Rumor: novo console da Valve terá OS baseado no Linux?

Rumor: novo console da Valve terá SO baseado no Linux?

Um dos rumores que tomou conta de vários sites de tecnologia essa semana é de que a Valve estaria desenvolvendo um console próprio chamado Steam Box, e que ele seria apresentado na GDC ou E3 desse ano.

Segundo os rumores, o Steam Box viria com um processador Intel i7 (provavelmente da série Ivy Bridge), 8GB de memória RAM e uma placa de vídeo da NVIDIA. Com essas configurações, temos um pequeno grande monstro.

Rumor: novo console da Valve terá OS baseado no Linux?

Seria esse um protótipo do Steam Box? (Fonte: Kotaku US)

O software usado no console seria disponibilizado para empresas que trabalham com hardware, algo parecido com o que o Google faz com o Android, e teríamos um Alienware no lançamento da plataforma.

Mas o mais interessante disso tudo para nós usuários Linux, é que o Steam Box será uma plataforma aberta. Aberta no sentido de que:

  • Não haverá um kit de desenvolvimento obrigatório;
  • Não haverá custo de licença para criar softwares para a plataforma;
  • Outros serviços podem ser adicionados ao console, como a Origin da EA, não se limitando apenas a Steam.

Mas a pergunta que não quer calar é: qual o sistema operacional usado no console?

Em discussões em vários sites e fóruns de tecnologia americanos, muitos estão apostando que o console da Valve será baseado no Linux, assim como o Android. Alguns bons argumentos podem ser dados para isso:

  • O custo de ter o Windows como sistema operacional do console seria muito grande;
  • Mesmo que a Valve queira usar o Windows, será que a Microsoft aceitaria licenciar seu sistema operacional em uma máquina que irá, possivelmente, concorrer com o console da empresa?
  • Porque a Valve iria escrever um sistema operacional do zero, se o Linux é open source e perfeito para a tarefa?

Mas claro, se o sistema operacional do Steam Box for baseado no Linux, também teremos alguns problemas:

  • A maioria dos jogos lançados ultimamente usam DirectX, tecnologia da Microsoft sem suporte nativo no Linux. O OpenGL está evoluído o suficiente para uma conversão desse porte?
  • O Wine poderia ser usado, mas todos sabemos que a cada nova versão, novos problemas são corrigidos… e novos aparecem. A Valve não poderia garantir a estabilidade;
  • Os drivers de vídeo também deixam um pouco a desejar no Linux no momento.

Nada confirmado, apenas rumores e suposições. Alguns podem argumentar que a grande maioria dos games da Steam rodam no Wine, pois suportam o OpenGL, mas não acho que a Valve usaria um software que simula o Windows para um console desse porte.

Se os rumores e suposições se provarem reais, isso trará um ganho imenso para o Linux. Já disse anteriormente que os games são parte da experiência padrão de um desktop, e que enquanto o Linux não trazer essa experiência de forma que satisfaça os usuários, o bug número #1 não será corrigido.

Rumor: novo console da Valve terá OS baseado no Linux?

Será que o Tux poderá, finalmente, rodar os jogos que quiser? (Fonte: Linux Magazine, Outubro de 1999)

Com a Steam confirmada para o Linux e a Canonical ajudando a Valve, talvez veremos a Steam Box rodando um Ubuntu “Valve Edition“. Não custa nada sonhar né? O jeito é esperar a E3 ou os próximos dias da GDC para ver se a Valve anuncia algo.

E você, o que acha? O Linux tem o que é preciso para ser o sistema operacional padrão da Steam Box ou ele virá com Windows mesmo? Deixe seus comentários e vamos discutir sobre o assunto! Quero ouvir a opinião de vocês sobre o assunto!

Fonte: este post é uma tradução livre do post do blog Ubuntu Vibes. Algumas coisas foram adicionadas, outras foram retiradas.

Assine nossa newsletter!

Quer receber as novidades mais recentes do Ubuntu na sua caixa de entrada? Informe seu e-mail e clique em Assinar.

  • Assine o feed RSS
  • Siga o Ubuntu-BR-SC no Twitter
  • Curta o Ubuntu-BR-SC no Facebook
  • Ubuntu-BR-SC no Google+
  • Canal do Ubuntu-BR-SC no YouTube


  • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

    O que me faz pensar é pq um console x86?. O ideal seria usar o poder dos PowerPC. Será que isso é pra ficar barato?

    Dúvidas sobre o OpenGL não fazem sentido. Os consoles, tirando os da Microsoft, sempre foram baseados em OpenGL. Tá aí o PS3 pra provar as qualidades do OpenGL. 

    E não acredito, num primeiro momento, que a Valve lançaria um console/PC baseado no Windows se for realmente um console, e não um “PC pronto para jogos”. Isso seria aumentar os custos. A não ser que a falta de experiência em OpenGL e/ou as estruturas da empresa sejam dependentes do produto da Microsoft*. Daí sim poderia.

    Outro indício são as especificações do modelo de negócio. Vendo como está dá a entender que será mesmo um Windows/DirectX, pois eles já tem um negócio pronto e tbm estará pronto pra outros serviços que já tem no mercado.

    O jeito é esperar mesmo.

    (*) Essa dependência até expliquei aqui:
    http://sinapseslivres.com.br/2012/01/o-incrivel-directx-e-ruim-para-voce/ 

    • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

      Olá @Guilherme_Mac:disqus,
      Interessante, não sabia que os consoles atuais usam o OpenGL. Faz um bom tempo que não uso um console pra dizer a verdade… parei no PSone lol

      Se o OpenGL lidera os consoles hoje em dia, isso derruba qualquer argumento que algumas desenvolvedoras usam, quando dizem que sem DirectX não podem trazer os games para o Linux.

      Se as dúvidas quanto ao OpenGL forem infundadas, creio que a suposição de que o Steam Box seria baseado no Linux torna-se mais forte.

      Quanto ao Windows, realmente não acho que será o escolhido. O custo de licença seria enorme, o console acabaria sendo caro demais e como disse no post, é de se pensar se a Microsoft iria aceitar a coisa toda, visto que o console bateria de frente com o XBox 360.

      Alias, a questão Windows e consoles de última geração é algo a se pensar: com o Windows e as configurações vazadas do Steam Box, o preço seria enorme. Difícil bater a Sony, Microsoft e Nintendo com preços acima dos deles, mesmo se tratando da Valve.

      • luis fernando oliveira silva

        O OpenGL não lidera os consoles, muito pelo contrário, as desenvolvedoras usam o directx como base e depois portam o código para as plataforams que usam OpenGL.

        OpenGL parou no tempo, o modelo de desenvolvimento “livre” dessa biblioteca matou ela, pois os contribuidores visam retorno financeiro.

        Não adianta imaginar, não vão lançar um console com Linux.

        • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

          Não é verdade. OpenGL sempre foi usado nos consoles e não somente. É base de toda a industria gráfica.
          Pra ser lançado multiplataforma eles fazem conversão OpenGL>DirectX ou DirectX>OpenGL. Não é emulação. É conversão. Eles tem que converter no sentido de reescrever toda a estrutura gráfica*. Tem que se usar ou DirectX ou OpenGL para fazer rodar nas respectivas plataformas. Nos consoles são obrigados a usar OpenGL, no qual a plataforma é baseada.

          (*) Essa é minha crítica inclusive. Leia o link acima, no meu comentário anterior.

        • Aislan Maia

           Me desculpe Luis, mas seu argumento não possui fundamento e não descreve algo que já é fato: o opengl é largamente usado nos consoles.
          Leia esse post e você poderá entender melhor o que estou dizendo.

          http://www.tecmundo.com.br/12142-5-motivos-que-indicam-a-superioridade-do-opengl-sobre-o-directx-video-.htm

          Abraços.

  • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

    O que me faz pensar é pq um console x86?. O ideal seria usar o poder dos PowerPC. Será que isso é pra ficar barato?

    Dúvidas sobre o OpenGL não fazem sentido. Os consoles, tirando os da Microsoft, sempre foram baseados em OpenGL. Tá aí o PS3 pra provar as qualidades do OpenGL. 

    E não acredito, num primeiro momento, que a Valve lançaria um console/PC baseado no Windows se for realmente um console, e não um “PC pronto para jogos”. Isso seria aumentar os custos. A não ser que a falta de experiência em OpenGL e/ou as estruturas da empresa sejam dependentes do produto da Microsoft*. Daí sim poderia.

    Outro indício são as especificações do modelo de negócio. Vendo como está dá a entender que será mesmo um Windows/DirectX, pois eles já tem um negócio pronto e tbm estará pronto pra outros serviços que já tem no mercado.

    O jeito é esperar mesmo.

    (*) Essa dependência até expliquei aqui:
    http://sinapseslivres.com.br/2012/01/o-incrivel-directx-e-ruim-para-voce/ 

  • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

    O que me faz pensar é pq um console x86?. O ideal seria usar o poder dos PowerPC. Será que isso é pra ficar barato?

    Dúvidas sobre o OpenGL não fazem sentido. Os consoles, tirando os da Microsoft, sempre foram baseados em OpenGL. Tá aí o PS3 pra provar as qualidades do OpenGL. 

    E não acredito, num primeiro momento, que a Valve lançaria um console/PC baseado no Windows se for realmente um console, e não um “PC pronto para jogos”. Isso seria aumentar os custos. A não ser que a falta de experiência em OpenGL e/ou as estruturas da empresa sejam dependentes do produto da Microsoft*. Daí sim poderia.

    Outro indício são as especificações do modelo de negócio. Vendo como está dá a entender que será mesmo um Windows/DirectX, pois eles já tem um negócio pronto e tbm estará pronto pra outros serviços que já tem no mercado.

    O jeito é esperar mesmo.

    (*) Essa dependência até expliquei aqui:
    http://sinapseslivres.com.br/2012/01/o-incrivel-directx-e-ruim-para-voce/ 

    • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

      Olá @Guilherme_Mac:disqus,
      Interessante, não sabia que os consoles atuais usam o OpenGL. Faz um bom tempo que não uso um console pra dizer a verdade… parei no PSone lol

      Se o OpenGL lidera os consoles hoje em dia, isso derruba qualquer argumento que algumas desenvolvedoras usam, quando dizem que sem DirectX não podem trazer os games para o Linux.

      Se as dúvidas quanto ao OpenGL forem infundadas, creio que a suposição de que o Steam Box seria baseado no Linux torna-se mais forte.

      Quanto ao Windows, realmente não acho que será o escolhido. O custo de licença seria enorme, o console acabaria sendo caro demais e como disse no post, é de se pensar se a Microsoft iria aceitar a coisa toda, visto que o console bateria de frente com o XBox 360.

      Alias, a questão Windows e consoles de última geração é algo a se pensar: com o Windows e as configurações vazadas do Steam Box, o preço seria enorme. Difícil bater a Sony, Microsoft e Nintendo com preços acima dos deles, mesmo se tratando da Valve.

      • luis fernando oliveira silva

        O OpenGL não lidera os consoles, muito pelo contrário, as desenvolvedoras usam o directx como base e depois portam o código para as plataforams que usam OpenGL.

        OpenGL parou no tempo, o modelo de desenvolvimento “livre” dessa biblioteca matou ela, pois os contribuidores visam retorno financeiro.

        Não adianta imaginar, não vão lançar um console com Linux.

        • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

          Não é verdade. OpenGL sempre foi usado nos consoles e não somente. É base de toda a industria gráfica.
          Pra ser lançado multiplataforma eles fazem conversão OpenGL>DirectX ou DirectX>OpenGL. Não é emulação. É conversão. Eles tem que converter no sentido de reescrever toda a estrutura gráfica*. Tem que se usar ou DirectX ou OpenGL para fazer rodar nas respectivas plataformas. Nos consoles são obrigados a usar OpenGL, no qual a plataforma é baseada.

          (*) Essa é minha crítica inclusive. Leia o link acima, no meu comentário anterior.

        • http://www.facebook.com/people/Aislan-De-Sousa-Maia/100000191315834 Aislan De Sousa Maia

           Me desculpe Luis, mas seu argumento não possui fundamento e não descreve algo que já é fato: o opengl é largamente usado nos consoles.
          Leia esse post e você poderá entender melhor o que estou dizendo.

          http://www.tecmundo.com.br/12142-5-motivos-que-indicam-a-superioridade-do-opengl-sobre-o-directx-video-.htm

          Abraços.

    • Igor

      Se a Valve Lançar o Steam Box com Linux, vai ser incrível, se eles deixarem totalmente aberto para modificação e desenvolvimento, vai ser genial, o console vai ser uns dos mais vendidos, mal posso esperar o Lançamento. Incrível o Post Parabéns.

  • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

    Olá @Guilherme_Mac:disqus,
    Interessante, não sabia que os consoles atuais usam o OpenGL. Faz um bom tempo que não uso um console pra dizer a verdade… parei no PSone lol

    Se o OpenGL lidera os consoles hoje em dia, isso derruba qualquer argumento que algumas desenvolvedoras usam, quando dizem que sem DirectX não podem trazer os games para o Linux.

    Se as dúvidas quanto ao OpenGL forem infundadas, creio que a suposição de que o Steam Box seria baseado no Linux torna-se mais forte.

    Quanto ao Windows, realmente não acho que será o escolhido. O custo de licença seria enorme, o console acabaria sendo caro demais e como disse no post, é de se pensar se a Microsoft iria aceitar a coisa toda, visto que o console bateria de frente com o XBox 360.

    Alias, a questão Windows e consoles de última geração é algo a se pensar: com o Windows e as configurações vazadas do Steam Box, o preço seria enorme. Difícil bater a Sony, Microsoft e Nintendo com preços acima dos deles, mesmo se tratando da Valve.

    • luis fernando oliveira silva

      O OpenGL não lidera os consoles, muito pelo contrário, as desenvolvedoras usam o directx como base e depois portam o código para as plataforams que usam OpenGL.

      OpenGL parou no tempo, o modelo de desenvolvimento “livre” dessa biblioteca matou ela, pois os contribuidores visam retorno financeiro.

      Não adianta imaginar, não vão lançar um console com Linux.

      • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

        Não é verdade. OpenGL sempre foi usado nos consoles e não somente. É base de toda a industria gráfica.
        Pra ser lançado multiplataforma eles fazem conversão OpenGL>DirectX ou DirectX>OpenGL. Não é emulação. É conversão. Tem que se usar ou DirectX ou OpenGL para fazer rodar nas respectivas plataformas. Nos consoles são obrigados a usar OpenGL, no qual a plataforma é baseada.

        • http://www.facebook.com/marcosbobsantana Marcos Vinícius Santana

          Não sou um conhecedor a fundo, mas sempre li que Playstation e Nintendo usavam o OpenGL (lógico que pra ter certeza disso, tem q ter um parecer da propia sony e nintendo)

      • Rogério Cunha

        Olá eu acho que a linux tem potencial para criar um software para não ficar dependente de microsoft.

      • http://www.facebook.com/people/Aislan-De-Sousa-Maia/100000191315834 Aislan De Sousa Maia

         Me desculpe Luis, mas seu argumento não possui fundamento e não descreve algo que já é fato: o opengl é largamente usado nos consoles.
        Leia esse post e você poderá entender melhor o que estou dizendo.

        http://www.tecmundo.com.br/12142-5-motivos-que-indicam-a-superioridade-do-opengl-sobre-o-directx-video-.htm

        Abraços.

  • Rodrigo Zimmermann

    Espero que se a Valve lançar seu video-game baseado em Linux ela não lance seu próprio “Linux” como faz a Google, inviabilizando a possibilidade de compartilhar os jogos e produtos com quem roda Linux em um computador.

    Espero que a Valve seja esperta, lance o video-game com uma plataforma Linux que possa ser oferecida também a quem tem Linux no computador (mesmo que isto signifique uma graninha extra para o usuário).

    • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

      Olá @google-850d23965b556f7009d9e33d2c61f227:disqus,
      Creio que se o Steam Box for mesmo baseado no Linux, teremos finalmente a Steam para Linux, o que ajudaria sua opinião a se concretizar.

      Honestamente, também espero que a Valve não crie o SO baseando-se apenas no kernel, mas sim faça uma distro ou algo assim.

      Mas como observação: parte dos jogos do Android são liberados com a tecnologia native cliente via Chrome Web Store, para Linux, Windows e Mac.

  • Rodrigo Zimmermann

    Espero que se a Valve lançar seu video-game baseado em Linux ela não lance seu próprio “Linux” como faz a Google, inviabilizando a possibilidade de compartilhar os jogos e produtos com quem roda Linux em um computador.

    Espero que a Valve seja esperta, lance o video-game com uma plataforma Linux que possa ser oferecida também a quem tem Linux no computador (mesmo que isto signifique uma graninha extra para o usuário).

    • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

      Olá @google-850d23965b556f7009d9e33d2c61f227:disqus,
      Creio que se o Steam Box for mesmo baseado no Linux, teremos finalmente a Steam para Linux, o que ajudaria sua opinião a se concretizar.

      Honestamente, também espero que a Valve não crie o SO baseando-se apenas no kernel, mas sim faça uma distro ou algo assim.

      Mas como observação: parte dos jogos do Android são liberados com a tecnologia native cliente via Chrome Web Store, para Linux, Windows e Mac.

  • Igor

    Se a Valve Lançar o Steam Box com Linux, vai ser incrível, se eles deixarem totalmente aberto para modificação e desenvolvimento, vai ser genial, o console vai ser uns dos mais vendidos, mal posso esperar o Lançamento. Incrível o Post Parabéns.

  • Igor

    Se a Valve Lançar o Steam Box com Linux, vai ser incrível, se eles deixarem totalmente aberto para modificação e desenvolvimento, vai ser genial, o console vai ser uns dos mais vendidos, mal posso esperar o Lançamento. Incrível o Post Parabéns.

    • luis fernando oliveira silva

      Me desculpem, mas essa ideia é totalmente equivocada.

      Os rumores não apontam para um novo console, mas sim para uma especie de “hibrido”, que seria um PC com funcionalidades mais parecidas com um console.

      Outra, o Linux não é perfeito para tal fim, nenhum jogo vendido na Steam suporta Linux, nem mesmo os jogos da propria Valve. Isso seria dar um tiro no proprio pé. Temos que reconhecer que Mac OS X e Linux não estão preparados para esse tipo de mercado.

      E por fim, a Microsoft não licenciará o Windows para a Valve, mas sim para as fabricantes que vão desenvolver esse projeto, que nada mais é que um PC com fim aplicado. A unica forma da M$ impedir que usassem Windows nesse projeto seria proibindo o uso da cliente Steam no Windows, o que jamais acontecerá.

      Em termos de entretenimento, o Windows está anos luz à frente do Linux, infelizmente.

      • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

        No PC sim. Windows está na frente. Em consoles isso não é verdade, pois os consoles são baseados em OpenGL e usam UNIX ou Linux (não estou certo, por isso nem comentei, mas ACHO que o PS3 é baseado em Linux). Então se fosse realmente um console ser de arquitetura x86 e ser baseado em Windows/DirectX seria algo inédito.

        • luis fernando oliveira silva

          De onde você tirou isso?!

          O Xbox não usa OpenGL, obvio que não. Todos os jogos multi-plataforma são desenvolvidos em DX e depois reescritos em OpenGL, existem varias noticias/artigos à respeito disso.

          PS3 baseado em Linux?! Jamais, isso não existe.

          Finalizando, não será inédito o uso do Windows/DirectX porque não será um hardware fechado como um console, será um PC com um formato diferente, pra usar na TV usando o modo Big Picture do cliente Steam, com joystick, assim como ocorre nos consoles.

          A Valve não tem “verba” pra criar um console de verdade, isso é extremamente caro, essa ideia que foi divulgada é como um “selo” de aprovação da Valve, comprovando que tal hardware está pronto pra rodar todos os jogos da Steam :D

          O resto é resto.

          • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

            Eu não disse que Xbox é baseado em OpenGL.

            E jogos multiplataformas são escritos de acordo com o know-how e estruturas da desenvolvedoras. Rage, por exemplo, foi escrito em OpenGL. Só no [i]port[/i] pra Xbox teve que ser reescrito pra DirectX. A questão é bem complexa e envolve muita logística na escolha da API.

            No resto, o que vc disse é realmente o que deve acontecer.

          • http://www.facebook.com/marcosbobsantana Marcos Vinícius Santana

            Bem
            lógico que é sonho de nós usuários Linux que esse consele seja
            baseado em Linux e tomare que não fique só no sonho.

            Luis
            Fernando Oliveira Silva deu seu parecer sobre o assunto e não tiro a
            rasão dele, concordo com a ele que o Windows está mais preparada,
            ele já está pronto para essa tarefa.

            Para
            acirrar essa discução, vou colocar alguns pontos pra nós
            observamos também.

            O
            OpenGL não está parado no tempo, li também que o OpenGL 4 supera o
            DirectX11:(http://www.tecmundo.com.br/12142-5-motivos-que-indicam-a-superioridade-do-opengl-sobre-o-directx-video-.htm
            ) – pra ter certeza disso precisaríamos de
            um especialista.existe
            também esse
            projeto:  http://www.tecmundo.com.br/linux/5504-linux-tera-suporte-nativo-para-direct3d-10-e-11.htm -
            de directX 10 e 11 meio nativamente no Linux, mas essa matéria é de
            2010 e não em que situação esse projeto está hj.

            Mas se o Steam Box for baseado em windows ele não seria quase uma
            duplicação do alienware X51?
            http://www.tecmundo.com.br/alienware/18026-alienware-x51-um-pc-de-jogos-que-pode-rivalizar-com-os-consoles.htm

            O que tranforma uma plataforma ideal para jogos? Isso é realmente
            uma pergunta, não sei responder.

            A escolha de qualquer um dos sitemas trará vantagens e
            desvantagens(nossa! quem não sabe essa lógica) a escolha do windows
            terá a vantagem que os jogos que a steam tem em sua loja já estarão
            disponíveis para o Steam Box, a desvantágem seria, porque eu
            conpraria uma Steam Box, se eu tenho o PC que posso apenas fazer um
            upgrade pra jogar, ou ter um notebook pra isso que posso carregar pra
            qualquer lugar.

            A vantagem de escolher o Linux que eles poderão controlar todo
            ecossitemas, criar API’s próprias para a construção de jogos, e
            ter jogos que rodariam apenas na Steam Box aumentando o desejo de se
            ter uma Steam Box, mas o problema seria fazer uma adaptação para
            rodar todos os jogos que a Steam tem em sua loja.

            O que atrai desenvolvedores é lógico a quantidade de usuários e
            compradores em potencial, mas também as condições favoráveis que
            uma loja de aplicativos pode trazer, fazer algo como a App Store e só
            ter como instalar jogos pela Steam, atrairia muitos desenvolvedores,
            não importando o sistema por traz.

            Se a Steam box for liberado para instalar um outro sistema (como o
            Playstation 3 no começo era possível instalar o ubuntu) eu gostaria
            de substituir meu pc por uma Steam box, não importando qual sistema
            viesse por padrão.

          • arion

            Acredito muito nisso, e sei que é possivel. e Sim a OpenGL pode e faz mais que o directX sim vejá no caso do PS3, os gráficos são incriveis e nada daquilo usa directX ou windows, provavelmente deve ser uma variante do FreeBSD. Mas a questão é que para consoles e mobile, OpenGl é muito mais usado que directX, devido ao atraso que a microsoft teve em lançar o windows phone. para as plataformas mobile, e como o android é mais acesivel, isso explica porque a microsoft demorou para chegar nesse setor. De ponto de vista do programador, opengl é bem mais simples.

          • luis fernando oliveira silva

            Me desculpem, mas essa ideia é totalmente equivocada.

            Os rumores não apontam para um novo console, mas sim para uma especie de “hibrido”, que seria um PC com funcionalidades mais parecidas com um console.

            Outra, o Linux não é perfeito para tal fim, nenhum jogo vendido na Steam suporta Linux, nem mesmo os jogos da propria Valve. Isso seria dar um tiro no proprio pé. Temos que reconhecer que Mac OS X e Linux não estão preparados para esse tipo de mercado.

            E por fim, a Microsoft não licenciará o Windows para a Valve, mas sim para as fabricantes que vão desenvolver esse projeto, que nada mais é que um PC com fim aplicado. A unica forma da M$ impedir que usassem Windows nesse projeto seria proibindo o uso da cliente Steam no Windows, o que jamais acontecerá.

            Em termos de entretenimento, o Windows está anos luz à frente do Linux, infelizmente.

          • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

            No PC sim. Windows está na frente. Em consoles isso não é verdade, pois os consoles são baseados em OpenGL e usam UNIX ou Linux (não estou certo, por isso nem comentei, mas ACHO que o PS3 é baseado em Linux). Então se fosse realmente um console ser de arquitetura x86 e ser baseado em Windows/DirectX seria algo inédito.

          • luis fernando oliveira silva

            De onde você tirou isso?!

            O Xbox não usa OpenGL, obvio que não. Todos os jogos multi-plataforma são desenvolvidos em DX e depois reescritos em OpenGL, existem varias noticias/artigos à respeito disso.

            PS3 baseado em Linux?! Jamais, isso não existe.

            Finalizando, não será inédito o uso do Windows/DirectX porque não será um hardware fechado como um console, será um PC com um formato diferente, pra usar na TV usando o modo Big Picture do cliente Steam, com joystick, assim como ocorre nos consoles.

            A Valve não tem “verba” pra criar um console de verdade, isso é extremamente caro, essa ideia que foi divulgada é como um “selo” de aprovação da Valve, comprovando que tal hardware está pronto pra rodar todos os jogos da Steam :D

            O resto é resto.

          • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

            Eu não disse que Xbox é baseado em OpenGL.

            E jogos multiplataformas são escritos de acordo com o know-how e estruturas da desenvolvedoras. Rage, por exemplo, foi escrito em OpenGL. Só no [i]port[/i] pra Xbox teve que ser reescrito pra DirectX. A questão é bem complexa e envolve muita logística na escolha da API.

            No resto, o que vc disse é realmente o que deve acontecer.

        • Ch_brands

          Pelo que vi isso seria uma base pois evitaria a pirataria por causa de nao ter suporte para discos
          Para mim isso e um adaptador de console para pc pois podemos ver que atras :
          *Tem uma antena nos possibilitando pegar internet sem fio via roteador sem fio
          *Tem uma entrada HDMI para monitor 
          *Uma entra para USB (Internet Wi-fi) 
          *Saidas de som e entrada de audio

          Minha Teoria que poderia ser um  “meio console” ele seria para usar com um monitor ou Tv
          pois voce pode colocar seu monitor
          Sua Tv (Não tenho certeza sobre a saida)

  • luis fernando oliveira silva

    Me desculpem, mas essa ideia é totalmente equivocada.

    Os rumores não apontam para um novo console, mas sim para uma especie de “hibrido”, que seria um PC com funcionalidades mais parecidas com um console.

    Outra, o Linux não é perfeito para tal fim, nenhum jogo vendido na Steam suporta Linux, nem mesmo os jogos da propria Valve. Isso seria dar um tiro no proprio pé. Temos que reconhecer que Mac OS X e Linux não estão preparados para esse tipo de mercado.

    E por fim, a Microsoft não licenciará o Windows para a Valve, mas sim para as fabricantes que vão desenvolver esse projeto, que nada mais é que um PC com fim aplicado. A unica forma da M$ impedir que usassem Windows nesse projeto seria proibindo o uso da cliente Steam no Windows, o que jamais acontecerá.

    Em termos de entretenimento, o Windows está anos luz à frente do Linux, infelizmente.

    • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

      No PC sim. Windows está na frente. Em consoles isso não é verdade, pois os consoles são baseados em OpenGL e usam UNIX ou Linux (não estou certo, por isso nem comentei, mas ACHO que o PS3 é baseado em Linux). Então se fosse realmente um console ser de arquitetura x86 e ser baseado em Windows/DirectX seria algo inédito.

      • luis fernando oliveira silva

        De onde você tirou isso?!

        O Xbox não usa OpenGL, obvio que não. Todos os jogos multi-plataforma são desenvolvidos em DX e depois reescritos em OpenGL, existem varias noticias/artigos à respeito disso.

        PS3 baseado em Linux?! Jamais, isso não existe.

        Finalizando, não será inédito o uso do Windows/DirectX porque não será um hardware fechado como um console, será um PC com um formato diferente, pra usar na TV usando o modo Big Picture do cliente Steam, com joystick, assim como ocorre nos consoles.

        A Valve não tem “verba” pra criar um console de verdade, isso é extremamente caro, essa ideia que foi divulgada é como um “selo” de aprovação da Valve, comprovando que tal hardware está pronto pra rodar todos os jogos da Steam :D

        O resto é resto.

        • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

          Eu não disse que Xbox é baseado em OpenGL.

          E jogos multiplataformas são escritos de acordo com o know-how e estruturas da desenvolvedoras. Rage, por exemplo, foi escrito em OpenGL. Só no [i]port[/i] pra Xbox teve que ser reescrito pra DirectX. A questão é bem complexa e envolve muita logística na escolha da API.

          No resto, o que vc disse é realmente o que deve acontecer.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100002191044248 Christian Bassetto

    Erm…. Sega Saturn (não posso confirmar), Dreamcast, Xbox e Xbox 360 são baseados em DirectX

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100002191044248 Christian Bassetto

    Erm…. Sega Saturn (não posso confirmar), Dreamcast, Xbox e Xbox 360 são baseados em DirectX

    • http://www.facebook.com/people/Ivo-Nunes/100001887031424 Ivo Nunes

      As grandes Empresas estão perdendo dinheiro com a falta de games para Linux, o sucesso do Android mostra o quanto o Linux pode ser um Console de Games também muito bom…
      Ainda prefiro um Video-Game do quê usar Windows, na minha opinião o Windows deveria ter criado uma Central de Games que funcioná-se como um Programa na qual vc configurava todos os Jogos de maneira que criá-se um Padrão, pois é muito chato ficar instalando e configurando games no Windows…

      • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

        Olá @facebook-100001887031424:disqus,
        Particularmente, prefiro um computador do que um console. O console, claro, tem uma vida maior, mas pra mim que tenho pouco tempo disponível pra jogar, faz mais sentido ter um notebook e jogar sempre que possível.

        Quanto a questão do Windows, concordo. Mas creio que o Windows já tenha algo assim, com o Windows Live Games, não? Posso estar enganado, afinal, faz erras que não uso o sistema da tela azul, mas lembro de ter visto algo assim no W7 de um cliente.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100002191044248 Christian Bassetto

    Erm…. Sega Saturn (não posso confirmar), Dreamcast, Xbox e Xbox 360 são baseados em DirectX

  • http://www.facebook.com/people/Ivo-Nunes/100001887031424 Ivo Nunes

    As grandes Empresas estão perdendo dinheiro com a falta de games para Linux, o sucesso do Android mostra o quanto o Linux pode ser um Console de Games também muito bom…
    Ainda prefiro um Video-Game do quê usar Windows, na minha opinião o Windows deveria ter criado uma Central de Games que funcioná-se como um Programa na qual vc configurava todos os Jogos de maneira que criá-se um Padrão, pois é muito chato ficar instalando e configurando games no Windows…

    • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

      Olá @facebook-100001887031424:disqus,
      Particularmente, prefiro um computador do que um console. O console, claro, tem uma vida maior, mas pra mim que tenho pouco tempo disponível pra jogar, faz mais sentido ter um notebook e jogar sempre que possível.

      Quanto a questão do Windows, concordo. Mas creio que o Windows já tenha algo assim, com o Windows Live Games, não? Posso estar enganado, afinal, faz erras que não uso o sistema da tela azul, mas lembro de ter visto algo assim no W7 de um cliente.

  • http://www.facebook.com/people/Ivo-Nunes/100001887031424 Ivo Nunes

    As grandes Empresas estão perdendo dinheiro com a falta de games para Linux, o sucesso do Android mostra o quanto o Linux pode ser um Console de Games também muito bom…
    Ainda prefiro um Video-Game do quê usar Windows, na minha opinião o Windows deveria ter criado uma Central de Games que funcioná-se como um Programa na qual vc configurava todos os Jogos de maneira que criá-se um Padrão, pois é muito chato ficar instalando e configurando games no Windows…

    • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

      Olá @facebook-100001887031424:disqus,
      Particularmente, prefiro um computador do que um console. O console, claro, tem uma vida maior, mas pra mim que tenho pouco tempo disponível pra jogar, faz mais sentido ter um notebook e jogar sempre que possível.

      Quanto a questão do Windows, concordo. Mas creio que o Windows já tenha algo assim, com o Windows Live Games, não? Posso estar enganado, afinal, faz erras que não uso o sistema da tela azul, mas lembro de ter visto algo assim no W7 de um cliente.

  • Ch_brands

    Pelo que vi isso seria uma base pois evitaria a pirataria por causa de nao ter suporte para discos
    Para mim isso e um adaptador de console para pc pois podemos ver que atras :
    *Tem uma antena nos possibilitando pegar internet sem fio via roteador sem fio
    *Tem uma entrada HDMI para monitor 
    *Uma entra para USB (Internet Wi-fi) 
    *Saidas de som e entrada de audio

    Minha Teoria que poderia ser um  “meio console” ele seria para usar com um monitor ou Tv
    pois voce pode colocar seu monitor
    Sua Tv (Não tenho certeza sobre a saida)

  • Ch_brands

    Pelo que vi isso seria uma base pois evitaria a pirataria por causa de nao ter suporte para discos
    Para mim isso e um adaptador de console para pc pois podemos ver que atras :
    *Tem uma antena nos possibilitando pegar internet sem fio via roteador sem fio
    *Tem uma entrada HDMI para monitor 
    *Uma entra para USB (Internet Wi-fi) 
    *Saidas de som e entrada de audio

    Minha Teoria que poderia ser um  “meio console” ele seria para usar com um monitor ou Tv
    pois voce pode colocar seu monitor
    Sua Tv (Não tenho certeza sobre a saida)

  • Rogério Cunha

    Olá eu acho que a linux tem potencial para criar um software para não ficar dependente de microsoft.

  • Rogério Cunha

    Olá eu acho que a linux tem potencial para criar um software para não ficar dependente de microsoft.

    • http://www.facebook.com/marcosbobsantana Marcos Vinícius Santana

      Bem
      lógico que é sonho de nós usuários Linux que esse consele seja
      baseado em Linux e tomare que não fique só no sonho.

      Luis
      Fernando Oliveira Silva deu seu parecer sobre o assunto e não tiro a
      rasão dele, concordo com a ele que o Windows está mais preparada,
      ele já está pronto para essa tarefa.

      Para
      acirrar essa discução, vou colocar alguns pontos pra nós
      observamos também.

      O
      OpenGL não está parado no tempo, li também que o OpenGL 4 supera o
      DirectX11:(http://www.tecmundo.com.br/12142-5-motivos-que-indicam-a-superioridade-do-opengl-sobre-o-directx-video-.htm
      ) – pra ter certeza disso precisaríamos de
      um especialista.existe
      também esse
      projeto:  http://www.tecmundo.com.br/linux/5504-linux-tera-suporte-nativo-para-direct3d-10-e-11.htm -
      de directX 10 e 11 meio nativamente no Linux, mas essa matéria é de
      2010 e não em que situação esse projeto está hj.

      Mas se o Steam Box for baseado em windows ele não seria quase uma
      duplicação do alienware X51?
      http://www.tecmundo.com.br/alienware/18026-alienware-x51-um-pc-de-jogos-que-pode-rivalizar-com-os-consoles.htm

      O que tranforma uma plataforma ideal para jogos? Isso é realmente
      uma pergunta, não sei responder.

      A escolha de qualquer um dos sitemas trará vantagens e
      desvantagens(nossa! quem não sabe essa lógica) a escolha do windows
      terá a vantagem que os jogos que a steam tem em sua loja já estarão
      disponíveis para o Steam Box, a desvantágem seria, porque eu
      conpraria uma Steam Box, se eu tenho o PC que posso apenas fazer um
      upgrade pra jogar, ou ter um notebook pra isso que posso carregar pra
      qualquer lugar.

      A vantagem de escolher o Linux que eles poderão controlar todo
      ecossitemas, criar API’s próprias para a construção de jogos, e
      ter jogos que rodariam apenas na Steam Box aumentando o desejo de se
      ter uma Steam Box, mas o problema seria fazer uma adaptação para
      rodar todos os jogos que a Steam tem em sua loja.

      O que atrai desenvolvedores é lógico a quantidade de usuários e
      compradores em potencial, mas também as condições favoráveis que
      uma loja de aplicativos pode trazer, fazer algo como a App Store e só
      ter como instalar jogos pela Steam, atrairia muitos desenvolvedores,
      não importando o sistema por traz.

      Se a Steam box for liberado para instalar um outro sistema (como o
      Playstation 3 no começo era possível instalar o ubuntu) eu gostaria
      de substituir meu pc por uma Steam box, não importando qual sistema
      viesse por padrão.

  • http://www.facebook.com/marcosbobsantana Marcos Vinícius Santana

    Bem
    lógico que é sonho de nós usuários Linux que esse consele seja
    baseado em Linux e tomare que não fique só no sonho.

    Luis
    Fernando Oliveira Silva deu seu parecer sobre o assunto e não tiro a
    rasão dele, concordo com a ele que o Windows está mais preparada,
    ele já está pronto para essa tarefa.

    Para
    acirrar essa discução, vou colocar alguns pontos pra nós
    observamos também.

    O
    OpenGL não está parado no tempo, li também que o OpenGL 4 supera o
    DirectX11:(http://www.tecmundo.com.br/12142-5-motivos-que-indicam-a-superioridade-do-opengl-sobre-o-directx-video-.htm
    ) – pra ter certeza disso precisaríamos de
    um especialista.existe
    também esse
    projeto:  http://www.tecmundo.com.br/linux/5504-linux-tera-suporte-nativo-para-direct3d-10-e-11.htm -
    de directX 10 e 11 meio nativamente no Linux, mas essa matéria é de
    2010 e não em que situação esse projeto está hj.

    Mas se o Steam Box for baseado em windows ele não seria quase uma
    duplicação do alienware X51?
    http://www.tecmundo.com.br/alienware/18026-alienware-x51-um-pc-de-jogos-que-pode-rivalizar-com-os-consoles.htm

    O que tranforma uma plataforma ideal para jogos? Isso é realmente
    uma pergunta, não sei responder.

    A escolha de qualquer um dos sitemas trará vantagens e
    desvantagens(nossa! quem não sabe essa lógica) a escolha do windows
    terá a vantagem que os jogos que a steam tem em sua loja já estarão
    disponíveis para o Steam Box, a desvantágem seria, porque eu
    conpraria uma Steam Box, se eu tenho o PC que posso apenas fazer um
    upgrade pra jogar, ou ter um notebook pra isso que posso carregar pra
    qualquer lugar.

    A vantagem de escolher o Linux que eles poderão controlar todo
    ecossitemas, criar API’s próprias para a construção de jogos, e
    ter jogos que rodariam apenas na Steam Box aumentando o desejo de se
    ter uma Steam Box, mas o problema seria fazer uma adaptação para
    rodar todos os jogos que a Steam tem em sua loja.

    O que atrai desenvolvedores é lógico a quantidade de usuários e
    compradores em potencial, mas também as condições favoráveis que
    uma loja de aplicativos pode trazer, fazer algo como a App Store e só
    ter como instalar jogos pela Steam, atrairia muitos desenvolvedores,
    não importando o sistema por traz.

    Se a Steam box for liberado para instalar um outro sistema (como o
    Playstation 3 no começo era possível instalar o ubuntu) eu gostaria
    de substituir meu pc por uma Steam box, não importando qual sistema
    viesse por padrão.

  • arion

    Acredito muito nisso, e sei que é possivel. e Sim a OpenGL pode e faz mais que o directX sim vejá no caso do PS3, os gráficos são incriveis e nada daquilo usa directX ou windows, provavelmente deve ser uma variante do FreeBSD. Mas a questão é que para consoles e mobile, OpenGl é muito mais usado que directX, devido ao atraso que a microsoft teve em lançar o windows phone. para as plataformas mobile, e como o android é mais acesivel, isso explica porque a microsoft demorou para chegar nesse setor. De ponto de vista do programador, opengl é bem mais simples.

  • arion

    Acredito muito nisso, e sei que é possivel. e Sim a OpenGL pode e faz mais que o directX sim vejá no caso do PS3, os gráficos são incriveis e nada daquilo usa directX ou windows, provavelmente deve ser uma variante do FreeBSD. Mas a questão é que para consoles e mobile, OpenGl é muito mais usado que directX, devido ao atraso que a microsoft teve em lançar o windows phone. para as plataformas mobile, e como o android é mais acesivel, isso explica porque a microsoft demorou para chegar nesse setor. De ponto de vista do programador, opengl é bem mais simples.

  • Rodrigo Zimmermann

    Espero que se a Valve lançar seu video-game baseado em Linux ela não lance seu próprio “Linux” como faz a Google, inviabilizando a possibilidade de compartilhar os jogos e produtos com quem roda Linux em um computador.

    Espero que a Valve seja esperta, lance o video-game com uma plataforma Linux que possa ser oferecida também a quem tem Linux no computador (mesmo que isto signifique uma graninha extra para o usuário).

  • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

    Olá @google-850d23965b556f7009d9e33d2c61f227:disqus,
    Creio que se o Steam Box for mesmo baseado no Linux, teremos finalmente a Steam para Linux, o que ajudaria sua opinião a se concretizar.

    Honestamente, também espero que a Valve não crie o SO baseando-se apenas no kernel, mas sim faça uma distro ou algo assim.

    Mas como observação: parte dos jogos do Android são liberados com a tecnologia native cliente via Chrome Web Store, para Linux, Windows e Mac.

Assine!

Quer receber as novidades mais recentes do Ubuntu na sua caixa de entrada? Informe seu e-mail e clique em Assinar.

  • Assine o feed RSS
  • Siga o Ubuntu-BR-SC no Twitter
  • Curta o Ubuntu-BR-SC no Facebook
  • Ubuntu-BR-SC no Google+
  • Canal do Ubuntu-BR-SC no YouTube

Mais comentados da semana

Posts recomendados