi por estar como esta agora no Ubuntu 11.10 e fico triste por terem mudado isso, acho que vai ficar muito menos produtivo para quem estiver, como eu, procurando algum programa por aquele filtros ¬¬. Sei que não represento nem 0,1% dos que poderiam opinar pela mudança desse comportamento mas eu não iria concordar com essa mudança, a meu ver burra, do Unity.

            Me desculpe minha ignorância mas eu não sei como reportar um “bug” no Launchpad não :s. Até citei no meu comentário acima a ideia para um possível tutorial “Como reportar um Bug no Launchpad e assim ajudar no desenvolvimento do Ubuntu”.

            Uma outra coisa é que achei a “solução” para o 1º ponto em um outro blog só que não funcionou no Ubuntu beta 2 que tenho em uma maquina virtual. Não sei se seria legal colocar o link desse site aqui por isso não coloquei, mas se alguém conseguir reverter isso já seria uma boa ;).

            No mais muito obrigado pela resposta e parabéns por seus postes cara.

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @Sandelas:disqus ,

            Desculpe pela desatenção quanto a parte em que falaste do “bug”.

            Outra possibilidade, ao invés de reportar um bug, e publicar sua ideia no http://brainstorm.ubuntu.com, que por sinal é extremamente fácil de se fazer.

            Quanto ao uso do Launchpad, certamente pensarei em algo para auxiliar o pessoal disposto a reportar. Mais para frente deve sair um post sobre o assunto :)

            Agradeço pelos elogios!

            Abraços

          • http://orgulhogeek.net/ Kadu

             Para marcar um filtro, clique uma vez sobre ele. Para desmarcar, clique novamente. Você pode querer pesquisar um programa que pode se encaixar em quaisquer categorias, assim, uma vez clicado um filtro e outro filtro, os dois serão mostrados. Para voltar a usar apenas um filtro, desmarque o filtro desejado.

          • Sandelas

             Cara não me entenda mal, mas desde o Gnome 2 (Gnome-panel) eu não vejo um programa que esteja EM DUAS categorias, logo eu achei uma burrice terem mudado isso. Já sei como isso tem que ser usado mas me deixa agoniado ter que ficar “clicando” e “desclicando”.
            Fiquei bastante decepcionado pois umas das coisas que mais tinha gostando no unity do Ubuntu 11.10 em relação ao unity do 11.04 foi justamente esses filtros, do jeito que estão atualmente (Ubuntu 11.10), por “parecer” com as categorias do antigo Gnome.

            Não sei quem teve a brilhante idéia de mudar isso e tirar 2 comportamentos do launcher :S.

            Mas valeu pela resposta @twitter-135962160:disqus :)!!!

          • http://www.facebook.com/evandrolkot Evandro Lazzeri Kottwitz

            sinceramente?! vou muito bem com meu gnome, amei o shell; em realção ao unity, acho um tanto quanto ridículo, isso mesmo, riículo, ainda mais com as janelas maximizadas!

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @facebook-1307347390:disqus ,

            Realmente uma pena. Nesse ponto, tendo em vista o rigor do seu comentário, creio que não adiantará de nada argumentar. Apenas digo que esse é o lado mais positivo – e ao mesmo tempo o calcanhar de Aquiles – do software livre: a diversidade.

            Abraços

        • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

          Obrigado pelos elogios @88f90f534f52db25538cf0c9453e2ce2:disqus . Ficamos felizes em ver que nosso trabalho está sendo reconhecido.

          Abraços

  • Dougpess

    Testei a o beta 2 do Ubuntu. Meu cérebro trava quando utilizo o Unity, Vou deixar pra versão 12.10.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @5477406db81e2bcdf9c9afb6faa68f28:disqus ,

      Uma pena, afinal os times da Canonical estão trabalhando pesado em cima do Unity. Confesso que também tive esse problema no começo, mas é uma questão de tempo para se habituar.

      Abraços

  • http://twitter.com/bopabopa Bruno Oliveira

    Pra mim é unity 2d na cabeça! Não que a versão 3d não preste ( nunca usei e passei o 11.04 todo usando o classic de gnome 2) e fiquei contente com a inclusão do 2d no ubuntu 11.10. Acho que o ubuntu de agora em diante deveria ser o 2d (qt) com o compiz rodando sobre ele aí sim o ubuntu 2d sendo investido em primeiro lugar pela canonical seria uma coisa de outro mundo! Alias uma dúvida, o 3d que é um plugin do compiz dando pau a tela do ubuntão cai aonde, no terminal ou no lightgdm?

    • Glauco

      No caso não “dá pau”, ele reconhece que o hardware não suporta o compiz e automaticamente inicia o Unity 2D

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @twitter-26893278:disqus ,

      Como disse o colega @92a469038bc7ce074d72afed9e77c474:disqus , se o seu hardware não suportar o compiz a versão 2D é selecionada automaticamente.

      Abraços

  • http://twitter.com/bopabopa Bruno Oliveira

    Pra mim é unity 2d na cabeça! Não que a versão 3d não preste ( nunca usei e passei o 11.04 todo usando o classic de gnome 2) e fiquei contente com a inclusão do 2d no ubuntu 11.10. Acho que o ubuntu de agora em diante deveria ser o 2d (qt) com o compiz rodando sobre ele aí sim o ubuntu 2d sendo investido em primeiro lugar pela canonical seria uma coisa de outro mundo! Alias uma dúvida, o 3d que é um plugin do compiz dando pau a tela do ubuntão cai aonde, no terminal ou no lightgdm?

    • http://www.facebook.com/marcosbobsantana Marcos Vinícius Santana

      Eu sempre gostei do Unity, quando usava o Gnome, eu fazia algo parecido antes do Unity, colocava um dock na horizontal na esquerca  e colocava o global menu. Não gosto muito apenas quando procuro aplicativo ele mostra 3 linhas (mais usados, aplicativos e para instalar) ficava um poco confuso.

      Acho que também poderia ter algo como gnome 3, site com extenções, ter alguma extenções pra colocar no Unity, no panel superior e também a opção de colocar a barra lateral na posição que o usuário prefirir(apesar que pra mim a posição preferida é na horizontal na esquerda).

      Acho que a forma que o global menu trabalha podia ser diferente também, quando a janela não esta maximinizada o menu ficasse na janela e quando maximiniza o menu fica no global menu.

      Podia ter a opção pra aumentar a personalização, como poder desligar só a barra do Unity e a pessoa poder substitui – la por uma dock

      • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

        Olá @facebook-100002392888328:disqus ,

        Vejo que tens várias ideias. Sugiro que você publique-as no Ubuntu Brainstorm, onde estará ao alcance dos desenvolvedores do Unity.

        Abraços

        • http://profile.yahoo.com/MD7P5AEMRC6FWFLVQOKJHPKC2Q OLNEI

          Acho eu o Unity evoluiu muito, e para melhor, desde o seu lançamento. Hoje, não me adapto a uma outra interface.  Para mim é o ambiente perfeito. Me sinto confortável nele. E fica tudo ali, sempre ao meu alcance.

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @yahoo-MD7P5AEMRC6FWFLVQOKJHPKC2Q:disqus ,

            O Unity realmente está cada vez melhor. Quase um ano e meio após seu lançamento, o time de desenvolvimento da interface continua trabalhando pesado para deixá-la ainda mais agradável.

            Obrigado pelo comentário!

            Abraços

          • Cleberpborges

            Tiago, o Unity quebrou muito o paradigma do uso excessivo dos menus, que são, a meu ver, uma experiência bastante burocrática que obriga a vários cliques até chegar ao aplicativo. No Unity: tecla Super + duas letras do nome do aplicativo. Pronto, ele já aparece. Muito fácil, prático e rápido. Li sobre pessoas reclamando que aparecem sempre 3 linhas de aplicativos no Painel Inicial: aplicativos recentes/aplicativos instalados/sugestão para download. Com o Myunity, você pode escolar quais linhas você quer que apareça no seu Painel Inicial. No meu caso, eu só deixei a opção de aplicativos instalados. Assim, quando eu teclo Sper, SÓ aparece os aplicativos (ou pastas) instalados no sistema. Enfim, escreva um post bem completo sobre o MyUnity para o pessoal, acho que vai contribuir bastante (além de toda a excelente contribuição já dada, claro, por vocês. muito obrigado pelo site!).

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @5195cfc4c72e02d2ce8325d10980b2a8:disqus ,

            Obrigado pela sugestão. No entanto, já temos um post sobre a ferramenta, disponível em http://www.ubuntubrsc.com/myunity-deixe-unity-do-seu-jeito.html.

            Abraços

          • Rielson

            Pra quem usa um pc com hardware avançado não é tão ruim, mas quando tu usa um hardware mais em conta o sistema trava, congela e etc.
            resumindo unity apesar de suas falhas vai bem em pcs bons, eu testei e não gostei porque a diferença do linux pro windows ate hoje foi sempre a usabilidade sistema simples e bonito e não pesado.
            espero melhorias do unity pra assim usa-lo

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @d6b441018a72f89aa3b527d9f21bb205:disqus ,

            Pois é, os hardwares mais antigos penam um pouco com o Unity. Mas creio que geralmente eles não funcionam bem com qualquer interface recente (Aero, Unity, Gnome Shell).
            De qualquer modo, se tiver tempo teste o Unity no Ubuntu 12.04. Ele está ainda mais leve e funcional.Abraços

          • http://www.facebook.com/erikpaixao Erik Paixão

            Pra quem tem lentidão o Unity 2D esta perfeito. Com todas as funcionalidades do Unity. Estou usando e recomendo, é estupidamente rapido

          • Silio Silvestre

            a única coisa que não gosto é que toda janela aberta SEMPRE abre na frente de todas as que já estão abertas.

          • waldisio araujo

            Também me irrita isso, Silio. Acho chato estar usando, por exemplo, um processador de texto e, de repente, abre-se indelicadamente a janela do navegador que pedi há vários segundos atrás e que agora vem me atrapalhar a digitação. Mas isso acho que não é específico da Unity nem do Ubuntu, porém adoraria encontrar uma forma de configurar para toda nova janela abrir em segundo plano.

    • Glauco

      No caso não “dá pau”, ele reconhece que o hardware não suporta o compiz e automaticamente inicia o Unity 2D

      • http://www.facebook.com/leonidas.lima1 Leonidas Lima

        Parabens a todos os desenvolvedores de linux brasileiros e tambem a sites brasileiros que falam ,comentam,discutem,criam a comunidade brasileira,parabens a todos os que Linux é o poder

        • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

          Olá @facebook-100000199531164:disqus ,

          Obrigado pelos comentários!

          Abraços

          • Eltondhiego

            Parabéns pelo artigo! Está a minha cara … rs … Experimentei o Unity durante um tempo e desistí. Resultado: Utilizo a versão 10.10 até hoje, que na minha opinião foi a melhor. Mas vou seguir a sugestão e instalar a nova versão para novos testes na esperança de, desta vez, conseguir realizar as minhas atividades corriqueiras e personalizar o desktop a meu gosto.

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @0d2b4508866c2655df38381c28b47d05:disqus ,

            Obrigado pelos comentários :)

            Boa sorte nos testes! Garanto que irá surpreender-se.

            Abraços

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @twitter-26893278:disqus ,

      Como disse o colega @92a469038bc7ce074d72afed9e77c474:disqus , se o seu hardware não suportar o compiz a versão 2D é selecionada automaticamente.

      Abraços

  • http://twitter.com/bopabopa Bruno Oliveira

    Pra mim é unity 2d na cabeça! Não que a versão 3d não preste ( nunca usei e passei o 11.04 todo usando o classic de gnome 2) e fiquei contente com a inclusão do 2d no ubuntu 11.10. Acho que o ubuntu de agora em diante deveria ser o 2d (qt) com o compiz rodando sobre ele aí sim o ubuntu 2d sendo investido em primeiro lugar pela canonical seria uma coisa de outro mundo! Alias uma dúvida, o 3d que é um plugin do compiz dando pau a tela do ubuntão cai aonde, no terminal ou no lightgdm?

    • Glauco

      No caso não “dá pau”, ele reconhece que o hardware não suporta o compiz e automaticamente inicia o Unity 2D

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @twitter-26893278:disqus ,

      Como disse o colega @92a469038bc7ce074d72afed9e77c474:disqus , se o seu hardware não suportar o compiz a versão 2D é selecionada automaticamente.

      Abraços

  • http://www.facebook.com/marcosbobsantana Marcos Vinícius Santana

    Eu sempre gostei do Unity, quando usava o Gnome, eu fazia algo parecido antes do Unity, colocava um dock na horizontal na esquerca  e colocava o global menu. Não gosto muito apenas quando procuro aplicativo ele mostra 3 linhas (mais usados, aplicativos e para instalar) ficava um poco confuso.

    Acho que também poderia ter algo como gnome 3, site com extenções, ter alguma extenções pra colocar no Unity, no panel superior e também a opção de colocar a barra lateral na posição que o usuário prefirir(apesar que pra mim a posição preferida é na horizontal na esquerda).

    Acho que a forma que o global menu trabalha podia ser diferente também, quando a janela não esta maximinizada o menu ficasse na janela e quando maximiniza o menu fica no global menu.

    Podia ter a opção pra aumentar a personalização, como poder desligar só a barra do Unity e a pessoa poder substitui – la por uma dock

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100002392888328:disqus ,

      Vejo que tens várias ideias. Sugiro que você publique-as no Ubuntu Brainstorm, onde estará ao alcance dos desenvolvedores do Unity.

      Abraços

  • Leon

    Olá a todos.

    Eu sinceramente julgo que tanto a canonical quanto a gnome foundation(e até mesmo a Mint, por que não) tiveram uma ótima ideia ao inovar com seus projetos,  claro que eu pessoalmente acho que ambos são um pouco quase que mais do mesmo e embora tenham diferenças pesadas na aparência e interface, acabam oferecendo uma usabilidade/ experiência muito idêntica em ambos os casos, oque seria interessante até mesmo é um distanciamento entre ambas mais acentuado para que possa ofertar ainda mais diversidade, pois que não sou a favor da padronização do mundo Linux e sim da diversidade, não tem como atingir a todos fazendo um produto na forma.
    Acho que o Ubuntu é ótimo, só que uso o Xubuntu, pois, embora eu tenha uma ótima máquina, o XFCE é simplesmente perfeito para os meus conceitos, leve… bom, eu uso dois monitores, e para mim essa experiência, embora a
    canonical informe que vá dar uma leve aprimorada nessa experiência, para
    mim não me agrada e nada pois eu gosto de customizar cada monitor com ícones e opções diferentes já para cada monitor. Já o XFCE é INCRÍVEL PARA OS MEUS USOS, ESTÁVEL, altamente customizável, até mais que o Gnome 2.xxx e para mim é a melhor GUI que eu já usei até hoje.
    Ainda essa madrugada, usei o 12.04 B2 do Ubuntu e do Xubuntu, noto sim, algumas melhoras em se tratando de desempenho no Ubuntu e no B2 eu já deixei de ver vários bugs que tinham no B1, e o mesmo ocorreu com o Xubuntu 12.04 B1 para o B2, não em desempenho, mas em se tratando de bugs. O Xubuntu não mudou muito da 11.10 para a 12.04 na parte gráfica, mas teve algumas melhoras “under-the-hood”, algumas atualizações de software, de kernel e assim por diante, em se tratando de Xubuntu acho que a grande mudança será na versão 12.10, pois terá o XFCE 4.10 que trará ótimas mudanças e o kernel 3,4 ou mais.
    Mas o tópico é UNITY, é claro.
    O Unity pelo que eu percebi é mais questão de costume também, ele não é TÃO ÀS CLARAS quanto era o Gnome 2.xxx, pois lá nós víamos tudo a mão e tudo já separado bonitos em categorias, e no Unity nós vemos mais tudo com fácil acesso mas não tão ao toque dos olhos, pois muitas vezes para acharmos um programa não basta SÓ ir em INTERNET E VER quais os programas que estão disponíveis nesse setor, nós temos que ou mostrar TODOS ou digamos “Fire…” e o sistema já mostra a opção do Firefox.
    Mas como tudo na vida é costume, e pelo que eu experimentei é ótimo, claro, eu também reclamei demais e meti o pau na canonical, mas hoje como se percebe que ela NÃO IRÁ VOLTAR ATRÁS, a aceitação passou a ser forçosa e hoje em dia eu já estou acostumado até pela própria beleza plástica do Unity e do Shell.

    Além disso, andei vendo, e assim como no Xubuntu 12.10, acho que o bom
    será o Ubuntu 12.10, esse sim parece que trará várias melhorias.
    O unity ainda mais leve, ainda mais customizável, já com o bug de gasto de energia nos notes solucionado pelo kernel 3.3 e ainda possivelmente com um ainda mais novo como o 3.4 ou o 3.5.
    Mas eu acho que é ótimo o Unity, é inovando que se mantém as coisas.
    E é ótimo que a  Canonical( como já dito, não muito longo também do da Gnome Foundation) com a força dela tenha dado esse passo  “distinto” do comum, tem que ter muita coragem e muita confiança em si e no seu público para dar uma guinada tão absurda assim e simplesmente revolucionar a utilização do desktop, mesmo que um pouco copiada dos tablets em alguns casos.(claro, agora até a M$ “inova” com a sua interface copiando até mesmo os discursos de apresentação do Gnom3 e do Unity, oque me deixa chocado e com um asco ainda mais profundo  e beirando o absoluto pela M$).
    E sem dúvida, dar uma guinada no uso do ambiente desktop é sempre difícil, é sempre um pranto até se adequar, só que basta testar versões mais antigas do Ubuntu para nós percebermos que não vale a pena abrir mão da inovação e por que não dizer EVOLUÇÃO atual para nos atermos coisas que muitas vezes acabam por ficarem descontinuadas.
    E a informática é isso né, o mundo atual na verdade.
    Ou nós nos preocupamos em no ADAPTAR AS MUDANÇAS ou gastamos tempo reclamando, resmungando e no fim das contas teremos que de qualquer forma ainda por cima gastar tempo no adaptando a mudança.
    Lembrem que até mesmo tubarão que fica parado morre.
    OU seja, mudar é obrigatório, dai se é para melhor ou não… vai de cada um.
    E seja como for, na singela opinião, como esta indo o mundo Linux, e o caminho que ele esta traçando eu quero caminhar junto e chegar junto aonde quer que ele chegue, pois… o mundo Linux não mexe só com os nossos pcs né e o pessoal daqui deve saber bem disso.
    Abraço a todos.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @88f90f534f52db25538cf0c9453e2ce2:disqus ,

      Obrigado pelo comentário. É bom uma opinião assim para que o pessoal comece a pensar um pouco sobre o que está acontecendo no mundo Linux.

      Abraços!

  • Leon

    Olá a todos.

    Eu sinceramente julgo que tanto a canonical quanto a gnome foundation(e até mesmo a Mint, por que não) tiveram uma ótima ideia ao inovar com seus projetos,  claro que eu pessoalmente acho que ambos são um pouco quase que mais do mesmo e embora tenham diferenças pesadas na aparência e interface, acabam oferecendo uma usabilidade/ experiência muito idêntica em ambos os casos, oque seria interessante até mesmo é um distanciamento entre ambas mais acentuado para que possa ofertar ainda mais diversidade, pois que não sou a favor da padronização do mundo Linux e sim da diversidade, não tem como atingir a todos fazendo um produto na forma.
    Acho que o Ubuntu é ótimo, só que uso o Xubuntu, pois, embora eu tenha uma ótima máquina, o XFCE é simplesmente perfeito para os meus conceitos, leve… bom, eu uso dois monitores, e para mim essa experiência, embora a
    canonical informe que vá dar uma leve aprimorada nessa experiência, para
    mim não me agrada e nada pois eu gosto de customizar cada monitor com ícones e opções diferentes já para cada monitor. Já o XFCE é INCRÍVEL PARA OS MEUS USOS, ESTÁVEL, altamente customizável, até mais que o Gnome 2.xxx e para mim é a melhor GUI que eu já usei até hoje.
    Ainda essa madrugada, usei o 12.04 B2 do Ubuntu e do Xubuntu, noto sim, algumas melhoras em se tratando de desempenho no Ubuntu e no B2 eu já deixei de ver vários bugs que tinham no B1, e o mesmo ocorreu com o Xubuntu 12.04 B1 para o B2, não em desempenho, mas em se tratando de bugs. O Xubuntu não mudou muito da 11.10 para a 12.04 na parte gráfica, mas teve algumas melhoras “under-the-hood”, algumas atualizações de software, de kernel e assim por diante, em se tratando de Xubuntu acho que a grande mudança será na versão 12.10, pois terá o XFCE 4.10 que trará ótimas mudanças e o kernel 3,4 ou mais.
    Mas o tópico é UNITY, é claro.
    O Unity pelo que eu percebi é mais questão de costume também, ele não é TÃO ÀS CLARAS quanto era o Gnome 2.xxx, pois lá nós víamos tudo a mão e tudo já separado bonitos em categorias, e no Unity nós vemos mais tudo com fácil acesso mas não tão ao toque dos olhos, pois muitas vezes para acharmos um programa não basta SÓ ir em INTERNET E VER quais os programas que estão disponíveis nesse setor, nós temos que ou mostrar TODOS ou digamos “Fire…” e o sistema já mostra a opção do Firefox.
    Mas como tudo na vida é costume, e pelo que eu experimentei é ótimo, claro, eu também reclamei demais e meti o pau na canonical, mas hoje como se percebe que ela NÃO IRÁ VOLTAR ATRÁS, a aceitação passou a ser forçosa e hoje em dia eu já estou acostumado até pela própria beleza plástica do Unity e do Shell.

    Além disso, andei vendo, e assim como no Xubuntu 12.10, acho que o bom
    será o Ubuntu 12.10, esse sim parece que trará várias melhorias.
    O unity ainda mais leve, ainda mais customizável, já com o bug de gasto de energia nos notes solucionado pelo kernel 3.3 e ainda possivelmente com um ainda mais novo como o 3.4 ou o 3.5.
    Mas eu acho que é ótimo o Unity, é inovando que se mantém as coisas.
    E é ótimo que a  Canonical( como já dito, não muito longo também do da Gnome Foundation) com a força dela tenha dado esse passo  “distinto” do comum, tem que ter muita coragem e muita confiança em si e no seu público para dar uma guinada tão absurda assim e simplesmente revolucionar a utilização do desktop, mesmo que um pouco copiada dos tablets em alguns casos.(claro, agora até a M$ “inova” com a sua interface copiando até mesmo os discursos de apresentação do Gnom3 e do Unity, oque me deixa chocado e com um asco ainda mais profundo  e beirando o absoluto pela M$).
    E sem dúvida, dar uma guinada no uso do ambiente desktop é sempre difícil, é sempre um pranto até se adequar, só que basta testar versões mais antigas do Ubuntu para nós percebermos que não vale a pena abrir mão da inovação e por que não dizer EVOLUÇÃO atual para nos atermos coisas que muitas vezes acabam por ficarem descontinuadas.
    E a informática é isso né, o mundo atual na verdade.
    Ou nós nos preocupamos em no ADAPTAR AS MUDANÇAS ou gastamos tempo reclamando, resmungando e no fim das contas teremos que de qualquer forma ainda por cima gastar tempo no adaptando a mudança.
    Lembrem que até mesmo tubarão que fica parado morre.
    OU seja, mudar é obrigatório, dai se é para melhor ou não… vai de cada um.
    E seja como for, na singela opinião, como esta indo o mundo Linux, e o caminho que ele esta traçando eu quero caminhar junto e chegar junto aonde quer que ele chegue, pois… o mundo Linux não mexe só com os nossos pcs né e o pessoal daqui deve saber bem disso.
    Abraço a todos.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @88f90f534f52db25538cf0c9453e2ce2:disqus ,

      Obrigado pelo comentário. É bom uma opinião assim para que o pessoal comece a pensar um pouco sobre o que está acontecendo no mundo Linux.

      Abraços!

  • Leon

    Ah, e só para comentar hehehe textos como esses daqui, eu sempre faço, pois no meu trabalho eu consigo testar várias distros e  programas, e como o mundo Linux é um bufet self-service eu considero que o mínimo que eu posso fazer é prestar um feedback aos desenvolvedores e, além, é claro, agradecer pelo empenho hercúleo de muitos, que nos dão algo que nós tanto precisamos.

    E claro, valeu Tiago H., por mais um post e toda a equipe do UbuntuBrSc.
    Vejo diariamente os seus materiais.
    Muito bom contar com vocês.
    Valeu mesmo.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Obrigado pelos elogios @88f90f534f52db25538cf0c9453e2ce2:disqus . Ficamos felizes em ver que nosso trabalho está sendo reconhecido.

      Abraços

  • Leon

    Ah, e só para comentar hehehe textos como esses daqui, eu sempre faço, pois no meu trabalho eu consigo testar várias distros e  programas, e como o mundo Linux é um bufet self-service eu considero que o mínimo que eu posso fazer é prestar um feedback aos desenvolvedores e, além, é claro, agradecer pelo empenho hercúleo de muitos, que nos dão algo que nós tanto precisamos.

    E claro, valeu Tiago H., por mais um post e toda a equipe do UbuntuBrSc.
    Vejo diariamente os seus materiais.
    Muito bom contar com vocês.
    Valeu mesmo.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Obrigado pelos elogios @88f90f534f52db25538cf0c9453e2ce2:disqus . Ficamos felizes em ver que nosso trabalho está sendo reconhecido.

      Abraços

  • http://www.facebook.com/leonidas.lima1 Leonidas Lima

    Parabens a todos os desenvolvedores de linux brasileiros e tambem a sites brasileiros que falam ,comentam,discutem,criam a comunidade brasileira,parabens a todos os que Linux é o poder

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100000199531164:disqus ,

      Obrigado pelos comentários!

      Abraços

  • http://www.facebook.com/leonidas.lima1 Leonidas Lima

    Parabens a todos os desenvolvedores de linux brasileiros e tambem a sites brasileiros que falam ,comentam,discutem,criam a comunidade brasileira,parabens a todos os que Linux é o poder

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100000199531164:disqus ,

      Obrigado pelos comentários!

      Abraços

  • Sandelas

    Gostaria de dizer primeiro que quando Unity foi lançado no Ubuntu 11.04 ey realmente não gostei e não usei, tanto que voltei parao Ubuntu 10.10. Porém no Ubuntu 11.10 ele vei muito melhor, mas usual e mais agradável e estou usando ele atualmente ;).

    Agora falando do Ubuntu 12.04 eu realmente estava gostando as coisas que eu estava lendo sobre como ele esta ficando. Quando baixei o beta 2 e fui testar fiquei muito triste com pequenos detalhes que poderiam ter ficado como antes sem problema algum.

    Não vi a necessidade de terem mudado o alt+tab para que ficasse independente em cada área de trabalho, particularmente eu gosto do jeito que esta no 11.10, poderia ter a opção de deixar do jeito que o usuário bem queira, mas isso da para se acostumar.

    Agora vou tocar em 2 pontos que me deixaram desapontado logo de inicio.

    1º – O funcionamento do lançado, no inicio quando estava lendo pensei que só o comportamento padrão tinha mudado mas quando fui ver no MyUnity eles tiraram 2 comportamentos que estão presentes na versão 11.10 (Comportamentos presentes no Ubuntu 11.10: Smart, Avoid window, Hidden e Fixed), ficando no Ubuntu 12.04 apenas o Hidden e o Fixed. Gostaria de saber por que essa ideia de TIRAR uma coisa que estava funcionando sem problemas e que já servia para a personalização do sistema???? @tiagoscd:disqus se você souber alguma forma de instalar esses outros 2 comportamentos no 12.04 por favor faça um poste sobre isso :).

    2º – Esse eu espero profundamente que seja um bug e se alguém ai achar que é também por favor reporte esse bug logo pois eu estou achando muito escroto estar assim :(. Só para constar eu não reporto porque infelizmente eu não sei bem como fazer isso, já uma dica para um poste aqui no blog que esta passando despercebido “Como reportar um Bug e assim ajudar no desenvolvimento do Ubuntu”.
    Esse bug, que para é muito escroto, esta la na “Lente Aplicativos”, é o seguinte, quando vou clicando nos filtros tipo: Gráfico, Escrito rio, Jogos, Acessórios e etc, o unity não vai mudando o filtro como é no Ubuntu 11.10, e foi um dos principais motivos para eu gostar do unity, ele vai “juntando”, “somando” os filtros, realmente isso esta me deixando muito chateado e se realmente ele for se comportar assim agora e não tenha uma opção fácil de reverter isso, que pra mim é uma verdadeira cagada, eu infelizmente vou ter que pensar em mudar ¬¬, juro que não quero fazer isso, mas vai ficar muito chato quando eu tiver procurando algo por ali :s.
    Se alguém souber algum modo de reverter isso e posso compartilhar eu vou ficar grato :).

    Desculpa o texto muito grande, e parabéns galera desse meu blog querido por serem tão bons no que fazem, sempre fica muito com os vossos postes ;).

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @Sandelas:disqus ,

      Obrigado pelo comentário!

      Quanto ao primeiro ponto, lembro que o MyUnity é um aplicativo independente desenvolvido por terceiros. Logo, se alguma funcionalidade foi retirada, talvez valha a pena entrar em contato com eles.

      E o segundo, creio que seja alguma mudança de comportamento devido as solicitações dos próprios usuários. Mas sugiro que registre sua opinião no próprio Launchpad a respeito disso, como se fosse um bug mesmo.

      Se eu encontrar algo sobre os dois temas pode deixar que escrevo um post :)

      Abraços

      • Sandelas

        Olá @tiagoscd:disqus , obrigado pela resposta.

        Falando sobre o 1º ponto (o comportamento do launcher), infelizmente não tem a ver com o MyUnity não, pois se você instalar o Compiz e for no plugin do Unity, assim que você clicar vai ter a opção Hede Launcher, nela no Ubuntu 12.04 só tem as duas que citei: Heden e fixed, enquanto que no Ubuntu 11.10 existem além desses existem mais outros 2, dos quais eu prefiro muito mais :(. Portanto infelizmente realmente foi retirado do sistema(não entendo por que tirar a essas OPÇÕES???). Se você conhecer alguma formar de reverter isso e postar agradecerei muito ^^.

        Sobre o 2º ponto, infelizmente eu não estou tão engajado na comunidade mas para mim é uma burrice ficar “juntando” os filtros, um dos motivos para ter começado a usar o Unity foi por estar como esta agora no Ubuntu 11.10 e fico triste por terem mudado isso, acho que vai ficar muito menos produtivo para quem estiver, como eu, procurando algum programa por aquele filtros ¬¬. Sei que não represento nem 0,1% dos que poderiam opinar pela mudança desse comportamento mas eu não iria concordar com essa mudança, a meu ver burra, do Unity.

        Me desculpe minha ignorância mas eu não sei como reportar um “bug” no Launchpad não :s. Até citei no meu comentário acima a ideia para um possível tutorial “Como reportar um Bug no Launchpad e assim ajudar no desenvolvimento do Ubuntu”.

        Uma outra coisa é que achei a “solução” para o 1º ponto em um outro blog só que não funcionou no Ubuntu beta 2 que tenho em uma maquina virtual. Não sei se seria legal colocar o link desse site aqui por isso não coloquei, mas se alguém conseguir reverter isso já seria uma boa ;).

        No mais muito obrigado pela resposta e parabéns por seus postes cara.

        • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

          Olá @Sandelas:disqus ,

          Desculpe pela desatenção quanto a parte em que falaste do “bug”.

          Outra possibilidade, ao invés de reportar um bug, e publicar sua ideia no http://brainstorm.ubuntu.com, que por sinal é extremamente fácil de se fazer.

          Quanto ao uso do Launchpad, certamente pensarei em algo para auxiliar o pessoal disposto a reportar. Mais para frente deve sair um post sobre o assunto :)

          Agradeço pelos elogios!

          Abraços

        • http://orgulhogeek.net/ Kadu

           Para marcar um filtro, clique uma vez sobre ele. Para desmarcar, clique novamente. Você pode querer pesquisar um programa que pode se encaixar em quaisquer categorias, assim, uma vez clicado um filtro e outro filtro, os dois serão mostrados. Para voltar a usar apenas um filtro, desmarque o filtro desejado.

          • Sandelas

             Cara não me entenda mal, mas desde o Gnome 2 (Gnome-panel) eu não vejo um programa que esteja EM DUAS categorias, logo eu achei uma burrice terem mudado isso. Já sei como isso tem que ser usado mas me deixa agoniado ter que ficar “clicando” e “desclicando”.
            Fiquei bastante decepcionado pois umas das coisas que mais tinha gostando no unity do Ubuntu 11.10 em relação ao unity do 11.04 foi justamente esses filtros, do jeito que estão atualmente (Ubuntu 11.10), por “parecer” com as categorias do antigo Gnome.

            Não sei quem teve a brilhante idéia de mudar isso e tirar 2 comportamentos do launcher :S.

            Mas valeu pela resposta @twitter-135962160:disqus :)!!!

  • http://twitter.com/nq6 Frederico Araújo

    Principais
    falhas do Ubuntu 12.04

    O
    Unity.

    O
    Unity é algo que tem muito potencial, mais o que atrapalha sua
    receptividade é a falta de personalização e os erros na escolha do
    design e usabilidade. A impossibilidade de mudar o posicionamento do
    Docy, é incompreensível. Opções que aplicativos como MyUnity
    disponibilizam deveriam estar disponíveis por padrão e isso no
    próprio dash, e não na disponíveis apenas em aplicativos de
    terceiros. Isso é um erro estratégico, e não oferecer essas opções
    dificulta muito a adaptação ao Ubuntu.

    Os
    desenvolvedores deveriam ser mais sensíveis as opiniões dos
    usuários.

    O
    time de design e desenvolvimento assim como a Canonical e o próprio
    Mark Shuttleworth deveriam ser mais receptíveis as criticas dos
    usuários. Já que é para ser o Unity, que seja o mais amigável
    possível. Os usuários tem boas ideias, a comunidade tem boas
    ideias, mais são sistematicamente rejeitadas. O Mark já disse que o
    Ubuntu não é uma democracia. Isso deveria mudar drasticamente, pois
    os usuários e a comunidade deveriam ser ouvidos sim, e o Ubuntu
    ganharia muito com isso.

    Fiz
    um vídeo explanando minha ideias, mostrei ao time de design do
    Ubuntu e sequer fui respondido com uma negativa ou critica.
    Simplesmente fui ignorado. Uma simples resposta dizendo que não era
    de interesse da equipe bastaria. Meu vídeo tem 10 mil visualizações
    no Youtube e a grande maioria dos usuários acharam validas as
    ideias.

    Link:

    http://www.youtube.com/watch?v=JgZ_IEx7Zfg&feature=youtu.be&hd=1

    O
    Launcher:

    Aplicativos
    como Awn e Docky são mais completos que o launcher, e tem opções
    de configuração e personalização que o launcher do Unity poderia
    copiar. Soluções e boas ideias estão disponíveis. O laucher é
    pobre em personalização e poderia oferecer soluções semelhantes
    que esses dois aplicativos disponibilizam. A Canonical deveria
    contratar os desenvolvedores dessas aplicações e busca otimizar
    algo que no momento é muito limitado e não traz o nível esperado
    para buscar competir de forma igual com o OSX e o Windows 7.

    Laucher
    com ícones padrão gigantes.

    O
    Ubuntu economiza ao máximo os espaços nas barras de rolagem, se
    utilizou do menu oculto “similar ao OSX em busca do aproveitamento
    de mais espaço, mais por padrão lhe entrega no laucher ícones
    gigantes que numa tela de abaixo de 15 polegadas facilmente fica com
    o efeito sanfonado “solução horrível por sinal”. Ícones por
    padrão com 48 px é um exagero. Deveria ser 32 px por padrão e ter
    a opção de ir aos 22 px pra se adequar aos monitores de netbooks.

    O
    erro grave do posicionamento.

    Qualquer
    sistema operacional tem a possibilidade de mudar o posicionamento de
    seus menus e barra de tarefas. No OSX e Windows isso é possível,
    por que no Ubuntu tem que ser fixo. Se o usuário for cego do olho
    esquerdo e por conforto quiser posicionar o launcher na direita ele
    não vai poder. Por que isso? O usuário deve escolher se quer em
    cima, em baixo, na esquerda ou na direita. Qual o problema em se
    poder fazer isso?

    Panel

    O
    painel superior do Ubuntu deveria ser integrar ao launcher. Ele com
    uma cor solida deixa o design muito duro, quebrado e com uma ar nada
    profissional. Se o launcher tem uma tonalidade transparente ou
    qualquer outra cor, o painel deveria acompanhar. Do jeito que está
    transparece amadorismo no design. Quando clicamos no atalho do Dash,
    o panel muda, fica com o mesmo design do laucher. Ele poderia ter
    esse acabamento por padrão. Seria algo mais suave.

    Lente
    de aplicativos: A maior falha de projeto do Unity.

    Por
    que dificultar o acesso aos aplicativos “categorias”!

    É
    incrível como o Unity dificulta o acesso aos aplicativos, isso é
    básico em qualquer sistema operacional. Logicamente ao clicar no
    lançador do dash, a primeira coisa que deveria aparecer “as
    categorias dos aplicativos”, alguns favoritos e atalhos
    personalizados pelo usuário. Ao invés disso preciso buscar a lente
    de aplicativos.

    A
    lente de aplicativos foi mal projetada.

    A
    lente de aplicativos foi mal projetada, o usuário tem que movimentar
    o mouse 5 vezes e dar 5 cliques para achar algo que não está
    disponível num primeiro momento. Isso é um erro de projeto
    gritante!

    Excesso
    de aplicativos disponíveis e uma incrível desorganização.

    Existe
    um excesso de opções disponíveis na lente de aplicativos. No
    sistema recém-instalado temos 86 opções de aplicativos. Pois a
    lente de aplicativos mostra como aplicativos coisas que não são
    aplicativos como configurações de sistema, ações como desligar e
    mostra itens de forma redundante, itens esses que estão disponíveis
    nas configurações do sistema por exemplo. Isso desoriente até o
    usuário mais experiente. Nem todo mundo sabe o nome de todos os
    aplicativos, para ficar procurando aplicativos pelo campo de busca.
    Outro erro inadmissível. Isso deixa o sistema pratico?

    Aplicativos
    para download na lente de aplicativos.

    Um
    dos grandes erros de projeto do Unity é disponibilizar aplicativos
    para download no dash de forma impositiva. Primeiro por que instalar
    programas não é algo tão corriqueiro, segundo que eu já tenho o
    Software Center para essa função e terceiro o sistema nunca acerta
    e nem vai acertar o que realmente eu preciso. Se todo dia eu instalar
    algum programa “por sugestão do Unity”, eu terei um sistema em
    colapso em pouco tempo. Talvez uma lente especifica para esse fim. Do
    jeito que está privilegia a desorganização e deixa o usuário
    leigo perdido no meio de tantos aplicativos e opções.

    O
    filtro avaliação “ranking de estrelas” e fontes são
    desnecessários. Pois são redundantes, deixam a lente de aplicativos
    confusa. Temos a central de programas para isso.

    Categorias
    de aplicativos sem aplicativos.

    Por
    que eu tenho na lente de aplicativos categorias das quais eu nem
    tenho aplicativos instalados? Isso deveria ser personalizável, como
    sempre foi. Se eu não quero uma categoria ela não deveria estar
    ali? E isso sem aplicativos instalados! Onde está a praticidade
    disso?

    O
    Unity não dá opções ao usuário remover essas categorias sem
    aplicativos, como também organizar os aplicativos disponíveis. Se
    eu na minha empresa quiser ocultar da lente de aplicativos, itens de
    configurações dos usuários leigos, para que o mesmo não
    desconfigurem os sistema, eu não vou conseguir! Será que eu não
    posso organizar a bagunça dos 86 aplicativos disponíveis de forma
    pratica, como fazia com o alacarte antigamente.?

    Uma
    ferramenta similar ao Alacarte deveria estar disponível. Ou deixar o
    Unity compatível com o próprio Alacarte. Essa opção é essencial
    e básica e não poderia estar ausente.

    Na
    opção de exibir todos os aplicativos, por que eu não tenho os
    aplicativos organizados por categoria? Escritório, Acessórios,
    Jogos, etc.. Desse modo é mais fácil encontrar os aplicativos.
    Isso é tão lógico. Do jeito que está é uma bagunça completa.
    Tenho que ficar catando os aplicativos.

    Seleção
    das categorias de aplicativos confusa.

    A
    seleção de categorias e de forma cumulativa. Então se eu estou na
    categoria Internet e mudo para jogos, tenho de forma cumulativas
    internet e jogos “e assim sucessivamente”. Mais eu não quero
    isso! Quem achou que isso poderia ser produtivo? Pelo menos me dê a
    opção de remover esse comportamento!

    Redundância
    e confusão na lente de aplicativos.

    Outro
    erro de projeto que eu não consigo entender. Ter na lente de
    aplicativos uma seção de aplicativos usados recentemente outra de
    aplicativos instalados, e outra de aplicativos disponíveis para
    baixar. Isso é estranho, confuso e faz com que o usuário tenha que
    parar, procurar, clicar 3 ou 4 vezes, rolar uma barra até achar o
    aplicativo. Isso é prático??

    Lente
    de musicas:

    Essa
    lente precisa de uma imensa reformulação. Talvez a possibilidade de
    se executar musicas de serviços on-line, deixasse essa lente mais
    interessante. Disponibilizando inclusive os controles básicos de
    volume, troca de faixa etc, na própria lente. O mesmo deveria estar
    disponível para as musicas locais.

    Lente
    de vídeos:

    Essa
    lente já possui integração com serviços on-line, mais ainda
    apresenta uma experiencia muito pobre. Implementações de
    usabilidade precisam ser feitas. A lente tem que ser capaz de achar
    com mais velocidade e precisão o que o usuário procura. A
    funcionalidade de se exibir diretamente do aplicativo de video e não
    do navegador de internet deveria ser implementada.

    Lente
    de Arquivos:

    A
    lente de arquivos ainda é pobre. A experiencia está muito longe de
    algo funcional e profissional. Ela deveria ser mais funcional, trazer
    mais opções de refinamento das pesquisas mais avançados.
    Apresentar um comportamento de inteligencia e entender os costumes do
    usuário. Algo precisa ser feito.

    Ícones:

    O
    Ubuntu não tem um visual profissional. Está muito distante do Mac
    OSX e do Windows 7. Seu tema já está ultrapassado e não acompanha
    o nível dos concorrentes. Existem diversos profissionais fazendo
    trabalhos maravilhosos. Esses talentos poderiam ser empregados de
    forma ordenada e um novo tema poderia nascer. Isso é fundamental, e
    precisa ser feito.

    Principais falhas do Ubuntu 12.04O Unity.O Unity é algo que tem muito potencial, mais o que atrapalha sua receptividade é a falta de personalização e os erros na escolha do design e usabilidade. A impossibilidade de mudar o posicionamento do Docy, é incompreensível. Opções que aplicativos como MyUnity disponibilizam deveriam estar disponíveis por padrão e isso no próprio dash, e não na disponíveis apenas em aplicativos de terceiros. Isso é um erro estratégico, e não oferecer essas opções dificulta muito a adaptação ao Ubuntu.Os desenvolvedores deveriam ser mais sensíveis as opiniões dos usuários.O time de design e desenvolvimento assim como a Canonical e o próprio Mark Shuttleworth deveriam ser mais receptíveis as criticas dos usuários. Já que é para ser o Unity, que seja o mais amigável possível. Os usuários tem boas ideias, a comunidade tem boas ideias, mais são sistematicamente rejeitadas. O Mark já disse que o Ubuntu não é uma democracia. Isso deveria mudar drasticamente, pois os usuários e a comunidade deveriam ser ouvidos sim, e o Ubuntu ganharia muito com isso.Fiz um vídeo explanando minha ideias, mostrei ao time de design do Ubuntu e sequer fui respondido com uma negativa ou critica. Simplesmente fui ignorado. Uma simples resposta dizendo que não era de interesse da equipe bastaria. Meu vídeo tem 10 mil visualizações no Youtube e a grande maioria dos usuários acharam validas as ideias.Link:http://www.youtube.com/watch?v=JgZ_IEx7Zfg&feature=youtu.be&hd=1O Launcher:Aplicativos como Awn e Docky são mais completos que o launcher, e tem opções de configuração e personalização que o launcher do Unity poderia copiar. Soluções e boas ideias estão disponíveis. O laucher é pobre em personalização e poderia oferecer soluções semelhantes que esses dois aplicativos disponibilizam. A Canonical deveria contratar os desenvolvedores dessas aplicações e busca otimizar algo que no momento é muito limitado e não traz o nível esperado para buscar competir de forma igual com o OSX e o Windows 7.Laucher com ícones padrão gigantes.O Ubuntu economiza ao máximo os espaços nas barras de rolagem, se utilizou do menu oculto “similar ao OSX em busca do aproveitamento de mais espaço, mais por padrão lhe entrega no laucher ícones gigantes que numa tela de abaixo de 15 polegadas facilmente fica com o efeito sanfonado “solução horrível por sinal”. Ícones por padrão com 48 px é um exagero. Deveria ser 32 px por padrão e ter a opção de ir aos 22 px pra se adequar aos monitores de netbooks.O erro grave do posicionamento.Qualquer sistema operacional tem a possibilidade de mudar o posicionamento de seus menus e barra de tarefas. No OSX e Windows isso é possível, por que no Ubuntu tem que ser fixo. Se o usuário for cego do olho esquerdo e por conforto quiser posicionar o launcher na direita ele não vai poder. Por que isso? O usuário deve escolher se quer em cima, em baixo, na esquerda ou na direita. Qual o problema em se poder fazer isso?PanelO painel superior do Ubuntu deveria ser integrar ao launcher. Ele com uma cor solida deixa o design muito duro, quebrado e com uma ar nada profissional. Se o launcher tem uma tonalidade transparente ou qualquer outra cor, o painel deveria acompanhar. Do jeito que está transparece amadorismo no design. Quando clicamos no atalho do Dash, o panel muda, fica com o mesmo design do laucher. Ele poderia ter esse acabamento por padrão. Seria algo mais suave.Lente de aplicativos: A maior falha de projeto do Unity.Por que dificultar o acesso aos aplicativos “categorias”!É incrível como o Unity dificulta o acesso aos aplicativos, isso é básico em qualquer sistema operacional. Logicamente ao clicar no lançador do dash, a primeira coisa que deveria aparecer “as categorias dos aplicativos”, alguns favoritos e atalhos personalizados pelo usuário. Ao invés disso preciso buscar a lente de aplicativos.A lente de aplicativos foi mal projetada.A lente de aplicativos foi mal projetada, o usuário tem que movimentar o mouse 5 vezes e dar 5 cliques para achar algo que não está disponível num primeiro momento. Isso é um erro de projeto gritante!Excesso de aplicativos disponíveis e uma incrível desorganização.Existe um excesso de opções disponíveis na lente de aplicativos. No sistema recém-instalado temos 86 opções de aplicativos. Pois a lente de aplicativos mostra como aplicativos coisas que não são aplicativos como configurações de sistema, ações como desligar e mostra itens de forma redundante, itens esses que estão disponíveis nas configurações do sistema por exemplo. Isso desoriente até o usuário mais experiente. Nem todo mundo sabe o nome de todos os aplicativos, para ficar procurando aplicativos pelo campo de busca. Outro erro inadmissível. Isso deixa o sistema pratico?Aplicativos para download na lente de aplicativos.Um dos grandes erros de projeto do Unity é disponibilizar aplicativos para download no dash de forma impositiva. Primeiro por que instalar programas não é algo tão corriqueiro, segundo que eu já tenho o Software Center para essa função e terceiro o sistema nunca acerta e nem vai acertar o que realmente eu preciso. Se todo dia eu instalar algum programa “por sugestão do Unity”, eu terei um sistema em colapso em pouco tempo. Talvez uma lente especifica para esse fim. Do jeito que está privilegia a desorganização e deixa o usuário leigo perdido no meio de tantos aplicativos e opções.O filtro avaliação “ranking de estrelas” e fontes são desnecessários. Pois são redundantes, deixam a lente de aplicativos confusa. Temos a central de programas para isso.Categorias de aplicativos sem aplicativos.Por que eu tenho na lente de aplicativos categorias das quais eu nem tenho aplicativos instalados? Isso deveria ser personalizável, como sempre foi. Se eu não quero uma categoria ela não deveria estar ali? E isso sem aplicativos instalados! Onde está a praticidade disso?O Unity não dá opções ao usuário remover essas categorias sem aplicativos, como também organizar os aplicativos disponíveis. Se eu na minha empresa quiser ocultar da lente de aplicativos, itens de configurações dos usuários leigos, para que o mesmo não desconfigurem os sistema, eu não vou conseguir! Será que eu não posso organizar a bagunça dos 86 aplicativos disponíveis de forma pratica, como fazia com o alacarte antigamente.?Uma ferramenta similar ao Alacarte deveria estar disponível. Ou deixar o Unity compatível com o próprio Alacarte. Essa opção é essencial e básica e não poderia estar ausente.Na opção de exibir todos os aplicativos, por que eu não tenho os aplicativos organizados por categoria? Escritório, Acessórios, Jogos, etc.. Desse modo é mais fácil encontrar os aplicativos. Isso é tão lógico. Do jeito que está é uma bagunça completa. Tenho que ficar catando os aplicativos.Seleção das categorias de aplicativos confusa.A seleção de categorias e de forma cumulativa. Então se eu estou na categoria Internet e mudo para jogos, tenho de forma cumulativas internet e jogos “e assim sucessivamente”. Mais eu não quero isso! Quem achou que isso poderia ser produtivo? Pelo menos me dê a opção de remover esse comportamento!Redundância e confusão na lente de aplicativos.Outro erro de projeto que eu não consigo entender. Ter na lente de aplicativos uma seção de aplicativos usados recentemente outra de aplicativos instalados, e outra de aplicativos disponíveis para baixar. Isso é estranho, confuso e faz com que o usuário tenha que parar, procurar, clicar 3 ou 4 vezes, rolar uma barra até achar o aplicativo. Isso é prático??Lente de musicas:Essa lente precisa de uma imensa reformulação. Talvez a possibilidade de se executar musicas de serviços on-line, deixasse essa lente mais interessante. Disponibilizando inclusive os controles básicos de volume, troca de faixa etc, na própria lente. O mesmo deveria estar disponível para as musicas locais.Lente de vídeos:Essa lente já possui integração com serviços on-line, mais ainda apresenta uma experiencia muito pobre. Implementações de usabilidade precisam ser feitas. A lente tem que ser capaz de achar com mais velocidade e precisão o que o usuário procura. A funcionalidade de se exibir diretamente do aplicativo de video e não do navegador de internet deveria ser implementada.Lente de Arquivos:A lente de arquivos ainda é pobre. A experiencia está muito longe de algo funcional e profissional. Ela deveria ser mais funcional, trazer mais opções de refinamento das pesquisas mais avançados. Apresentar um comportamento de inteligencia e entender os costumes do usuário. Algo precisa ser feito.Ícones:O Ubuntu não tem um visual profissional. Está muito distante do Mac OSX e do Windows 7. Seu tema já está ultrapassado e não acompanha o nível dos concorrentes. Existem diversos profissionais fazendo trabalhos maravilhosos. Esses talentos poderiam ser empregados de forma ordenada e um novo tema poderia nascer. Isso é fundamental, e precisa ser feito.Tema GtkO tema é igualmente pobre e não transparece algo profissional. Mais uma vez não acompanha o nível dos concorrentes, Apple e Microsoft. Algo precisa ser feito, tem pessoas no DeviantArt com capacidade que poderia compilar algo bem mais profissional. Algo precisa ser feito nesse sentido.Ausência de temas no Unity.Um dos erros graves do Unity é a ausência de temas. O Cinnamon com pouco tempo de desenvolvimento deixou essa opção disponibilizada por padrão. Isso é básico, mais é renegado. O laucher mais o panel poderia ter temas diversos como um fundo de fibra de carbono, metal, etc… O que impede isso?Outros questionamentos:Porque eu não posso clicar com o botão direito nos ícones do dash e mudar esse ícone por outro disponível? Seria uma excelente maneira de personalizar o sistema.Porque eu não posso clicar num ícone e arrastar o mesmo para outra posição, fazendo minha ordem personalizada dos aplicativos?Porque eu não posso clicar com o botão direito no dash e ter acesso as opções de personalização do Unity. Me trazendo algo como o MyUnity.Porque o home do dash não é totalmente personalizável? O usuário poderia escolher quais seriam os atalhos disponíveis.A barra de rolagem deveria ser a normal e a versão ultra fina deveria estar por padrão em monitores abaixo de 15 polegadas.Finalizando.A ideia que o Unity passa é de algo não acabado. Acho que nos próximos 8 ou 10 ciclos de desenvolvimento ele esteja maduro o suficiente para ser considerado utilizável e competitivo frente as soluções da Microsoft e Apple. O próximo LTS daqui a 5 anos estará com certeza pronto. Se as decisões certas forem tomadas, os desenvolvedores ouvirem a comunidade, a usabilidade for colocada como ponto principal, é possível quem em 2 ou 3 ciclos de desenvolvimento as coisas se consertem.Eu sou a favor do Ubuntu, uso ele desde a versão 2006 e estou usando ele nesse momento, a versão 10.04.4 LTS. O Unity deveria estar disponível agora e não a dois ciclos atras. E hoje deveria ser a 2ª opção e não vir por padrão, estando disponível por padrão depois que atingisse a maturidade.Eu vou instalar o Cinnamon e esperar mais 6 meses de desenvolvimento e torcer para que a mentalidade da Canonical mude.Sem mais,

    Tema
    Gtk

    O
    tema é igualmente pobre e não transparece algo profissional. Mais
    uma vez não acompanha o nível dos concorrentes, Apple e Microsoft.
    Algo precisa ser feito, tem pessoas no DeviantArt com capacidade que
    poderia compilar algo bem mais profissional. Algo precisa ser feito
    nesse sentido.

    Ausência
    de temas no Unity.

    Um
    dos erros graves do Unity é a ausência de temas. O Cinnamon com
    pouco tempo de desenvolvimento deixou essa opção disponibilizada
    por padrão. Isso é básico, mais é renegado. O laucher mais o
    panel poderia ter temas diversos como um fundo de fibra de carbono,
    metal, etc… O que impede isso?

    Outros
    questionamentos:

    Porque
    eu não posso clicar com o botão direito nos ícones do dash e mudar
    esse ícone por outro disponível? Seria uma excelente maneira de
    personalizar o sistema.

    Porque
    eu não posso clicar num ícone e arrastar o mesmo para outra
    posição, fazendo minha ordem personalizada dos aplicativos?

    Porque
    eu não posso clicar com o botão direito no dash e ter acesso as
    opções de personalização do Unity. Me trazendo algo como o
    MyUnity.

    Porque
    o home do dash não é totalmente personalizável? O usuário poderia
    escolher quais seriam os atalhos disponíveis.

    A
    barra de rolagem deveria ser a normal e a versão ultra fina deveria
    estar por padrão em monitores abaixo de 15 polegadas.

    Finalizando.

    A
    ideia que o Unity passa é de algo não acabado. Acho que nos
    próximos 8 ou 10 ciclos de desenvolvimento ele esteja maduro o
    suficiente para ser considerado utilizável e competitivo frente as
    soluções da Microsoft e Apple. O próximo LTS daqui a 5 anos
    estará com certeza pronto. Se as decisões certas forem tomadas, os
    desenvolvedores ouvirem a comunidade, a usabilidade for colocada como
    ponto principal, é possível quem em 2 ou 3 ciclos de
    desenvolvimento as coisas se consertem.

    Eu
    sou a favor do Ubuntu, uso ele desde a versão 2006 e estou usando
    ele nesse momento, a versão 10.04.4 LTS. O Unity deveria estar
    disponível agora e não a dois ciclos atras. E hoje deveria ser a 2ª
    opção e não vir por padrão, estando disponível por padrão
    depois que atingisse a maturidade.

    Eu
    vou instalar o Cinnamon e esperar mais 6 meses de desenvolvimento e
    torcer para que a mentalidade da Canonical mude.

    Sem
    mais,

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @twitter-88257215:disqus ,

      Concordo que o Unity tem que amadurecer, assim como qualquer interface disponível hoje no mercado (tanto as proprietárias quanto as livres).

      Você pode expor facilmente suas ideias no Brainstorm do Ubuntu (http://brainstorm.ubuntu.com), onde elas serão submetidas à avaliação da comunidade. Caso a massa aprove uma das suas ideias, ela certamente será estudada pela Canonical para inclusão no sistema operacional.

      Abraços

  • http://twitter.com/nq6 Frederico Araújo

    Principais
    falhas do Ubuntu 12.04

    O
    Unity.

    O
    Unity é algo que tem muito potencial, mais o que atrapalha sua
    receptividade é a falta de personalização e os erros na escolha do
    design e usabilidade. A impossibilidade de mudar o posicionamento do
    Docy, é incompreensível. Opções que aplicativos como MyUnity
    disponibilizam deveriam estar disponíveis por padrão e isso no
    próprio dash, e não na disponíveis apenas em aplicativos de
    terceiros. Isso é um erro estratégico, e não oferecer essas opções
    dificulta muito a adaptação ao Ubuntu.

    Os
    desenvolvedores deveriam ser mais sensíveis as opiniões dos
    usuários.

    O
    time de design e desenvolvimento assim como a Canonical e o próprio
    Mark Shuttleworth deveriam ser mais receptíveis as criticas dos
    usuários. Já que é para ser o Unity, que seja o mais amigável
    possível. Os usuários tem boas ideias, a comunidade tem boas
    ideias, mais são sistematicamente rejeitadas. O Mark já disse que o
    Ubuntu não é uma democracia. Isso deveria mudar drasticamente, pois
    os usuários e a comunidade deveriam ser ouvidos sim, e o Ubuntu
    ganharia muito com isso.

    Fiz
    um vídeo explanando minha ideias, mostrei ao time de design do
    Ubuntu e sequer fui respondido com uma negativa ou critica.
    Simplesmente fui ignorado. Uma simples resposta dizendo que não era
    de interesse da equipe bastaria. Meu vídeo tem 10 mil visualizações
    no Youtube e a grande maioria dos usuários acharam validas as
    ideias.

    Link:

    http://www.youtube.com/watch?v=JgZ_IEx7Zfg&feature=youtu.be&hd=1

    O
    Launcher:

    Aplicativos
    como Awn e Docky são mais completos que o launcher, e tem opções
    de configuração e personalização que o launcher do Unity poderia
    copiar. Soluções e boas ideias estão disponíveis. O laucher é
    pobre em personalização e poderia oferecer soluções semelhantes
    que esses dois aplicativos disponibilizam. A Canonical deveria
    contratar os desenvolvedores dessas aplicações e busca otimizar
    algo que no momento é muito limitado e não traz o nível esperado
    para buscar competir de forma igual com o OSX e o Windows 7.

    Laucher
    com ícones padrão gigantes.

    O
    Ubuntu economiza ao máximo os espaços nas barras de rolagem, se
    utilizou do menu oculto “similar ao OSX em busca do aproveitamento
    de mais espaço, mais por padrão lhe entrega no laucher ícones
    gigantes que numa tela de abaixo de 15 polegadas facilmente fica com
    o efeito sanfonado “solução horrível por sinal”. Ícones por
    padrão com 48 px é um exagero. Deveria ser 32 px por padrão e ter
    a opção de ir aos 22 px pra se adequar aos monitores de netbooks.

    O
    erro grave do posicionamento.

    Qualquer
    sistema operacional tem a possibilidade de mudar o posicionamento de
    seus menus e barra de tarefas. No OSX e Windows isso é possível,
    por que no Ubuntu tem que ser fixo. Se o usuário for cego do olho
    esquerdo e por conforto quiser posicionar o launcher na direita ele
    não vai poder. Por que isso? O usuário deve escolher se quer em
    cima, em baixo, na esquerda ou na direita. Qual o problema em se
    poder fazer isso?

    Panel

    O
    painel superior do Ubuntu deveria ser integrar ao launcher. Ele com
    uma cor solida deixa o design muito duro, quebrado e com uma ar nada
    profissional. Se o launcher tem uma tonalidade transparente ou
    qualquer outra cor, o painel deveria acompanhar. Do jeito que está
    transparece amadorismo no design. Quando clicamos no atalho do Dash,
    o panel muda, fica com o mesmo design do laucher. Ele poderia ter
    esse acabamento por padrão. Seria algo mais suave.

    Lente
    de aplicativos: A maior falha de projeto do Unity.

    Por
    que dificultar o acesso aos aplicativos “categorias”!

    É
    incrível como o Unity dificulta o acesso aos aplicativos, isso é
    básico em qualquer sistema operacional. Logicamente ao clicar no
    lançador do dash, a primeira coisa que deveria aparecer “as
    categorias dos aplicativos”, alguns favoritos e atalhos
    personalizados pelo usuário. Ao invés disso preciso buscar a lente
    de aplicativos.

    A
    lente de aplicativos foi mal projetada.

    A
    lente de aplicativos foi mal projetada, o usuário tem que movimentar
    o mouse 5 vezes e dar 5 cliques para achar algo que não está
    disponível num primeiro momento. Isso é um erro de projeto
    gritante!

    Excesso
    de aplicativos disponíveis e uma incrível desorganização.

    Existe
    um excesso de opções disponíveis na lente de aplicativos. No
    sistema recém-instalado temos 86 opções de aplicativos. Pois a
    lente de aplicativos mostra como aplicativos coisas que não são
    aplicativos como configurações de sistema, ações como desligar e
    mostra itens de forma redundante, itens esses que estão disponíveis
    nas configurações do sistema por exemplo. Isso desoriente até o
    usuário mais experiente. Nem todo mundo sabe o nome de todos os
    aplicativos, para ficar procurando aplicativos pelo campo de busca.
    Outro erro inadmissível. Isso deixa o sistema pratico?

    Aplicativos
    para download na lente de aplicativos.

    Um
    dos grandes erros de projeto do Unity é disponibilizar aplicativos
    para download no dash de forma impositiva. Primeiro por que instalar
    programas não é algo tão corriqueiro, segundo que eu já tenho o
    Software Center para essa função e terceiro o sistema nunca acerta
    e nem vai acertar o que realmente eu preciso. Se todo dia eu instalar
    algum programa “por sugestão do Unity”, eu terei um sistema em
    colapso em pouco tempo. Talvez uma lente especifica para esse fim. Do
    jeito que está privilegia a desorganização e deixa o usuário
    leigo perdido no meio de tantos aplicativos e opções.

    O
    filtro avaliação “ranking de estrelas” e fontes são
    desnecessários. Pois são redundantes, deixam a lente de aplicativos
    confusa. Temos a central de programas para isso.

    Categorias
    de aplicativos sem aplicativos.

    Por
    que eu tenho na lente de aplicativos categorias das quais eu nem
    tenho aplicativos instalados? Isso deveria ser personalizável, como
    sempre foi. Se eu não quero uma categoria ela não deveria estar
    ali? E isso sem aplicativos instalados! Onde está a praticidade
    disso?

    O
    Unity não dá opções ao usuário remover essas categorias sem
    aplicativos, como também organizar os aplicativos disponíveis. Se
    eu na minha empresa quiser ocultar da lente de aplicativos, itens de
    configurações dos usuários leigos, para que o mesmo não
    desconfigurem os sistema, eu não vou conseguir! Será que eu não
    posso organizar a bagunça dos 86 aplicativos disponíveis de forma
    pratica, como fazia com o alacarte antigamente.?

    Uma
    ferramenta similar ao Alacarte deveria estar disponível. Ou deixar o
    Unity compatível com o próprio Alacarte. Essa opção é essencial
    e básica e não poderia estar ausente.

    Na
    opção de exibir todos os aplicativos, por que eu não tenho os
    aplicativos organizados por categoria? Escritório, Acessórios,
    Jogos, etc.. Desse modo é mais fácil encontrar os aplicativos.
    Isso é tão lógico. Do jeito que está é uma bagunça completa.
    Tenho que ficar catando os aplicativos.

    Seleção
    das categorias de aplicativos confusa.

    A
    seleção de categorias e de forma cumulativa. Então se eu estou na
    categoria Internet e mudo para jogos, tenho de forma cumulativas
    internet e jogos “e assim sucessivamente”. Mais eu não quero
    isso! Quem achou que isso poderia ser produtivo? Pelo menos me dê a
    opção de remover esse comportamento!

    Redundância
    e confusão na lente de aplicativos.

    Outro
    erro de projeto que eu não consigo entender. Ter na lente de
    aplicativos uma seção de aplicativos usados recentemente outra de
    aplicativos instalados, e outra de aplicativos disponíveis para
    baixar. Isso é estranho, confuso e faz com que o usuário tenha que
    parar, procurar, clicar 3 ou 4 vezes, rolar uma barra até achar o
    aplicativo. Isso é prático??

    Lente
    de musicas:

    Essa
    lente precisa de uma imensa reformulação. Talvez a possibilidade de
    se executar musicas de serviços on-line, deixasse essa lente mais
    interessante. Disponibilizando inclusive os controles básicos de
    volume, troca de faixa etc, na própria lente. O mesmo deveria estar
    disponível para as musicas locais.

    Lente
    de vídeos:

    Essa
    lente já possui integração com serviços on-line, mais ainda
    apresenta uma experiencia muito pobre. Implementações de
    usabilidade precisam ser feitas. A lente tem que ser capaz de achar
    com mais velocidade e precisão o que o usuário procura. A
    funcionalidade de se exibir diretamente do aplicativo de video e não
    do navegador de internet deveria ser implementada.

    Lente
    de Arquivos:

    A
    lente de arquivos ainda é pobre. A experiencia está muito longe de
    algo funcional e profissional. Ela deveria ser mais funcional, trazer
    mais opções de refinamento das pesquisas mais avançados.
    Apresentar um comportamento de inteligencia e entender os costumes do
    usuário. Algo precisa ser feito.

    Ícones:

    O
    Ubuntu não tem um visual profissional. Está muito distante do Mac
    OSX e do Windows 7. Seu tema já está ultrapassado e não acompanha
    o nível dos concorrentes. Existem diversos profissionais fazendo
    trabalhos maravilhosos. Esses talentos poderiam ser empregados de
    forma ordenada e um novo tema poderia nascer. Isso é fundamental, e
    precisa ser feito.

    Principais falhas do Ubuntu 12.04O Unity.O Unity é algo que tem muito potencial, mais o que atrapalha sua receptividade é a falta de personalização e os erros na escolha do design e usabilidade. A impossibilidade de mudar o posicionamento do Docy, é incompreensível. Opções que aplicativos como MyUnity disponibilizam deveriam estar disponíveis por padrão e isso no próprio dash, e não na disponíveis apenas em aplicativos de terceiros. Isso é um erro estratégico, e não oferecer essas opções dificulta muito a adaptação ao Ubuntu.Os desenvolvedores deveriam ser mais sensíveis as opiniões dos usuários.O time de design e desenvolvimento assim como a Canonical e o próprio Mark Shuttleworth deveriam ser mais receptíveis as criticas dos usuários. Já que é para ser o Unity, que seja o mais amigável possível. Os usuários tem boas ideias, a comunidade tem boas ideias, mais são sistematicamente rejeitadas. O Mark já disse que o Ubuntu não é uma democracia. Isso deveria mudar drasticamente, pois os usuários e a comunidade deveriam ser ouvidos sim, e o Ubuntu ganharia muito com isso.Fiz um vídeo explanando minha ideias, mostrei ao time de design do Ubuntu e sequer fui respondido com uma negativa ou critica. Simplesmente fui ignorado. Uma simples resposta dizendo que não era de interesse da equipe bastaria. Meu vídeo tem 10 mil visualizações no Youtube e a grande maioria dos usuários acharam validas as ideias.Link:http://www.youtube.com/watch?v=JgZ_IEx7Zfg&feature=youtu.be&hd=1O Launcher:Aplicativos como Awn e Docky são mais completos que o launcher, e tem opções de configuração e personalização que o launcher do Unity poderia copiar. Soluções e boas ideias estão disponíveis. O laucher é pobre em personalização e poderia oferecer soluções semelhantes que esses dois aplicativos disponibilizam. A Canonical deveria contratar os desenvolvedores dessas aplicações e busca otimizar algo que no momento é muito limitado e não traz o nível esperado para buscar competir de forma igual com o OSX e o Windows 7.Laucher com ícones padrão gigantes.O Ubuntu economiza ao máximo os espaços nas barras de rolagem, se utilizou do menu oculto “similar ao OSX em busca do aproveitamento de mais espaço, mais por padrão lhe entrega no laucher ícones gigantes que numa tela de abaixo de 15 polegadas facilmente fica com o efeito sanfonado “solução horrível por sinal”. Ícones por padrão com 48 px é um exagero. Deveria ser 32 px por padrão e ter a opção de ir aos 22 px pra se adequar aos monitores de netbooks.O erro grave do posicionamento.Qualquer sistema operacional tem a possibilidade de mudar o posicionamento de seus menus e barra de tarefas. No OSX e Windows isso é possível, por que no Ubuntu tem que ser fixo. Se o usuário for cego do olho esquerdo e por conforto quiser posicionar o launcher na direita ele não vai poder. Por que isso? O usuário deve escolher se quer em cima, em baixo, na esquerda ou na direita. Qual o problema em se poder fazer isso?PanelO painel superior do Ubuntu deveria ser integrar ao launcher. Ele com uma cor solida deixa o design muito duro, quebrado e com uma ar nada profissional. Se o launcher tem uma tonalidade transparente ou qualquer outra cor, o painel deveria acompanhar. Do jeito que está transparece amadorismo no design. Quando clicamos no atalho do Dash, o panel muda, fica com o mesmo design do laucher. Ele poderia ter esse acabamento por padrão. Seria algo mais suave.Lente de aplicativos: A maior falha de projeto do Unity.Por que dificultar o acesso aos aplicativos “categorias”!É incrível como o Unity dificulta o acesso aos aplicativos, isso é básico em qualquer sistema operacional. Logicamente ao clicar no lançador do dash, a primeira coisa que deveria aparecer “as categorias dos aplicativos”, alguns favoritos e atalhos personalizados pelo usuário. Ao invés disso preciso buscar a lente de aplicativos.A lente de aplicativos foi mal projetada.A lente de aplicativos foi mal projetada, o usuário tem que movimentar o mouse 5 vezes e dar 5 cliques para achar algo que não está disponível num primeiro momento. Isso é um erro de projeto gritante!Excesso de aplicativos disponíveis e uma incrível desorganização.Existe um excesso de opções disponíveis na lente de aplicativos. No sistema recém-instalado temos 86 opções de aplicativos. Pois a lente de aplicativos mostra como aplicativos coisas que não são aplicativos como configurações de sistema, ações como desligar e mostra itens de forma redundante, itens esses que estão disponíveis nas configurações do sistema por exemplo. Isso desoriente até o usuário mais experiente. Nem todo mundo sabe o nome de todos os aplicativos, para ficar procurando aplicativos pelo campo de busca. Outro erro inadmissível. Isso deixa o sistema pratico?Aplicativos para download na lente de aplicativos.Um dos grandes erros de projeto do Unity é disponibilizar aplicativos para download no dash de forma impositiva. Primeiro por que instalar programas não é algo tão corriqueiro, segundo que eu já tenho o Software Center para essa função e terceiro o sistema nunca acerta e nem vai acertar o que realmente eu preciso. Se todo dia eu instalar algum programa “por sugestão do Unity”, eu terei um sistema em colapso em pouco tempo. Talvez uma lente especifica para esse fim. Do jeito que está privilegia a desorganização e deixa o usuário leigo perdido no meio de tantos aplicativos e opções.O filtro avaliação “ranking de estrelas” e fontes são desnecessários. Pois são redundantes, deixam a lente de aplicativos confusa. Temos a central de programas para isso.Categorias de aplicativos sem aplicativos.Por que eu tenho na lente de aplicativos categorias das quais eu nem tenho aplicativos instalados? Isso deveria ser personalizável, como sempre foi. Se eu não quero uma categoria ela não deveria estar ali? E isso sem aplicativos instalados! Onde está a praticidade disso?O Unity não dá opções ao usuário remover essas categorias sem aplicativos, como também organizar os aplicativos disponíveis. Se eu na minha empresa quiser ocultar da lente de aplicativos, itens de configurações dos usuários leigos, para que o mesmo não desconfigurem os sistema, eu não vou conseguir! Será que eu não posso organizar a bagunça dos 86 aplicativos disponíveis de forma pratica, como fazia com o alacarte antigamente.?Uma ferramenta similar ao Alacarte deveria estar disponível. Ou deixar o Unity compatível com o próprio Alacarte. Essa opção é essencial e básica e não poderia estar ausente.Na opção de exibir todos os aplicativos, por que eu não tenho os aplicativos organizados por categoria? Escritório, Acessórios, Jogos, etc.. Desse modo é mais fácil encontrar os aplicativos. Isso é tão lógico. Do jeito que está é uma bagunça completa. Tenho que ficar catando os aplicativos.Seleção das categorias de aplicativos confusa.A seleção de categorias e de forma cumulativa. Então se eu estou na categoria Internet e mudo para jogos, tenho de forma cumulativas internet e jogos “e assim sucessivamente”. Mais eu não quero isso! Quem achou que isso poderia ser produtivo? Pelo menos me dê a opção de remover esse comportamento!Redundância e confusão na lente de aplicativos.Outro erro de projeto que eu não consigo entender. Ter na lente de aplicativos uma seção de aplicativos usados recentemente outra de aplicativos instalados, e outra de aplicativos disponíveis para baixar. Isso é estranho, confuso e faz com que o usuário tenha que parar, procurar, clicar 3 ou 4 vezes, rolar uma barra até achar o aplicativo. Isso é prático??Lente de musicas:Essa lente precisa de uma imensa reformulação. Talvez a possibilidade de se executar musicas de serviços on-line, deixasse essa lente mais interessante. Disponibilizando inclusive os controles básicos de volume, troca de faixa etc, na própria lente. O mesmo deveria estar disponível para as musicas locais.Lente de vídeos:Essa lente já possui integração com serviços on-line, mais ainda apresenta uma experiencia muito pobre. Implementações de usabilidade precisam ser feitas. A lente tem que ser capaz de achar com mais velocidade e precisão o que o usuário procura. A funcionalidade de se exibir diretamente do aplicativo de video e não do navegador de internet deveria ser implementada.Lente de Arquivos:A lente de arquivos ainda é pobre. A experiencia está muito longe de algo funcional e profissional. Ela deveria ser mais funcional, trazer mais opções de refinamento das pesquisas mais avançados. Apresentar um comportamento de inteligencia e entender os costumes do usuário. Algo precisa ser feito.Ícones:O Ubuntu não tem um visual profissional. Está muito distante do Mac OSX e do Windows 7. Seu tema já está ultrapassado e não acompanha o nível dos concorrentes. Existem diversos profissionais fazendo trabalhos maravilhosos. Esses talentos poderiam ser empregados de forma ordenada e um novo tema poderia nascer. Isso é fundamental, e precisa ser feito.Tema GtkO tema é igualmente pobre e não transparece algo profissional. Mais uma vez não acompanha o nível dos concorrentes, Apple e Microsoft. Algo precisa ser feito, tem pessoas no DeviantArt com capacidade que poderia compilar algo bem mais profissional. Algo precisa ser feito nesse sentido.Ausência de temas no Unity.Um dos erros graves do Unity é a ausência de temas. O Cinnamon com pouco tempo de desenvolvimento deixou essa opção disponibilizada por padrão. Isso é básico, mais é renegado. O laucher mais o panel poderia ter temas diversos como um fundo de fibra de carbono, metal, etc… O que impede isso?Outros questionamentos:Porque eu não posso clicar com o botão direito nos ícones do dash e mudar esse ícone por outro disponível? Seria uma excelente maneira de personalizar o sistema.Porque eu não posso clicar num ícone e arrastar o mesmo para outra posição, fazendo minha ordem personalizada dos aplicativos?Porque eu não posso clicar com o botão direito no dash e ter acesso as opções de personalização do Unity. Me trazendo algo como o MyUnity.Porque o home do dash não é totalmente personalizável? O usuário poderia escolher quais seriam os atalhos disponíveis.A barra de rolagem deveria ser a normal e a versão ultra fina deveria estar por padrão em monitores abaixo de 15 polegadas.Finalizando.A ideia que o Unity passa é de algo não acabado. Acho que nos próximos 8 ou 10 ciclos de desenvolvimento ele esteja maduro o suficiente para ser considerado utilizável e competitivo frente as soluções da Microsoft e Apple. O próximo LTS daqui a 5 anos estará com certeza pronto. Se as decisões certas forem tomadas, os desenvolvedores ouvirem a comunidade, a usabilidade for colocada como ponto principal, é possível quem em 2 ou 3 ciclos de desenvolvimento as coisas se consertem.Eu sou a favor do Ubuntu, uso ele desde a versão 2006 e estou usando ele nesse momento, a versão 10.04.4 LTS. O Unity deveria estar disponível agora e não a dois ciclos atras. E hoje deveria ser a 2ª opção e não vir por padrão, estando disponível por padrão depois que atingisse a maturidade.Eu vou instalar o Cinnamon e esperar mais 6 meses de desenvolvimento e torcer para que a mentalidade da Canonical mude.Sem mais,

    Tema
    Gtk

    O
    tema é igualmente pobre e não transparece algo profissional. Mais
    uma vez não acompanha o nível dos concorrentes, Apple e Microsoft.
    Algo precisa ser feito, tem pessoas no DeviantArt com capacidade que
    poderia compilar algo bem mais profissional. Algo precisa ser feito
    nesse sentido.

    Ausência
    de temas no Unity.

    Um
    dos erros graves do Unity é a ausência de temas. O Cinnamon com
    pouco tempo de desenvolvimento deixou essa opção disponibilizada
    por padrão. Isso é básico, mais é renegado. O laucher mais o
    panel poderia ter temas diversos como um fundo de fibra de carbono,
    metal, etc… O que impede isso?

    Outros
    questionamentos:

    Porque
    eu não posso clicar com o botão direito nos ícones do dash e mudar
    esse ícone por outro disponível? Seria uma excelente maneira de
    personalizar o sistema.

    Porque
    eu não posso clicar num ícone e arrastar o mesmo para outra
    posição, fazendo minha ordem personalizada dos aplicativos?

    Porque
    eu não posso clicar com o botão direito no dash e ter acesso as
    opções de personalização do Unity. Me trazendo algo como o
    MyUnity.

    Porque
    o home do dash não é totalmente personalizável? O usuário poderia
    escolher quais seriam os atalhos disponíveis.

    A
    barra de rolagem deveria ser a normal e a versão ultra fina deveria
    estar por padrão em monitores abaixo de 15 polegadas.

    Finalizando.

    A
    ideia que o Unity passa é de algo não acabado. Acho que nos
    próximos 8 ou 10 ciclos de desenvolvimento ele esteja maduro o
    suficiente para ser considerado utilizável e competitivo frente as
    soluções da Microsoft e Apple. O próximo LTS daqui a 5 anos
    estará com certeza pronto. Se as decisões certas forem tomadas, os
    desenvolvedores ouvirem a comunidade, a usabilidade for colocada como
    ponto principal, é possível quem em 2 ou 3 ciclos de
    desenvolvimento as coisas se consertem.

    Eu
    sou a favor do Ubuntu, uso ele desde a versão 2006 e estou usando
    ele nesse momento, a versão 10.04.4 LTS. O Unity deveria estar
    disponível agora e não a dois ciclos atras. E hoje deveria ser a 2ª
    opção e não vir por padrão, estando disponível por padrão
    depois que atingisse a maturidade.

    Eu
    vou instalar o Cinnamon e esperar mais 6 meses de desenvolvimento e
    torcer para que a mentalidade da Canonical mude.

    Sem
    mais,

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @twitter-88257215:disqus ,

      Concordo que o Unity tem que amadurecer, assim como qualquer interface disponível hoje no mercado (tanto as proprietárias quanto as livres).

      Você pode expor facilmente suas ideias no Brainstorm do Ubuntu (http://brainstorm.ubuntu.com), onde elas serão submetidas à avaliação da comunidade. Caso a massa aprove uma das suas ideias, ela certamente será estudada pela Canonical para inclusão no sistema operacional.

      Abraços

  • http://www.facebook.com/people/Augusto-Bastos/100000713913346 Augusto Bastos

    Na verdade gostei menos do 11.10 do que do 11.04. Eu realmente ficava irritado em usar o Ubuntu. Mas o 12.04 vem para sanar todas falhas do seu antecessor. As pessoas que usam Windows e tem preconceito contra Linux mal sabem o quão avançado e melhor que o Win7 é o Ubuntu 12.04. O Win8, se observarmos bem tem algumas coisas que imitam o Ubuntu e outros sistemas operacionais. Basta ver a combinação de cinza e laranja dos menus da interface para lembrarmos do nosso bom e velho Ubuntu. Quanto ao que vêm dizendo por aí, que o Ubuntu abandonou o Linux, eu posso dizer que o Ubuntu se ”distanciou do Linux” ou seja, Ubuntu com Unity é um novo Linux, se distanciando e estando à frente de todas as outras distribuições que são sim sistemas operacionais já que o Linux é o Kernel. O Ubuntu é na verdade a evolução do Linux.

    • http://www.facebook.com/people/Lucas-Oliveira/100001645277739 Lucas Oliveira

      O LINUX tem evoluído bastante, como no país o número de usuários de outras distros é pequena a mídia foca no UBUNTU, mas se for olhar lá fora não só o Ubuntu vem se destacando por sua maturidade e evolução…o Linux está evoluindo e inúmeras empresas fazem parte nisso…o quê seria a Canonical sem suas parceiras e empresas que desenvolve os programas por nós usados? Ubuntu merece sim parabéns, inova e mostra força…agora não só ele vem mudando a cara do Linux!

      • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

        Olá @facebook-100001645277739:disqus ,

        Realmente, o Ubuntu está com muita credibilidade no país. E não só isso, mas um dos focos da própria Canonical vem sendo o mercado brasileiro.

        Obrigado pelo comentário!

        Abraços

        • http://twitter.com/marcio327 Marcio Oliveira

          Não entendo por que a Canonical não consegue alguma parceria com fabricantes de Notebooks. Durante anos eles sujaram linux no mercado com distribuições que não eram voltadas para o usuário final. O Ubuntu é o melhor SO Linux para usuário final, desde o iniciante ao avançado, mas nunca vi um Notebooks ou Desktop sair com ele pré-instalado. A Dell poderia ser uma boa, pois atualmente, é a empresa que facilita mais na hora de reembolsar o Windows indesejado.
          Gostaria que meu próximo Notebook viesse com o Ubuntu pré-instalado.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100000713913346:disqus ,

      Realmente o 12.04 promete.

      Não acho que o Ubuntu esteja se distanciando do Linux. Só acho engraçado que quando algo começa a dar certo com ele algumas pessoas começam a reclamar. Está aí o Android para confirmar.

      E realmente, o Ubuntu é uma grande evolução para o mundo Linux.

      Obrigado pelos comentários!

      Abraços

      • Emanuel Falcão

        Temos que observar um fato interessante desde a origem do Linux. Nos primórdios do Linux, me recordo bem que a interface gráfica mais utilizada era o KDE. Com o tempo, principalmente após o lançamento da versão 3x vieram de “brinde” vários Bugs que fizeram várias distribuições abandonarem o KDE como sua interface padrão. A partir daí, iniciou-se o crescimento do Gnome, que foi alavancado principalmente pela popularidade de distribuições como o Ubuntu e o Fedora.

        Adaptações são necessárias no mundo da tecnologia, até porque as necessidades de adaptações são constantes. No entanto não quero dizer que sou totalmente a favor, por alguns incovenientes: além da gama de diferença de recursos disponíveis, teclas de atalho e outros mais, perdemora muito tempo para localizar determinados recursos, e para profissionais de qualquer área, tempo é precioso.

        Em resumo, adaptações para melhorias são bem-vindas, mas são melhores aceitas após consulta popular.

        Emanuel Falcão
         

        • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

          Olá @95148c5a2d321e0cb4085c61d5d019dc:disqus ,

          Concordo parcialmente contigo. Realmente creio que um dos principais inconvenientes do Unity hoje seja a indisponibilidade de tempo do pessoal para conhecê-lo. Mas também sabemos que qualquer mudança exige, além de aceitação, um esforço do próprio indivíduo. Não acho que “perder” alguns minutos do dia para descobrir algo novo, para saber aonde encontrar os aplicativos ou quais os atalhos da interface, seja algo que irá prejudicar o precioso tempo do cidadão.

          Agradeço pelo comentário!

          Abraços

  • http://www.facebook.com/people/Augusto-Bastos/100000713913346 Augusto Bastos

    Na verdade gostei menos do 11.10 do que do 11.04. Eu realmente ficava irritado em usar o Ubuntu. Mas o 12.04 vem para sanar todas falhas do seu antecessor. As pessoas que usam Windows e tem preconceito contra Linux mal sabem o quão avançado e melhor que o Win7 é o Ubuntu 12.04. O Win8, se observarmos bem tem algumas coisas que imitam o Ubuntu e outros sistemas operacionais. Basta ver a combinação de cinza e laranja dos menus da interface para lembrarmos do nosso bom e velho Ubuntu. Quanto ao que vêm dizendo por aí, que o Ubuntu abandonou o Linux, eu posso dizer que o Ubuntu se ”distanciou do Linux” ou seja, Ubuntu com Unity é um novo Linux, se distanciando e estando à frente de todas as outras distribuições que são sim sistemas operacionais já que o Linux é o Kernel. O Ubuntu é na verdade a evolução do Linux.

    • http://www.facebook.com/people/Lucas-Oliveira/100001645277739 Lucas Oliveira

      O LINUX tem evoluído bastante, como no país o número de usuários de outras distros é pequena a mídia foca no UBUNTU, mas se for olhar lá fora não só o Ubuntu vem se destacando por sua maturidade e evolução…o Linux está evoluindo e inúmeras empresas fazem parte nisso…o quê seria a Canonical sem suas parceiras e empresas que desenvolve os programas por nós usados? Ubuntu merece sim parabéns, inova e mostra força…agora não só ele vem mudando a cara do Linux!

      • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

        Olá @facebook-100001645277739:disqus ,

        Realmente, o Ubuntu está com muita credibilidade no país. E não só isso, mas um dos focos da própria Canonical vem sendo o mercado brasileiro.

        Obrigado pelo comentário!

        Abraços

        • http://twitter.com/marcio327 Marcio Oliveira

          Não entendo por que a Canonical não consegue alguma parceria com fabricantes de Notebooks. Durante anos eles sujaram linux no mercado com distribuições que não eram voltadas para o usuário final. O Ubuntu é o melhor SO Linux para usuário final, desde o iniciante ao avançado, mas nunca vi um Notebooks ou Desktop sair com ele pré-instalado. A Dell poderia ser uma boa, pois atualmente, é a empresa que facilita mais na hora de reembolsar o Windows indesejado.
          Gostaria que meu próximo Notebook viesse com o Ubuntu pré-instalado.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100000713913346:disqus ,

      Realmente o 12.04 promete.

      Não acho que o Ubuntu esteja se distanciando do Linux. Só acho engraçado que quando algo começa a dar certo com ele algumas pessoas começam a reclamar. Está aí o Android para confirmar.

      E realmente, o Ubuntu é uma grande evolução para o mundo Linux.

      Obrigado pelos comentários!

      Abraços

  • http://www.facebook.com/people/Lucas-Oliveira/100001645277739 Lucas Oliveira

    Meu pc é celeron 1.8GHZ , 1GB 160HD estou usando o Ubuntu 11.10, no meu caso tava usando o Unity 2D por ser mais bonito, agora é lento e meu pc não é lá essas coisas…o Unity normal mesmo menos atraente é mais leve e tem as mesmas funcionalidades…no 11.10 tem como usar o Gnome mas pelo visto colocaram só por colocar, parece que foi mal feito ou deixaram de lado…espero que o 12.04 seja mais rápido e leve como prometeram…já que antes do natal nada de pc novo kkkkkkkkkkkkkkkk. 

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100001645277739:disqus ,

      Como já citei em outros comentários, não tenho opinião formada sobre o Gnome Shell. Mas posso concordar que o Unity está show :)

      Abraços

  • http://www.facebook.com/people/Lucas-Oliveira/100001645277739 Lucas Oliveira

    Meu pc é celeron 1.8GHZ , 1GB 160HD estou usando o Ubuntu 11.10, no meu caso tava usando o Unity 2D por ser mais bonito, agora é lento e meu pc não é lá essas coisas…o Unity normal mesmo menos atraente é mais leve e tem as mesmas funcionalidades…no 11.10 tem como usar o Gnome mas pelo visto colocaram só por colocar, parece que foi mal feito ou deixaram de lado…espero que o 12.04 seja mais rápido e leve como prometeram…já que antes do natal nada de pc novo kkkkkkkkkkkkkkkk. 

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100001645277739:disqus ,

      Como já citei em outros comentários, não tenho opinião formada sobre o Gnome Shell. Mas posso concordar que o Unity está show :)

      Abraços

  • http://www.facebook.com/people/Lucas-Oliveira/100001645277739 Lucas Oliveira

    Meu pc é celeron 1.8GHZ , 1GB 160HD estou usando o Ubuntu 11.10, no meu caso tava usando o Unity 2D por ser mais bonito, agora é lento e meu pc não é lá essas coisas…o Unity normal mesmo menos atraente é mais leve e tem as mesmas funcionalidades…no 11.10 tem como usar o Gnome mas pelo visto colocaram só por colocar, parece que foi mal feito ou deixaram de lado…espero que o 12.04 seja mais rápido e leve como prometeram…já que antes do natal nada de pc novo kkkkkkkkkkkkkkkk. 

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100001645277739:disqus ,

      Como já citei em outros comentários, não tenho opinião formada sobre o Gnome Shell. Mas posso concordar que o Unity está show :)

      Abraços

  • http://twitter.com/nq6 Frederico Araújo

    Coloquei um comentário, e não foi publicado?

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @twitter-88257215:disqus ,

      Não aplicamos nenhum tipo de censura a comentários, desde que não sejam desrespeitosos. Peço que encaminhe seu comentário novamente, pois provavelmente houve algum problema na hora da publicação.

      Abraços

  • http://twitter.com/nq6 Frederico Araújo

    Coloquei um comentário, e não foi publicado?

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @twitter-88257215:disqus ,

      Não aplicamos nenhum tipo de censura a comentários, desde que não sejam desrespeitosos. Peço que encaminhe seu comentário novamente, pois provavelmente houve algum problema na hora da publicação.

      Abraços

  • Emanuel Falcão

    Temos que observar um fato interessante desde a origem do Linux. Nos primórdios do Linux, me recordo bem que a interface gráfica mais utilizada era o KDE. Com o tempo, principalmente após o lançamento da versão 3x vieram de “brinde” vários Bugs que fizeram várias distribuições abandonarem o KDE como sua interface padrão. A partir daí, iniciou-se o crescimento do Gnome, que foi alavancado principalmente pela popularidade de distribuições como o Ubuntu e o Fedora.

    Adaptações são necessárias no mundo da tecnologia, até porque as necessidades de adaptações são constantes. No entanto não quero dizer que sou totalmente a favor, por alguns incovenientes: além da gama de diferença de recursos disponíveis, teclas de atalho e outros mais, perdemora muito tempo para localizar determinados recursos, e para profissionais de qualquer área, tempo é precioso.

    Em resumo, adaptações para melhorias são bem-vindas, mas são melhores aceitas após consulta popular.

    Emanuel Falcão
     

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @95148c5a2d321e0cb4085c61d5d019dc:disqus ,

      Concordo parcialmente contigo. Realmente creio que um dos principais inconvenientes do Unity hoje seja a indisponibilidade de tempo do pessoal para conhecê-lo. Mas também sabemos que qualquer mudança exige, além de aceitação, um esforço do próprio indivíduo. Não acho que “perder” alguns minutos do dia para descobrir algo novo, para saber aonde encontrar os aplicativos ou quais os atalhos da interface, seja algo que irá prejudicar o precioso tempo do cidadão.

      Agradeço pelo comentário!

      Abraços

  • Emanuel Falcão

    Temos que observar um fato interessante desde a origem do Linux. Nos primórdios do Linux, me recordo bem que a interface gráfica mais utilizada era o KDE. Com o tempo, principalmente após o lançamento da versão 3x vieram de “brinde” vários Bugs que fizeram várias distribuições abandonarem o KDE como sua interface padrão. A partir daí, iniciou-se o crescimento do Gnome, que foi alavancado principalmente pela popularidade de distribuições como o Ubuntu e o Fedora.

    Adaptações são necessárias no mundo da tecnologia, até porque as necessidades de adaptações são constantes. No entanto não quero dizer que sou totalmente a favor, por alguns incovenientes: além da gama de diferença de recursos disponíveis, teclas de atalho e outros mais, perdemora muito tempo para localizar determinados recursos, e para profissionais de qualquer área, tempo é precioso.

    Em resumo, adaptações para melhorias são bem-vindas, mas são melhores aceitas após consulta popular.

    Emanuel Falcão
     

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @95148c5a2d321e0cb4085c61d5d019dc:disqus ,

      Concordo parcialmente contigo. Realmente creio que um dos principais inconvenientes do Unity hoje seja a indisponibilidade de tempo do pessoal para conhecê-lo. Mas também sabemos que qualquer mudança exige, além de aceitação, um esforço do próprio indivíduo. Não acho que “perder” alguns minutos do dia para descobrir algo novo, para saber aonde encontrar os aplicativos ou quais os atalhos da interface, seja algo que irá prejudicar o precioso tempo do cidadão.

      Agradeço pelo comentário!

      Abraços

  • http://www.facebook.com/evandrolkot Evandro Lazzeri Kottwitz

    sinceramente?! vou muito bem com meu gnome, amei o shell; em realção ao unity, acho um tanto quanto ridículo, isso mesmo, riículo, ainda mais com as janelas maximizadas!

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-1307347390:disqus ,

      Realmente uma pena. Nesse ponto, tendo em vista o rigor do seu comentário, creio que não adiantará de nada argumentar. Apenas digo que esse é o lado mais positivo – e ao mesmo tempo o calcanhar de Aquiles – do software livre: a diversidade.

      Abraços

  • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

    Eu não gostei muito mas consigo usar, o chato mesmo é o ‘global menu’. Uma tentativa boba de imitar o OS X da Apple mas sinceramente não gostei. Como só existe um menu, pra que o menu de uma janela esteja ‘disponivel’ voce precisa primeiro dar foco clicando na janela. Isso já me incomoda o suficiente pra não gostar.

    Se eu tenho várias janelas abertas com programas diferentes e quero acessar o menu de um que não esta em foco no momento eu preciso clicar na janela do programa (ela pode estar em qualquer local da tela) e depois subir o mouse até o global menu. Acabei de fazer isso e agora quero o menu de outra aplicação que pode estar em qualquer lugar da tela, por exemplo na parte baixa da tela. Eu tenho que ir com o mouse até ela, saindo do global menu lá em cima, clicar na janela da aplicação e subir outra vez pro global menu.

    Cliques e movimentos de mouse desnecessários que não me deixam mais produtivo.

    • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

      Olá @viniciusfs:disqus,
      Pessoalmente, amei o global menu. Torna a utilização dos espaços da minha tela muito melhor, mas pra quem não gosta, pode-se sempre retira-lo (:

      • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

         Eu não encontrei um jeito fácil de desabilita-lo. Confesso que também não procurei tanto. Onde posso mudar isso?

        A economia de alguns 24 pixels não funciona pra mim devido a toda essa movimentação de mouse.

        • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

          Olá @viniciusfs:disqus ,

          Para isso você pode usar uma ferramenta gráfica, de uso extremamente fácil, chamada Unsettings.

          A instalação pode ser efetuada através da seguinte linha de comando:

          sudo add-apt-repository ppa:diesch/testingsudo && sudo apt-get update && sudo apt-get install unsettings -y

          Abraços

          • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

            Vou testar o Unsettings.

            Algo que o Ubuntu precisa evitar é isso, não deveria ser necessário usar algo que não vem na instalação padrão pra uma mudança simples. Tudo bem que o usuário padrão não vai ficar ‘tunando’ o seu desktop, geralmente usa como vem mas algo assim deveria ser facilmente alterado, sem a necessidade de repositórios adicionais, linha de comando, etc.

          • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

            A opção de desativar o global menu via Configurações do Sistema era pra sair junto com o Ubuntu 12.04, mas acabou ficando pro 12.10… sabe-se lá porque.

          • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

            Eu não me importo com o procedimento até porque ganho a vida com Linux, pra mim é simples. Só que é totalmente contra o objetivo do Ubuntu. É uma grande distro, a minha preferida, nunca vai ser unanimidade mas nada é. Pra mim é o melhor trabalho de Linux no desktop que já foi feito, ainda pode melhorar muito.

          • http://blogrodpaulo.blogspot.com/ InforPaulo

            É por esses sabe-se lá lá porquê que depois de anos a usar Ubuntu passei definitivamente para o Debian

        • http://twitter.com/hiper4tivo Hiperativo

          Quebra de paradigma por quebra de paradigma, o Gnome Shell é até mais do que o Unity.

          Posso dizer porque usei cada um durante uma versão do ubuntu (6 meses) e considero o Gnome Shell imbatível em todos os quesitos sobre o Unity.

          Já que o pessoal está falando sobre dar chance a novas coisas, porque não tentar o Gnome Shell?

          É bem mais leve, e estável do que o Unity, e na minha opinião também mais bonito e funcional.

          Abraço

    • Cleberpborges

      Mas pense uma coisa: se você vai usar uma janela, de qualquer modo você não tem de colocá-la em evidência? Mesmo quando os menus são na própria janela, se você quiser utilizar uma outra, não vai ter de pôr a outra em evidência? Assim, não é uma crítica, só quero entender mesmo sua colocação. valeu!

      • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

        Sim, terei que coloca-la em evidencia. A diferença é que quando cada janela tem um menu, um único clique já coloca a janela em evidencia E aciona o menu. No Unity é clica na janela, sobe até o menu, clica no menu, desce até a janela. Parece uma grande bobeira mas começou a me incomodar quando eu ia no menu global e dava de cara com o menu da aplicação em foco. “Ah que saco, tem que clicar na janela antes”, ai desce o mouse, clica na janela e vai pro menu dela.

        • Cleberpborges

          Sabe que eu não vou na janela e sim no lançador quando preciso de outra janela aberta. Quando tem muitas janelas abertas do mesmo aplicativo, daí SUPER+W daí escolho a janela que quero. Isso é tranquilo para mim. Mas se você acha tudo isso um saco, concordo com você, é ideal achar um tutorial que desabilite o menu global. caso encontre, poste aqui! Abraço!

          • http://twitter.com/marcio327 Marcio Oliveira

             Existem vários tutoriais por aí ensinando a desabilitar o menu global (Ex.: http://www.ubuntero.com.br/2011/10/desabilitar-menu-global/).
            Minha única crítica ao menu global é que nem todos os aplicativos são compatíveis, assim, o sistema não fica padronizado, o que incomoda ao usar.

          • Ariel

            E aí tiago, beleza?
            Cara, eu infelizmente não gostei do unity. Costumo sempre ter 100000 de janelas abertas, e retirar a barra de onde está não me favoreceu muito. Continuo usando o gnome 2x.
            Mas espero, que um dia consiga migrar lentamente para o unity, porém hoje não é nada favorável para mim.

            Abraço, Ariel.

  • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

    Eu não gostei muito mas consigo usar, o chato mesmo é o ‘global menu’. Uma tentativa boba de imitar o OS X da Apple mas sinceramente não gostei. Como só existe um menu, pra que o menu de uma janela esteja ‘disponivel’ voce precisa primeiro dar foco clicando na janela. Isso já me incomoda o suficiente pra não gostar.

    Se eu tenho várias janelas abertas com programas diferentes e quero acessar o menu de um que não esta em foco no momento eu preciso clicar na janela do programa (ela pode estar em qualquer local da tela) e depois subir o mouse até o global menu. Acabei de fazer isso e agora quero o menu de outra aplicação que pode estar em qualquer lugar da tela, por exemplo na parte baixa da tela. Eu tenho que ir com o mouse até ela, saindo do global menu lá em cima, clicar na janela da aplicação e subir outra vez pro global menu.

    Cliques e movimentos de mouse desnecessários que não me deixam mais produtivo.

    • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

      Olá @viniciusfs:disqus,
      Pessoalmente, amei o global menu. Torna a utilização dos espaços da minha tela muito melhor, mas pra quem não gosta, pode-se sempre retira-lo (:

      • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

         Eu não encontrei um jeito fácil de desabilita-lo. Confesso que também não procurei tanto. Onde posso mudar isso?

        A economia de alguns 24 pixels não funciona pra mim devido a toda essa movimentação de mouse.

        • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

          Olá @viniciusfs:disqus ,

          Para isso você pode usar uma ferramenta gráfica, de uso extremamente fácil, chamada Unsettings.

          A instalação pode ser efetuada através da seguinte linha de comando:

          sudo add-apt-repository ppa:diesch/testingsudo && sudo apt-get update && sudo apt-get install unsettings -y

          Abraços

          • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

            Vou testar o Unsettings.

            Algo que o Ubuntu precisa evitar é isso, não deveria ser necessário usar algo que não vem na instalação padrão pra uma mudança simples. Tudo bem que o usuário padrão não vai ficar ‘tunando’ o seu desktop, geralmente usa como vem mas algo assim deveria ser facilmente alterado, sem a necessidade de repositórios adicionais, linha de comando, etc.

          • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

            A opção de desativar o global menu via Configurações do Sistema era pra sair junto com o Ubuntu 12.04, mas acabou ficando pro 12.10… sabe-se lá porque.

          • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

            Eu não me importo com o procedimento até porque ganho a vida com Linux, pra mim é simples. Só que é totalmente contra o objetivo do Ubuntu. É uma grande distro, a minha preferida, nunca vai ser unanimidade mas nada é. Pra mim é o melhor trabalho de Linux no desktop que já foi feito, ainda pode melhorar muito.

          • http://blogrodpaulo.blogspot.com/ InforPaulo

            É por esses sabe-se lá lá porquê que depois de anos a usar Ubuntu passei definitivamente para o Debian

    • Cleberpborges

      Mas pense uma coisa: se você vai usar uma janela, de qualquer modo você não tem de colocá-la em evidência? Mesmo quando os menus são na própria janela, se você quiser utilizar uma outra, não vai ter de pôr a outra em evidência? Assim, não é uma crítica, só quero entender mesmo sua colocação. valeu!

      • http://www.ultrav.com.br/ Vinícius Figueiredo

        Sim, terei que coloca-la em evidencia. A diferença é que quando cada janela tem um menu, um único clique já coloca a janela em evidencia E aciona o menu. No Unity é clica na janela, sobe até o menu, clica no menu, desce até a janela. Parece uma grande bobeira mas começou a me incomodar quando eu ia no menu global e dava de cara com o menu da aplicação em foco. “Ah que saco, tem que clicar na janela antes”, ai desce o mouse, clica na janela e vai pro menu dela.

        É apenas uma critica, não me faz não utilizar o Unity e o Global Menu, só acho chato quando acontece e sempre acontece comigo. Pra quem usa muita coisa aberta, um sysadmin ou um programador, acho que bom mesmo são aqueles tiling window manager mas óbvio, é completamente oposto do foco do Ubuntu. Usei o wmii por um tempo, demora a se acostumar mas gerenciar as janelas sem usar o mouse é uma vantagem muito boa.

        • Cleberpborges

          Sabe que eu não vou na janela e sim no lançador quando preciso de outra janela aberta. Quando tem muitas janelas abertas do mesmo aplicativo, daí SUPER+W daí escolho a janela que quero. Isso é tranquilo para mim. Mas se você acha tudo isso um saco, concordo com você, é ideal achar um tutorial que desabilite o menu global. caso encontre, poste aqui! Abraço!

          • http://twitter.com/marcio327 Marcio Oliveira

             Existem vários tutoriais por aí ensinando a desabilitar o menu global (Ex.: http://www.ubuntero.com.br/2011/10/desabilitar-menu-global/).
            Minha única crítica ao menu global é que nem todos os aplicativos são compatíveis, assim, o sistema não fica padronizado, o que incomoda ao usar.

  • Eltondhiego

    Parabéns pelo artigo! Está a minha cara … rs … Experimentei o Unity durante um tempo e desistí. Resultado: Utilizo a versão 10.10 até hoje, que na minha opinião foi a melhor. Mas vou seguir a sugestão e instalar a nova versão para novos testes na esperança de, desta vez, conseguir realizar as minhas atividades corriqueiras e personalizar o desktop a meu gosto.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @0d2b4508866c2655df38381c28b47d05:disqus ,

      Obrigado pelos comentários :)

      Boa sorte nos testes! Garanto que irá surpreender-se.

      Abraços

  • http://profile.yahoo.com/MD7P5AEMRC6FWFLVQOKJHPKC2Q OLNEI

    Acho eu o Unity evoluiu muito, e para melhor, desde o seu lançamento. Hoje, não me adapto a uma outra interface.  Para mim é o ambiente perfeito. Me sinto confortável nele. E fica tudo ali, sempre ao meu alcance.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @yahoo-MD7P5AEMRC6FWFLVQOKJHPKC2Q:disqus ,

      O Unity realmente está cada vez melhor. Quase um ano e meio após seu lançamento, o time de desenvolvimento da interface continua trabalhando pesado para deixá-la ainda mais agradável.

      Obrigado pelo comentário!

      Abraços

      • Cleberpborges

        Tiago, o Unity quebrou muito o paradigma do uso excessivo dos menus, que são, a meu ver, uma experiência bastante burocrática que obriga a vários cliques até chegar ao aplicativo. No Unity: tecla Super + duas letras do nome do aplicativo. Pronto, ele já aparece. Muito fácil, prático e rápido. Li sobre pessoas reclamando que aparecem sempre 3 linhas de aplicativos no Painel Inicial: aplicativos recentes/aplicativos instalados/sugestão para download. Com o Myunity, você pode escolar quais linhas você quer que apareça no seu Painel Inicial. No meu caso, eu só deixei a opção de aplicativos instalados. Assim, quando eu teclo Sper, SÓ aparece os aplicativos (ou pastas) instalados no sistema. Enfim, escreva um post bem completo sobre o MyUnity para o pessoal, acho que vai contribuir bastante (além de toda a excelente contribuição já dada, claro, por vocês. muito obrigado pelo site!).

        • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

          Olá @5195cfc4c72e02d2ce8325d10980b2a8:disqus ,

          Obrigado pela sugestão. No entanto, já temos um post sobre a ferramenta, disponível em http://www.ubuntubrsc.com/myunity-deixe-unity-do-seu-jeito.html.

          Abraços

  • Rielson

    Pra quem usa um pc com hardware avançado não é tão ruim, mas quando tu usa um hardware mais em conta o sistema trava, congela e etc.
    resumindo unity apesar de suas falhas vai bem em pcs bons, eu testei e não gostei porque a diferença do linux pro windows ate hoje foi sempre a usabilidade sistema simples e bonito e não pesado.
    espero melhorias do unity pra assim usa-lo

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @d6b441018a72f89aa3b527d9f21bb205:disqus ,

      Pois é, os hardwares mais antigos penam um pouco com o Unity. Mas creio que geralmente eles não funcionam bem com qualquer interface recente (Aero, Unity, Gnome Shell).
      De qualquer modo, se tiver tempo teste o Unity no Ubuntu 12.04. Ele está ainda mais leve e funcional.Abraços

      • http://compauta.com/ Erik Paixão

        Pra quem tem lentidão o Unity 2D esta perfeito. Com todas as funcionalidades do Unity. Estou usando e recomendo, é estupidamente rapido

  • Rielson

    Pra quem usa um pc com hardware avançado não é tão ruim, mas quando tu usa um hardware mais em conta o sistema trava, congela e etc.
    resumindo unity apesar de suas falhas vai bem em pcs bons, eu testei e não gostei porque a diferença do linux pro windows ate hoje foi sempre a usabilidade sistema simples e bonito e não pesado.
    espero melhorias do unity pra assim usa-lo

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @d6b441018a72f89aa3b527d9f21bb205:disqus ,

      Pois é, os hardwares mais antigos penam um pouco com o Unity. Mas creio que geralmente eles não funcionam bem com qualquer interface recente (Aero, Unity, Gnome Shell).
      De qualquer modo, se tiver tempo teste o Unity no Ubuntu 12.04. Ele está ainda mais leve e funcional.Abraços

      • http://www.facebook.com/erikpaixao Erik Paixão

        Pra quem tem lentidão o Unity 2D esta perfeito. Com todas as funcionalidades do Unity. Estou usando e recomendo, é estupidamente rapido

  • Cleberpborges

    Depois de ler tanta coisa, duas únicas que acho que merecem atenção são o LANÇADOR, pobre demais para uma interface tão bem acabada. O lançador devria ser como Objectdock da Stardock, porque ele é simplesmente incrível e leve. Canonical, ponha o objectdock no Ubuntu e todo mundo vai ficar feliz. Outro ponto é com relação aos ícones, que precisam de uma melhoria urgente, sobretudo no Painel Inicial. Alguns ficam horríveis, como o do Skype. No mais, está tudo bem para mim. Não sou aficcionado por trocar os temas do Ubuntu. Para mim o mais importante são as ferramentas de produtividade como é o caso do lançador. Os temas são perfumarias, ou seja, bacana se tem mas não é essencial e não compromete a produtividade. Perder horas a fio personalizando são horas a fio que deixamos de produzir coisas de fato interessantes para o mundo.

    • Cleberpborges

      Para quem está a procura de belos ícones para o Unity do 12.04 LTS, indico o site português Ubuntued. Segue link:  http://ubuntued.info/fs-icons-ubuntu-os-icones-modernos-do-ubuntu

      Melhora consideravelmente a qualidade dos ícones. E combinam muito com o tema Adwaita. O Unity fica bem mais agradável e bonito com essa leva mudança. 

      • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

        Novamente obrigado pelo compartilhamento :)

        Abraços

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @5195cfc4c72e02d2ce8325d10980b2a8:disqus ,

      Realmente, vários aplicativos ficam com os ícones “cerrilhados” no Unity, tornando-os esteticamente horríveis.

      Obrigado pela opinião :)

      Abraços

      • Cleber Borges

        Olha só o que acabou de aparecer na atualização do Ubuntu 12.04

        Ubuntu TweakFS Icons for UbuntuFS Icons – Ubuntu (mono light)FS Icons – Ubuntu (mono dark)

        As reclamações não estão sendo em vão. Ajuste fino da personalização do sistema com o Ubuntu Tweak e a disponibilização de ícones melhores para o Unity. Ainda que não seja os ícones FAENZA, tá valendo! Abraços!

    • Cleber Borges

      Fiz uma seleção de imagens do meu Ubuntu 12.04 no PicasaWeb de forma pública. Os screenshots estão lindos. Aproveitem para enviar aos amigos e fazer uma invejinha neles, he he he. Podem falar mal da pobre, mas a interface Unity é linda e eficiente! Aí vai o link: https://picasaweb.google.com/110114670377867482921/Ubuntu1204LTSPrecisePangolinBeta2?authuser=0&authkey=Gv1sRgCKa6jNjNi_T-swE&feat=directlink

  • Cleberpborges

    Depois de ler tanta coisa, duas únicas que acho que merecem atenção são o LANÇADOR, pobre demais para uma interface tão bem acabada. O lançador devria ser como Objectdock da Stardock, porque ele é simplesmente incrível e leve. Canonical, ponha o objectdock no Ubuntu e todo mundo vai ficar feliz. Outro ponto é com relação aos ícones, que precisam de uma melhoria urgente, sobretudo no Painel Inicial. Alguns ficam horríveis, como o do Skype. No mais, está tudo bem para mim. Não sou aficcionado por trocar os temas do Ubuntu. Para mim o mais importante são as ferramentas de produtividade como é o caso do lançador. Os temas são perfumarias, ou seja, bacana se tem mas não é essencial e não compromete a produtividade. Perder horas a fio personalizando são horas a fio que deixamos de produzir coisas de fato interessantes para o mundo.

    • Cleberpborges

      Para quem está a procura de belos ícones para o Unity do 12.04 LTS, indico o site português Ubuntued. Segue link:  http://ubuntued.info/fs-icons-ubuntu-os-icones-modernos-do-ubuntu

      Melhora consideravelmente a qualidade dos ícones. E combinam muito com o tema Adwaita. O Unity fica bem mais agradável e bonito com essa leva mudança. 

      • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

        Novamente obrigado pelo compartilhamento :)

        Abraços

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @5195cfc4c72e02d2ce8325d10980b2a8:disqus ,

      Realmente, vários aplicativos ficam com os ícones “cerrilhados” no Unity, tornando-os esteticamente horríveis.

      Obrigado pela opinião :)

      Abraços

      • Cleber Borges

        Olha só o que acabou de aparecer na atualização do Ubuntu 12.04

        Ubuntu TweakFS Icons for UbuntuFS Icons – Ubuntu (mono light)FS Icons – Ubuntu (mono dark)

        As reclamações não estão sendo em vão. Ajuste fino da personalização do sistema com o Ubuntu Tweak e a disponibilização de ícones melhores para o Unity. Ainda que não seja os ícones FAENZA, tá valendo! Abraços!

    • Cleber Borges

      Fiz uma seleção de imagens do meu Ubuntu 12.04 no PicasaWeb de forma pública. Os screenshots estão lindos. Aproveitem para enviar aos amigos e fazer uma invejinha neles, he he he. Podem falar mal da pobre, mas a interface Unity é linda e eficiente! Aí vai o link: https://picasaweb.google.com/110114670377867482921/Ubuntu1204LTSPrecisePangolinBeta2?authuser=0&authkey=Gv1sRgCKa6jNjNi_T-swE&feat=directlink

  • http://www.facebook.com/people/Eliton-Luiz/100003391791513 Eliton Luiz

    Gosto muito do Unity. Só gostaria de poder por ele na parte inferior da tela, seria muito mais prático pra mim.
    Sei que tem um script que faz isso, mas queria que fosse de uma forma mais simples e segura (pelo menos no post que li sobre o script era por nossa conta e risco).

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100003391791513:disqus ,

      Existem algumas coisas que ainda não serão personalizáveis nesta versão. Mas creio que nas futuras a funcionalidade deverá ser implementada, até por que é requisitada por muitos usuários.

      Abraços

  • Eliton Luiz

    Gosto muito do Unity. Só gostaria de poder por ele na parte inferior da tela, seria muito mais prático pra mim.
    Sei que tem um script que faz isso, mas queria que fosse de uma forma mais simples e segura (pelo menos no post que li sobre o script era por nossa conta e risco).

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @facebook-100003391791513:disqus ,

      Existem algumas coisas que ainda não serão personalizáveis nesta versão. Mas creio que nas futuras a funcionalidade deverá ser implementada, até por que é requisitada por muitos usuários.

      Abraços

  • Isaias Vasconcelos Aguiar

    Eu estava muito bem acomodado com o Gnome e acho que o ubuntu poderia ir até o final da vida com ele, mas eu aceitei e achei muito legal o unity, principalmente pela parte visual que ficou mais chic. Acho bem prático de mexer depois que nos acostumamos. Eu sou o tipo de usuário que adora mudanças e novidades, coisa que o velho XP não tinha. 

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @google-3542f25c7f2dd74462caaf3475fa08c3:disqus ,

      Obrigado por compartilhar sua opinião!

      Abraços

  • Isaias Vasconcelos Aguiar

    Eu estava muito bem acomodado com o Gnome e acho que o ubuntu poderia ir até o final da vida com ele, mas eu aceitei e achei muito legal o unity, principalmente pela parte visual que ficou mais chic. Acho bem prático de mexer depois que nos acostumamos. Eu sou o tipo de usuário que adora mudanças e novidades, coisa que o velho XP não tinha. 

    • Sandelas

      Boa tarde a todos.
      Li uma coisa sobre o Unity 5.10 que gostaria que alguém me confirma-se.
      É o seguinte, se eu instalar uma aplicação pela Central de Programas do Ubuntu o ícone da mesma será colocado automaticamente no Launcher :s.
      Sei que isso é muito interessante para novatos que não sabem direito onde a aplicação ira ficar mais se eu quiser posso desabilitar isso galera?
      Imaginem o Ubuntu recém instalado, você vai instalar todas as suas aplicações que você gosta de ter instalado pela Central e todas elas vão parar la no Launcher????? Tem sentido isso? Eu instalo mais ou menos umas 20 aplicações logo de inicio, será muito chato ter que tirar todas elas uma a uma do launcher ¬¬. Acho que pelo terminal o ícone não vai para o launcher não eu acho…

      • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

        Olá @Sandelas:disqus ,

        Creio que a informação não procede. Ao menos instalei vários aplicativos aqui (12.04 beta 2) e nenhum ícone foi adicionado automaticamente ao lançador.

        Abraços

        • Sandelas

           Valeu :)

        • Cleber Borges

          No meu lançador fica bloqueado o novo aplicativo. Porém, enquanto instalo um novo, eu desbloqueio o anterior caso não queira continuar com ele lá no lançador. Simples, leva 2 segundos. Vezes 20 aplicativos que o colega do comentário acima disse, serão apenas 40 segundos, menos de 1 minuto. Será que entendi bem o que ele quis dizer?

          • Sandelas

             Cara, para simplificar o que quero dizer que é chato você instalar um programa e acontecer coisas que você não quer… Vai virar o Rwindows é? Que o usuário não tem a opção de escolha que o ícone vá ou não para o launcher?
            Pois no windows vai e volta ele coloca 3 ícones no desktop instala programas a mais ¬¬… no 11.10 no final da central de programas aparece algo do tipo: “Adicionar um ícone do aplicativo no launche?” ai você escolhe sim ou não…
            Eu quero o poder de “escolha”, podem até mudar o comportamento padrão de tudo mas que as escolhas para quem não gostar continuem ali ;).
            Eu por exemplo as vezes tiro ou coloco algum ícone no launcher, logo isso não é o problema para mim :).
            Espero que tenha entendido. Boa noite :D.

          • Cleber Borges

            Nesse sentido, quando abrimos o Dashboard (Painel inicial) a procura de um aplicativo, não deveria ter a opção com o botão direito de “bloquear no lançador”? Se você quiser aquele aplicativo no lançador, do jeito que é hoje, você tem de abrir o aplicativo e daí fixá-lo, ou então arrastá-lo até o lançador, que às vezes falha. Então além da questão trazida por você, tem mais essa.

          • Sandelas

             Realmente essa opção que você comentou ai já deveria ter sido implementada a algum tempo e seria uma opção e não obrigaria ninguém a ter aquele aplicativo no launcher.

          • http://twitter.com/hiper4tivo Hiperativo

            Resolvi esses mesmo proble em uma máquina com placa de vídeo NVIDIA, porém esse problema só ocorria Firefox.

            Então instalei uma extens chama FLASH-AID.

            Funciona perco perfeitamente.

            É um script que insta o flash correto pra você.

          • Luiz Fernando Brito de Carvalh

            Realmente vou dar uma chance para o Ubuntu agora, na versão 12.04. No meu note já migrei para outra distribuição, e estou muito satisfeito… mas na máquina de casa, onde minha esposa e filhos usam, ainda estou com uma versão “mais antiga” do Ubuntu, sem usar o Unity.
            O maior pecado da Canonical, na questão Unity, foi mudar o padrão para algo ainda não “terminado”. As personalizações, que agora são prometidas no 12.04, deveriam estar presentes no primeira versão do Ubuntu em que o Unity era padrão. Isso mudaria muita coisa…
            Estava usando no meu note a versão 11.10, mas não estava satisfeito. Arrumar o lançador, colocar ícones na área de trabalho (ela ainda existe!!!), adicionar atalhos na barra, etc. Não é interessante instalar outros pacotes para gerenciar coisas que, para mim e muitos outros, já deveriam estar disponíveis…
            Mas vou testar de forma muito “tradicional”. Atualizo no meu pen drive (onde também tenho o ubuntu), verifico as funcionalidades, apresento pra meu pessoal (de casa), e se aprovado, atualizo o desktop de casa… no meu note. Ah! eu teria que ser muito bem “conquistado” pra voltar ao Ubuntu…

          • Ariel

            E aí tiago, beleza?
            Cara, eu infelizmente não gostei do unity. Costumo sempre ter 100000 de janelas abertas, e retirar a barra de onde está não me favoreceu muito. Continuo usando o gnome 2x.
            Mas espero, que um dia consiga migrar lentamente para o unity, porém hoje não é nada favorável para mim.

            Abraço, Ariel.

          • http://twitter.com/hiper4tivo Hiperativo

            Quebra de paradigma por quebra de paradigma, o Gnome Shell é até mais do que o Unity.

            Posso dizer porque usei cada um durante uma versão do ubuntu (6 meses) e considero o Gnome Shell imbatível em todos os quesitos sobre o Unity.

            Já que o pessoal está falando sobre dar chance a novas coisas, porque não tentar o Gnome Shell?

            É bem mais leve, e estável do que o Unity, e na minha opinião também mais bonito e funcional.

            Abraço

          • Antonio Caser

            O Alt+Tab, a barra Unity e criar atalho na área de trabalho no Ubuntu 11.04+, chega a beira do ridículo, atrapalha e atrasa em muito os trabalhos. Para mudar a posição da barra unity então, é um sufoco, tem que fazer “gambiarra” para alterar. Porisso não uso essas distros.

            Porque dificultaram tanto assim?

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @google-3542f25c7f2dd74462caaf3475fa08c3:disqus ,

      Obrigado por compartilhar sua opinião!

      Abraços

  • Sandelas

    Boa tarde a todos.
    Li uma coisa sobre o Unity 5.10 que gostaria que alguém me confirma-se.
    É o seguinte, se eu instalar uma aplicação pela Central de Programas do Ubuntu o ícone da mesma será colocado automaticamente no Launcher :s.
    Sei que isso é muito interessante para novatos que não sabem direito onde a aplicação ira ficar mais se eu quiser posso desabilitar isso galera?
    Imaginem o Ubuntu recém instalado, você vai instalar todas as suas aplicações que você gosta de ter instalado pela Central e todas elas vão parar la no Launcher????? Tem sentido isso? Eu instalo mais ou menos umas 20 aplicações logo de inicio, será muito chato ter que tirar todas elas uma a uma do launcher ¬¬. Acho que pelo terminal o ícone não vai para o launcher não eu acho…

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @Sandelas:disqus ,

      Creio que a informação não procede. Ao menos instalei vários aplicativos aqui (12.04 beta 2) e nenhum ícone foi adicionado automaticamente ao lançador.

      Abraços

      • Sandelas

         Valeu :)

      • Cleber Borges

        No meu lançador fica bloqueado o novo aplicativo. Porém, enquanto instalo um novo, eu desbloqueio o anterior caso não queira continuar com ele lá no lançador. Simples, leva 2 segundos. Vezes 20 aplicativos que o colega do comentário acima disse, serão apenas 40 segundos, menos de 1 minuto. Será que entendi bem o que ele quis dizer?

        • Sandelas

           Cara, para simplificar o que quero dizer que é chato você instalar um programa e acontecer coisas que você não quer… Vai virar o Rwindows é? Que o usuário não tem a opção de escolha que o ícone vá ou não para o launcher?
          Pois no windows vai e volta ele coloca 3 ícones no desktop instala programas a mais ¬¬… no 11.10 no final da central de programas aparece algo do tipo: “Adicionar um ícone do aplicativo no launche?” ai você escolhe sim ou não…
          Eu quero o poder de “escolha”, podem até mudar o comportamento padrão de tudo mas que as escolhas para quem não gostar continuem ali ;).
          Eu por exemplo as vezes tiro ou coloco algum ícone no launcher, logo isso não é o problema para mim :).
          Espero que tenha entendido. Boa noite :D.

          • Cleber Borges

            Nesse sentido, quando abrimos o Dashboard (Painel inicial) a procura de um aplicativo, não deveria ter a opção com o botão direito de “bloquear no lançador”? Se você quiser aquele aplicativo no lançador, do jeito que é hoje, você tem de abrir o aplicativo e daí fixá-lo, ou então arrastá-lo até o lançador, que às vezes falha. Então além da questão trazida por você, tem mais essa.

          • http://mrnet.in/ Michel Wilhelm

            Bom, post realmente polêmico, to até hoje tentando gostar do Unity, mas tá difícil, ainda prefiro o bom e velho Gnome 2, mesmo o Gnome Shell ser muito eficiente.
            Uso a versão beta para poder acompanhar as mudanças do Unity, está muito mais estável e com a interface do Gnome 2 nele ficou show, mas a barra lateral com aplicativos ainda não é intuitiva, o Hud não funciona bem, acho um atrapalho, pois gosto de usar ALT + TAB e nem sempre isso sai corretamente.

            Sem contar que para buscar um aplicativo, está muito lento, falta uma opção para deixar nos filtros apenas o que interessa para deixar mais leve.

            Para um desenvolvedor o Unity não é muito produtivo, ao meu ver, é o mesmo que está ocorrendo com a Apple e seu MAC OS/iOS, Windows 8 e agora com algumas distribuições linux, em especial o Ubuntu.

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @michelwilhelm:disqus ,

            Obrigado pelo comentário!Sou desenvolvedor web e não tenho o que reclamar do Unity. As ferramentas que utilizo funcionam super bem e não encontro quaisquer problemas de usabilidade.

            Até concordo que está ocorrendo uma mudança nas interfaces de todos os SOs, mas será que elas estão deixando de ser produtivas ou nós, desenvolvedores, que estamos amarrados a simplicidade? É uma questão para refletir. Não estou dizendo que tem que gostar do Unity ou que nós, desenvolvedores, estamos desatualizados. Só penso que temos que tomar algum partido, afinal o mercado está tendendo para esse lado em praticamente todos os sistemas operacionais.

            O Unity é uma quebra de paradigma, principalmente em uma plataforma onde existem diversos desenvolvedores, assim como a Orientação a Objetos é para muitos desenvolvedores antigos.

            Abraços

          • Cássio Talle

            Concordo com o Tiago (apesar de achar que ele ganha alguma coisa da
            canonical pra falar apaixonadamente do ubuntu em seus posts) rsrsrs .
            Brincadeiras a parte, também sou desenvolvedor web e não tenho nenhum
            problema de produtividade com o unity, pelo contrário, acho excelente. É
            a melhor proposta de interface para SO que já usei. Acredito que os únicos
            problemas estão na falta de estabilidade, que ainda existe, e na questão da
            personalização. Mas como já foi dito, com certeza a nova versão estará bem
            melhor nesses aspectos. Vamos aguardar dia 26/04.Abraços

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @3e63bf8e564ca5be852d2a06b4629d04:disqus ,

            Verdade, mas posso dizer o Unity estará bem mais maduro (estabilidade e personalização) no 12.04 :)

            Abraços :P

          • frromarioalves

            No inicio não gostei muito do Unity, mas depois que conheci o gnome shell resolvi volta atrás.

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @google-3e00c9456062ea88a538f74f76524b76:disqus ,

            Como falei no post, também não gostei do Unity na versão 11.04. Só na versão 11.10 que fui me render definitivamente aos encantos :)

            Abraços

          • Eduardo Siemann

             Eu também, depois que usei o gnome-shell fui para unity ^^

            Nada contra o gnome-shell, porém as notificações e alguns bugs tem q ser corrigidos.

            Única coisa que ODEIO no unity é o ALT-TAB, porém uso o plugin antigo do alt-tab e desabilitei o do unity  :)

          • Bylaardt

            Sou fã do ubuntu, mas vamos e convenhamos, sou mais fã do plasma! o KDE tá muito bom! ainda não sei instalar o unity em KDE, mas acredite estou curioso.

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @7cb9840314a543b00b201dbc62315eda:disqus ,

            O último Kubuntu que testei foi o 11.04. Mas no 12.04 pretendo testá-lo novamente.

            Obrigado por compartilhar sua experiência :)

            Abraços

          • http://www.facebook.com/people/Augusto-Bastos/100000713913346 Augusto Bastos

            Para o Unity ficar perfeito falta só uma coisa que tem o KDE, a Central de configurações que reune tudo o que é preciso configurar no OS em um só lugar. Para mim, isso é ainda mais importante do que mostrar fotos ou vídeos no Dash. A propósito não haveria um gerenciador de janelas mais simples e com menos bugs que o Compiz tal qual é KWin do Kubuntu e mais, assim como no KDE, ele também deveria estar integrado ao Unity.

          • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

            Olá @facebook-100000713913346:disqus ,

            Nas últimas versões o Ubuntu já traz um lugar onde as configurações estão centralizadas: as “Configurações do sistema…”.

            Vale lembrar que a versão 2D dele não utiliza o compiz.

            Obrigado pelo comentário!

            Abraços

          • http://www.facebook.com/victorpaiao Victor Hugo

            Como fazer isso?

          • Sandelas

             Realmente essa opção que você comentou ai já deveria ter sido implementada a algum tempo e seria uma opção e não obrigaria ninguém a ter aquele aplicativo no launcher.

          • Eleudson

            Muito bom post!
            Aconteceu algo engraçado comigo, passei utilizar a Unity, no desktop e no notebook, com o 11.04 e gostei de alguns aspectos da mesma. Entretanto, sentia falta do menu, principalmente para encontrar alguns programas que não me lembrava o nome.Voltei para a shell do Gnome no notebook. Mas, com pouco tempo, senti falta da produtividade que a Unity vinha me fornecendo.
            Esta semana fiz uma mudança radical. Coloquei a versão beta do 12.04 em produção no meu notebook e estou simplesmente adorando tanto a Unity como o HUD.
            Fiz dois posts no meu blog sobre esta experiência com o Precise Pangolin e seria um prazer que pudessem ler e comentar sobre os mesmos. http://www.eleudson.com.br

          • http://twitter.com/nq6 Frederico Araújo

            Principais
            falhas do Ubuntu 12.04

            O
            Unity.

            O
            Unity é algo que tem muito potencial, mais o que atrapalha sua
            receptividade é a falta de personalização e os erros na escolha do
            design e usabilidade. A impossibilidade de mudar o posicionamento do
            Docy, é incompreensível. Opções que aplicativos como MyUnity
            disponibilizam deveriam estar disponíveis por padrão e isso no
            próprio dash, e não na disponíveis apenas em aplicativos de
            terceiros. Isso é um erro estratégico, e não oferecer essas opções
            dificulta muito a adaptação ao Ubuntu.

            Os
            desenvolvedores deveriam ser mais sensíveis as opiniões dos
            usuários.

            O
            time de design e desenvolvimento assim como a Canonical e o próprio
            Mark Shuttleworth deveriam ser mais receptíveis as criticas dos
            usuários. Já que é para ser o Unity, que seja o mais amigável
            possível. Os usuários tem boas ideias, a comunidade tem boas
            ideias, mais são sistematicamente rejeitadas. O Mark já disse que o
            Ubuntu não é uma democracia. Isso deveria mudar drasticamente, pois
            os usuários e a comunidade deveriam ser ouvidos sim, e o Ubuntu
            ganharia muito com isso.

            Fiz
            um vídeo explanando minha ideias, mostrei ao time de design do
            Ubuntu e sequer fui respondido com uma negativa ou critica.
            Simplesmente fui ignorado. Uma simples resposta dizendo que não era
            de interesse da equipe bastaria. Meu vídeo tem 10 mil visualizações
            no Youtube e a grande maioria dos usuários acharam validas as
            ideias.

            Link:

            http://www.youtube.com/watch?v=JgZ_IEx7Zfg&feature=youtu.be&hd=1

            O
            Launcher:

            Aplicativos
            como Awn e Docky são mais completos que o launcher, e tem opções
            de configuração e personalização que o launcher do Unity poderia
            copiar. Soluções e boas ideias estão disponíveis. O laucher é
            pobre em personalização e poderia oferecer soluções semelhantes
            que esses dois aplicativos disponibilizam. A Canonical deveria
            contratar os desenvolvedores dessas aplicações e busca otimizar
            algo que no momento é muito limitado e não traz o nível esperado
            para buscar competir de forma igual com o OSX e o Windows 7.

            Laucher
            com ícones padrão gigantes.

            O
            Ubuntu economiza ao máximo os espaços nas barras de rolagem, se
            utilizou do menu oculto “similar ao OSX em busca do aproveitamento
            de mais espaço, mais por padrão lhe entrega no laucher ícones
            gigantes que numa tela de abaixo de 15 polegadas facilmente fica com
            o efeito sanfonado “solução horrível por sinal”. Ícones por
            padrão com 48 px é um exagero. Deveria ser 32 px por padrão e ter
            a opção de ir aos 22 px pra se adequar aos monitores de netbooks.

            O
            erro grave do posicionamento.

            Qualquer
            sistema operacional tem a possibilidade de mudar o posicionamento de
            seus menus e barra de tarefas. No OSX e Windows isso é possível,
            por que no Ubuntu tem que ser fixo. Se o usuário for cego do olho
            esquerdo e por conforto quiser posicionar o launcher na direita ele
            não vai poder. Por que isso? O usuário deve escolher se quer em
            cima, em baixo, na esquerda ou na direita. Qual o problema em se
            poder fazer isso?

            Panel

            O
            painel superior do Ubuntu deveria ser integrar ao launcher. Ele com
            uma cor solida deixa o design muito duro, quebrado e com uma ar nada
            profissional. Se o launcher tem uma tonalidade transparente ou
            qualquer outra cor, o painel deveria acompanhar. Do jeito que está
            transparece amadorismo no design. Quando clicamos no atalho do Dash,
            o panel muda, fica com o mesmo design do laucher. Ele poderia ter
            esse acabamento por padrão. Seria algo mais suave.

            Lente
            de aplicativos: A maior falha de projeto do Unity.

            Por
            que dificultar o acesso aos aplicativos “categorias”!

            É
            incrível como o Unity dificulta o acesso aos aplicativos, isso é
            básico em qualquer sistema operacional. Logicamente ao clicar no
            lançador do dash, a primeira coisa que deveria aparecer “as
            categorias dos aplicativos”, alguns favoritos e atalhos
            personalizados pelo usuário. Ao invés disso preciso buscar a lente
            de aplicativos.

            A
            lente de aplicativos foi mal projetada.

            A
            lente de aplicativos foi mal projetada, o usuário tem que movimentar
            o mouse 5 vezes e dar 5 cliques para achar algo que não está
            disponível num primeiro momento. Isso é um erro de projeto
            gritante!

            Excesso
            de aplicativos disponíveis e uma incrível desorganização.

            Existe
            um excesso de opções disponíveis na lente de aplicativos. No
            sistema recém-instalado temos 86 opções de aplicativos. Pois a
            lente de aplicativos mostra como aplicativos coisas que não são
            aplicativos como configurações de sistema, ações como desligar e
            mostra itens de forma redundante, itens esses que estão disponíveis
            nas configurações do sistema por exemplo. Isso desoriente até o
            usuário mais experiente. Nem todo mundo sabe o nome de todos os
            aplicativos, para ficar procurando aplicativos pelo campo de busca.
            Outro erro inadmissível. Isso deixa o sistema pratico?

            Aplicativos
            para download na lente de aplicativos.

            Um
            dos grandes erros de projeto do Unity é disponibilizar aplicativos
            para download no dash de forma impositiva. Primeiro por que instalar
            programas não é algo tão corriqueiro, segundo que eu já tenho o
            Software Center para essa função e terceiro o sistema nunca acerta
            e nem vai acertar o que realmente eu preciso. Se todo dia eu instalar
            algum programa “por sugestão do Unity”, eu terei um sistema em
            colapso em pouco tempo. Talvez uma lente especifica para esse fim. Do
            jeito que está privilegia a desorganização e deixa o usuário
            leigo perdido no meio de tantos aplicativos e opções.

            O
            filtro avaliação “ranking de estrelas” e fontes são
            desnecessários. Pois são redundantes, deixam a lente de aplicativos
            confusa. Temos a central de programas para isso.

            Categorias
            de aplicativos sem aplicativos.

            Por
            que eu tenho na lente de aplicativos categorias das quais eu nem
            tenho aplicativos instalados? Isso deveria ser personalizável, como
            sempre foi. Se eu não quero uma categoria ela não deveria estar
            ali? E isso sem aplicativos instalados! Onde está a praticidade
            disso?

            O
            Unity não dá opções ao usuário remover essas categorias sem
            aplicativos, como também organizar os aplicativos disponíveis. Se
            eu na minha empresa quiser ocultar da lente de aplicativos, itens de
            configurações dos usuários leigos, para que o mesmo não
            desconfigurem os sistema, eu não vou conseguir! Será que eu não
            posso organizar a bagunça dos 86 aplicativos disponíveis de forma
            pratica, como fazia com o alacarte antigamente.?

            Uma
            ferramenta similar ao Alacarte deveria estar disponível. Ou deixar o
            Unity compatível com o próprio Alacarte. Essa opção é essencial
            e básica e não poderia estar ausente.

            Na
            opção de exibir todos os aplicativos, por que eu não tenho os
            aplicativos organizados por categoria? Escritório, Acessórios,
            Jogos, etc.. Desse modo é mais fácil encontrar os aplicativos.
            Isso é tão lógico. Do jeito que está é uma bagunça completa.
            Tenho que ficar catando os aplicativos.

            Seleção
            das categorias de aplicativos confusa.

            A
            seleção de categorias e de forma cumulativa. Então se eu estou na
            categoria Internet e mudo para jogos, tenho de forma cumulativas
            internet e jogos “e assim sucessivamente”. Mais eu não quero
            isso! Quem achou que isso poderia ser produtivo? Pelo menos me dê a
            opção de remover esse comportamento!

            Redundância
            e confusão na lente de aplicativos.

            Outro
            erro de projeto que eu não consigo entender. Ter na lente de
            aplicativos uma seção de aplicativos usados recentemente outra de
            aplicativos instalados, e outra de aplicativos disponíveis para
            baixar. Isso é estranho, confuso e faz com que o usuário tenha que
            parar, procurar, clicar 3 ou 4 vezes, rolar uma barra até achar o
            aplicativo. Isso é prático??

            Lente
            de musicas:

            Essa
            lente precisa de uma imensa reformulação. Talvez a possibilidade de
            se executar musicas de serviços on-line, deixasse essa lente mais
            interessante. Disponibilizando inclusive os controles básicos de
            volume, troca de faixa etc, na própria lente. O mesmo deveria estar
            disponível para as musicas locais.

            Lente
            de vídeos:

            Essa
            lente já possui integração com serviços on-line, mais ainda
            apresenta uma experiencia muito pobre. Implementações de
            usabilidade precisam ser feitas. A lente tem que ser capaz de achar
            com mais velocidade e precisão o que o usuário procura. A
            funcionalidade de se exibir diretamente do aplicativo de video e não
            do navegador de internet deveria ser implementada.

            Lente
            de Arquivos:

            A
            lente de arquivos ainda é pobre. A experiencia está muito longe de
            algo funcional e profissional. Ela deveria ser mais funcional, trazer
            mais opções de refinamento das pesquisas mais avançados.
            Apresentar um comportamento de inteligencia e entender os costumes do
            usuário. Algo precisa ser feito.

            Ícones:

            O
            Ubuntu não tem um visual profissional. Está muito distante do Mac
            OSX e do Windows 7. Seu tema já está ultrapassado e não acompanha
            o nível dos concorrentes. Existem diversos profissionais fazendo
            trabalhos maravilhosos. Esses talentos poderiam ser empregados de
            forma ordenada e um novo tema poderia nascer. Isso é fundamental, e
            precisa ser feito.

            Principais falhas do Ubuntu 12.04O Unity.O Unity é algo que tem muito potencial, mais o que atrapalha sua receptividade é a falta de personalização e os erros na escolha do design e usabilidade. A impossibilidade de mudar o posicionamento do Docy, é incompreensível. Opções que aplicativos como MyUnity disponibilizam deveriam estar disponíveis por padrão e isso no próprio dash, e não na disponíveis apenas em aplicativos de terceiros. Isso é um erro estratégico, e não oferecer essas opções dificulta muito a adaptação ao Ubuntu.Os desenvolvedores deveriam ser mais sensíveis as opiniões dos usuários.O time de design e desenvolvimento assim como a Canonical e o próprio Mark Shuttleworth deveriam ser mais receptíveis as criticas dos usuários. Já que é para ser o Unity, que seja o mais amigável possível. Os usuários tem boas ideias, a comunidade tem boas ideias, mais são sistematicamente rejeitadas. O Mark já disse que o Ubuntu não é uma democracia. Isso deveria mudar drasticamente, pois os usuários e a comunidade deveriam ser ouvidos sim, e o Ubuntu ganharia muito com isso.Fiz um vídeo explanando minha ideias, mostrei ao time de design do Ubuntu e sequer fui respondido com uma negativa ou critica. Simplesmente fui ignorado. Uma simples resposta dizendo que não era de interesse da equipe bastaria. Meu vídeo tem 10 mil visualizações no Youtube e a grande maioria dos usuários acharam validas as ideias.Link:http://www.youtube.com/watch?v=JgZ_IEx7Zfg&feature=youtu.be&hd=1O Launcher:Aplicativos como Awn e Docky são mais completos que o launcher, e tem opções de configuração e personalização que o launcher do Unity poderia copiar. Soluções e boas ideias estão disponíveis. O laucher é pobre em personalização e poderia oferecer soluções semelhantes que esses dois aplicativos disponibilizam. A Canonical deveria contratar os desenvolvedores dessas aplicações e busca otimizar algo que no momento é muito limitado e não traz o nível esperado para buscar competir de forma igual com o OSX e o Windows 7.Laucher com ícones padrão gigantes.O Ubuntu economiza ao máximo os espaços nas barras de rolagem, se utilizou do menu oculto “similar ao OSX em busca do aproveitamento de mais espaço, mais por padrão lhe entrega no laucher ícones gigantes que numa tela de abaixo de 15 polegadas facilmente fica com o efeito sanfonado “solução horrível por sinal”. Ícones por padrão com 48 px é um exagero. Deveria ser 32 px por padrão e ter a opção de ir aos 22 px pra se adequar aos monitores de netbooks.O erro grave do posicionamento.Qualquer sistema operacional tem a possibilidade de mudar o posicionamento de seus menus e barra de tarefas. No OSX e Windows isso é possível, por que no Ubuntu tem que ser fixo. Se o usuário for cego do olho esquerdo e por conforto quiser posicionar o launcher na direita ele não vai poder. Por que isso? O usuário deve escolher se quer em cima, em baixo, na esquerda ou na direita. Qual o problema em se poder fazer isso?PanelO painel superior do Ubuntu deveria ser integrar ao launcher. Ele com uma cor solida deixa o design muito duro, quebrado e com uma ar nada profissional. Se o launcher tem uma tonalidade transparente ou qualquer outra cor, o painel deveria acompanhar. Do jeito que está transparece amadorismo no design. Quando clicamos no atalho do Dash, o panel muda, fica com o mesmo design do laucher. Ele poderia ter esse acabamento por padrão. Seria algo mais suave.Lente de aplicativos: A maior falha de projeto do Unity.Por que dificultar o acesso aos aplicativos “categorias”!É incrível como o Unity dificulta o acesso aos aplicativos, isso é básico em qualquer sistema operacional. Logicamente ao clicar no lançador do dash, a primeira coisa que deveria aparecer “as categorias dos aplicativos”, alguns favoritos e atalhos personalizados pelo usuário. Ao invés disso preciso buscar a lente de aplicativos.A lente de aplicativos foi mal projetada.A lente de aplicativos foi mal projetada, o usuário tem que movimentar o mouse 5 vezes e dar 5 cliques para achar algo que não está disponível num primeiro momento. Isso é um erro de projeto gritante!Excesso de aplicativos disponíveis e uma incrível desorganização.Existe um excesso de opções disponíveis na lente de aplicativos. No sistema recém-instalado temos 86 opções de aplicativos. Pois a lente de aplicativos mostra como aplicativos coisas que não são aplicativos como configurações de sistema, ações como desligar e mostra itens de forma redundante, itens esses que estão disponíveis nas configurações do sistema por exemplo. Isso desoriente até o usuário mais experiente. Nem todo mundo sabe o nome de todos os aplicativos, para ficar procurando aplicativos pelo campo de busca. Outro erro inadmissível. Isso deixa o sistema pratico?Aplicativos para download na lente de aplicativos.Um dos grandes erros de projeto do Unity é disponibilizar aplicativos para download no dash de forma impositiva. Primeiro por que instalar programas não é algo tão corriqueiro, segundo que eu já tenho o Software Center para essa função e terceiro o sistema nunca acerta e nem vai acertar o que realmente eu preciso. Se todo dia eu instalar algum programa “por sugestão do Unity”, eu terei um sistema em colapso em pouco tempo. Talvez uma lente especifica para esse fim. Do jeito que está privilegia a desorganização e deixa o usuário leigo perdido no meio de tantos aplicativos e opções.O filtro avaliação “ranking de estrelas” e fontes são desnecessários. Pois são redundantes, deixam a lente de aplicativos confusa. Temos a central de programas para isso.Categorias de aplicativos sem aplicativos.Por que eu tenho na lente de aplicativos categorias das quais eu nem tenho aplicativos instalados? Isso deveria ser personalizável, como sempre foi. Se eu não quero uma categoria ela não deveria estar ali? E isso sem aplicativos instalados! Onde está a praticidade disso?O Unity não dá opções ao usuário remover essas categorias sem aplicativos, como também organizar os aplicativos disponíveis. Se eu na minha empresa quiser ocultar da lente de aplicativos, itens de configurações dos usuários leigos, para que o mesmo não desconfigurem os sistema, eu não vou conseguir! Será que eu não posso organizar a bagunça dos 86 aplicativos disponíveis de forma pratica, como fazia com o alacarte antigamente.?Uma ferramenta similar ao Alacarte deveria estar disponível. Ou deixar o Unity compatível com o próprio Alacarte. Essa opção é essencial e básica e não poderia estar ausente.Na opção de exibir todos os aplicativos, por que eu não tenho os aplicativos organizados por categoria? Escritório, Acessórios, Jogos, etc.. Desse modo é mais fácil encontrar os aplicativos. Isso é tão lógico. Do jeito que está é uma bagunça completa. Tenho que ficar catando os aplicativos.Seleção das categorias de aplicativos confusa.A seleção de categorias e de forma cumulativa. Então se eu estou na categoria Internet e mudo para jogos, tenho de forma cumulativas internet e jogos “e assim sucessivamente”. Mais eu não quero isso! Quem achou que isso poderia ser produtivo? Pelo menos me dê a opção de remover esse comportamento!Redundância e confusão na lente de aplicativos.Outro erro de projeto que eu não consigo entender. Ter na lente de aplicativos uma seção de aplicativos usados recentemente outra de aplicativos instalados, e outra de aplicativos disponíveis para baixar. Isso é estranho, confuso e faz com que o usuário tenha que parar, procurar, clicar 3 ou 4 vezes, rolar uma barra até achar o aplicativo. Isso é prático??Lente de musicas:Essa lente precisa de uma imensa reformulação. Talvez a possibilidade de se executar musicas de serviços on-line, deixasse essa lente mais interessante. Disponibilizando inclusive os controles básicos de volume, troca de faixa etc, na própria lente. O mesmo deveria estar disponível para as musicas locais.Lente de vídeos:Essa lente já possui integração com serviços on-line, mais ainda apresenta uma experiencia muito pobre. Implementações de usabilidade precisam ser feitas. A lente tem que ser capaz de achar com mais velocidade e precisão o que o usuário procura. A funcionalidade de se exibir diretamente do aplicativo de video e não do navegador de internet deveria ser implementada.Lente de Arquivos:A lente de arquivos ainda é pobre. A experiencia está muito longe de algo funcional e profissional. Ela deveria ser mais funcional, trazer mais opções de refinamento das pesquisas mais avançados. Apresentar um comportamento de inteligencia e entender os costumes do usuário. Algo precisa ser feito.Ícones:O Ubuntu não tem um visual profissional. Está muito distante do Mac OSX e do Windows 7. Seu tema já está ultrapassado e não acompanha o nível dos concorrentes. Existem diversos profissionais fazendo trabalhos maravilhosos. Esses talentos poderiam ser empregados de forma ordenada e um novo tema poderia nascer. Isso é fundamental, e precisa ser feito.Tema GtkO tema é igualmente pobre e não transparece algo profissional. Mais uma vez não acompanha o nível dos concorrentes, Apple e Microsoft. Algo precisa ser feito, tem pessoas no DeviantArt com capacidade que poderia compilar algo bem mais profissional. Algo precisa ser feito nesse sentido.Ausência de temas no Unity.Um dos erros graves do Unity é a ausência de temas. O Cinnamon com pouco tempo de desenvolvimento deixou essa opção disponibilizada por padrão. Isso é básico, mais é renegado. O laucher mais o panel poderia ter temas diversos como um fundo de fibra de carbono, metal, etc… O que impede isso?Outros questionamentos:Porque eu não posso clicar com o botão direito nos ícones do dash e mudar esse ícone por outro disponível? Seria uma excelente maneira de personalizar o sistema.Porque eu não posso clicar num ícone e arrastar o mesmo para outra posição, fazendo minha ordem personalizada dos aplicativos?Porque eu não posso clicar com o botão direito no dash e ter acesso as opções de personalização do Unity. Me trazendo algo como o MyUnity.Porque o home do dash não é totalmente personalizável? O usuário poderia escolher quais seriam os atalhos disponíveis.A barra de rolagem deveria ser a normal e a versão ultra fina deveria estar por padrão em monitores abaixo de 15 polegadas.Finalizando.A ideia que o Unity passa é de algo não acabado. Acho que nos próximos 8 ou 10 ciclos de desenvolvimento ele esteja maduro o suficiente para ser considerado utilizável e competitivo frente as soluções da Microsoft e Apple. O próximo LTS daqui a 5 anos estará com certeza pronto. Se as decisões certas forem tomadas, os desenvolvedores ouvirem a comunidade, a usabilidade for colocada como ponto principal, é possível quem em 2 ou 3 ciclos de desenvolvimento as coisas se consertem.Eu sou a favor do Ubuntu, uso ele desde a versão 2006 e estou usando ele nesse momento, a versão 10.04.4 LTS. O Unity deveria estar disponível agora e não a dois ciclos atras. E hoje deveria ser a 2ª opção e não vir por padrão, estando disponível por padrão depois que atingisse a maturidade.Eu vou instalar o Cinnamon e esperar mais 6 meses de desenvolvimento e torcer para que a mentalidade da Canonical mude.Sem mais,

            Tema
            Gtk

            O
            tema é igualmente pobre e não transparece algo profissional. Mais
            uma vez não acompanha o nível dos concorrentes, Apple e Microsoft.
            Algo precisa ser feito, tem pessoas no DeviantArt com capacidade que
            poderia compilar algo bem mais profissional. Algo precisa ser feito
            nesse sentido.

            Ausência
            de temas no Unity.

            Um
            dos erros graves do Unity é a ausência de temas. O Cinnamon com
            pouco tempo de desenvolvimento deixou essa opção disponibilizada
            por padrão. Isso é básico, mais é renegado. O laucher mais o
            panel poderia ter temas diversos como um fundo de fibra de carbono,
            metal, etc… O que impede isso?

            Outros
            questionamentos:

            Porque
            eu não posso clicar com o botão direito nos ícones do dash e mudar
            esse ícone por outro disponível? Seria uma excelente maneira de
            personalizar o sistema.

            Porque
            eu não posso clicar num ícone e arrastar o mesmo para outra
            posição, fazendo minha ordem personalizada dos aplicativos?

            Porque
            eu não posso clicar com o botão direito no dash e ter acesso as
            opções de personalização do Unity. Me trazendo algo como o
            MyUnity.

            Porque
            o home do dash não é totalmente personalizável? O usuário poderia
            escolher quais seriam os atalhos disponíveis.

            A
            barra de rolagem deveria ser a normal e a versão ultra fina deveria
            estar por padrão em monitores abaixo de 15 polegadas.

            Finalizando.

            A
            ideia que o Unity passa é de algo não acabado. Acho que nos
            próximos 8 ou 10 ciclos de desenvolvimento ele esteja maduro o
            suficiente para ser considerado utilizável e competitivo frente as
            soluções da Microsoft e Apple. O próximo LTS daqui a 5 anos
            estará com certeza pronto. Se as decisões certas forem tomadas, os
            desenvolvedores ouvirem a comunidade, a usabilidade for colocada como
            ponto principal, é possível quem em 2 ou 3 ciclos de
            desenvolvimento as coisas se consertem.

            Eu
            sou a favor do Ubuntu, uso ele desde a versão 2006 e estou usando
            ele nesse momento, a versão 10.04.4 LTS. O Unity deveria estar
            disponível agora e não a dois ciclos atras. E hoje deveria ser a 2ª
            opção e não vir por padrão, estando disponível por padrão
            depois que atingisse a maturidade.

            Eu
            vou instalar o Cinnamon e esperar mais 6 meses de desenvolvimento e
            torcer para que a mentalidade da Canonical mude.

            Sem
            mais,

  • Sandelas

    Boa tarde a todos.
    Li uma coisa sobre o Unity 5.10 que gostaria que alguém me confirma-se.
    É o seguinte, se eu instalar uma aplicação pela Central de Programas do Ubuntu o ícone da mesma será colocado automaticamente no Launcher :s.
    Sei que isso é muito interessante para novatos que não sabem direito onde a aplicação ira ficar mais se eu quiser posso desabilitar isso galera?
    Imaginem o Ubuntu recém instalado, você vai instalar todas as suas aplicações que você gosta de ter instalado pela Central e todas elas vão parar la no Launcher????? Tem sentido isso? Eu instalo mais ou menos umas 20 aplicações logo de inicio, será muito chato ter que tirar todas elas uma a uma do launcher ¬¬. Acho que pelo terminal o ícone não vai para o launcher não eu acho…

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @Sandelas:disqus ,

      Creio que a informação não procede. Ao menos instalei vários aplicativos aqui (12.04 beta 2) e nenhum ícone foi adicionado automaticamente ao lançador.

      Abraços

      • Sandelas

         Valeu :)

      • Cleber Borges

        No meu lançador fica bloqueado o novo aplicativo. Porém, enquanto instalo um novo, eu desbloqueio o anterior caso não queira continuar com ele lá no lançador. Simples, leva 2 segundos. Vezes 20 aplicativos que o colega do comentário acima disse, serão apenas 40 segundos, menos de 1 minuto. Será que entendi bem o que ele quis dizer?

        • Sandelas

           Cara, para simplificar o que quero dizer que é chato você instalar um programa e acontecer coisas que você não quer… Vai virar o Rwindows é? Que o usuário não tem a opção de escolha que o ícone vá ou não para o launcher?
          Pois no windows vai e volta ele coloca 3 ícones no desktop instala programas a mais ¬¬… no 11.10 no final da central de programas aparece algo do tipo: “Adicionar um ícone do aplicativo no launche?” ai você escolhe sim ou não…
          Eu quero o poder de “escolha”, podem até mudar o comportamento padrão de tudo mas que as escolhas para quem não gostar continuem ali ;).
          Eu por exemplo as vezes tiro ou coloco algum ícone no launcher, logo isso não é o problema para mim :).
          Espero que tenha entendido. Boa noite :D.

          • Cleber Borges

            Nesse sentido, quando abrimos o Dashboard (Painel inicial) a procura de um aplicativo, não deveria ter a opção com o botão direito de “bloquear no lançador”? Se você quiser aquele aplicativo no lançador, do jeito que é hoje, você tem de abrir o aplicativo e daí fixá-lo, ou então arrastá-lo até o lançador, que às vezes falha. Então além da questão trazida por você, tem mais essa.

          • Sandelas

             Realmente essa opção que você comentou ai já deveria ter sido implementada a algum tempo e seria uma opção e não obrigaria ninguém a ter aquele aplicativo no launcher.

  • Bruno Brandao de Souza Cabral

    Olá, eu gostaria muito de saber informações sobre o mundo linux assim como Ubuntu e o Linuxmint que anda cada vez se destacando com idéias ótimas. 

    Mas uma questão que já ouvi falar mas nao me lembro onde, era que vários desenvolvedores de distros diferentes estavam se reunindo para discutir idéias de  criar uma loja de apps unificadas separando obviamente pacote rpm/deb etc de acordo com cada distro que o usuário usar, e que através destá mesma central de programas, os desenvolvedores criariam suas versões para ambos pacotes (da mesma forma como funciona para os sistemas mobile), e sim, vendendo softwares de código fechado ou mesmo  o que já vemos hoje, os de código aberto. Isso seria ótimo pois as empresas como Adobe por exemplo, poderiam criar sua versão linux para usarmos e chamar atenção dos usuários de demais OSs dominantes hoje no mercado (OSX Windows).

    Não sei se foi uma viagem minha mas acredito que a idéia seria ótima, lembrando que a Canonical que criou está idéia que facilita a vida de todo mundo, algo que está sendo adotado pela microsoft no win8 e a apple já vem fazendo com a applestore.

    Deem opiniões. vale a pena ter matérias que divulguem isso.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @google-7165d6c26a6d465f568cba6255d17400:disqus ,

      A ideia é boa, mas infelizmente não acredito que algo assim acontecerá tão brevemente. Até por que as empresas tem filosofias e objetivos diferentes.

      Mas certamente seria um atrativo para as grandes desenvolvedoras de software (mesmo acreditando que nem assim a Adobe viria ao Linux).

      Abraços

  • Bruno Brandao de Souza Cabral

    Olá, eu gostaria muito de saber informações sobre o mundo linux assim como Ubuntu e o Linuxmint que anda cada vez se destacando com idéias ótimas. 

    Mas uma questão que já ouvi falar mas nao me lembro onde, era que vários desenvolvedores de distros diferentes estavam se reunindo para discutir idéias de  criar uma loja de apps unificadas separando obviamente pacote rpm/deb etc de acordo com cada distro que o usuário usar, e que através destá mesma central de programas, os desenvolvedores criariam suas versões para ambos pacotes (da mesma forma como funciona para os sistemas mobile), e sim, vendendo softwares de código fechado ou mesmo  o que já vemos hoje, os de código aberto. Isso seria ótimo pois as empresas como Adobe por exemplo, poderiam criar sua versão linux para usarmos e chamar atenção dos usuários de demais OSs dominantes hoje no mercado (OSX Windows).

    Não sei se foi uma viagem minha mas acredito que a idéia seria ótima, lembrando que a Canonical que criou está idéia que facilita a vida de todo mundo, algo que está sendo adotado pela microsoft no win8 e a apple já vem fazendo com a applestore.

    Deem opiniões. vale a pena ter matérias que divulguem isso.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @google-7165d6c26a6d465f568cba6255d17400:disqus ,

      A ideia é boa, mas infelizmente não acredito que algo assim acontecerá tão brevemente. Até por que as empresas tem filosofias e objetivos diferentes.

      Mas certamente seria um atrativo para as grandes desenvolvedoras de software (mesmo acreditando que nem assim a Adobe viria ao Linux).

      Abraços

  • Bruno Brandao de Souza Cabral

    Olá, eu gostaria muito de saber informações sobre o mundo linux assim como Ubuntu e o Linuxmint que anda cada vez se destacando com idéias ótimas. 

    Mas uma questão que já ouvi falar mas nao me lembro onde, era que vários desenvolvedores de distros diferentes estavam se reunindo para discutir idéias de  criar uma loja de apps unificadas separando obviamente pacote rpm/deb etc de acordo com cada distro que o usuário usar, e que através destá mesma central de programas, os desenvolvedores criariam suas versões para ambos pacotes (da mesma forma como funciona para os sistemas mobile), e sim, vendendo softwares de código fechado ou mesmo  o que já vemos hoje, os de código aberto. Isso seria ótimo pois as empresas como Adobe por exemplo, poderiam criar sua versão linux para usarmos e chamar atenção dos usuários de demais OSs dominantes hoje no mercado (OSX Windows).

    Não sei se foi uma viagem minha mas acredito que a idéia seria ótima, lembrando que a Canonical que criou está idéia que facilita a vida de todo mundo, algo que está sendo adotado pela microsoft no win8 e a apple já vem fazendo com a applestore.

    Deem opiniões. vale a pena ter matérias que divulguem isso.

    • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

      Olá @google-7165d6c26a6d465f568cba6255d17400:disqus ,

      A ideia é boa, mas infelizmente não acredito que algo assim acontecerá tão brevemente. Até por que as empresas tem filosofias e objetivos diferentes.

      Mas certamente seria um atrativo para as grandes desenvolvedoras de software (mesmo acreditando que nem assim a Adobe viria ao Linux).

      Abraços

  • Luiz Fernando Brito de Carvalh

    Realmente vou dar uma chance para o Ubuntu agora, na versão 12.04. No meu note já migrei para outra distribuição, e estou muito satisfeito… mas na máquina de casa, onde minha esposa e filhos usam, ainda estou com uma versão “mais antiga” do Ubuntu, sem usar o Unity.
    O maior pecado da Canonical, na questão Unity, foi mudar o padrão para algo ainda não “terminado”. As personalizações, que agora são prometidas no 12.04, deveriam estar presentes no primeira versão do Ubuntu em que o Unity era padrão. Isso mudaria muita coisa…
    Estava usando no meu note a versão 11.10, mas não estava satisfeito. Arrumar o lançador, colocar ícones na área de trabalho (ela ainda existe!!!), adicionar atalhos na barra, etc. Não é interessante instalar outros pacotes para gerenciar coisas que, para mim e muitos outros, já deveriam estar disponíveis…
    Mas vou testar de forma muito “tradicional”. Atualizo no meu pen drive (onde também tenho o ubuntu), verifico as funcionalidades, apresento pra meu pessoal (de casa), e se aprovado, atualizo o desktop de casa… no meu note. Ah! eu teria que ser muito bem “conquistado” pra voltar ao Ubuntu…

  • Luiz Fernando Brito de Carvalh

    Realmente vou dar uma chance para o Ubuntu agora, na versão 12.04. No meu note já migrei para outra distribuição, e estou muito satisfeito… mas na máquina de casa, onde minha esposa e filhos usam, ainda estou com uma versão “mais antiga” do Ubuntu, sem usar o Unity.
    O maior pecado da Canonical, na questão Unity, foi mudar o padrão para algo ainda não “terminado”. As personalizações, que agora são prometidas no 12.04, deveriam estar presentes no primeira versão do Ubuntu em que o Unity era padrão. Isso mudaria muita coisa…
    Estava usando no meu note a versão 11.10, mas não estava satisfeito. Arrumar o lançador, colocar ícones na área de trabalho (ela ainda existe!!!), adicionar atalhos na barra, etc. Não é interessante instalar outros pacotes para gerenciar coisas que, para mim e muitos outros, já deveriam estar disponíveis…
    Mas vou testar de forma muito “tradicional”. Atualizo no meu pen drive (onde também tenho o ubuntu), verifico as funcionalidades, apresento pra meu pessoal (de casa), e se aprovado, atualizo o desktop de casa… no meu note. Ah! eu teria que ser muito bem “conquistado” pra voltar ao Ubuntu…

  • Ariel

    E aí tiago, beleza?
    Cara, eu infelizmente não gostei do unity. Costumo sempre ter 100000 de janelas abertas, e retirar a barra de onde está não me favoreceu muito. Continuo usando o gnome 2x.
    Mas espero, que um dia consiga migrar lentamente para o unity, porém hoje não é nada favorável para mim.

    Abraço, Ariel.

  • http://twitter.com/hiper4tivo Hiperativo

    Quebra de paradigma por quebra de paradigma, o Gnome Shell é até mais do que o Unity.

    Posso dizer porque usei cada um durante uma versão do ubuntu (6 meses) e considero o Gnome Shell imbatível em todos os quesitos sobre o Unity.

    Já que o pessoal está falando sobre dar chance a novas coisas, porque não tentar o Gnome Shell?

    É bem mais leve, e estável do que o Unity, e na minha opinião também mais bonito e funcional.

    Abraço

  • http://www.facebook.com/shagrath.lobo Francisco Shagrath

    ainda prefiro a interface grafica clasica do gnome ,era pratica funcional e altamente customizavel.

  • http://www.facebook.com/shagrath.lobo Francisco Shagrath

    ainda prefiro a interface grafica clasica do gnome ,era pratica funcional e altamente customizavel.

    • José Vitor Andrade

      E para a benção de todos, MUITO MAIS LEVE E RÁPIDA… Unity desgraçou nossas vidas

  • Silio Silvestre

    a única coisa que não gosto é que toda janela aberta SEMPRE abre na frente de todas as que já estão abertas.

    • waldisio araujo

      Também me irrita isso, Silio. Acho chato estar usando, por exemplo, um processador de texto e, de repente, abre-se indelicadamente a janela do navegador que pedi há vários segundos atrás e que agora vem me atrapalhar a digitação. Mas isso acho que não é específico da Unity nem do Ubuntu, porém adoraria encontrar uma forma de configurar para toda nova janela abrir em segundo plano.

      • CarlosAlbertoBrasil

        Cara eu também procuro isso a muito tempo, pode solucionar muitos problemas

  • Silio Silvestre

    a única coisa que não gosto é que toda janela aberta SEMPRE abre na frente de todas as que já estão abertas.

  • http://twitter.com/hiper4tivo Hiperativo

    Resolvi esses mesmo proble em uma máquina com placa de vídeo NVIDIA, porém esse problema só ocorria Firefox.

    Então instalei uma extens chama FLASH-AID.

    Funciona perco perfeitamente.

    É um script que insta o flash correto pra você.

  • Danilo

    Qual foi o período de amostragem para chegar a esse resultado?

  • Danilo

    Qual foi o período de amostragem para chegar a esse resultado?

  • Rafael Dias

    Realmente fantástico, estava usando o Win7 e resolvi migrar para o Ubuntu por sugestão de um parceiro de trabalho que é Programador. Hoje no designer de interfaces web sou completamente fâ do Unity e uso a versão Ubuntu 12.04.
    Realmente existem grandes diferenças na hora de usar o sistema operacional… Mas hoje quando uso o Win7 sinto falta da barra oculta do lado direito que por falar nisso é bastante funcional!!!
    Tirando que o Sistema e estável e bastante produtivo e o melhor é que não pede grandes configurações na hora de instalar.

    Repetindo o que disse acima, o Unity é Fantastico… Não troco por nada!!!

  • Antonio Caser

    O Alt+Tab, a barra Unity e criar atalho na área de trabalho no Ubuntu 11.04+, chega a beira do ridículo, atrapalha e atrasa em muito os trabalhos. Para mudar a posição da barra unity então, é um sufoco, tem que fazer “gambiarra” para alterar. Porisso não uso essas distros.

    Porque dificultaram tanto assim?

  • José Vitor Andrade

    Deixei de usar o Ubuntu por causa desta M3RD@ de Unity. Gostava do Ubuntu pela facilidade de personalização, era o único OS que permitia que eu cantasse e dançasse facilmente sobre o modo como eram exibidos os ícones e tudo o mais, mudança nem sempre é melhor, pois se eu quisesse mudar de cidadão livre para enjaulado em regras de usuários, teria ficado com o Ruindows.

  • http://www.facebook.com/people/Anderson-Dos-Santos/100001105823750 Anderson Dos Santos

    Em um artigo que escrevi sobre o unity em algum lugar na época que ele lançou, eu fiz essa comparação de quando saiu o XP e depois o 7 a resistencia que o povo teve ao novo, e hoje ninguem vive sem :3

    A hora que eu vi não precisar colocar as mãos no mouse para fazer varias funções em segundos… Eu curti…

    Eu abracei o unity e não usei outro… Apesar de ter por aqui varios kkk

  • Tiago

    Logo que foi lançado o Unity eu era um defensor do gnome inclusive usei até pouco tempo. Mas realmente as coisas mudam com o passar do tempo, até mesmo nós. E aquilo que vai se tornando bom como o Unity deve sim ser levado em consideração. Até porque todo o esforço da Equipe Ubuntu deve ser reconhecido. Caso contrário seria uma grande ingratidão.

  • http://www.facebook.com/lnathansf Nathan Dos Santos

    Se o Ubuntu continuasse até hoje com a interface Gnome como padrão, pode ter certeza que apareceria gente criticando por que a Cannonical não inovaria a GUI.
    Essa resistência é mais do que esperada, e seguindo a filosofia Linux, todos nós somos livre para personalizar o nosso SO, ou seja, se não gostou do unity, busque uma GUI que te agrade.

  • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

    Olá @facebook-100001105823750:disqus ,

    Pois é. Por isso sempre digo que é só questão de tempo até o Unity cair nas graças do povo :)

    Abraços

  • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

    Olá @00b16641fea12712d3e3dbf1e07e8cf3:disqus ,

    Com certeza. Posso lhe assegurar que a Canonical está investindo muito para manter toda a estrutura do Ubuntu.

    Abraços

  • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

    Olá @982eb535530a0a644919cc8688550b53:disqus ,

    Obrigado por compartilhar sua experiência :)

    Abraços

  • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

    Olá @facebook-100001103612219:disqus ,

    Este é o bom e o ruim do Linux: os usuários são muito exigentes. Mas concordo contigo, afinal quando não existia uma interface no estilo do Unity quase todo mundo pedia por uma. Agora que tem, todo mundo diz que quer outra coisa. Agradar todos os usuários Linux é um loop infinito e inexato :)

    Abraços

  • http://www.facebook.com/people/Augusto-Bastos/100000713913346 Augusto Bastos

    Na verdade gostei menos do 11.10 do que do 11.04. Eu realmente ficava irritado em usar o Ubuntu. Mas o 12.04 vem para sanar todas falhas do seu antecessor. As pessoas que usam Windows e tem preconceito contra Linux mal sabem o quão avançado e melhor que o Win7 é o Ubuntu 12.04. O Win8, se observarmos bem tem algumas coisas que imitam o Ubuntu e outros sistemas operacionais. Basta ver a combinação de cinza e laranja dos menus da interface para lembrarmos do nosso bom e velho Ubuntu. Quanto ao que vêm dizendo por aí, que o Ubuntu abandonou o Linux, eu posso dizer que o Ubuntu se ”distanciou do Linux” ou seja, Ubuntu com Unity é um novo Linux, se distanciando e estando à frente de todas as outras distribuições que são sim sistemas operacionais já que o Linux é o Kernel. O Ubuntu é na verdade a evolução do Linux.

  • http://www.facebook.com/people/Lucas-Oliveira/100001645277739 Lucas Oliveira

    O LINUX tem evoluído bastante, como no país o número de usuários de outras distros é pequena a mídia foca no UBUNTU, mas se for olhar lá fora não só o Ubuntu vem se destacando por sua maturidade e evolução…o Linux está evoluindo e inúmeras empresas fazem parte nisso…o quê seria a Canonical sem suas parceiras e empresas que desenvolve os programas por nós usados? Ubuntu merece sim parabéns, inova e mostra força…agora não só ele vem mudando a cara do Linux!

  • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

    Olá @facebook-100000713913346:disqus ,

    Realmente o 12.04 promete.

    Não acho que o Ubuntu esteja se distanciando do Linux. Só acho engraçado que quando algo começa a dar certo com ele algumas pessoas começam a reclamar. Está aí o Android para confirmar.

    E realmente, o Ubuntu é uma grande evolução para o mundo Linux.

    Obrigado pelos comentários!

    Abraços

  • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

    Olá @facebook-100001645277739:disqus ,

    Realmente, o Ubuntu está com muita credibilidade no país. E não só isso, mas um dos focos da própria Canonical vem sendo o mercado brasileiro.

    Obrigado pelo comentário!

    Abraços

  • Eltondhiego

    Parabéns pelo artigo! Está a minha cara … rs … Experimentei o Unity durante um tempo e desistí. Resultado: Utilizo a versão 10.10 até hoje, que na minha opinião foi a melhor. Mas vou seguir a sugestão e instalar a nova versão para novos testes na esperança de, desta vez, conseguir realizar as minhas atividades corriqueiras e personalizar o desktop a meu gosto.

  • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

    Olá @0d2b4508866c2655df38381c28b47d05:disqus ,

    Obrigado pelos comentários :)

    Boa sorte nos testes! Garanto que irá surpreender-se.

    Abraços

  • Cleberpborges

    Depois de ler tanta coisa, duas únicas que acho que merecem atenção são o LANÇADOR, pobre demais para uma interface tão bem acabada. O lançador devria ser como Objectdock da Stardock, porque ele é simplesmente incrível e leve. Canonical, ponha o objectdock no Ubuntu e todo mundo vai ficar feliz. Outro ponto é com relação aos ícones, que precisam de uma melhoria urgente, sobretudo no Painel Inicial. Alguns ficam horríveis, como o do Skype. No mais, está tudo bem para mim. Não sou aficcionado por trocar os temas do Ubuntu. Para mim o mais importante são as ferramentas de produtividade como é o caso do lançador. Os temas são perfumarias, ou seja, bacana se tem mas não é essencial e não compromete a produtividade. Perder horas a fio personalizando são horas a fio que deixamos de produzir coisas de fato interessantes para o mundo.

  • Cleberpborges

    Para quem está a procura de belos ícones para o Unity do 12.04 LTS, indico o site português Ubuntued. Segue link:  http://ubuntued.info/fs-icons-ubuntu-os-icones-modernos-do-ubuntu

    Melhora consideravelmente a qualidade dos ícones. E combinam muito com o tema Adwaita. O Unity fica bem mais agradável e bonito com essa leva mudança. 

  • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

    Olá @5195cfc4c72e02d2ce8325d10980b2a8:disqus ,

    Realmente, vários aplicativos ficam com os ícones “cerrilhados” no Unity, tornando-os esteticamente horríveis.

    Obrigado pela opinião :)

    Abraços

  • Cleber Borges

    Fiz uma seleção de imagens do meu Ubuntu 12.04 no PicasaWeb de forma pública. Os screenshots estão lindos. Aproveitem para enviar aos amigos e fazer uma invejinha neles, he he he. Podem falar mal da pobre, mas a interface Unity é linda e eficiente! Aí vai o link: https://picasaweb.google.com/110114670377867482921/Ubuntu1204LTSPrecisePangolinBeta2?authuser=0&authkey=Gv1sRgCKa6jNjNi_T-swE&feat=directlink

  • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

    Novamente obrigado pelo compartilhamento :)

    Abraços

  • Cleber Borges

    Olha só o que acabou de aparecer na atualização do Ubuntu 12.04

    Ubuntu TweakFS Icons for UbuntuFS Icons – Ubuntu (mono light)FS Icons – Ubuntu (mono dark)

    As reclamações não estão sendo em vão. Ajuste fino da personalização do sistema com o Ubuntu Tweak e a disponibilização de ícones melhores para o Unity. Ainda que não seja os ícones FAENZA, tá valendo! Abraços!

  • Isaias Vasconcelos Aguiar

    Eu estava muito bem acomodado com o Gnome e acho que o ubuntu poderia ir até o final da vida com ele, mas eu aceitei e achei muito legal o unity, principalmente pela parte visual que ficou mais chic. Acho bem prático de mexer depois que nos acostumamos. Eu sou o tipo de usuário que adora mudanças e novidades, coisa que o velho XP não tinha. 

  • http://twitter.com/marcio327 Marcio Oliveira

    Não entendo por que a Canonical não consegue alguma parceria com fabricantes de Notebooks. Durante anos eles sujaram linux no mercado com distribuições que não eram voltadas para o usuário final. O Ubuntu é o melhor SO Linux para usuário final, desde o iniciante ao avançado, mas nunca vi um Notebooks ou Desktop sair com ele pré-instalado. A Dell poderia ser uma boa, pois atualmente, é a empresa que facilita mais na hora de reembolsar o Windows indesejado.
    Gostaria que meu próximo Notebook viesse com o Ubuntu pré-instalado.

  • http://tiagohillebrandt.eti.br/ Tiago Hillebrandt

    Olá @google-3542f25c7f2dd74462caaf3475fa08c3:disqus ,

    Obrigado por compartilhar sua opinião!

    Abraços

  • http://www.facebook.com/shagrath.lobo Francisco Shagrath

    ainda prefiro a interface grafica clasica do gnome ,era pratica funcional e altamente customizavel.