Papo de Buteco

Papo de Buteco #4: você está livre dos softwares proprietários?

Hello folks!

Mas bah guri, duas semanas sem Papo de Buteco! Então meus caros, o rapaz aqui estava doente e andou meio sumido, peço desculpas aos butequeiros de plantão e vamos ao buteco dessa semana, que agora sai toda segunda (mas hoje sai quarta). O hangout que prometi no post passado vai ficar para a próxima.

Antes de continuarmos, que tal dar uma conferida nos últimos papos e suas respectivas sessões de comentários?

Nesse buteco também traremos opção sonora, então dê play no vídeo abaixo e vamos a discussão da semana!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=NiRnAO0QJ0E[/youtube]

Open Source

Acredito que todos os nossos butequeiros estão usando Ubuntu ou alguma outra distribuição Linux, e isso faz de vocês usuários open source. Mas a pergunta que fica é: vocês estão totalmente livres dos softwares proprietários?

Eu sei que é difícil abandonar todos os aplicativos que estamos acostumados, mas vocês chegaram a procurar softwares parecidos com os que vocês usavam ou usam? Se entregaram completamente ao open source? Seria aceitável viver no Linux, mas utilizando apenas softwares para outros sistemas operacionais? Acredito que não.

Tirinha do blog Vida de Programador

Software proprietário é do mal? (Créditos: Vida de Programador)

O Wine é uma solução incrível para lidar com o começo do processo de migração para o Linux. Com ele você pode aproveitar a agilidade e segurança do pinguim e ainda utilizar seus softwares preferidos, como Photoshop e Steam, mas vocês precisam aos poucos irem se soltando e testando demais softwares para ficarem livres dos tentáculos proprietários.

Mesmo o Wine sendo uma solução fantástica, ele acaba ajudando vocês a não se desprenderem do domínio do mal hehe. Até eu já me deparei com momentos onde estou escutando músicas no Winamp, sendo que já tenho conhecimento do Audacious, que é um excelente reprodutor musical para Linux.

Todos nos sabemos que existem questões profissionais envolvidas, mas até nesses casos descobrimos softwares livres para trabalhar que conseguem de uma forma competente competir com os famosos. O blog Ubuntu-BR-SC por exemplo, foi feito usando GIMP, Inkscape e Gedit.

Blog Ubuntu-BR-SC

O Ubuntu-BR-SC foi criado com tecnologias open source: Ubuntu Server 12.04, Nginx, PHP-FPM, Varnish, MySQL, WordPress, GIMP e Gedit

Minha dica: sempre teste e fique atento as novidades da comunidade. Usar um sistema operacional open source é uma escolha maravilhosa e a adaptação é mesmo complicada e demorada, mas estamos aqui para dar uma força nessa adaptação =)

Pra finalizar e começar nossa discussão propriamente dita, pergunto: quais softwares proprietários vocês ainda usam, e se não usam, quais estão usando como substitutos? O Ubuntu-BR-SC é nosso buteco e a sessão de comentários é onde nosso papo vai rolar!

Assine nossa newsletter!

Quer receber as novidades mais recentes do Ubuntu na sua caixa de entrada? Informe seu e-mail e clique em Assinar.

  • Assine o feed RSS
  • Siga o Ubuntu-BR-SC no Twitter
  • Curta o Ubuntu-BR-SC no Facebook
  • Ubuntu-BR-SC no Google+
  • Canal do Ubuntu-BR-SC no YouTube


  • http://twitter.com/renk8807 renk

    Bom, como eu uso Ubuntu, a maioria dos softwares que uso são livres. Exceto alguns como o Virtualbox da Oracle (o livre não tem suporte a USB). Ainda estou me esforçando pra trocar o Google Chrome pelo Chromium hehehe.

    • JORGE BITTENCOURT SOARES

      Estranho, eu consegui usar o USB nele e o meu é gratuito, dê uma olhada nas configurações dele….

      • http://www.facebook.com/eduardohernacki Eduardo Hernacki

        @twitter-179509539:disqus As vezes a USB no VirtualBox não funciona porque seu usuário não está no grupo “vboxusers”.

  • http://twitter.com/renk8807 renk

    Bom, como eu uso Ubuntu, a maioria dos softwares que uso são livres. Exceto alguns como o Virtualbox da Oracle (o livre não tem suporte a USB). Ainda estou me esforçando pra trocar o Google Chrome pelo Chromium hehehe.

    • JORGE BITTENCOURT SOARES

      Estranho, eu consegui usar o USB nele e o meu é gratuito, dê uma olhada nas configurações dele…vá ao menu Dispositivos USB e veja se ele está por lá para ser marcado ou se caso não apareça Dispositivos Instalar Adicionais para convidados… Isto já com o outro sistema rodando….

      • http://www.facebook.com/eduardohernacki Eduardo Hernacki

        @twitter-179509539:disqus As vezes a USB no VirtualBox não funciona porque seu usuário não está no grupo “vboxusers”.

  • http://www.facebook.com/valsonspereira Valson Pereira

    Não estou totalmente livre por causa do meu trabalho, recentemente troquei o XP das máquinas de lá pelo o Ubuntu, mas como temos muitas tabelas digitadas no Word, e todos sabemos que o Libre abre tabela do Word todo desformatado, tive que instalar o Wine somente para usar o Office!!!

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001247584274 Thiago Silva

    Uso o Google Chrome apenas =]
    Tirando ele, eu sou totalmente livre de softwares proprietários.
    Mas não vejo dificuldade em usar o firefox =]

    • Clemilson Viana de Albuquerque

      Vc poderia usar o chromium.

      • http://www.facebook.com/eduardohernacki Eduardo Hernacki

        EuT não vejo diferenças entre o Chromium e o Chrome. Ambos funcionam muito bem, e similarmente.

  • http://www.facebook.com/valsonspereira Valson Pereira

    Não estou totalmente livre por causa do meu trabalho, recentemente troquei o XP das máquinas de lá pelo o Ubuntu, mas como temos muitas tabelas digitadas no Word, e todos sabemos que o Libre abre tabela do Word todo desformatado, tive que instalar o Wine somente para usar o Office!!!

    • willaim

      Você pode baixar o office 15 e converter todos os seus documentos de doc para ODF 1.2 a novo office 15 vai te permitir fazer isso… então depois disto pode dizer adeus ao office via wine

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001247584274 Thiago Silva

    Uso o Google Chrome apenas =]
    Tirando ele, eu sou totalmente livre de softwares proprietários.
    Mas não vejo dificuldade em usar o firefox =]

    • Clemilson Viana de Albuquerque

      Vc poderia usar o chromium.

      • http://www.facebook.com/eduardohernacki Eduardo Hernacki

        EuT não vejo diferenças entre o Chromium e o Chrome. Ambos funcionam muito bem, e similarmente.

  • Airan Abdalla Costa

    Ontem descobri um player fantástico para o kubuntu que é o FOOBNIX, toca rádios do mundo inteiro e de maneira fácil e nada complicado como aquele AMAROK horroroso que eu até já bani do meu computador.. e aquele GINE tb é outro produto horroroso! (para vídeos só o uso o VLC e para radios internacional tem este FOOBNIX AÍ…

    • nosdiel

      Gostei muito da sua dica, aprovei o Foobnix.

  • Airan Abdalla Costa

    Ontem descobri um player fantástico para o kubuntu que é o FOOBNIX, toca rádios do mundo inteiro e de maneira fácil e nada complicado como aquele AMAROK horroroso que eu até já bani do meu computador.. e aquele GINE tb é outro produto horroroso! (para vídeos só o uso o VLC e para radios internacional tem este FOOBNIX AÍ…

    • nosdiel

      Gostei muito da sua dica, aprovei o Foobnix.

  • http://www.facebook.com/juliomiguelcosta Julio Miguel

    tow no ubuntu ja a duas semanas e nem precisei dos softwares do windows 7!!! ja me adaptei ao ubuntu!!! simples e facil!!!!

    • http://www.facebook.com/people/Lucas-Oliveira/100001645277739 Lucas Oliveira

      Sou daqueles mais ortodoxos …já que uso Linux e sou fã uso tudo que for livre nem quero mais saber do Windows, por mim nada dele me serve !

  • http://www.facebook.com/people/Anderson-Dos-Santos/100001105823750 Anderson Dos Santos

    Opa! Vamos la a lista xD

    No escritório que trabalho como programador, temos de usar Delphi e Windows ja que os servidores são SQL Server 200X, mas… Eu troquei em algumas maquinas a necessidade de uma licença Office pelo Libre, a do photoshop pelo GIMP, usamos Chrome ou firefox.

    Em casa é tudo “quase” livre, eu uso steam mas tambem tenho o Desura, open shot, audacity, piddgin, MyPaint, The Gimp, Netbeans e Blender para produção (Blender eu ainda mal sei fazer qualquer coisa), inkscape (ao invés de Xara, Indesign e do Corel).

    Tenho trocado winrar e winzip por 7 zip, convencendo os técnicos de info que conheço a trocar Everest e outras ferramentas de manutenção por CDs lives do Ubuntu.

    Gedit é o a principal ferramenta para texto, de anotações a códigos, ele é simples tem ótimos plugins e eu deixei ele com o fundo escuro xD.

    No entanto eu provavelmente terei de instalar um windows em casa porcausa do game Resident Evil, software proprietario que dificilmente rodara no linux (mesmo com wine, pois os japoneses fazem cada gambiarra na programação dos softwares deles rs.).

    • Ô_Ô Fernando

      Eu usava o Photoshop, mas ja estou me adaptando com o GIMP…

      A minha dificuldade é encontrar um programa que substitua ou seja semelhante ao Arles Image Web Page Creator. (redimensiona, Carimba Marca dagua em grande quantidades de fotos)
      Caso tenham alguma sugestão agradeço…

      Os demais estou totalmente adaptado e usando os livres, que por sinal em muitos casos são bem melhores.

    • http://www.facebook.com/people/Anderson-Dos-Santos/100001105823750 Anderson Dos Santos

      O Fernando:
      Site em Asp. Seguinte mano, entre em contato com a administração desse site (pelo formulario de contato dele, deve ter), erros assim é porcausa do site e não de algo que vc fez. (Sobre a duvida que vc mandou)

      • Ô_Ô Fernando

        Anderson, mais uma vez obrigado…

        Peguei a evidencia e mandei para o pessoal do site. Vamos ficar no aguardo da solução.

        abraços

  • julio miguel

    tow no ubuntu ja a duas semanas e nem precisei dos softwares do windows 7!!! ja me adaptei ao ubuntu!!! simples e facil!!!!

    • http://www.facebook.com/people/Lucas-Oliveira/100001645277739 Lucas Oliveira

      Sou daqueles mais ortodoxos …já que uso Linux e sou fã uso tudo que for livre nem quero mais saber do Windows, por mim nada dele me serve !

  • Anderson Dos Santos

    Opa! Vamos la a lista xD

    No escritório que trabalho como programador, temos de usar Delphi e Windows ja que os servidores são SQL Server 200X, mas… Eu troquei em algumas maquinas a necessidade de uma licença Office pelo Libre, a do photoshop pelo GIMP, usamos Chrome ou firefox.

    Em casa é tudo “quase” livre, eu uso steam mas tambem tenho o Desura, open shot, audacity, piddgin, MyPaint, The Gimp, Netbeans e Blender para produção (Blender eu ainda mal sei fazer qualquer coisa), inkscape (ao invés de Xara, Indesign e do Corel).

    Tenho trocado winrar e winzip por 7 zip, convencendo os técnicos de info que conheço a trocar Everest e outras ferramentas de manutenção por CDs lives do Ubuntu.

    Gedit é o a principal ferramenta para texto, de anotações a códigos, ele é simples tem ótimos plugins e eu deixei ele com o fundo escuro xD.

    No entanto eu provavelmente terei de instalar um windows em casa porcausa do game Resident Evil, software proprietario que dificilmente rodara no linux (mesmo com wine, pois os japoneses fazem cada gambiarra na programação dos softwares deles rs.).

    • Ô_Ô Fernando

      Eu usava o Photoshop, mas ja estou me adaptando com o GIMP…

      A minha dificuldade é encontrar um programa que substitua ou seja semelhante ao Arles Image Web Page Creator. (redimensiona, Carimba Marca dagua em grande quantidades de fotos)
      Caso tenham alguma sugestão agradeço…

      Os demais estou totalmente adaptado e usando os livres, que por sinal em muitos casos são bem melhores.

    • Anderson Dos Santos

      O Fernando:
      Site em Asp. Seguinte mano, entre em contato com a administração desse site (pelo formulario de contato dele, deve ter), erros assim é porcausa do site e não de algo que vc fez. (Sobre a duvida que vc mandou)

      • Ô_Ô Fernando

        Anderson, mais uma vez obrigado…

        Peguei a evidencia e mandei para o pessoal do site. Vamos ficar no aguardo da solução.

        abraços

  • http://www.facebook.com/hebertaragao Hebert Aragão da Silva

    eu ainda uso um unico programa chamado encore que e para parituras, sei que tem software open source no mercado linux o problema e minhas parituras que não tem como abrir em outro softwre e ai o que eu posso fazer?

  • http://www.facebook.com/hebertaragao Hebert Aragão da Silva

    eu ainda uso um unico programa chamado encore que e para parituras, sei que tem software open source no mercado linux o problema e minhas parituras que não tem como abrir em outro softwre e ai o que eu posso fazer?

  • educarrega

    Tenho apenas um office 2007 sobre playonlinux instalado para abrir algum arquivo bizarro dos outros, o restante, somente livre. Chrome, Mplayer, Vlc Aptana, Inkscape, Gimp, e algumas coisas do Google também não há como não ter, como o Google Chrome e Google Earth. O que mais me importa nisso tudo porém, não é exatamente se estamos livres ou proprietários, mas se estamos confortavelmente amparados por todas as iniciativas de oferecer Aplicativos, Games e Recursos de igual ou superior qualidade em qualquer plataforma.

  • educarrega

    Tenho apenas um office 2007 sobre playonlinux instalado para abrir algum arquivo bizarro dos outros, o restante, somente livre. Chrome, Mplayer, Vlc Aptana, Inkscape, Gimp, e algumas coisas do Google também não há como não ter, como o Google Chrome e Google Earth. O que mais me importa nisso tudo porém, não é exatamente se estamos livres ou proprietários, mas se estamos confortavelmente amparados por todas as iniciativas de oferecer Aplicativos, Games e Recursos de igual ou superior qualidade em qualquer plataforma.

  • http://www.facebook.com/epdasilva Eduardo Pereira da Silva

    Tudo aconteceu bem naturalmente, sem traumas. Depois de instalado o Ubuntu no meu notebook fui migrando gradativamente para o Linux (mais uma vez, “sem traumas”), hoje passo 97% do tempo no linux sem problemas. Ma aí vem o Office (já estou usando a versão 2013 de testes) e aí meu amigo…, aí o bicho pega, pois apesar de termos várias opções open source, dentre elas a mais conhecida o LibreOffice, estamos a meu ver anos luz de distancia do “todo poderoso” Microsoft Office – ainda mais da versão nova a 2013 – , moçada é show de bola víu, os caras não estão para brincadeira não. Mas…, e sempre tem o “mas”, eu não vou ficar pulando de SO para SO (Win) apenas por causa do Office 2013, aí acabo ficando mesmo com o LibreOffice sem nenhum problema, que alias estão prometendo novidades para próxima versão, inclusive no visual. É isto aí…fuí.

    • Leandro Simões

      Concordo com vc Eduardo. Infelizmente o MS Office está a frente do LibreOffice, principalmente quando a necessidade dos pacotes vão além do uso doméstico. Sinceramente ainda não vejo o Calc do LibreOffice substituindo o Excel do MS Office nas empresas que o utilizam.

      • Neliton

        Também acho que o LibreOffice tem ainda que remar muito para alcançar a suíte da MS, principalmente em termos de interface e velocidade. Mas acredito que a questão de migração por parte de empresas passa muito mais por problemas de compatibilidade e conversão dos documentos que foram desenvolvidos no MS-Office, do que pela funcionalidade do LO em si.

    • http://www.facebook.com/people/Ivo-Nunes/100001887031424 Ivo Nunes

      Na minha opinião depois que usei o Google Docs meus problemas acabaram, sempre tenho meus documentos importantes na nuvem…
      Más concordo que tanto o Libre Office e BR Office tem muito o que melhorar…

      • Gilberto de Paiva

        Concordo com você Ivo Nunes. Estava preso ao Ruindows pelo Office, porém sou professor e usava apenas para provas, agora uso só o Ubuntu e Google Docs tranquilamente.

  • http://www.facebook.com/epdasilva Eduardo Pereira da Silva

    Tudo aconteceu bem naturalmente, sem traumas. Depois de instalado o Ubuntu no meu notebook fui migrando gradativamente para o Linux (mais uma vez, “sem traumas”), hoje passo 97% do tempo no linux sem problemas. Ma aí vem o Office (já estou usando a versão 2013 de testes) e aí meu amigo…, aí o bicho pega, pois apesar de termos várias opções open source, dentre elas a mais conhecida o LibreOffice, estamos a meu ver anos luz de distancia do “todo poderoso” Microsoft Office – ainda mais da versão nova a 2013 – , moçada é show de bola víu, os caras não estão para brincadeira não. Mas…, e sempre tem o “mas”, eu não vou ficar pulando de SO para SO (Win) apenas por causa do Office 2013, aí acabo ficando mesmo com o LibreOffice sem nenhum problema, que alias estão prometendo novidades para próxima versão, inclusive no visual. É isto aí…fuí.

    • Leandro Simões

      Concordo com vc Eduardo. Infelizmente o MS Office está a frente do LibreOffice, principalmente quando a necessidade dos pacotes vão além do uso doméstico. Sinceramente ainda não vejo o Calc do LibreOffice substituindo o Excel do MS Office nas empresas que o utilizam.

      • Neliton

        Também acho que o LibreOffice tem ainda que remar muito para alcançar a suíte da MS, principalmente em termos de interface e velocidade. Mas acredito que a questão de migração por parte de empresas passa muito mais por problemas de compatibilidade e conversão dos documentos que foram desenvolvidos no MS-Office, do que pela funcionalidade do LO em si.

    • http://www.facebook.com/people/Ivo-Nunes/100001887031424 Ivo Nunes

      Na minha opinião depois que usei o Google Docs meus problemas acabaram, sempre tenho meus documentos importantes na nuvem…
      Más concordo que tanto o Libre Office e BR Office tem muito o que melhorar…

      • Gilberto de Paiva

        Concordo com você Ivo Nunes. Estava preso ao Ruindows pelo Office, porém sou professor e usava apenas para provas, agora uso só o Ubuntu e Google Docs tranquilamente.

  • Clemilson Viana de Albuquerque

    Sou analista de suporte e trabalho com o Ruindows então não tem jeito. Mas no meu pc pessoal já fazem 03 meses que eu tenho somente o Ubuntu e até agora não senti falta de nenhum software proprietário. Faço uso de um software de acesso remoto o Team viewer, baixei do site a versão .deb, mais ainda assim trata-se de um software proprietário infelizmente. Mais quem sabe em breve apareça algo similar para o Linux. Esse site sanou totalmente a insegurança com relação a troca de sistemas.
    Obrigado todos vcs.

    • http://www.facebook.com/people/Ivo-Nunes/100001887031424 Ivo Nunes

      Voçê poderia usar o Remote Desktop Viewer, uso ele sem problemas para conectar a Área Remota do Servidor do meu Trabalho…

  • Clemilson Viana de Albuquerque

    Sou analista de suporte e trabalho com o Ruindows então não tem jeito. Mas no meu pc pessoal já fazem 03 meses que eu tenho somente o Ubuntu e até agora não senti falta de nenhum software proprietário. Faço uso de um software de acesso remoto o Team viewer, baixei do site a versão .deb, mais ainda assim trata-se de um software proprietário infelizmente. Mais quem sabe em breve apareça algo similar para o Linux. Esse site sanou totalmente a insegurança com relação a troca de sistemas.
    Obrigado todos vcs.

    • http://www.facebook.com/people/Ivo-Nunes/100001887031424 Ivo Nunes

      Voçê poderia usar o Remote Desktop Viewer, uso ele sem problemas para conectar a Área Remota do Servidor do meu Trabalho…

  • Cassio Talle

    por mais que o gimp seja muito bom o photoshop é incoparável, já o office da pra sobreviver sem ele com algum sofrimento… O resto é 100% open!!!

  • Ronan Neto

    O grande problema e o flash, mas este já está morrendo.
    Não sei como o um software propriétario conseguiu dominar por tanto tempo.
    Sei que existe o gnash mas em determinados sites como o vimeo ele não roda.
    Eu acho que os drivers que se integram melhor com o Linux eo nouveau.

  • Cassio Talle

    por mais que o gimp seja muito bom o photoshop é incoparável, já o office da pra sobreviver sem ele com algum sofrimento… O resto é 100% open!!!

  • Ronan Neto

    O grande problema e o flash, mas este já está morrendo.
    Não sei como o um software propriétario conseguiu dominar por tanto tempo.
    Sei que existe o gnash mas em determinados sites como o vimeo ele não roda.
    Eu acho que os drivers que se integram melhor com o Linux eo nouveau.

  • brunocabral

    Não fico preso a esse tipo de pensamento, uso Linux porque gosto.
    Sou um fã do software livre, mais não vivo como se tudo fosse uma guerra entre SL e SP. Eu acharia a discussão interessante se fosse; “Você está livre do software para Windows?”

    • http://www.ubuntubrsc.com/ Cedrik Rocha

      @google-80afea810e51b0ab3769f8bb0b151889:disqus Não seria uma guerra entre SL e SP, mas o software livre te da opções das quais o proprietario não, essa questao não é contraria ao Windows, mas a ideia é se libertar de todo o dominio de aplicativos que nao nos dão escolhas de sistema.

  • Bruno Cabral Peixoto

    Não fico preso a esse tipo de pensamento, uso Linux porque gosto.
    Sou um fã do software livre, mais não vivo como se tudo fosse uma guerra entre SL e SP

    • http://www.ubuntubrsc.com/ Cedrik Rocha

      @google-80afea810e51b0ab3769f8bb0b151889:disqus Não seria uma guerra entre SL e SP, mas o software livre te da opções das quais o proprietario não, essa questao não é contraria ao Windows, mas a ideia é se libertar de todo o dominio de aplicativos que nao nos dão escolhas de sistema.

  • http://www.facebook.com/vinidesignsite Vinicius Santana

    Migrei definitivamente para o Ubuntu fazem 2 meses, trabalho freela como web designer e até aprender Gimp e Inkscape, foi muita luta, antes usava um hackintosh, e só usei windows até ver um vídeo do Ubuntu, a anos atrás. Não sinto falta de nada, em relação a designer sempre penso que não adianta um photoshop e illustrator e criatividade zero, abandonei dreamweaver e trabalho com framework. Não tenho do que reclamar, não preciso burla serial e nem crakear nada. É isso aí !!!!

    • http://www.facebook.com/people/Ivo-Nunes/100001887031424 Ivo Nunes

      Parabéns Vinícius, pois temos muita ferramenta gratuita de qualidade…
      Eu não entendo porquê os usuarios de Windows Pirata e Software Crackeado são os únicos que defendem o Windows com unhas e dentes, más não ajudam em nada com a Microsoft???
      Eu uso Ubuntu desde 2007 com a versão 7.04 e até hoje não sinto falta da dor de cabeça de baixar, instalar e crackear programas… Pois nunca tive dinheiro e vontade de gastar mais de R$ 2.000,00 em Softwares Originais…

      • http://www.facebook.com/vinidesignsite Vinicius Santana

        Pois é @facebook-100001887031424:disqus , trabalhei em uma agência que até o windows era pirata, os softwares da Adobe e da M$, são bons porém não são insubistituiveis .

        • http://www.facebook.com/Fernandes10Bruno Bruno Fernandes

          São insubistituíveis sim!
          Gosto muito do linux, mas esses softwares… não existe nem um outro q
          concorra com eles. Nem pago e muito menso livre

  • JORGE BITTENCOURT SOARES

    Apenas dois programas ainda me prendem, ainda não achei um programa substituto para edição de vídeos como o Mydvd da sonic solutions da qual as edições e gravações não ficam grandes e qualidade profissional e não fica pesado ( Conversões, edições e finalização) e o maldito drive do receptor de TV USB da AOC que somente é reconhecido no Windows, nem através do wine e nem pelo virtual box, eles não conseguem serem reconhecidos e/ou totalmente funcionais….

  • http://www.facebook.com/vinidesignsite Vinicius Santana

    Migrei definitivamente para o Ubuntu fazem 2 meses, trabalho freela como web designer e até aprender Gimp e Inkscape, foi muita luta, antes usava um hackintosh, e só usei windows até ver um vídeo do Ubuntu, a anos atrás. Não sinto falta de nada, em relação a designer sempre penso que não adianta um photoshop e illustrator e criatividade zero, abandonei dreamweaver e trabalho com framework. Não tenho do que reclamar, não preciso burla serial e nem crakear nada. É isso aí !!!!

    • http://www.facebook.com/people/Ivo-Nunes/100001887031424 Ivo Nunes

      Parabéns Vinícius, pois temos muita ferramenta gratuita de qualidade…
      Eu não entendo porquê os usuarios de Windows Pirata e Software Crackeado são os únicos que defendem o Windows com unhas e dentes, más não ajudam em nada com a Microsoft???
      Eu uso Ubuntu desde 2007 com a versão 7.04 e até hoje não sinto falta da dor de cabeça de baixar, instalar e crackear programas… Pois nunca tive dinheiro e vontade de gastar mais de R$ 2.000,00 em Softwares Originais…

      • http://www.facebook.com/vinidesignsite Vinicius Santana

        Pois é @facebook-100001887031424:disqus , trabalhei em uma agência que até o windows era pirata, os softwares da Adobe e da M$, são bons porém não são insubistituiveis .

  • JORGE BITTENCOURT SOARES

    Apenas dois programas ainda me prendem, ainda não achei um programa substituto para edição de vídeos como o Mydvd da sonic solutions da qual as edições e gravações não ficam grandes e qualidade profissional e não fica pesado ( Conversões, edições e finalização) e o maldito drive do receptor de TV USB da AOC que somente é reconhecido no Windows, nem através do wine e nem pelo virtual box, eles não conseguem serem reconhecidos e/ou totalmente funcionais….

  • Pensador Louco

    Posso dizer com alegria que estou imune a software proprietário. Trabalho como ilustrador, diagramador e designer gráfico, e tanto eu quanto minha mulher usamos apenas máquinas com Ubuntu sem sequer ter o Wine instalado. Usamos a santa trindade de Gimp, Inkscape e Scribus e, no máximo, tenho o DOSbox pra rodar alguns abandonware (sou fã de jogos antigos). Mas acho que isso não conta. 8)

  • http://profiles.google.com/pensadorlouco Pensador Louco

    Posso dizer com alegria que estou imune a software proprietário. Trabalho como ilustrador, diagramador e designer gráfico, e tanto eu quanto minha mulher usamos apenas máquinas com Ubuntu sem sequer ter o Wine instalado. Usamos a santa trindade de Gimp, Inkscape e Scribus e, no máximo, tenho o DOSbox pra rodar alguns abandonware (sou fã de jogos antigos). Mas acho que isso não conta. 8)

  • Clemilson

    Estou começando faculdade agora e prometi pra mim mesmo, farei uso somente do Linux Ubuntu pra tudo, desde as apresentações até as digitações de trabalho e ainda mais com a dica “Formatação de trabalhos acadêmicos no Libreoffice” aqui mesmo do Ubuntu BRSC. E não vejo que eu terei algum problema pela falta do MS Office.

  • http://www.facebook.com/miltond8 Milton Alexandre Souza Demarch

    Usar programas livres é até facil de lidar, o problema é quando chega em firmwares em que só tem versão proprietaria, tem também alguns plugins como o flash e os jogos!

  • http://www.facebook.com/miltond8 Milton Alexandre Souza Demarch

    Usar programas livres é até facil de lidar, o problema é quando chega em firmwares em que só tem versão proprietaria, tem também alguns plugins como o flash e os jogos!

  • Lucio Resende

    Boa tarde a todos, utilizo o Ubuntu a 1 mes, e a única coisa que dependo é do Teamviewer, mas não sei se o mesmo é considerado um programa propriatério pois ele existe na versão linux, e o único problema que tem me incomodado bastante é que quando coloco músicas para escutar o audio fica travando bastante, mas nos filmes rola normalmente; Já até tentei outro player mas nada muda. Alguem tem alguma noção do que poderia ser??

  • Lucio Resende

    Boa tarde a todos, utilizo o Ubuntu a 1 mes, e a única coisa que dependo é do Teamviewer, mas não sei se o mesmo é considerado um programa propriatério pois ele existe na versão linux, e o único problema que tem me incomodado bastante é que quando coloco músicas para escutar o audio fica travando bastante, mas nos filmes rola normalmente; Já até tentei outro player mas nada muda. Alguem tem alguma noção do que poderia ser??

  • Celio Alves

    Sempre temos que encarar os softwares proprietários.
    Softwares do Google, jogos e Photoshop é o de menos.

    Tem pequenas coisas que não são fáceis de se livrar, como Flash Player, plugins multimídia, fontes proprietárias, etc…

  • http://www.facebook.com/CassianoSchwingel Cassiano Ricardo Schwingel

    Só o Broadcom STA e o “Java da Oracle”… Garanto que todo mundo aqui tem mas muitos nem sabem que não são open…

  • http://www.facebook.com/people/Celio-Alves/100002726064545 Celio Alves

    Sempre temos que encarar os softwares proprietários.
    Softwares do Google, jogos e Photoshop é o de menos.

    Tem pequenas coisas que não são fáceis de se livrar, como Flash Player, plugins multimídia, fontes proprietárias, etc…

  • http://www.facebook.com/CassianoSchwingel Cassiano Ricardo Schwingel

    Só o Broadcom STA e o “Java da Oracle”… Garanto que todo mundo aqui tem mas muitos nem sabem que não são open…

  • Joseph Arimateias Diniz

    Já uso Linux a uns seis anos, porém ainda tenho que manter uma partição ( ou no mínimo uma máquina virtual) com um Windows. Sempre tem um ponto onde o SL ainda está engatinhando.
    Um exemplo:
    No órgão que trabalho recebemos diversos projetos, plantas e modelos de imóveis. Tem uma exigencia do estado que diz que as plantas tem de ser georreferenciadas em formato SHAPE , mas sempre recebemos muitos no formato do Autocad e a compatibilidade de programas para linux com esse formato é sofrível (pense no openoffice e os .doc no início). Nem sempre dá para mandar a pessoa voltar e mandar converter, então tentamos dar um ajuda assim mesmo o que exige que se tenha o Autocad disponível.

    Não posso nem tentar sugerir uma alternativa livre, porque não existe nenhuma que cubra minimamente o que o Autocad faz.

  • Joseph Arimateias Diniz

    Já uso Linux a uns seis anos, porém ainda tenho que manter uma partição ( ou no mínimo uma máquina virtual) com um Windows. Sempre tem um ponto onde o SL ainda está engatinhando.
    Um exemplo:
    No órgão que trabalho recebemos diversos projetos, plantas e modelos de imóveis. Tem uma exigencia do estado que diz que as plantas tem de ser georreferenciadas em formato SHAPE , mas sempre recebemos muitos no formato do Autocad e a compatibilidade de programas para linux com esse formato é sofrível (pense no openoffice e os .doc no início). Nem sempre dá para mandar a pessoa voltar e mandar converter, então tentamos dar um ajuda assim mesmo o que exige que se tenha o Autocad disponível.

    Não posso nem tentar sugerir uma alternativa livre, porque não existe nenhuma que cubra minimamente o que o Autocad faz.

  • http://www.facebook.com/vitor.p.barbosa Vitor Pereira Barbosa

    Coisas que eu odeio e que estão impedindo que eu fique completamente no Ubuntu são: Jogos de altíssima qualidade e historia no estilo
    Age of Empires III, PES 2012,Battlefield 3, Sniper Elite v2, Saints Row The Third, Need For Speed The run… Entre outros….
    Sinto muita falta de jogar esses jogos quando estou no ubuntu….principalmente em modo online. Eu procurei rodar eles com o Wine tanto usando o Ubuntu 12.04 32bits quanto o 64bits. Mais simplesmente nao consegui. Espero que com a chegada do Steam no ubuntu tudo isso mude.
    Obs minhas configurações de Hardware são: Processador: AMD Phenom II X6 1055T Memoria: 12GB DDR3 Placa de video: Radeon HD 6850 (Toxic Sapphire) sistema: Windows 7 e Ubuntu 12.04 ( Dual-Boot)

    • http://www.facebook.com/vitor.p.barbosa Vitor Pereira Barbosa

      Caso alguma boa alma esteja disposta a me ajudar… A conseguir esses jogos instalados ficarei muito feliz… E acredite eu ja pesquisei em tudo que eu tenho conhecimento… So estou a umas 4 ou 3 semanas no universo Linux (Ubuntu)
      Então deste ja queria pedir desculpa por qualquer comentário ou pergunta “idiota”

      • Renan

        Se já olhou o WineHQ e não conseguiu rodar, espera atualização ou desiste. Tenho uma partição com Windows exatamente para isso.

    • http://www.facebook.com/anderson.inacio.311 Anderson Inácio

      Vitor eu também estava nesse dilema, mas então comprei um console (ps3), e agora eu realmente abandonei o ruwindows para sempre, só que nem todos os games para pc existem para os consoles (diablo etc…) mas creio que é só questão de tempo até o Steam esteja em nossas mãos

  • http://www.facebook.com/vitor.p.barbosa Vitor Pereira Barbosa

    Coisas que eu odeio e que estão impedindo que eu fique completamente no Ubuntu são: Jogos de altíssima qualidade e historia no estilo
    Age of Empires III, PES 2012,Battlefield 3, Sniper Elite v2, Saints Row The Third, Need For Speed The run… Entre outros….
    Sinto muita falta de jogar esses jogos quando estou no ubuntu….principalmente em modo online. Eu procurei rodar eles com o Wine tanto usando o Ubuntu 12.04 32bits quanto o 64bits. Mais simplesmente nao consegui. Espero que com a chegada do Steam no ubuntu tudo isso mude.
    Obs minhas configurações de Hardware são: Processador: AMD Phenom II X6 1055T Memoria: 12GB DDR3 Placa de video: Radeon HD 6850 (Toxic Sapphire) sistema: Windows 7 e Ubuntu 12.04 ( Dual-Boot)

    • http://www.facebook.com/vitor.p.barbosa Vitor Pereira Barbosa

      Caso alguma boa alma esteja disposta a me ajudar… A conseguir esses jogos instalados ficarei muito feliz… E acredite eu ja pesquisei em tudo que eu tenho conhecimento… So estou a umas 4 ou 3 semanas no universo Linux (Ubuntu)
      Então deste ja queria pedir desculpa por qualquer comentário ou pergunta “idiota”

      • http://twitter.com/RenanD3z Renan

        Se já olhou o WineHQ e não conseguiu rodar, espera atualização ou desiste. Tenho uma partição com Windows exatamente para isso.

    • http://www.facebook.com/anderson.inacio.311 Anderson Inácio

      Vitor eu também estava nesse dilema, mas então comprei um console (ps3), e agora eu realmente abandonei o ruwindows para sempre, só que nem todos os games para pc existem para os consoles (diablo etc…) mas creio que é só questão de tempo até o Steam esteja em nossas mãos

  • Pedro Praça

    Faz 2 anos que uso apenas Ubuntu e, que eu saiba, o único software proprietário que uso, no momento, é o Sublime Text 2.

  • Pedro Praça

    Faz 2 anos que uso apenas Ubuntu e, que eu saiba, o único software proprietário que uso, no momento, é o Sublime Text 2.

  • Rodrigo Santana de Sá

    Creio que apenas jogos.

  • Rodrigo Santana de Sá

    Creio que apenas jogos.

  • Ramon

    Ainda uso o bom e velho Fireworks. Quebra um galho danado. Mas admito que é por não ter dominado o GIMP.

  • Ramon

    Ainda uso o bom e velho Fireworks. Quebra um galho danado. Mas admito que é por não ter dominado o GIMP.

  • http://www.facebook.com/people/Lucas-Oliveira/100001645277739 Lucas Oliveira

    Tento não usar , e muitas das vezes é só o blog aqui dizer o programa open source similar ou rede social livre e é só instalar ou abrir conta, simples e fácil…nada que não posso ser mudado, falta é conhecimento e boa vontade !

  • http://www.facebook.com/people/Lucas-Oliveira/100001645277739 Lucas Oliveira

    Tento não usar , e muitas das vezes é só o blog aqui dizer o programa open source similar ou rede social livre e é só instalar ou abrir conta, simples e fácil…nada que não posso ser mudado, falta é conhecimento e boa vontade !

  • wellington

    Eu abandonei sistema da Microsoft, não me arrependo de nada, sou usuário desse excelente sistema que é Ubuntu, particularmente eu acho bem estranho usar um sistema operacional linux e ficar preso a Microsoft a central de programas tem excelente programas é uma questão de adaptação.
    Ah!! domínio do mal foi ótimo.

  • wellington

    Eu abandonei sistema da Microsoft, não me arrependo de nada, sou usuário desse excelente sistema que é Ubuntu, particularmente eu acho bem estranho usar um sistema operacional linux e ficar preso a Microsoft a central de programas tem excelente programas é uma questão de adaptação.
    Ah!! domínio do mal foi ótimo.

  • Renan

    Não vejo essa necessidade. Open Source é ótimo, mas nem sempre é uma opção economicamente viável. Eu luto é pela compatibilidade com linux, que ao meu ver é muito mais importante.

    • Neliton

      A viabilidade econômica dos projetos OpenSource passa pelo suporte financeiro por parte de seus usuários. O Crowd Funding está crescendo bastante, pelo menos lá fora. Para a maioria dos casos, a visão mais romântica do SL pode continuar funcionando.

      Mas se você está se referindo a jogos, aí me parece que não tem jeito. Os jogos hoje são super-produções, é uma ilusão achar que o sistema de SL possa chegar ao mesmo nível nesta área tão dinâmica, especializada e elaborada. O mesmo vale para produção de áudio (e vídeo, já que o Lightworks para Linux, até agora, nada…).

  • http://twitter.com/RenanD3z Renan

    Não vejo essa necessidade. Open Source é ótimo, mas nem sempre é uma opção economicamente viável. Eu luto é pela compatibilidade com linux, que ao meu ver é muito mais importante.

    • Neliton

      A viabilidade econômica dos projetos OpenSource passa pelo suporte financeiro por parte de seus usuários. O Crowd Funding está crescendo bastante, pelo menos lá fora. Para a maioria dos casos, a visão mais romântica do SL pode continuar funcionando.

      Mas se você está se referindo a jogos, aí me parece que não tem jeito. Os jogos hoje são super-produções, é uma ilusão achar que o sistema de SL possa chegar ao mesmo nível nesta área tão dinâmica, especializada e elaborada. O mesmo vale para produção de áudio (e vídeo, já que o Lightworks para Linux, até agora, nada…).

  • http://www.facebook.com/jorge.reis.925 Jorge Reis

    Bem, não utilizo nenhum software feito para outros sistemas operacionais. Mas utilizo vários softwares proprietários em sua versão para Linux, por exemplo: drivers de placas, codecs de video, pacotes de otimização linear, entre outros…
    Não me preocupo com o fato de ter softwares proprietários no meu computador mas não gosto de usar softwares não nativos no meu linux.

  • http://www.facebook.com/jorge.reis.925 Jorge Reis

    Bem, não utilizo nenhum software feito para outros sistemas operacionais. Mas utilizo vários softwares proprietários em sua versão para Linux, por exemplo: drivers de placas, codecs de video, pacotes de otimização linear, entre outros…
    Não me preocupo com o fato de ter softwares proprietários no meu computador mas não gosto de usar softwares não nativos no meu linux.

  • http://twitter.com/KelvinArruda Kelvin Arruda

    No linux a adaptação ao softwares livres é uma coisa muito fácil, acho até mais intuitivos que os proprietários.

  • http://twitter.com/KelvinArruda Kelvin Arruda

    No linux a adaptação ao softwares livres é uma coisa muito fácil, acho até mais intuitivos que os proprietários.

  • Leandro Simões

    Até onde eu sei os únicos software proprietários que estão no meu computador são o Chrome, JDK da Oracle e o plugin do flash. Mas sinceramente, eu não concordo com alguns princípios OpenSource, uso porque sou contra pirataria, em todos os espectros, e porque existem boas alternativas para softwares caros.

    • Neliton

      Se você é contra os princípios do OpenSource deveria pagar pelos programas proprietários. É graças aos princípios do OpenSource que programas de qualidade chegam até você gratuitamente. E você vai contra os seus próprios princípios só pq o OpenSource é gratuito?

      • http://www.facebook.com/ghustavus Gustavo Quintão

        Pelo que eu entendi, ele não concorda com ALGUNS princípios, e não com todos os princípios do SL. concordo com o Leandro, tmb não concordo com alguns pontos de certas licenças livres, mas este fato vai fazer eu não usar o software por isso? Sigo os pontos e pronto, ou opto por programas com outra licença que me atenda melhor.

  • Leandro Simões

    Até onde eu sei os únicos software proprietários que estão no meu computador são o Chrome, JDK da Oracle e o plugin do flash. Mas sinceramente, eu não concordo com alguns princípios OpenSource, uso porque sou contra pirataria, em todos os espectros, e porque existem boas alternativas para softwares caros.

    • Neliton

      Se você é contra os princípios do OpenSource deveria pagar pelos programas proprietários. É graças aos princípios do OpenSource que programas de qualidade chegam até você gratuitamente. E você vai contra os seus próprios princípios só pq o OpenSource é gratuito?

      • http://www.facebook.com/ghustavus Gustavo Quintão

        Pelo que eu entendi, ele não concorda com ALGUNS princípios, e não com todos os princípios do SL. concordo com o Leandro, tmb não concordo com alguns pontos de certas licenças livres, mas este fato vai fazer eu não usar o software por isso? Sigo os pontos e pronto, ou opto por programas com outra licença que me atenda melhor.

  • http://twitter.com/Azuos_ Drih Souza

    Acho que usar somente software livre é quase impossível porque existem casos que são necessários um exemplo é o skype, pelo menos eu não conheço uma boa alternativa e claro não só a alternativa mais assim nem todos a minha volta usam Linux nem todos tem a opção de usar o software livre e também tem seus amigos e não é viável usar só o SL, mais eu uso em peso sim o SL e sempre melhor e se depender somente de min é puramente SL !

  • http://twitter.com/Azuos_ Drih Souza

    Acho que usar somente software livre é quase impossível porque existem casos que são necessários um exemplo é o skype, pelo menos eu não conheço uma boa alternativa e claro não só a alternativa mais assim nem todos a minha volta usam Linux nem todos tem a opção de usar o software livre e também tem seus amigos e não é viável usar só o SL, mais eu uso em peso sim o SL e sempre melhor e se depender somente de min é puramente SL !

  • Rossano Huf

    Ainda tenho instalados alguns programas que usava no Windows como o WordExpress 2.0 e o myDBF 3. Já converti a maioria dos arquivos do WordExpress para o formato do Writer e do myDBF para o formato do Calc mas acho que os mantenho instalados, sei lá, talvez por nostalgia. Nunca fui fã do Office da MS e esses programas que tenho instalados através do Wine eu usava num notebook (que ainda tenho) Fujitsu FMV-Biblo 5100NL/W (pentium 100 MHz, 32MB RAM, 6GB HDD) até uns 4 ou 5 anos atrás. São softwares bem leves, não ocupam muita memória nem muito espaço em disco e os arquivos gerados também são relativamente pequenos.

  • Rossano Huf

    Ainda tenho instalados alguns programas que usava no Windows como o WordExpress 2.0 e o myDBF 3. Já converti a maioria dos arquivos do WordExpress para o formato do Writer e do myDBF para o formato do Calc mas acho que os mantenho instalados, sei lá, talvez por nostalgia. Nunca fui fã do Office da MS e esses programas que tenho instalados através do Wine eu usava num notebook (que ainda tenho) Fujitsu FMV-Biblo 5100NL/W (pentium 100 MHz, 32MB RAM, 6GB HDD) até uns 4 ou 5 anos atrás. São softwares bem leves, não ocupam muita memória nem muito espaço em disco e os arquivos gerados também são relativamente pequenos.

  • http://www.facebook.com/marx.mr Marx Silva Medeiros

    Não. Comprei um celular Android e precisa do Windows para se ter um!

    • Neliton

      Não, não precisa. Você deve estar se referindo a algum software do fabricante, que provavelmente não faz falta nenhuma. Não há nada que vc não possa fazer dentro do próprio sistema Android + uma conexão de dados USB ao computador.

    • Ô_Ô Fernando

      Eu tambem quando comprei meu celular pensei que teria problemas com o Linux, mas para o uso de dados (MASSA) com USB foi simplesmente conectar e usar o celular no Linux.

  • http://www.facebook.com/marx.mr Marx Silva Medeiros

    Não. Comprei um celular Android e precisa do Windows para se ter um!

    • Neliton

      Não, não precisa. Você deve estar se referindo a algum software do fabricante, que provavelmente não faz falta nenhuma. Não há nada que vc não possa fazer dentro do próprio sistema Android + uma conexão de dados USB ao computador.

    • Ô_Ô Fernando

      Eu tambem quando comprei meu celular pensei que teria problemas com o Linux, mas para o uso de dados (MASSA) com USB foi simplesmente conectar e usar o celular no Linux.

  • http://www.marcelocarvalho.com/ Marcelo

    O maior problema é com o Office, entretando uso o LibreOffice para as necessidades básicas, outro que tenho problema (parcial) é com o AutoCAD onde utilizo o

    DraftSight.

    Agora que o Libreoffice precisa de uma guinada na versão 4.0 precisa pois se deixar a M$ é capaz de portar o office para linux e muita gente acabar comprando.

    • Neliton

      Não acho que uma eventual versão Linux do MSO seria um problema. Isto porque o LibreOffice, do jeito que está, é bastante competitivo mesmo dentro do ambiente Windows. Aqui no Brasil o percentual de usuários LO/OO é de cerca de 8% do mercado de suítes de escritório (um dos menores percentuais do mundo, pq aqui a pirataria de MS-Office é tida como coisa “normal”). E o mercado do Linux, como sistema operacional, ainda é muito pequeno (2%, talvez) para impactar o mercado do LO.

      Lembro ainda que a maior parte dos programas do pacote da MS (Word, Excel e Powerpoint, pelo menos) funcionam no Linux via Wine.

  • Marcelo

    O maior problema é com o Office, entretando uso o LibreOffice para as necessidades básicas, outro que tenho problema (parcial) é com o AutoCAD onde utilizo o

    DraftSight.

    Agora que o Libreoffice precisa de uma guinada na versão 4.0 precisa pois se deixar a M$ é capaz de portar o office para linux e muita gente acabar comprando.

    • Neliton

      Não acho que uma eventual versão Linux do MSO seria um problema. Isto porque o LibreOffice, do jeito que está, é bastante competitivo mesmo dentro do ambiente Windows. Aqui no Brasil o percentual de usuários LO/OO é de cerca de 8% do mercado de suítes de escritório (um dos menores percentuais do mundo, pq aqui a pirataria de MS-Office é tida como coisa “normal”). E o mercado do Linux, como sistema operacional, ainda é muito pequeno (2%, talvez) para impactar o mercado do LO.

      Lembro ainda que a maior parte dos programas do pacote da MS (Word, Excel e Powerpoint, pelo menos) funcionam no Linux via Wine.

  • http://www.marcelocarvalho.com/ Marcelo

    Aproveitando o espaço não sendo o mais adequado entretando lá vai: ”

    Microsoft profits from Linux patent FUD” – http://www.zdnet.com/microsoft-profits-from-linux-patent-fud-7000001598/ (Fonte original da notícia), artigo traduzido: http://sejalivre.org/microsoft-cobra-de-empresas-licenca-de-patentes-sobre-o-linux/

  • Marcelo

    Aproveitando o espaço não sendo o mais adequado entretando lá vai: ”

    Microsoft profits from Linux patent FUD” – http://www.zdnet.com/microsoft-profits-from-linux-patent-fud-7000001598/ (Fonte original da notícia), artigo traduzido: http://sejalivre.org/microsoft-cobra-de-empresas-licenca-de-patentes-sobre-o-linux/

  • admilson

    eu uso o ubuntu 11.10 e só uso 2 softwares proprietários que é o format factory e o java da oracle que na minha opinião ainda são insubstituiveis, mais ainda tenho esperança que o linux venha contar com 2 softwares a altura desses que citei para eu poder abandonar de vez os proprietários.

  • Cálcio Heavy Metal

    Infelizmente ñ dá para viver 100% no SL, msm que nossos softwares sejam livres, ainda temos o malditos drivers. Principalmente com Ubuntu. Se for querer ser 100% livre usa um Trisquel mas corre o risco de alguma coisa ñ funcionar bem por causa dos drivers (de novo).

    Eu já sou usuário de SL desde o rwin 98, usando o Netscape e BrOffice, só migrei para o Ubuntu a uns 3 anos atrás e foi de vez. saí direto do rWin para Linux sem dualboot nem nada. Não sinto falta de nenhum dos Softwares para rWin, me recuso a usar Wine para poder usar softwares para o janelas.

    @Eduardo Pereira, oq tem o M$Office que o LibreOffice não tem? Aquela interface “limbo” (particularmente a acho um lixo, confusa e come quase meia tela, horrível para wide)? E de funcionalidades? 99,999999999999999999999999999999999% de usuários de M$ não usam nada além de formatação, marcadores e numeração e coisas básicas, não sabem nem 10% do software. O LibreOffice até onde sei ñ deixa a desejar em nada ao M$Office principalmente no caso de uso básico. Vc usa algum recurso exclusivo do M$Office, qual seria?

    • http://www.facebook.com/epdasilva Eduardo Pereira da Silva

      @google-adc935c6fbb19759cbdad0837aa989e2:disqus, concordo com os 99,99999999% e também sobre os 10% do software e digo mais, uma planilha seja excel ou calc, basicamente faz cálculos, mas a facilidade com que o excel lida com estas formulas, principalmente as mais elaboradas (ou complexas) faz realmente a diferença, principalmente quando se usa bastante elas, que é o meu caso. E com relação a integração dos aplicativos como um todo (excel, word, power point) e também com o outlook (que a meu ver faz falta na suite do Libre, levando em consideração que estamos falando de uma suite para escritório). A integração com o próprio ambiente Windows, (é claro por se tratar de um aplicativo da mesma empresa), também é bastante vantajosa e difícil de ser implementada em um SO Livre, devido as várias distribuições. Enfim a integração do ecossistema como um todo (MS Office+SO Microsoft+SkyDrive) principalmente no novo Office 2013, naturalmente trazem estas vantagens para o usuário. Mas, (olha o “mas” aí de novo) continuo usando o Linux (Ubuntu) e o LibreOffice sem problemas, e quanto me deparo com questões mais complexas, dou um pulinho lá no Windows 8, mas beeeeeemmmmmmmmmmmmm de vez em quando.
      PS: também acho falta de um aplicativo como o One Note para ambientes Linux ele realmente é muito pratico. Um grande abraço.

      • Neliton

        O One Note é um programa excelente que infelizmente não tem substituto à altura no Linux.

        Eu adicionaria à lista, ainda, a falta de um um bom programa de reconhecimento de caracteres, que no caso da MS já é integrado ao Office e funciona ridiculamente bem, próximo da perfeição.

        Quanto ao Outlook, penso que aí seja uma questão de adaptação ao seu fluxo de trabalho. Já nos meus primórdios de Internet passei a usar o Netscape (a partir da versão 4, se não me engano). Então o Outlook nunca me fez falta e, para ser franco, nunca gostei desse programa (acho horroroso). E se o Thunderbird não lhe atende por falta de um calendário, vc tem duas opções: ou instala o complemento Lightning (excelente) ou usa um outro programa de calendário para Linux.

        A integração dos programas entre si e com o SO sempre foi um problema para o Linux (principalmente no lado Gnome), que tanto o Gnome quanto o Unity estão tentando resolver. Dá uma olhada na parte superior direita da sua tela (menus indicadores) e veja se o Windows tem algo parecido em termos de integração.

        • http://www.facebook.com/epdasilva Eduardo Pereira da Silva

          @Neliton:disqus O outlook realmente parece coisa de velho, mas alguns programas e empresas (em escritórios) ainda pedem o uso e o conhecimento dele. No caso do Thunder que vc citou, por exemplo o Thunder, mais especificamente o calendário, não tem integração com o sistema, aí é claro temos que instalar o também excelente Evolution, pois este sim tem integração com os (menus indicadores). Mas o que é legal neste “Bapo de buteco” é esta troca de informações e idéias com as pessoas e isto sim existe bem pouco no mundo Windows, a meu ver. Abraços

  • admilson

    eu uso o ubuntu 11.10 e só uso 2 softwares proprietários que é o format factory e o java da oracle que na minha opinião ainda são insubstituiveis, mais ainda tenho esperança que o linux venha contar com 2 softwares a altura desses que citei para eu poder abandonar de vez os proprietários.

  • Cálcio Heavy Metal

    Infelizmente ñ dá para viver 100% no SL, msm que nossos softwares sejam livres, ainda temos o malditos drivers. Principalmente com Ubuntu. Se for querer ser 100% livre usa um Trisquel mas corre o risco de alguma coisa ñ funcionar bem por causa dos drivers (de novo).

    Eu já sou usuário de SL desde o rwin 98, usando o Netscape e BrOffice, só migrei para o Ubuntu a uns 3 anos atrás e foi de vez. saí direto do rWin para Linux sem dualboot nem nada. Não sinto falta de nenhum dos Softwares para rWin, me recuso a usar Wine para poder usar softwares para o janelas.

    @Eduardo Pereira, oq tem o M$Office que o LibreOffice não tem? Aquela interface “limbo” (particularmente a acho um lixo, confusa e come quase meia tela, horrível para wide)? E de funcionalidades? 99,999999999999999999999999999999999% de usuários de M$ não usam nada além de formatação, marcadores e numeração e coisas básicas, não sabem nem 10% do software. O LibreOffice até onde sei ñ deixa a desejar em nada ao M$Office principalmente no caso de uso básico. Vc usa algum recurso exclusivo do M$Office, qual seria?

    • http://www.facebook.com/epdasilva Eduardo Pereira da Silva

      @google-adc935c6fbb19759cbdad0837aa989e2:disqus, concordo com os 99,99999999% e também sobre os 10% do software e digo mais, uma planilha seja excel ou calc, basicamente faz cálculos, mas a facilidade com que o excel lida com estas formulas, principalmente as mais elaboradas (ou complexas) faz realmente a diferença, principalmente quando se usa bastante elas, que é o meu caso. E com relação a integração dos aplicativos como um todo (excel, word, power point) e também com o outlook (que a meu ver faz falta na suite do Libre, levando em consideração que estamos falando de uma suite para escritório). A integração com o próprio ambiente Windows, (é claro por se tratar de um aplicativo da mesma empresa), também é bastante vantajosa e difícil de ser implementada em um SO Livre, devido as várias distribuições. Enfim a integração do ecossistema como um todo (MS Office+SO Microsoft+SkyDrive) principalmente no novo Office 2013, naturalmente trazem estas vantagens para o usuário. Mas, (olha o “mas” aí de novo) continuo usando o Linux (Ubuntu) e o LibreOffice sem problemas, e quanto me deparo com questões mais complexas, dou um pulinho lá no Windows 8, mas beeeeeemmmmmmmmmmmmm de vez em quando.
      PS: também acho falta de um aplicativo como o One Note para ambientes Linux ele realmente é muito pratico. Um grande abraço.

      • Neliton

        O One Note é um programa excelente que infelizmente não tem substituto à altura no Linux.

        Eu adicionaria à lista, ainda, a falta de um um bom programa de reconhecimento de caracteres, que no caso da MS já é integrado ao Office e funciona ridiculamente bem, próximo da perfeição.

        Quanto ao Outlook, penso que aí seja uma questão de adaptação ao seu fluxo de trabalho. Já nos meus primórdios de Internet passei a usar o Netscape (a partir da versão 4, se não me engano). Então o Outlook nunca me fez falta e, para ser franco, nunca gostei desse programa (acho horroroso). E se o Thunderbird não lhe atende por falta de um calendário, vc tem duas opções: ou instala o complemento Lightning (excelente) ou usa um outro programa de calendário para Linux.

        A integração dos programas entre si e com o SO sempre foi um problema para o Linux (principalmente no lado Gnome), que tanto o Gnome quanto o Unity estão tentando resolver. Dá uma olhada na parte superior direita da sua tela (menus indicadores) e veja se o Windows tem algo parecido em termos de integração.

        • http://www.facebook.com/epdasilva Eduardo Pereira da Silva

          @Neliton:disqus O outlook realmente parece coisa de velho, mas alguns programas e empresas (em escritórios) ainda pedem o uso e o conhecimento dele. No caso do Thunder que vc citou, por exemplo o Thunder, mais especificamente o calendário, não tem integração com o sistema, aí é claro temos que instalar o também excelente Evolution, pois este sim tem integração com os (menus indicadores). Mas o que é legal neste “Bapo de buteco” é esta troca de informações e idéias com as pessoas e isto sim existe bem pouco no mundo Windows, a meu ver. Abraços

  • Ô_Ô Fernando

    Anderson grato pelas dicas, irei usa-las e ver como me familiarizo com elas.

  • Neliton

    Sou advogado e o peticionamento eletrônico através do Linux ainda é um problema. Então essa é a minha dependência da Microsoft, especificamente. Fora isso, faço tudo no Ubuntu, e hoje nem o Wine eu uso mais.

    No Linux, há outras coisas que não dá pra escapar. O Flash, por exemplo, ou você usa o plugin proprietário, ou usa o Chrome. Outra coisa é que, por restrição de “segurança” do sistema do meu banco, só posso usar meu internet banking com o Sun Java, em que pese o OpenJDK funcionar sem problemas para tudo mais.

    Quanto aos drivers, hj estou utilizando apenas SL. O driver de vídeo open-source funciona a contento para o meu uso cotidiano. Quanto ao wi-fi, na última atualização de kernel do Linux (3.2.0-27), o driver proprietário (wl) parou de funcionar. Só então descobri que havia uma opção de código-aberto (b43) e que, para minha surpresa, ele funciona (bem) melhor do que o driver da Broadcom.

    Na verdade não vejo grandes problemas em usar SP em um sistema SL. Acho que há espaço para os dois conceitos. Entretanto, há que se lembrar que usar SL é o mínimo que se pode fazer para dar suporte ao próprio SL. Se as pessoas não usarem, o SL morre. Então, sempre que há uma opção viável, uso SL. No final das contas, a utilização de SL não é apenas uma questão filosófica como muitos acreditam, é uma questão de sobrevivência do SL.

    • Paulo Dassie

      Desculpe, mas também tinha problemas para home bank, sou médico. E não sei como entro no Banco do Brasil, Santander sem problema, li um artigo de como instalar o tal de java que os dois bancos solicitam para instalar o acesso seguro, e hoje entro e saio dos dois tranquilamente. Dê uma procurada no google, “como instalar o java no …” confesso que mesmo o linux sendo considerado seguro uso ESET NOD32 similar a um Avast, Norton, AVG, internet security.
      Espero ter ajudado, um grande abraço.

  • Neliton

    Sou advogado e o peticionamento eletrônico através do Linux ainda é um problema. Então essa é a minha dependência da Microsoft, especificamente. Fora isso, faço tudo no Ubuntu, e hoje nem o Wine eu uso mais.

    No Linux, há outras coisas que não dá pra escapar. O Flash, por exemplo, ou você usa o plugin proprietário, ou usa o Chrome. Outra coisa é que, por restrição de “segurança” do sistema do meu banco, só posso usar meu internet banking com o Sun Java, em que pese o OpenJDK funcionar sem problemas para tudo mais.

    Quanto aos drivers, hj estou utilizando apenas SL. O driver de vídeo open-source funciona a contento para o meu uso cotidiano. Quanto ao wi-fi, na última atualização de kernel do Linux (3.2.0-27), o driver proprietário (wl) parou de funcionar. Só então descobri que havia uma opção de código-aberto (b43) e que, para minha surpresa, ele funciona (bem) melhor do que o driver da Broadcom.

    Na verdade não vejo grandes problemas em usar SP em um sistema SL. Acho que há espaço para os dois conceitos. Entretanto, há que se lembrar que usar SL é o mínimo que se pode fazer para dar suporte ao próprio SL. Se as pessoas não usarem, o SL morre. Então, sempre que há uma opção viável, uso SL. No final das contas, a utilização de SL não é apenas uma questão filosófica como muitos acreditam, é uma questão de sobrevivência do SL.

    • Paulo Dassie

      Desculpe, mas também tinha problemas para home bank, sou médico. E não sei como entro no Banco do Brasil, Santander sem problema, li um artigo de como instalar o tal de java que os dois bancos solicitam para instalar o acesso seguro, e hoje entro e saio dos dois tranquilamente. Dê uma procurada no google, “como instalar o java no …” confesso que mesmo o linux sendo considerado seguro uso ESET NOD32 similar a um Avast, Norton, AVG, internet security.
      Espero ter ajudado, um grande abraço.

  • http://www.marcelocarvalho.com/ Marcelo

    Gosto muito do LibreOffice, não dificuldades em fazer as planilhas e documentos as vezes tenho dificuldade em fazer apresentações mas sempre encontro outra solução.

    Um problema que quero quer que já esteja sendo pensada pela equipe do LO seria o incremento de aplicações para a suite (Project , Mail , Vision, One note).

    O visual pode ser tido como frescuras detalhes dentre outras coisas mas se o objetivo for agregar usuários principalmente no windows deve se pensar SIM no visual pois o usuário comum pouco importa se usa M$ ou LO ele quer ver um belo visual aplicado com a usabilidade.

  • Marcelo

    Gosto muito do LibreOffice, não dificuldades em fazer as planilhas e documentos as vezes tenho dificuldade em fazer apresentações mas sempre encontro outra solução.

    Um problema que quero quer que já esteja sendo pensada pela equipe do LO seria o incremento de aplicações para a suite (Project , Mail , Vision, One note).

    O visual pode ser tido como frescuras detalhes dentre outras coisas mas se o objetivo for agregar usuários principalmente no windows deve se pensar SIM no visual pois o usuário comum pouco importa se usa M$ ou LO ele quer ver um belo visual aplicado com a usabilidade.

  • http://www.facebook.com/EmanuelSchott Emanuel Schott

    Se você ai está ouvindo uma musica em MP3, já está preso a software proprietário. Se está assistindo sua série ou filme em RMVB, já está preso a software proprietário. Não acho que eles sejam tão vilões assim, por mim basta que funcione, não ligo muito se é livre ou proprietário. Se o caso é software para Windows/software para Linux, claro que eu prefiro um que rode nativamente, Wine é só pra casos desesperadores.

    E quanto ao Libre Office, Writer e Calc substituem muito bem o Word e Excel, mas o Impress não tem condições de ser utilizado, o Power Point dá um show nele. Uma atualização no design também seria bem vinda, pelo menos os ícones seguindo o utilizado no resto do sistema deveria ser padrão.

    • http://www.facebook.com/people/Ivo-Nunes/100001887031424 Ivo Nunes

      Emanuel por falar em MP3 e RMVB, nós temos versões livres más realmente falta programas, existe o codec Webm que é gratuito e funciona nativamente no linux sem precisar instalar codecs, más não existe programa eficiente para fazer as conversões para Webm, é uma grande sacanagem, eu uso o Handbrake para fazer minhas conversões de vídeos e todos os programas livres que testei seu desempenho não me agradaram…

  • http://www.facebook.com/EmanuelSchott Emanuel Schott

    Se você ai está ouvindo uma musica em MP3, já está preso a software proprietário. Se está assistindo sua série ou filme em RMVB, já está preso a software proprietário. Não acho que eles sejam tão vilões assim, por mim basta que funcione, não ligo muito se é livre ou proprietário. Se o caso é software para Windows/software para Linux, claro que eu prefiro um que rode nativamente, Wine é só pra casos desesperadores.

    E quanto ao Libre Office, Writer e Calc substituem muito bem o Word e Excel, mas o Impress não tem condições de ser utilizado, o Power Point dá um show nele. Uma atualização no design também seria bem vinda, pelo menos os ícones seguindo o utilizado no resto do sistema deveria ser padrão.

    • http://www.facebook.com/people/Ivo-Nunes/100001887031424 Ivo Nunes

      Emanuel por falar em MP3 e RMVB, nós temos versões livres más realmente falta programas, existe o codec Webm que é gratuito e funciona nativamente no linux sem precisar instalar codecs, más não existe programa eficiente para fazer as conversões para Webm, é uma grande sacanagem, eu uso o Handbrake para fazer minhas conversões de vídeos e todos os programas livres que testei seu desempenho não me agradaram…

    • k0d32

      discordo de você cada um tem sua versão livre inclusive o flash va no site da opensource e e aumente seu conhecimento, proprietario piada né rsrsrsrsrs a maioria dos programas tem versão open

  • Jean Alves de Oliveira

    Cara, testo distros GNU/Linux desde o fedora core 4 que foi minha primeira distro. Já testei, fedora, suse, mandriva, debian, kurumin, big linux e atualmente utilizo o Ubuntu. Consegui (com muito esforço) convencer minha esposa a utilizar tmb o Ubuntu e digo na real. Se usa o PC APENAS PARA acessar internet, ver e-mails, salvar fotos da câmera digital, fazer pequenas edições nas fotos, imprimir, criar documentos básicos como pequenas planilhas e documentos simples, usar mensageiros, gravar CD/DVD, é UBUNTU e pronto! Para usuário doméstico básico não tem coisa melhor. Agora se você JOGA, quando falo JOGAR é JOGAR mesmo, aí meu amigo, faça um dual boot e instale sua plataforma de jogos Micro$oft Window$ 7 e boa jogatina!! Quando você quiser usar o computador, aí usa o GNU/Linux Ubuntu.

  • Jean Alves de Oliveira

    Cara, testo distros GNU/Linux desde o fedora core 4 que foi minha primeira distro. Já testei, fedora, suse, mandriva, debian, kurumin, big linux e atualmente utilizo o Ubuntu. Consegui (com muito esforço) convencer minha esposa a utilizar tmb o Ubuntu e digo na real. Se usa o PC APENAS PARA acessar internet, ver e-mails, salvar fotos da câmera digital, fazer pequenas edições nas fotos, imprimir, criar documentos básicos como pequenas planilhas e documentos simples, usar mensageiros, gravar CD/DVD, é UBUNTU e pronto! Para usuário doméstico básico não tem coisa melhor. Agora se você JOGA, quando falo JOGAR é JOGAR mesmo, aí meu amigo, faça um dual boot e instale sua plataforma de jogos Micro$oft Window$ 7 e boa jogatina!! Quando você quiser usar o computador, aí usa o GNU/Linux Ubuntu.

  • http://orgulhogeek.net/ Kadu

    Então, Cedrik, acho que software tem que bom no que se propõe a fazer, independente de ser proprietário ou livre. Se a alternativa livre for tão boa e oferecer soluções similares às soluções do proprietário equivalente, é uma maravilha! Uma obra de arte! Se for proprietário e não tiver um concorrente livre à altura, ele é apenas “um bom software”.

    Sou um fã do Fireworks e até hoje não encontrei software que o batesse e atendesse às minhas necessidade da forma que ele atendia. Com simplicidade, era muito rápido dar um retoque numa imagem, inserir um texto, essas coisas…mas, mesmo com uma licença original, eu decidi utilizar apenas soluções nativas para Linux, independente de sua forma de licenciamento.

  • http://orgulhogeek.net/ Kadu

    Então, Cedrik, acho que software tem que bom no que se propõe a fazer, independente de ser proprietário ou livre. Se a alternativa livre for tão boa e oferecer soluções similares às soluções do proprietário equivalente, é uma maravilha! Uma obra de arte! Se for proprietário e não tiver um concorrente livre à altura, ele é apenas “um bom software”.

    Sou um fã do Fireworks e até hoje não encontrei software que o batesse e atendesse às minhas necessidade da forma que ele atendia. Com simplicidade, era muito rápido dar um retoque numa imagem, inserir um texto, essas coisas…mas, mesmo com uma licença original, eu decidi utilizar apenas soluções nativas para Linux, independente de sua forma de licenciamento.

  • http://twitter.com/FabricioMassuia Fabricio V. Massuia

    No computador do trabalho, utilizo o Ubuntu desde a versão 10.10 (sempre LTS)e não sinto falta de nenhum programa proprietário para realizar minhas tarefas (Técnico de TI). Já no meu notebook pessoal sinto falta de um bom programa para finanças, como o MS Money. Tentei usar diversos aplicativos livres para este fim mas nenhum foi satisfatório, infelizmente. Pecam muito na questão da usabilidade e geração de relatórios simples e personalizados. O pior é que o Money não roda no Wine. Mesmo assim, está com dual-boot (XP e 12.04LTS) e uso o Ubuntu na maior parte do tempo.

    Há ainda a questão dos jogos que nem sempre funcionam via Wine, além de sempre acabar esbarrando em alguma falta de drivers que funcionam tão bem como no Windows, principalmente vídeo e webcam.

    Fora esses pequenos problemas, o Ubuntu resolve meus problemas!!

  • http://twitter.com/FabricioMassuia Fabricio V. Massuia

    No computador do trabalho, utilizo o Ubuntu desde a versão 10.10 (sempre LTS)e não sinto falta de nenhum programa proprietário para realizar minhas tarefas (Técnico de TI). Já no meu notebook pessoal sinto falta de um bom programa para finanças, como o MS Money. Tentei usar diversos aplicativos livres para este fim mas nenhum foi satisfatório, infelizmente. Pecam muito na questão da usabilidade e geração de relatórios simples e personalizados. O pior é que o Money não roda no Wine. Mesmo assim, está com dual-boot (XP e 12.04LTS) e uso o Ubuntu na maior parte do tempo.

    Há ainda a questão dos jogos que nem sempre funcionam via Wine, além de sempre acabar esbarrando em alguma falta de drivers que funcionam tão bem como no Windows, principalmente vídeo e webcam.

    Fora esses pequenos problemas, o Ubuntu resolve meus problemas!!

  • Tiago Gabriel

    Os únicos softwares proprietários que utilizo são os que me obrigam a usa-los como codecs, plugins e frameworks incorporados ao kernel pelo próprio Torvalds. Assim nativamente a maioria das distros GNU/Linux não são 100% livres. É por isso que o Stallmam não as recomendam, pois ferem a ideologia OpenSource.

  • http://www.facebook.com/tiagopgabriel Tiago Gabriel

    Os únicos softwares proprietários que utilizo são os que me obrigam a usa-los como codecs, plugins e frameworks incorporados ao kernel pelo próprio Torvalds. Assim nativamente a maioria das distros GNU/Linux não são 100% livres. É por isso que o Stallmam não as recomendam, pois ferem a ideologia OpenSource.

  • Ô_Ô Fernando

    Hoje tive problemas para visualizar um documento pdf do Site

    http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/financas/servicos/senhaweb/

    -tentei abri no firefox, no chrome mas apresenta erro e não abre a pagina.

    Segue erro apresentado

    “Server Error in ‘/senhaweb_portal’ Application.

    Object reference not set to an instance of an object.

    Description: An unhandled exception occurred during
    the execution of the current web request. Please review the stack trace
    for more information about the error and where it originated in the
    code.

    Exception Details: System.NullReferenceException: Object reference not set to an instance of an object.

    Source Error:

    An unhandled exception was generated during the execution of the current
    web request. Information regarding the origin and location of the
    exception can be identified using the exception stack trace below.

    Stack Trace:

    [NullReferenceException: Object reference not set to an instance of an object.]
    frmPDFJuridica.Page_Load(Object sender, EventArgs e) in c:inetpubwwwrootSF9421PDFfrmPDFJuridica.aspx.vb:50
    System.Web.UI.Control.OnLoad(EventArgs e) +67
    System.Web.UI.Control.LoadRecursive() +35
    System.Web.UI.Page.ProcessRequestMain() +750

    Version Information: Microsoft .NET Framework Version:1.1.4322.2494; ASP.NET Version:1.1.4322.2494

    ALGUMA SOLUÇÃO?

  • http://www.facebook.com/jordan.queiroz Jordan Queiroz

    Acho que eu consegui me livrar dos softwares proprietários. Até que não foi algo muito difícil, só foi preciso um pouco de paciência.
    O media player eu troquei pelo Rhythmbox e pelo VLC (eu ainda uso o Rhythbox pq ele é integrado com o unity).
    O MS Office eu troquei pelo Libre Office
    E o navegador ainda continua o mesmo: Firefox =)

  • http://www.facebook.com/jordan.queiroz Jordan Queiroz

    Acho que eu consegui me livrar dos softwares proprietários. Até que não foi algo muito difícil, só foi preciso um pouco de paciência.
    O media player eu troquei pelo Rhythmbox e pelo VLC (eu ainda uso o Rhythbox pq ele é integrado com o unity).
    O MS Office eu troquei pelo Libre Office
    E o navegador ainda continua o mesmo: Firefox =)

  • Raposo

    Pra mim o Flash é uma pedra no sapato. Tirando isso, não vejo maiores problemas em muita coisa.

    • Ricardo

      Para mim também. Vídeos no Youtube só com cores alteradas, esse aí de cima todo mundo tá azul!. O mesmo vídeo no Vimeo sai normal. Pelo que pesquisei é a aceleração de hardware que tem que desabilitar, mas trava, mesmo no unity 2D.

  • Raposo

    Pra mim o Flash é uma pedra no sapato. Tirando isso, não vejo maiores problemas em muita coisa.

    • Ricardo

      Para mim também. Vídeos no Youtube só com cores alteradas, esse aí de cima todo mundo tá azul!. O mesmo vídeo no Vimeo sai normal. Pelo que pesquisei é a aceleração de hardware que tem que desabilitar, mas trava, mesmo no unity 2D.

  • Lucas Popenke Paes

    Eu viveria bem feliz, se não fosse meu vício por jogos. Não tenho console, então não tem jeito, Windows fica por causa do League Of Legends e do Ragnarök (Que funcionaria, se não fosse o GameGuard). No mais, o Sublime Text 2 é perfeito, GIMP é adaptação. Minha esperança é a Steam ser o estopim para saírem Linux client pros jogos, afinal, dois gigantes (Valve e Blizzard) já disseram que o próximo Windows é um desastre.

    • Ricardo

      É meu caso, jogos! Também não tenho console. Isso porque só ‘piloto’ no GTR2 e Stock Car.

  • Lucas Popenke Paes

    Eu viveria bem feliz, se não fosse meu vício por jogos. Não tenho console, então não tem jeito, Windows fica por causa do League Of Legends e do Ragnarök (Que funcionaria, se não fosse o GameGuard). No mais, o Sublime Text 2 é perfeito, GIMP é adaptação. Minha esperança é a Steam ser o estopim para saírem Linux client pros jogos, afinal, dois gigantes (Valve e Blizzard) já disseram que o próximo Windows é um desastre.

    • Ricardo

      É meu caso, jogos! Também não tenho console. Isso porque só ‘piloto’ no GTR2 e Stock Car.

  • Ô_Ô Fernando

    Muito bom o photobatch… Instalei e estou usando. Agora só aproveitar e ficar fera nele.

  • Felipenses

    Sou usuário definitivo do Ubuntu desde 2008. Faltava 1 mês para entregar um trabalho em Delphi (vai vendo) e meu Windows XP deu um problema num tal de Halt que não deixava iniciar a máquina. Inseri um live cd do Ubuntu fiz o backup e já ia formatar pois não estava conseguindo resolver o problema de outra forma. Mas o CD do WinXP não fazia boot de jeito algum. A solução mais rápida foi instalar o Ubuntu e depois instalar o XP numa máquina virtual pois o trabalho já estava na reta final.
    Após isso só uso Ubuntu. Me adaptei fácil aos softwares livres, suprem todas as minhas necessidades, os únicos que ainda me fazem falta são Photoshop, Illustrator e até mesmo o CorelDraw, trabalho com esses softwares a 10 anos. Esses softwares fariam toda a diferençã numa versão para Ubuntu.
    Vejo o Ubuntu não somente como uma alternativa free e open source mas como o melhor Sistema Operacional.

  • Felipenses

    Sou usuário definitivo do Ubuntu desde 2008. Faltava 1 mês para entregar um trabalho em Delphi (vai vendo) e meu Windows XP deu um problema num tal de Halt que não deixava iniciar a máquina. Inseri um live cd do Ubuntu fiz o backup e já ia formatar pois não estava conseguindo resolver o problema de outra forma. Mas o CD do WinXP não fazia boot de jeito algum. A solução mais rápida foi instalar o Ubuntu e depois instalar o XP numa máquina virtual pois o trabalho já estava na reta final.
    Após isso só uso Ubuntu. Me adaptei fácil aos softwares livres, suprem todas as minhas necessidades, os únicos que ainda me fazem falta são Photoshop, Illustrator e até mesmo o CorelDraw, trabalho com esses softwares a 10 anos. Esses softwares fariam toda a diferençã numa versão para Ubuntu.
    Vejo o Ubuntu não somente como uma alternativa free e open source mas como o melhor Sistema Operacional.

  • Tiago Soares

    Galera tá esquecendo de um detalhe. Quem aqui não instala codecs para ver vídeos e e ouvir MP3? Infelizmente não é possível ficar só com software livre. Além dos codecs, tem os plugins(Flash), e fontes da Microsoft e o Google Chrome. No meu note ainda tenho o Google Earth e o Cisco Packet Tracer. Acho que é “só” isso que tenho de software proprietário, hehe. O restante é só software livre, que eu saiba :D

  • Tiago Soares

    Galera tá esquecendo de um detalhe. Quem aqui não instala codecs para ver vídeos e e ouvir MP3? Infelizmente não é possível ficar só com software livre. Além dos codecs, tem os plugins(Flash), e fontes da Microsoft e o Google Chrome. No meu note ainda tenho o Google Earth e o Cisco Packet Tracer. Acho que é “só” isso que tenho de software proprietário, hehe. O restante é só software livre, que eu saiba :D

  • Altieres Del-Sent

    não uso Wine e não pretendo usar nunca, tenho a maquina com dual boot, se preciso de um software para windows ( photoshop, windows live messenger, alguns jogos) eu simplesmente entro no windows e uso. Sou da opinião que se é para usar o linux é para usar ele 100%, sem adaptações, até porque dai eu posso dar uma opinião real sobre o sistema que eu uso e sobre as dificuldades que eu tenho. não acho que o windows é do mal, só acho que ter um software desenvolvido por uma comunidade global é realmente algo fascinante

  • Altieres Del-Sent

    não uso Wine e não pretendo usar nunca, tenho a maquina com dual boot, se preciso de um software para windows ( photoshop, windows live messenger, alguns jogos) eu simplesmente entro no windows e uso. Sou da opinião que se é para usar o linux é para usar ele 100%, sem adaptações, até porque dai eu posso dar uma opinião real sobre o sistema que eu uso e sobre as dificuldades que eu tenho. não acho que o windows é do mal, só acho que ter um software desenvolvido por uma comunidade global é realmente algo fascinante

  • Paulo Dassie

    Estou usando o Ubuntu 12.04 graças as suas postagens, dicas, porque qdo instalei não reconhecia minha placa gráfica intel, micro acer aspiere 4736Z dual core 2,1 mega htz, mem 3GB 500 disco. Dual boot win 7 e ubuntu 12.04 52 anos de praia, médico.
    Uso muito editor texto e planilha – word / excel. Editoração de vídeos, e de apresentação em powerpoint.
    Estou apanhando um pouco, mas acesso home bank, tenho usado o LibreOffice e aprendendo. Apanho na montagem de vídeos, achei vários programas e vou tentando usar, algumas vezes dá vontade de dar boot em win 7, mas respiro fundo vou lendo e aprendendo. Consegui montar e rodar exposições , aulas , e vídeos em alta resolução.
    Acho que plagiando – ME APAIXONEI pelo ubuntu e pelo linux, adoro quando vem indicação de como instalar via terminal, ou via pacote DEB – com o instalador de pacotes DEB mais rápido e simples que o instalador de aplicaticos.
    Adoro a interface gnome, tento o unity mas fico confuso se estou usando 2d ou 3d.
    Adorei seu comentário que a versão 12.10 o processador vai ser usado para suprir as necessidades gráficas. Bom enquanto não migramos para um i7 com placa gráfica melhor. Mas as placas são sempre limitadas nos notebook.
    Quanto a software proprietários, acho que é possível se livrar deles – a comunidade linux e o sistema em si supre bem as necessidades o difícil é achar, mas ai entra a paciência e o garimpar.
    Instalei um tal de cairo dock, lindo mas não é estável trava muito, mas não desinstalei, minha tela inicial tem um monte de ambientes de entrada 3 com esse cairo dock, 3 gnomes, 3 unity – devo ter feito alguma coisa errada mas tá funcionando.
    Por fim lhe invejo quando disse que reinstala o sistema showww D+ , para acertar e testar, coisa de jovem que entende muito. No linux é meio complicado. No mundo windows você usa o famoso restaurar imagem e pronto, no linux ainda vou aprender isso.
    Mas para terminar, ADOREI usar o ubuntu, é como andar de MOTO, seu sangue é substituído por óleo – você não para mais. O UBUNTU também.
    Sucesso a todos – e VIVA o LINUX – viva o ubuntu.

  • Paulo Dassie

    Estou usando o Ubuntu 12.04 graças as suas postagens, dicas, porque qdo instalei não reconhecia minha placa gráfica intel, micro acer aspiere 4736Z dual core 2,1 mega htz, mem 3GB 500 disco. Dual boot win 7 e ubuntu 12.04 52 anos de praia, médico.
    Uso muito editor texto e planilha – word / excel. Editoração de vídeos, e de apresentação em powerpoint.
    Estou apanhando um pouco, mas acesso home bank, tenho usado o LibreOffice e aprendendo. Apanho na montagem de vídeos, achei vários programas e vou tentando usar, algumas vezes dá vontade de dar boot em win 7, mas respiro fundo vou lendo e aprendendo. Consegui montar e rodar exposições , aulas , e vídeos em alta resolução.
    Acho que plagiando – ME APAIXONEI pelo ubuntu e pelo linux, adoro quando vem indicação de como instalar via terminal, ou via pacote DEB – com o instalador de pacotes DEB mais rápido e simples que o instalador de aplicaticos.
    Adoro a interface gnome, tento o unity mas fico confuso se estou usando 2d ou 3d.
    Adorei seu comentário que a versão 12.10 o processador vai ser usado para suprir as necessidades gráficas. Bom enquanto não migramos para um i7 com placa gráfica melhor. Mas as placas são sempre limitadas nos notebook.
    Quanto a software proprietários, acho que é possível se livrar deles – a comunidade linux e o sistema em si supre bem as necessidades o difícil é achar, mas ai entra a paciência e o garimpar.
    Instalei um tal de cairo dock, lindo mas não é estável trava muito, mas não desinstalei, minha tela inicial tem um monte de ambientes de entrada 3 com esse cairo dock, 3 gnomes, 3 unity – devo ter feito alguma coisa errada mas tá funcionando.
    Por fim lhe invejo quando disse que reinstala o sistema showww D+ , para acertar e testar, coisa de jovem que entende muito. No linux é meio complicado. No mundo windows você usa o famoso restaurar imagem e pronto, no linux ainda vou aprender isso.
    Mas para terminar, ADOREI usar o ubuntu, é como andar de MOTO, seu sangue é substituído por óleo – você não para mais. O UBUNTU também.
    Sucesso a todos – e VIVA o LINUX – viva o ubuntu.

  • wellington

    uso o ubuntu desde 2008 e não sinto falta absolutamente de nada.muito pelo contrario……. o wine ? nunca nem instalei.nem pretendo.não troco meu ubuntu por sistema nenhum.

  • wellington

    uso o ubuntu desde 2008 e não sinto falta absolutamente de nada.muito pelo contrario……. o wine ? nunca nem instalei.nem pretendo.não troco meu ubuntu por sistema nenhum.

  • Milanos

    Gente, como já disse alguém, eu venho de longe – Windows 3.1-Conectica 4 – Kurumin, etc – Tenho pra mim que o pessoal da “informática”, na maioria vai além dos próprios tamancos – tudo evolui humana e tecnologicamente.Quem de vcs. imagina que para ouvir radio tinha de se fazer uma galena? Caramba isso é do tempo do Pe. Landel de Moura!!!!! Pois é …tenham a capacidade de admitir que nada , em sua essência, é melhor ou pior, apenas mais evoluído, mais atual e sujeito as novas “tecnologias” – essa deve ser a interpretação de tudo o que acontece atualmente!
    Uma opinião de um “matusalém” – sobrevivi até os 74 anos….

  • Milanos

    Gente, como já disse alguém, eu venho de longe – Windows 3.1-Conectica 4 – Kurumin, etc – Tenho pra mim que o pessoal da “informática”, na maioria vai além dos próprios tamancos – tudo evolui humana e tecnologicamente.Quem de vcs. imagina que para ouvir radio tinha de se fazer uma galena? Caramba isso é do tempo do Pe. Landel de Moura!!!!! Pois é …tenham a capacidade de admitir que nada , em sua essência, é melhor ou pior, apenas mais evoluído, mais atual e sujeito as novas “tecnologias” – essa deve ser a interpretação de tudo o que acontece atualmente!
    Uma opinião de um “matusalém” – sobrevivi até os 74 anos….

  • http://twitter.com/rogerio_gentil Rogerio J. Gentil

    Essa discussão foi parte do tema da minha palestra no FLISOL deste ano: “Como adentrar para o mundo livre”. Basicamente, acho que toda pessoa que migra do Windows para Linux, seja Ubuntu, Mint, Fedora, OpenSUSE, Debian ou Slackware, começa tentando utilizar os mesmos apps que utilizava anteriormente. Este foi o meu caso. E acho que todo o usuário deveria começar por aí. Naturalmente, com o tempo, ele passará a utilizar a opções open source oferecidas pela distro.

    PS: Bela sugestão sonora! =D

  • http://twitter.com/rogerio_gentil Rogerio J. Gentil

    Essa discussão foi parte do tema da minha palestra no FLISOL deste ano: “Como adentrar para o mundo livre”. Basicamente, acho que toda pessoa que migra do Windows para Linux, seja Ubuntu, Mint, Fedora, OpenSUSE, Debian ou Slackware, começa tentando utilizar os mesmos apps que utilizava anteriormente. Este foi o meu caso. E acho que todo o usuário deveria começar por aí. Naturalmente, com o tempo, ele passará a utilizar a opções open source oferecidas pela distro.

    PS: Bela sugestão sonora! =D

  • gamaghostmagus

    Não me importo com o uso ou n de software proprietario

  • gamaghostmagus

    Não me importo com o uso ou n de software proprietario

  • Livia

    Eu uso um unico programa windows no wine, que é o format factory. Apesar de existirem opções pra linux, nenhuma é tão prática, completa e amigável quanto o FF.
    Não sinto falta do windows desde que larguei dele, em 2010. O ubuntu me dá tudo o que eu preciso.
    Também uso o skype, que é multiplataforma mas de propriedade da microsoft, pelo que me lembro.
    Mas eu concordo que o microsoft office ainda é imbatível. A mim não faz falta pois não uso a ferramenta pra trabalhar, apenas pra criar documentos simples, mas acredito que muitas pessoas ainda estão presas às funcionalidades do office. Espero que o libre office evolua e consiga ser um concorrente a altura (e mude a interface feinha tambem hehe)
    Acho que o usuário comum encontra no ubuntu tudo o que precisa, mas o profissional ainda apanha um pouco com a falta de opções livres tão completas quanto alguns SP disponiveis no mercado, como o já citado MOffice, os programas adobe, o sotryst pra mac, que eu adoro… enfim.

    • Livia

      * storyst pra mac kkk

  • Livia

    Eu uso um unico programa windows no wine, que é o format factory. Apesar de existirem opções pra linux, nenhuma é tão prática, completa e amigável quanto o FF.
    Não sinto falta do windows desde que larguei dele, em 2010. O ubuntu me dá tudo o que eu preciso.
    Também uso o skype, que é multiplataforma mas de propriedade da microsoft, pelo que me lembro.
    Mas eu concordo que o microsoft office ainda é imbatível. A mim não faz falta pois não uso a ferramenta pra trabalhar, apenas pra criar documentos simples, mas acredito que muitas pessoas ainda estão presas às funcionalidades do office. Espero que o libre office evolua e consiga ser um concorrente a altura (e mude a interface feinha tambem hehe)
    Acho que o usuário comum encontra no ubuntu tudo o que precisa, mas o profissional ainda apanha um pouco com a falta de opções livres tão completas quanto alguns SP disponiveis no mercado, como o já citado MOffice, os programas adobe, o sotryst pra mac, que eu adoro… enfim.

    • Livia

      * storyst pra mac kkk

  • http://twitter.com/mebelin Alessandro Valim

    Na empresa que trabalho no setor de contabilidade é impossível migrar para linux, usam muitos programas da caixa que só roda em windows, até o site da caixa alguns recursos só funciona no IE. Por ser uma instituição do governo deveria apoiar software livre.

  • http://twitter.com/mebelin Alessandro Valim

    Na empresa que trabalho no setor de contabilidade é impossível migrar para linux, usam muitos programas da caixa que só roda em windows, até o site da caixa alguns recursos só funciona no IE. Por ser uma instituição do governo deveria apoiar software livre.

  • Fabio Palhares

    Desde a versão 7.04 do Ubuntu que não utilizo Windows. E realmente tenho tudo que preciso.
    Agora, o que dizer de pessoa juridica ? Como por exemplo o DIPJ(Declaração de Informações Econômico-fiscais da Pessoa Jurídica) a Receita Federal dispnibiliza somente para Windows.

    O que diremos do Home Bank do Bradesco(Pessoa Juridica) ?

    Percebo que falta alguns ajustes ainda antes de abandonarmos o Software proprietário.

  • Fabio Palhares

    Desde a versão 7.04 do Ubuntu que não utilizo Windows. E realmente tenho tudo que preciso.
    Agora, o que dizer de pessoa juridica ? Como por exemplo o DIPJ(Declaração de Informações Econômico-fiscais da Pessoa Jurídica) a Receita Federal dispnibiliza somente para Windows.

    O que diremos do Home Bank do Bradesco(Pessoa Juridica) ?

    Percebo que falta alguns ajustes ainda antes de abandonarmos o Software proprietário.

  • José Lopes

    Eu ainda sou dependente do Windows pra jogos e ainda uso o CorelDraw e o Adobe Suite CS6 por fazer curso de web designer

  • http://www.facebook.com/JoseLopes91 José Lopes

    Eu ainda sou dependente do Windows pra jogos e ainda uso o CorelDraw e o Adobe Suite CS6 por fazer curso de web designer

  • Bruno Aquino

    Bom eu só uso Windows mesmo no trabalho, pois o ERP da empresa onde eu trabalho é para Windows.

    Quando eu usava o Windows para parte pessoal (Lazer, Estudos e Trabalho) eu costumava usar um Navegador para da uma olhada nas redes sociais, noticias e etc. Office para trabalhos e documentos, Photoshop para dar uma editada nas fotos, um aplicativo de mídia, para musicas e filmes e alguma IDE para desenvolvimento como Netbeans, Eclipse etc.

    Bom, dá para usar tudo isto facilmente no Linux, no meu caso o Ubuntu. Navegadores, só IE e Safari você não encontra Nativo, e também eu não usava mesmo, fico com o Firefox, Google Chrome, Chromium, Opera e etc.

    Concordo que o LibreOffice ainda não é poderoso como o M$ Office, porém para o que eu utilizo é mais do que suficiente.

    GIMP 2.8 está show, e pelo menos para mim, abandonei de vez o Photoshop Pirata. Para quem trabalha profissionalmente com edição de imagens, na casa dos GB e com mais de 200 Camadas, pode sentir a diferença de desempenho em relação ao Photoshop, porém para grande maioria dos usuários de Photoshop, o GIMP é mais do que suficiente.

    No caso das IDEs Netbeans e Eclipse existem para Linux, assim como os bancos de dados que uso, como Postgres e My SQL. Utilizo também o Sublime (este é free para testes, vai te dar a mensagem, igual o Winrar, mas não precisa comprar).

  • http://twitter.com/Brunoaquino_ Bruno Aquino

    Bom eu só uso Windows mesmo no trabalho, pois o ERP da empresa onde eu trabalho é para Windows.

    Quando eu usava o Windows para parte pessoal (Lazer, Estudos e Trabalho) eu costumava usar um Navegador para da uma olhada nas redes sociais, noticias e etc. Office para trabalhos e documentos, Photoshop para dar uma editada nas fotos, um aplicativo de mídia, para musicas e filmes e alguma IDE para desenvolvimento como Netbeans, Eclipse etc.

    Bom, dá para usar tudo isto facilmente no Linux, no meu caso o Ubuntu. Navegadores, só IE e Safari você não encontra Nativo, e também eu não usava mesmo, fico com o Firefox, Google Chrome, Chromium, Opera e etc.

    Concordo que o LibreOffice ainda não é poderoso como o M$ Office, porém para o que eu utilizo é mais do que suficiente.

    GIMP 2.8 está show, e pelo menos para mim, abandonei de vez o Photoshop Pirata. Para quem trabalha profissionalmente com edição de imagens, na casa dos GB e com mais de 200 Camadas, pode sentir a diferença de desempenho em relação ao Photoshop, porém para grande maioria dos usuários de Photoshop, o GIMP é mais do que suficiente.

    No caso das IDEs Netbeans e Eclipse existem para Linux, assim como os bancos de dados que uso, como Postgres e My SQL. Utilizo também o Sublime (este é free para testes, vai te dar a mensagem, igual o Winrar, mas não precisa comprar).

  • Edvaldo

    Bom dia.Sou engenheiro civil e tenho dual boot win7 (e nenhum programa que está instalado é pirata ou cracreado, nem o sistema operacional) e ubuntu 12.10. Uso win pois não tenho nada que se compara ao autocad (uso a versao de estudante) no linux bem como o soft que uso para dimensionamento (altoqi eberick) não roda no ubuntu. Já falaram bastante sobre o pacote office e concordo plenamente que o ms office é melhor. Conheço o linux desde os primodios do SO mas para mim o linux falha na questao do visual. Gosto muito do ubunto mas ainda to preso no win devido a esses software: autocad, altoqi eberick e ms office.
    E antes que algum diga que sou rico por nao usar programas piratas no win, eu informo que sobre uso versoes freeware dos programas e me atende bem. Devido na empresa que trabalho usar o win, foi disponibilizado o office (2013 original) para compra por 26 reais e como não uso há mais de 5 anos progrmas piratas ou cracreados, comprei o ms office e sai da lentidao o broffice no win.

    • Ivaldo C. Soares

      Para o AutoCad existe uma ferramenta nova o Draftsight ou até mesmo o LibreCad. O primeiro é excelente, principalmente para você que usa uma versão estudante do AutoCad. O segunda ainda é uma aposta da comunidade, porém em constante desenvolvimento.