Heads Up Display no Ubuntu 12.04

Conheça o Heads Up Display, nova revolução do Ubuntu

A algumas horas atrás Mark Shuttleworth anunciou o Heads Up Display, ou HUD. Ele substitui todos aqueles estilos de menus que nós já conhecíamos, por um sistema inteligente, baseado em buscas.

Você busca o que quer e ele vai dar opções para selecionar e usar. O HUD também mostra quais itens você mais usa naquele software, e roda em todos os softwares disponíveis. Ele é integrado ao Unity Core (núcleo do Unity), praticamente substituindo o AppMenu.

Você pode ver a demonstração oficial em vídeo abaixo.

Introducing the HUD to Ubuntu

O HUD é chamado através da tecla <Alt>, e com ele é possível controlar quaisquer tipos de softwares, inclusive o próprio sistema (som, e afins).

Unity e o HUD

De acordo com a postagem do Gord Allott no Google+, um dos desenvolvedores do HUD, a ideia é que o Heads Up Display seja integrado ao Unity 5.2, seja ele como add-on ou nativamente. Também há a ideia de integrar comandos de voz, rodando paralelamente com seu mouse, teclado, e o aplicativo em si. Porém, Mark Shuttleworth comentou no seu blog que os resultados são bastante interessantes, e que acima de tudo, eles irão entregar algo bastante polido e poderoso, igual ao GVIM:

“The results so far are rather interesting: power users say things like “every GUI app now feels as powerful as VIM”.

A equipe desenvolvedora do Unity está utilizando um método para que nada seja entregue de forma insatisfatória, ou com pouca aceitação da comunidade, como foi o grande fiasco com essa última versão do Unity e o Ubuntu em si. Muitos reclamavam dos bugs e vários problemas na usabilidade, então o HUD só será finalizado daqui a mais ou menos, dois anos. Porém, ele já estará presente nos repositórios oficiais do Ubuntu 12.04.

Testando o Heads Up Display

Se estiver usando o Ubuntu 12.04Precise Pangolin“, você pode testar o Heads Up Display utilizando o PPA oficial. Não é possível fazer a instalação no Ubuntu 11.10 pois o HUD utiliza algumas novas bibliotecas que Oneiric Ocelot não possui.

Para fazer a instalação e testar o aplicativo, abra um terminal e copie/cole os comandos abaixo (ctrl + shift + v).

sudo add-apt-repository ppa:unity-team/hud && sudo apt-get update && sudo apt-get dist-upgrade
Heads Up Display no Ubuntu 12.04

HUD em ação no Ubuntu 12.04 (Créditos: Mark Shuttleworth)

E você, o que achou desta nova revolução que o time por trás do Ubuntu nos trouxe? Será acessível ou será apenas uma ideia ruim? Deixe sua opinião nos comentários!

E não esqueça de participar do nosso sorteio de natal atrasado! Temos itens oficiais Ubuntu lá, além de camisetas Vida de ProgramadorVida de Suporte e Red Bug! E claro, siga o blog Ubuntu-BR-SC no Twittercurta nossa página no Facebook abaixo e assine nosso Feed RSS :)

Assine nossa newsletter!

Quer receber as novidades mais recentes do Ubuntu na sua caixa de entrada? Informe seu e-mail e clique em Assinar.

  • Assine o feed RSS
  • Siga o Ubuntu-BR-SC no Twitter
  • Curta o Ubuntu-BR-SC no Facebook
  • Ubuntu-BR-SC no Google+
  • Canal do Ubuntu-BR-SC no YouTube


  • Cálcio Heavy Metal

    Putz esse HUD está D+ msm. Hj msm irei instalar na minha VM.
    Isso deve servir de vez para acabar com as reclamações dos usuários conservadores do Gnome 2 e dos Winxiitas. he he he

  • Cálcio Heavy Metal

    Putz esse HUD está D+ msm. Hj msm irei instalar na minha VM.
    Isso deve servir de vez para acabar com as reclamações dos usuários conservadores do Gnome 2 e dos Winxiitas. he he he

  • http://twitter.com/geoparalinux geoparalinux

    Fan-tás-ti-co. Muito boa a iniciativa da Canonical. O interessante é que dá para acessar e controlar tudo no computador.

    • gabriel

      o spotlight do mac os x é a melhor ferramenta de todo o sistema. Ainda bem que sistemas livres o estão implementando. Mas não creio que ele devesse substituir os menus: no mac, além do spotlight central, há um “mini-spotlight” em cada um dos programas (normalmente no menu “ajuda”), bastante útil, que complementa todo resto

      • Artur Vicente

        Aproveitando o comentário, gabriel, sobre um recurso Mac-like do Ubuntu, a idéia de menu universal ainda está mal implementada.
        Se o menu é universal, ele vai comer o espaço do Metacity, ok? Mas por um outro lado o Ubuntu sempre tem outros ícones que ficam lá em cima: Som, rede, bateria (notebook), email, horário, usuário de sessão, além de algumas aplicações que te permitem deixar um ícone no metacity. Aí quando eu quero abrir um programa que tem uns… 8 menus e meu monitor me permite uma resolução máxima de 1024X768 ou pouca coisa superior? Fica tudo apertado lá no metacity.

      • http://twitter.com/rogerio_gentil Rogerio J. Gentil

        Acredito que com o HUB a acessibilidade para quem utilizar teclado melhorará muito.

  • http://twitter.com/geoparalinux geoparalinux

    Fan-tás-ti-co. Muito boa a iniciativa da Canonical. O interessante é que dá para acessar e controlar tudo no computador.

  • gabriel

    o spotlight do mac os x é a melhor ferramenta de todo o sistema. Ainda bem que sistemas livres o estão implementando. Mas não creio que ele devesse substituir os menus: no mac, além do spotlight central, há um “mini-spotlight” em cada um dos programas (normalmente no menu “ajuda”), bastante útil, que complementa todo resto

    • http://www.facebook.com/people/Jonathan-David/100002768178119 Jonathan David

      Dá pra instalar sim no Ubuntu 11.10, é só procurar em inglês (u must learn english dog!) que vocês encontram como implementar esta awesome function!

    • Artur Vicente

      Aproveitando o comentário, gabriel, sobre um recurso Mac-like do Ubuntu, a idéia de menu universal ainda está mal implementada.
      Se o menu é universal, ele vai comer o espaço do Metacity, ok? Mas por um outro lado o Ubuntu sempre tem outros ícones que ficam lá em cima: Som, rede, bateria (notebook), email, horário, usuário de sessão, além de algumas aplicações que te permitem deixar um ícone no metacity. Aí quando eu quero abrir um programa que tem uns… 8 menus e meu monitor me permite uma resolução máxima de 1024X768 ou pouca coisa superior? Fica tudo apertado lá no metacity.

      • http://twitter.com/rogerio_gentil Rogerio J. Gentil

        Acredito que com o HUB a acessibilidade para quem utilizar teclado melhorará muito.

  • gabriel

    o spotlight do mac os x é a melhor ferramenta de todo o sistema. Ainda bem que sistemas livres o estão implementando. Mas não creio que ele devesse substituir os menus: no mac, além do spotlight central, há um “mini-spotlight” em cada um dos programas (normalmente no menu “ajuda”), bastante útil, que complementa todo resto

    • Artur Vicente

      Aproveitando o comentário, gabriel, sobre um recurso Mac-like do Ubuntu, a idéia de menu universal ainda está mal implementada.
      Se o menu é universal, ele vai comer o espaço do Metacity, ok? Mas por um outro lado o Ubuntu sempre tem outros ícones que ficam lá em cima: Som, rede, bateria (notebook), email, horário, usuário de sessão, além de algumas aplicações que te permitem deixar um ícone no metacity. Aí quando eu quero abrir um programa que tem uns… 8 menus e meu monitor me permite uma resolução máxima de 1024X768 ou pouca coisa superior? Fica tudo apertado lá no metacity.

  • http://www.facebook.com/people/Jonathan-David/100002768178119 Jonathan David

    Dá pra instalar sim no Ubuntu 11.10, é só procurar em inglês (u must learn english dog!) que vocês encontram como implementar esta awesome function!

    • Artur Vicente

      Interessante recurso. 
      Força o desprendimento com a cultura de menus, aproxima ao modo texto (não aponte, digite) e a pesquisa. Tudo que é serviço web tem campo de busca com sugestão imediata, hoje em dia.
      A Canonical foi inteligente nessa concepção. Não há nada de outro mundo nessa caixinha, mas a aplicabilidade dela ao sistema foi uma excelente idéia, ao meu ver.

      Só espero que a próxima criação da Canonical seja um sistema de pesquisa igualmente inteligente. De longa data a pesquisa por arquivos no linux se dá com ferramentas que utilizam ou o find ou o locate, mas ferramentas Beagle-like demoram uma eternidade para indexar conteúdo. Canonical, olhem com carinho esta necessidade. Nem sempre aquela lupinha do Nautilus funciona, ou melhor, quase nunca funciona! :P

  • http://www.facebook.com/people/Jonathan-David/100002768178119 Jonathan David

    Dá pra instalar sim no Ubuntu 11.10, é só procurar em inglês (u must learn english dog!) que vocês encontram como implementar esta awesome function!

  • Artur Vicente

    Interessante recurso. 
    Força o desprendimento com a cultura de menus, aproxima ao modo texto (não aponte, digite) e a pesquisa. Tudo que é serviço web tem campo de busca com sugestão imediata, hoje em dia.
    A Canonical foi inteligente nessa concepção. Não há nada de outro mundo nessa caixinha, mas a aplicabilidade dela ao sistema foi uma excelente idéia, ao meu ver.

    Só espero que a próxima criação da Canonical seja um sistema de pesquisa igualmente inteligente. De longa data a pesquisa por arquivos no linux se dá com ferramentas que utilizam ou o find ou o locate, mas ferramentas Beagle-like demoram uma eternidade para indexar conteúdo. Canonical, olhem com carinho esta necessidade. Nem sempre aquela lupinha do Nautilus funciona, ou melhor, quase nunca funciona! :P

  • http://twitter.com/rogerio_gentil Rogerio J. Gentil

    Acredito que com o HUB a acessibilidade para quem utilizar teclado melhorará muito.

  • Cálcio Heavy Metal

    Putz esse HUD está D+ msm. Hj msm irei instalar na minha VM.
    Isso deve servir de vez para acabar com as reclamações dos usuários conservadores do Gnome 2 e dos Winxiitas. he he he

  • http://twitter.com/geoparalinux geoparalinux

    Fan-tás-ti-co. Muito boa a iniciativa da Canonical. O interessante é que dá para acessar e controlar tudo no computador.

  • Artur Vicente

    Interessante recurso. 
    Força o desprendimento com a cultura de menus, aproxima ao modo texto (não aponte, digite) e a pesquisa. Tudo que é serviço web tem campo de busca com sugestão imediata, hoje em dia.
    A Canonical foi inteligente nessa concepção. Não há nada de outro mundo nessa caixinha, mas a aplicabilidade dela ao sistema foi uma excelente idéia, ao meu ver.

    Só espero que a próxima criação da Canonical seja um sistema de pesquisa igualmente inteligente. De longa data a pesquisa por arquivos no linux se dá com ferramentas que utilizam ou o find ou o locate, mas ferramentas Beagle-like demoram uma eternidade para indexar conteúdo. Canonical, olhem com carinho esta necessidade. Nem sempre aquela lupinha do Nautilus funciona, ou melhor, quase nunca funciona! :P

Assine!

Quer receber as novidades mais recentes do Ubuntu na sua caixa de entrada? Informe seu e-mail e clique em Assinar.

  • Assine o feed RSS
  • Siga o Ubuntu-BR-SC no Twitter
  • Curta o Ubuntu-BR-SC no Facebook
  • Ubuntu-BR-SC no Google+
  • Canal do Ubuntu-BR-SC no YouTube

Mais comentados da semana

Posts recomendados