Quero trabalhar com Linux, por onde começo?

Quero trabalhar com Linux, por onde começo?

Ao observar o mercado de TI, é fácil notar que existe uma carência de profissionais qualificados para trabalhar com Linux. Some a isso a atraente filosofia do software livre, as quase infinitas possibilidades de aprendizado e retorno pessoal, e temos uma chance de carreira muito promissora.

Mas por onde começar? É sobre isso que vou falar neste artigo.

Profissionalismo é essencial

Primeiramente é importante ter em mente que sempre que falamos em carreira, temos que ter um senso prático bastante aguçado. O que quero dizer com isso é que temos que entender que o mercado de trabalho quer resultados, e não é porque pretendemos trabalhar com software livre que isso vai ser diferente. Ou seja, seriedade e dedicação são fundamentais.

Quero trabalhar com Linux, por onde começo?

Quer trabalhar com Linux? Profissionalismo e iniciativa são essenciais

Vejo muitas empresas que tiveram experiências ruins com software livre porque não tiveram profissionais experientes o suficiente para orientá-los. Claro que também vemos muitas corporações que acham que, como optaram pelo software livre, não precisam pagar nada (nem o profissional!), mas isso é tema para outra conversa.

O mais relevante é saber que, principalmente por termos escolhido trabalhar com Linux, temos que deixar evidentes nossos valores éticos e nos dedicar o máximo possível para entregar soluções confiáveis.

A preparação

Por onde começamos a nos preparar?

A primeira coisa que temos que definir para responder a esta pergunta é: em que área pretendo atuar? Desktops? Servidores? Redes? Segurança? Banco de dados? Desenvolvimento?

Quero trabalhar com Linux, por onde começo?

Em que área pretendo atuar? Desktops? Servidores? Redes? Segurança? Banco de dados? Desenvolvimento?

Se você já está empregado e percebe que sua empresa está interessada em implementar soluções Linux, pode ter nisso um trampolim para um cargo melhor ou mesmo a gerência de um projeto. Nos dois casos é preciso entender claramente quais os objetivos do seu empregador e onde ele quer chegar ao final da implementação. Isto vai ser fundamental para o sucesso do projeto e para que você possa se dedicar ao estudo das melhores soluções.

Estações de trabalho

Se o foco for estações de trabalho, por exemplo, você deve focar na facilidade de utilização para o usuário final, ferramentas para padronização de instalações em massa, disponibilidade e compatibilidade de aplicativos para uso corporativo, suporte da comunidade, documentação, suporte à hardware, entre outros.

Eleja as melhores opções disponíveis e teste-as exaustivamente até definir qual atende o maior número de requisitos. Para se aperfeiçoar em soluções para estação de trabalho, avalie também aquelas que possuem treinamentos em centros autorizados ou empresas reconhecidas no mercado. O número de empresas e usuários domésticos que estão utilizando Linux cresce a cada dia e eles precisam de um suporte diferenciado (além daquele fornecido pelas comunidades somente).

Pensando grande

Se você pretende se dedicar às soluções de servidor, saiba que as áreas abaixo estão sedentas por profissionais que saibam implementá-las (citando apenas algumas):

  • Controle de Internet: Squid (acesso autenticado, relatórios, consumo de banda, entre outros);
  • Firewall: Iptables (controle de tráfego interno e externo, qualidade de serviço, redundância de links e afins);
  • Servidor de arquivos: Samba (compartilhamento de pastas, permissões, autenticação, controlador de domínio e afins);
  • Servidor de correio eletrônico: Postfix (antispam, integração com outros servidores de autenticação e afins);
  • Banco de dados: Vários (instalação, otimização, backup e afins).

Para trabalhar nas áreas acima é preciso ter um conhecimento sólido de rede e TCP/IP, antes mesmo de Linux, principalmente no que se refere a firewalls, proxy e segurança. Existe muita bibliografia excelente sobre isso disponível na web e em livrarias.

Quanto aos pacotes relacionados, a melhor fonte de documentação é o site do desenvolvedor, com raríssimas exceções. É claro que em quase 100% dos casos a documentação é em inglês, mas isso já deve estar no seu planejamento de carreira se pretende continuar na TI, não é mesmo?

Outro ponto importante é que o aprendizado de qualquer uma destas ferramentas requer dedicação. Então não adianta querer aprender tudo sobre Squid ou Nginx em um dia. É preciso dedicar o tempo suficiente para ler a documentação e fazer testes, e só depois implementar. Receitas de bolo encontradas no Google ajudam quem já tem algum conhecimento, mas não podem servir de base para o seu dia a dia.

Laboratórios

Hoje em dia temos ótimas ferramentas que nos permitem criar verdadeiros laboratórios, em casa ou no trabalho, com poucos recursos de hardware. Use-as!

Quero trabalhar com Linux, por onde começo?

VirtualBox: solução rápida para testes de máquinas virtuais no seu proprio computador

O Virtual Box é excepcionalmente fácil de instalar e usar para quem quer uma solução rápida para testes de máquinas virtuais no seu proprio computador. Já o XEN requer um pouco mais de conhecimento para sua implementação, mas oferece um ambiente com recursos profissionais de virtualização em ambientes de servidor. Não é a toa que é usado a torto e a direito por empresas de hospedagem.

Apoie a comunidade

Todos sabemos que o principal motor que move o software livre é a comunidade de desenvolvedores e usuários. Por isso, integre-se nos grupos, participe dos forums, leia sobre as dúvidas, participe com comentários, enfim, seja ativo na comunidade da sua distribuição ou ferramenta.

UbuntuView: quadro semanal com entrevistas da comunidade Ubuntu

Time da Comunidade Ubuntu: Jorge Castro, Daniel Holbach, John O’Bacon, Ahmed Kamal e David Planella

É isso que alimenta diariamente a base de conhecimento que utilizamos quando temos problemas.

Certificação

Não esqueça que qualquer empresa que contratar seus serviços vai se deparar com o mesmo dilema de qualquer outra área: o risco de não dar certo. Uma das formas que temos de diminuir essa insegurança é apresentando uma certificação em nossa área de atuação.

Quero trabalhar com Linux, por onde começo?

Pra quem trabalha com TI, a certificação é muito valorizada pois é uma forma de quem contrata ter mais segurança em relação aos seus conhecimentos. Aproveite para dar uma olhada neste Guia para certificação LPI que já foi publicado aqui no blog.

Como em qualquer área, a dedicação incansável e a prática são fundamentais para criar um bom profissional. Não adianta termos oportunidades se não estamos preparados, e vice-versa. Assim, se você quer se aventurar por esse universo tão frutífero que é software livre, planeje seu tempo, enumere suas prioridades e mãos à obra! Precisamos de pessoas com vontade de fazer acontecer!

O que achou do artigo leitor? Sanou suas dúvidas? Tem alguma experiência enriquecedora pra contar? Deixe um comentário para continuarmos a discussão! Esse é um assunto que da muita conversa (:

Assine nossa newsletter!

Quer receber as novidades mais recentes do Ubuntu na sua caixa de entrada? Informe seu e-mail e clique em Assinar.

  • Assine o feed RSS
  • Siga o Ubuntu-BR-SC no Twitter
  • Curta o Ubuntu-BR-SC no Facebook
  • Ubuntu-BR-SC no Google+
  • Canal do Ubuntu-BR-SC no YouTube


  • Analista de Projetos e sócia da Alfasys Tecnologia em Porto Alegre, RS. Atua principalmente com projetos de Linux, redes e segurança além de ministrar treinamentos e palestras nestas áreas. Possui certificação Linux LPIC-3 e Novell Certified Linux Administrator e está se graduando em Segurança da Informação.
  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001247584274 Thiago Silva

    Muito interessante o artigo.
    Muita gente não sabe nem por onde começar, e isso pode esclarecer as coisas =]

    Parabéns!

    • MartaVuelma

      Olá, Thiago.
      Que ótimo que o artigo está cumprindo com seu objetivo de oferecer um “norte” a quem está começando.
      Obrigada pelo comentário.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001247584274 Thiago Silva

    Muito interessante o artigo.
    Muita gente não sabe nem por onde começar, e isso pode esclarecer as coisas =]

    Parabéns!

    • MartaVuelma

      Olá, Thiago.
      Que ótimo que o artigo está cumprindo com seu objetivo de oferecer um “norte” a quem está começando.
      Obrigada pelo comentário.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001247584274 Thiago Silva

    Muito interessante o artigo.
    Muita gente não sabe nem por onde começar, e isso pode esclarecer as coisas =]

    Parabéns!

    • MartaVuelma

      Olá, Thiago.
      Que ótimo que o artigo está cumprindo com seu objetivo de oferecer um “norte” a quem está começando.
      Obrigada pelo comentário.

  • Tiago

    Ótimo artigo. Dica para o site: criar uma área para divulgação de vagas. Acabei de me formar em Técnico em Redes e to atrás de trabalho, hehehe.

    • MartaVuelma

      Oi, Tiago.
      Obrigada pela leitura e pela sugestão. Espero ter contribuido para sua carreira.
      Um abraço.

  • Tiago

    Ótimo artigo. Dica para o site: criar uma área para divulgação de vagas. Acabei de me formar em Técnico em Redes e to atrás de trabalho, hehehe.

    • MartaVuelma

      Oi, Tiago.
      Obrigada pela leitura e pela sugestão. Espero ter contribuido para sua carreira.
      Um abraço.

  • Tiago

    Ótimo artigo. Dica para o site: criar uma área para divulgação de vagas. Acabei de me formar em Técnico em Redes e to atrás de trabalho, hehehe.

    • MartaVuelma

      Oi, Tiago.
      Obrigada pela leitura e pela sugestão. Espero ter contribuido para sua carreira.
      Um abraço.

  • Nito

    Muito bom . Parabens

    • MartaVuelma

      Oi, Nito.
      Obrigada por sua participação. Continue seguindo a gente.

  • Nito

    Muito bom . Parabens

    • MartaVuelma

      Oi, Nito.
      Obrigada por sua participação. Continue seguindo a gente.

  • Nito

    Muito bom . Parabens

    • MartaVuelma

      Oi, Nito.
      Obrigada por sua participação. Continue seguindo a gente.

  • Francklin

    Muito legal esse tópico.
    Conheci o site hoje, e digo que está sendo o mais claro e direto que já vi.

    • MartaVuelma

      Obrigada Francklin!
      Continue acompanhando o nosso Blog e contribuindo.
      Um abraço.

  • Francklin

    Muito legal esse tópico.
    Conheci o site hoje, e digo que está sendo o mais claro e direto que já vi.

    • MartaVuelma

      Obrigada Francklin!
      Continue acompanhando o nosso Blog e contribuindo.
      Um abraço.

  • Francklin

    Muito legal esse tópico.
    Conheci o site hoje, e digo que está sendo o mais claro e direto que já vi.

    • MartaVuelma

      Obrigada Francklin!
      Continue acompanhando o nosso Blog e contribuindo.
      Um abraço.

  • http://www.facebook.com/Lodeyro Anderson Lodeyro

    Conheço o site a pouco tempo e acho muito claro e objetivo, continuem assim. Uma dúvida é se a distribuição Ubuntu é boa para o segmento de servidores ou seria mais indicada uma distribuição como o CentOS por exemplo?

    • MartaVuelma

      Olá Anderson.
      A Canonical desenvolve o Ubuntu Server que é excelente para ambiente de servidores sim.
      Um abraço e sucesso.

    • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

      @facebook-100000566437767:disqus, complementando o comentário da @MartaVuelma:disqus, no novo servidor do Ubuntu-BR-SC estamos rodando Ubuntu Server 12.04 :)

    • http://tearsofcorrosion.blogspot.com/ Régis Soutello Pessolano

      Acho que uma das melhores distros para Servidor que eu Já vi e já pude usar foi o Debian o ‘Paizão’ do Ubuntu trabalha com um Desempenho e uma Segurança absurda. Aqui na minha cidade (Jundiaí) a Prefeitura usa Debian como servidor de Arquivos além do CentOS que é uma Excelente distro caso você precise de uma Distribuição completamente certificada para Servidor (Incrível mas o Debian não possuí “Certificação Oficial” para Servers mesmo sendo uma das Distros mais Usadas para o Tal!) Acho que Ubuntu pode ser útil sim, mas eu pelo menos por gosto pessoal mesmo não usaria o Ubuntu como Server mesmo sua versão Designada para o Tal
      Obrigado Amigo!

      • http://tearsofcorrosion.blogspot.com/ Régis Soutello Pessolano

        PS: É por gosto pessoal mesmo! Não tenho NADA contra o Ubuntu Server! Pelo Contrário na Minha Escola usam o Ubuntu Server 12.04 como Servidor Proxy e se Comporta bem!!

        • MartaVuelma

          Valeu muito a contribuição Régis.
          É super importante essa troca de experiências na comunidade.
          Um abraço.

  • http://www.facebook.com/Lodeyro Anderson Lodeyro

    Conheço o site a pouco tempo e acho muito claro e objetivo, continuem assim. Uma dúvida é se a distribuição Ubuntu é boa para o segmento de servidores ou seria mais indicada uma distribuição como o CentOS por exemplo?

    • MartaVuelma

      Olá Anderson.
      A Canonical desenvolve o Ubuntu Server que é excelente para ambiente de servidores sim.
      Um abraço e sucesso.

    • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

      @facebook-100000566437767:disqus, complementando o comentário da @MartaVuelma:disqus, no novo servidor do Ubuntu-BR-SC estamos rodando Ubuntu Server 12.04 :)

    • http://tearsofcorrosion.blogspot.com/ Régis Soutello Pessolano

      Acho que uma das melhores distros para Servidor que eu Já vi e já pude usar foi o Debian o ‘Paizão’ do Ubuntu trabalha com um Desempenho e uma Segurança absurda. Aqui na minha cidade (Jundiaí) a Prefeitura usa Debian como servidor de Arquivos além do CentOS que é uma Excelente distro caso você precise de uma Distribuição completamente certificada para Servidor (Incrível mas o Debian não possuí “Certificação Oficial” para Servers mesmo sendo uma das Distros mais Usadas para o Tal!) Acho que Ubuntu pode ser útil sim, mas eu pelo menos por gosto pessoal mesmo não usaria o Ubuntu como Server mesmo sua versão Designada para o Tal
      Obrigado Amigo!

      • http://tearsofcorrosion.blogspot.com/ Régis Soutello Pessolano

        PS: É por gosto pessoal mesmo! Não tenho NADA contra o Ubuntu Server! Pelo Contrário na Minha Escola usam o Ubuntu Server 12.04 como Servidor Proxy e se Comporta bem!!

        • MartaVuelma

          Valeu muito a contribuição Régis.
          É super importante essa troca de experiências na comunidade.
          Um abraço.

  • http://www.facebook.com/Lodeyro Anderson Lodeyro

    Conheço o site a pouco tempo e acho muito claro e objetivo, continuem assim. Uma dúvida é se a distribuição Ubuntu é boa para o segmento de servidores ou seria mais indicada uma distribuição como o CentOS por exemplo?

    • MartaVuelma

      Olá Anderson.
      A Canonical desenvolve o Ubuntu Server que é excelente para ambiente de servidores sim.
      Um abraço e sucesso.

    • http://www.ubuntubrsc.com/ Julian Fernandes

      @facebook-100000566437767:disqus, complementando o comentário da @MartaVuelma:disqus, no novo servidor do Ubuntu-BR-SC estamos rodando Ubuntu Server 12.04 :)

    • http://tearsofcorrosion.blogspot.com/ Régis Soutello Pessolano

      Acho que uma das melhores distros para Servidor que eu Já vi e já pude usar foi o Debian o ‘Paizão’ do Ubuntu trabalha com um Desempenho e uma Segurança absurda. Aqui na minha cidade (Jundiaí) a Prefeitura usa Debian como servidor de Arquivos além do CentOS que é uma Excelente distro caso você precise de uma Distribuição completamente certificada para Servidor (Incrível mas o Debian não possuí “Certificação Oficial” para Servers mesmo sendo uma das Distros mais Usadas para o Tal!) Acho que Ubuntu pode ser útil sim, mas eu pelo menos por gosto pessoal mesmo não usaria o Ubuntu como Server mesmo sua versão Designada para o Tal
      Obrigado Amigo!

      • http://tearsofcorrosion.blogspot.com/ Régis Soutello Pessolano

        PS: É por gosto pessoal mesmo! Não tenho NADA contra o Ubuntu Server! Pelo Contrário na Minha Escola usam o Ubuntu Server 12.04 como Servidor Proxy e se Comporta bem!!

        • MartaVuelma

          Valeu muito a contribuição Régis.
          É super importante essa troca de experiências na comunidade.
          Um abraço.

  • http://www.facebook.com/rhuanlopez Rhuan ‘Lopes

    Eu gostaria muito de trabalhar com linux na área de desenvolvimento… alguém poderia me dar algumas dicas ? estou me formando em Sistemas de Informação. Abraços.

  • http://www.facebook.com/rhuanlopez Rhuan ‘Lopes

    Eu gostaria muito de trabalhar com linux na área de desenvolvimento… alguém poderia me dar algumas dicas ? estou me formando em Sistemas de Informação. Abraços.

  • http://www.facebook.com/rhuanlopez Rhuan ‘Lopes

    Eu gostaria muito de trabalhar com linux na área de desenvolvimento… alguém poderia me dar algumas dicas ? estou me formando em Sistemas de Informação. Abraços.

  • http://www.facebook.com/brunoocasali Bruno Casali

    Há algum tempo estava pensando em fazer a LPIC -101-102, ontem chegou meu livro da http://www.linuxnewmedia.com vou até o fim com Linux agora!
    Só que ainda não me decidi que area quero seguir se é Desenvolvimento, Servidores, Segurança ou Desktops!

    aoekoakeoakeokaoeka espero que consiga me decidir logo’;
    a propósito: Alguem tem dicas mais detalhadas sobre oque as empresas querem que um profissional entre essas areas a cima saibam?

    • MartaVuelma

      Oi, Bruno.
      Um profissional que deseje atuar no ambiente corporativo deve ser capaz (no mínimo) de instalar e configurar satisfatoriamente os principais serviços de rede, conforme citei no artigo. Precisa ter um conhecimento bom de TCP/IP pois isso é fundamental para o dia-a-dia e boas noções de segurança. Isto é o básico desejado.
      Um abraço e sucesso.

  • http://www.facebook.com/brunoocasali Bruno Casali

    Há algum tempo estava pensando em fazer a LPIC -101-102, ontem chegou meu livro da http://www.linuxnewmedia.com vou até o fim com Linux agora!
    Só que ainda não me decidi que area quero seguir se é Desenvolvimento, Servidores, Segurança ou Desktops!

    aoekoakeoakeokaoeka espero que consiga me decidir logo’;
    a propósito: Alguem tem dicas mais detalhadas sobre oque as empresas querem que um profissional entre essas areas a cima saibam?

    • MartaVuelma

      Oi, Bruno.
      Um profissional que deseje atuar no ambiente corporativo deve ser capaz (no mínimo) de instalar e configurar satisfatoriamente os principais serviços de rede, conforme citei no artigo. Precisa ter um conhecimento bom de TCP/IP pois isso é fundamental para o dia-a-dia e boas noções de segurança. Isto é o básico desejado.
      Um abraço e sucesso.

  • http://www.facebook.com/brunoocasali Bruno Casali

    Há algum tempo estava pensando em fazer a LPIC -101-102, ontem chegou meu livro da http://www.linuxnewmedia.com vou até o fim com Linux agora!
    Só que ainda não me decidi que area quero seguir se é Desenvolvimento, Servidores, Segurança ou Desktops!

    aoekoakeoakeokaoeka espero que consiga me decidir logo’;
    a propósito: Alguem tem dicas mais detalhadas sobre oque as empresas querem que um profissional entre essas areas a cima saibam?

  • Elvis

    Muito bom!
    Eu estou iniciando curso na 4Linux dia 14 para poder aperfeiçoar meus conhecimentos profissionais e me preparar para os exame 101 e 102 e conquistar a LPI.

    • MartaVuelma

      Olá, Elvis.
      Que ótimo que já estás no caminho da certificação e apostando em bons treinamentos. Não esqueça de dar uma olhadinha no artigo que publicamos aqui: Guia Prático para Certificação LPI.
      Muito sucesso nesse caminho.

  • Elvis

    Muito bom!
    Eu estou iniciando curso na 4Linux dia 14 para poder aperfeiçoar meus conhecimentos profissionais e me preparar para os exame 101 e 102 e conquistar a LPI.

    • MartaVuelma

      Olá, Elvis.
      Que ótimo que já estás no caminho da certificação e apostando em bons treinamentos. Não esqueça de dar uma olhadinha no artigo que publicamos aqui: Guia Prático para Certificação LPI.
      Muito sucesso nesse caminho.

  • Elvis

    Muito bom!
    Eu estou iniciando curso na 4Linux dia 14 para poder aperfeiçoar meus conhecimentos profissionais e me preparar para os exame 101 e 102 e conquistar a LPI.

    • MartaVuelma

      Olá, Elvis.
      Que ótimo que já estás no caminho da certificação e apostando em bons treinamentos. Não esqueça de dar uma olhadinha no artigo que publicamos aqui: Guia Prático para Certificação LPI.
      Muito sucesso nesse caminho.

  • Cléio Sousa

    Ótimo post, sanei qualquer duvida que tinha sobre trabalhar e seguir esse caminho, que é trabalhar com Linux, agora é continuar os estudos para a primeira prova 101, e buscar oportunidades dentro dessa área!
    Tenho um blog, onde estou postando meu estudos sobre meus estudos para a prova 1, LPIC
    http://www.linuxstudylpi.blogspot.com.br

    Curti bastante esse Blog, abraços!!

    • MartaVuelma

      Oi, Cléio.
      Que ótimo que pudemos te ajudar com as dicas. Muito boa também tua iniciativa do Blog. Não deixe de acompanhar as novidades por aqui!
      Muito sucesso.

  • Cléio Sousa

    Ótimo post, sanei qualquer duvida que tinha sobre trabalhar e seguir esse caminho, que é trabalhar com Linux, agora é continuar os estudos para a primeira prova 101, e buscar oportunidades dentro dessa área!
    Tenho um blog, onde estou postando meu estudos sobre meus estudos para a prova 1, LPIC
    http://www.linuxstudylpi.blogspot.com.br

    Curti bastante esse Blog, abraços!!

    • MartaVuelma

      Oi, Cléio.
      Que ótimo que pudemos te ajudar com as dicas. Muito boa também tua iniciativa do Blog. Não deixe de acompanhar as novidades por aqui!
      Muito sucesso.

  • Cléio Sousa

    Ótimo post, sanei qualquer duvida que tinha sobre trabalhar e seguir esse caminho, que é trabalhar com Linux, agora é continuar os estudos para a primeira prova 101, e buscar oportunidades dentro dessa área!
    Tenho um blog, onde estou postando meu estudos sobre meus estudos para a prova 1, LPIC
    http://www.linuxstudylpi.blogspot.com.br

    Curti bastante esse Blog, abraços!!

    • MartaVuelma

      Oi, Cléio.
      Que ótimo que pudemos te ajudar com as dicas. Muito boa também tua iniciativa do Blog. Não deixe de acompanhar as novidades por aqui!
      Muito sucesso.

  • Cléio Sousa

    Ótimo post, sanei qualquer duvida que tinha sobre trabalhar e seguir esse caminho, que é trabalhar com Linux, agora é continuar os estudos para a primeira prova 101, e buscar oportunidades dentro dessa área!
    Tenho um blog, onde estou postando artigos sobre minhas experiências e práticas com o que é solicitado na primeira prova da LPIC, segundo a lpi.org

    Blog:. http://www.linuxstudylpi.blogspot.com.br

    Curti bastante esse Blog, abraços!!

  • Cléio Sousa

    Ótimo post, sanei qualquer duvida que tinha sobre trabalhar e seguir esse caminho, que é trabalhar com Linux, agora é continuar os estudos para a primeira prova 101, e buscar oportunidades dentro dessa área!
    Tenho um blog, onde estou postando artigos sobre minhas experiências e práticas com o que é solicitado na primeira prova da LPIC, segundo a lpi.org

    Blog:. http://www.linuxstudylpi.blogspot.com.br

    Curti bastante esse Blog, abraços!!

  • Cléio Sousa

    Ótimo post, sanei qualquer duvida que tinha sobre trabalhar e seguir esse caminho, que é trabalhar com Linux, agora é continuar os estudos para a primeira prova 101, e buscar oportunidades dentro dessa área!
    Tenho um blog, onde estou postando artigos sobre minhas experiências e práticas com o que é solicitado na primeira prova da LPIC, segundo a lpi.org

    Blog:. http://www.linuxstudylpi.blogspot.com.br

    Curti bastante esse Blog, abraços!!

  • MartaVuelma

    Oi, Bruno.
    Um profissional que deseje atuar no ambiente corporativo deve ser capaz (no mínimo) de instalar e configurar satisfatoriamente os principais serviços de rede, conforme citei no artigo. Precisa ter um conhecimento bom de TCP/IP pois isso é fundamental para o dia-a-dia e boas noções de segurança. Isto é o básico desejado.
    Um abraço e sucesso.

  • Alan

    Conheci esse site ontem e estou gostando muito dos artigos. E este então, está realmente muito bom. Parabéns!

    • MartaVuelma

      Oi, Alan.
      Obrigada pelo seu comentário. Continue acompanhando nosso Blog e conferindo as novidades.
      Muito sucesso!

  • Alan

    Conheci esse site ontem e estou gostando muito dos artigos. E este então, está realmente muito bom. Parabéns!

    • MartaVuelma

      Oi, Alan.
      Obrigada pelo seu comentário. Continue acompanhando nosso Blog e conferindo as novidades.
      Muito sucesso!

  • Alan

    Conheci esse site ontem e estou gostando muito dos artigos. E este então, está realmente muito bom. Parabéns!

    • MartaVuelma

      Oi, Alan.
      Obrigada pelo seu comentário. Continue acompanhando nosso Blog e conferindo as novidades.
      Muito sucesso!

  • http://www.facebook.com/mirandamaster Marcio Miranda

    Excelente texto, objetivo e esclarecedor.
    Estou meio amador no Linux, embora o use (somente ele) já a 11 anos em meus computadores mas confesso estar apatico, acomodado em prestar suporte a hardware e redes em ambiente Windows.
    Precisava ler esse texto, obrigado! ;)

    • MartaVuelma

      Olá, Maŕcio.
      Fico feliz que o artigo tenha ajudado você. Muitas vezes é preciso mesmo ter uma visão mais otimista do mercado para estimular nosso aperfeiçoamento.
      Continue sempre acompanhando nosso Blog!
      Um abraço e sucesso.

      • http://tearsofcorrosion.blogspot.com/ Régis Soutello Pessolano

        Sejamos sinceros! O Linux para Redes é outra coisa em comparação ao Windows!! Se você um dia desejar trabalhar com Segurança Digital (que é uma das minhas metas) Você Obrigatoriamente precisa saber legal de Linux!! Linux é Segurança!! E sinceramente para alguns serviços (como DHCP) é mais fácil configurar no Linux apenas algumas modificações no dhcpd.conf e feito!! x’D Sem Bugs e sem erros estranhos que aparecem sem você saber o porque!! Não tenho muita experiência com Linux menos de 2 anos mas já estou fascinado! e sei que é com ele que eu quero ganhar a vida!!

        Obrigado mais uma vez pela releitura e pelo espaço!
        Abraço!

        • MartaVuelma

          Régis, concordo com você. O TCP/IP nasceu no Unix e foi consequentemente implementado de forma brilhante no Linux. A riqueza de ferramentas de rede que temos disponíveis é o canivete suíço de todo o sysadmin. Fique à vontade pra participar e comentar sempre que quiser. Continue acompanhando nossas novidades. Um abraço.

  • http://www.mirandamaster.com/ Marcio Miranda

    Excelente texto, objetivo e esclarecedor.
    Estou meio amador no Linux, embora o use (somente ele) já a 11 anos em meus computadores mas confesso estar apatico, acomodado em prestar suporte a hardware e redes em ambiente Windows.
    Precisava ler esse texto, obrigado! ;)

    • MartaVuelma

      Olá, Maŕcio.
      Fico feliz que o artigo tenha ajudado você. Muitas vezes é preciso mesmo ter uma visão mais otimista do mercado para estimular nosso aperfeiçoamento.
      Continue sempre acompanhando nosso Blog!
      Um abraço e sucesso.

      • http://tearsofcorrosion.blogspot.com/ Régis Soutello Pessolano

        Sejamos sinceros! O Linux para Redes é outra coisa em comparação ao Windows!! Se você um dia desejar trabalhar com Segurança Digital (que é uma das minhas metas) Você Obrigatoriamente precisa saber legal de Linux!! Linux é Segurança!! E sinceramente para alguns serviços (como DHCP) é mais fácil configurar no Linux apenas algumas modificações no dhcpd.conf e feito!! x’D Sem Bugs e sem erros estranhos que aparecem sem você saber o porque!! Não tenho muita experiência com Linux menos de 2 anos mas já estou fascinado! e sei que é com ele que eu quero ganhar a vida!!

        Obrigado mais uma vez pela releitura e pelo espaço!
        Abraço!

        • MartaVuelma

          Régis, concordo com você. O TCP/IP nasceu no Unix e foi consequentemente implementado de forma brilhante no Linux. A riqueza de ferramentas de rede que temos disponíveis é o canivete suíço de todo o sysadmin. Fique à vontade pra participar e comentar sempre que quiser. Continue acompanhando nossas novidades. Um abraço.

  • http://www.facebook.com/mirandamaster Marcio Miranda

    Excelente texto, objetivo e esclarecedor.
    Estou meio amador no Linux, embora o use (somente ele) já a 11 anos em meus computadores mas confesso estar apatico, acomodado em prestar suporte a hardware e redes em ambiente Windows.
    Precisava ler esse texto, obrigado! ;)

    • MartaVuelma

      Olá, Maŕcio.
      Fico feliz que o artigo tenha ajudado você. Muitas vezes é preciso mesmo ter uma visão mais otimista do mercado para estimular nosso aperfeiçoamento.
      Continue sempre acompanhando nosso Blog!
      Um abraço e sucesso.

  • http://www.facebook.com/igo.romero1 Igo Romero

    Parabéns pelo post @MartaVuelma:disqus me esclareceu varias duvidas quanto a carreira

  • igoromero

    Parabéns pelo post @MartaVuelma:disqus me esclareceu varias duvidas quanto a carreira

  • http://www.facebook.com/igo.romero1 Igo Romero

    Parabéns pelo post @MartaVuelma:disqus me esclareceu varias duvidas quanto a carreira

  • http://twitter.com/thiagohdc1 Thiago Henrique

    Post muito interessante, como já testei de tudo “PHP, .net, C#, Java” então não custa nada tem um pequeno conhecimento em linux, aproveita que tenho o ubuntu instalado na minha maquina. Marta estarei acompanhando o blog

  • http://twitter.com/thiagohdc1 Thiago Henrique

    Post muito interessante, como já testei de tudo “PHP, .net, C#, Java” então não custa nada tem um pequeno conhecimento em linux, aproveita que tenho o ubuntu instalado na minha maquina. Marta estarei acompanhando o blog

  • http://twitter.com/thiagohdc1 Thiago Henrique

    Post muito interessante, como já testei de tudo “PHP, .net, C#, Java” então não custa nada tem um pequeno conhecimento em linux, aproveita que tenho o ubuntu instalado na minha maquina. Marta estarei acompanhando o blog

  • http://www.facebook.com/cajuruarms Roni Aparecido

    Desde os primórdios me interessei pelo linux apesar de não ser profissional da área mas o gasto com programas e sistemas sempre foi um problema pra quem vem de baixa renda a uns 2 anos consegui montar minha maquininha e depois de alguns tropeços já estou a 1 ano sem usar o Windows,espero agora ver se consigo aprender um pouco mais e tentar as certificações pois sei que isso é necessário pra consolidar a ter mais segurança e por isso as informações aqui postadas foram de grande importância para minha decisão,grato e até mais.

    • MartaVuelma

      Olá, Roni.
      Obrigada pelo seu comentário. É importante ter a sua persistência quando estamos començando, pois em qualquer área onde não temos conhecimento aprofundado, vamos encontrar dificuldades. Por isso, as certificações são importantes: para nos dar segurança e reconhecimento.
      Um abraço e sucesso.

  • http://www.facebook.com/cajuruarms Roni Aparecido

    Desde os primórdios me interessei pelo linux apesar de não ser profissional da área mas o gasto com programas e sistemas sempre foi um problema pra quem vem de baixa renda a uns 2 anos consegui montar minha maquininha e depois de alguns tropeços já estou a 1 ano sem usar o Windows,espero agora ver se consigo aprender um pouco mais e tentar as certificações pois sei que isso é necessário pra consolidar a ter mais segurança e por isso as informações aqui postadas foram de grande importância para minha decisão,grato e até mais.

    • MartaVuelma

      Olá, Roni.
      Obrigada pelo seu comentário. É importante ter a sua persistência quando estamos començando, pois em qualquer área onde não temos conhecimento aprofundado, vamos encontrar dificuldades. Por isso, as certificações são importantes: para nos dar segurança e reconhecimento.
      Um abraço e sucesso.

  • http://www.facebook.com/wendell.simi Wendell Simi

    Marta,

    Muito obrigado pelas dicas aqui prestadas.
    Sou Técnico em Telecomunicações e atuo em campo visitando vários clientes de seguimentos corporativo. Me deparo com vários profissionais de T.I dos quais, na maioria, compartilham experiências e formas de atuação profissional no mercado.

    Isso me despertou atenção especial ao Linux pois, como em seu post, notei que o mercado está carente e recebi incentivos para estudar esse OS.

    Fiz uma pesquisa básica na internet e colhi dicas com colegas de minha “networking profissional” e cheguei a conclusão que devo iniciar com Ubuntu (DeskTop e Server). Instalei a VMBox em meu PC e treino com foco em Server e Redes.

    Estou iniciando pelo vocabulário do Linux (comandos) para me familiarizar.

    Chegarei ao Server muito em breve e pretendo, num futuro próximo, entender o Asterisk (Server de Voz).

    Iniciei bem adotando o Ubunto?

    Abraço!

    • MartaVuelma

      Olá, Wendell. Fico feliz que o post tenha sido útil pra você pois realmente o mercado está muito carente de profissionais Linux.
      O Ubuntu foi uma boa escolha principalmente se você pensa em aprimorar conhecimentos para o mercado corporativo. Como o Ubuntu tem as versões LTS (com suporte de 5 anos) ele é uma ótima opção para empresas. Obviamente que também poderíamos falar aqui da excelente usabilidade e uma das maiores e mais ativas/colaborativas comunidades de usuários do mundo. Mas creio que isso você já está descobrindo aos poucos, não é?

      Um grande abraço, obrigada pela visita e continue acompanhando nosso blog.

  • Mauricio

    Muito bom seu texto, parabéns!

    Não trabalho na área de TI, mas tenho grande interesse de começar a trabalhar com linux (do zero mesmo). Sendo assim, gostaria que me indicasse algum curso livre (curto) em que posso conquista um emprego de forma rápida, sem a necessidade de um curso superior

    Obrigado

    • MartaVuelma

      Olá, Maurício.

      Obrigada por seu comentário.

      Bem, antes de indicar qualquer curso seria interessante saber em que área pretendes começar. Por exemplo, se queres trabalhar com suporte ou desenvolvimento. Também não sei onde moras, mas em muitas cidades existem cursos específicos para manutenção de computadores e suporte de curta duração. Sugiro procurar em unidades do SENAI ou SENAC. Também existe a alternativa de fazer um curso técnico da área de suporte, desenvolvimento, redes ou infraestrutura. Estes cursos normalmente duram entre 12 e 18 meses. Mas tem a vantagem de te dar um diploma de técnico. Muitos deles, inclusive, dão ênfase para software livre. O que posso te dizer é que o mercado precisa sim de profissionais qualificados e que estejam dispostos a se dedicar ao estilo de vida da TI.

      Grande abraço e muito sucesso!

      • Mauricio

        Obrigado, quero trabalhar com suporte pois me parece mais promissor. Acho que a solução é fazer um curso técnico mesmo, moro na região do ABC Paulista!

        Abraços